História You Call Me Monster - Imagine Sehun - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~BeckySkarlet

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Álcool, Boygroup, Coréia Do Sul, Drama, Estrangeiros, Exo, Festas, Sehun
Exibições 177
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Harem, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Yoo pessoinhas aqui é a ~BeckySkarlet co-autora, estou postando oque a tia Mila escreveu já que ela tá ocupadinha, então... Boa leitura ^-^

Capítulo 2 - Contratada


 

E lá estava eu, com o coração acelerado, esperando naquela fila, a minha vez de mostrar meus dons para a fotografia. Eu tinha certeza que iria conseguir esse emprego, eu nunca pensava negativo. Desde que fiquei órfã, eu sempre pensei positivo, em tudo no que eu fazia. Mesmo eu não desse certo, eu tentava ate o final. A vida havia me ensinado a lutar pelos meus direitos, pela minha liberdade, pelos meus sonhos.

 

— Senhorita Maddie? — uma moça havia me chamado. Sorri ao ver que era minha vez. — Sim, sou eu. — me levantei devagar para não dar impressão de que estava nervosa. Eu tinha que parecer o mais profissional possível.

 

— Me acompanhe, por favor? — a a perguntou e eu apenas acenei a cabeça fazendo um sinal positivo. Adentramos na enorme sala. Haviam 4 jurados sentados na . Fora vários garotos que deduzir serem do EXO, bem logo atrás. Suspirei fundo. Mantive a calma.

 

— Senhorita Madrid certo? Creio que você não é daqui. — um cara mais velho me perguntou. Ele parecia ser bem casca dura.

 

— Sim senhor, não sou daqui, mas pretendo permanecer por muito tempo. — eu controlava a minha voz para não parecer nervosa.

 

— Bom, gostei de sua postura. Creio que não irei me decepcionar desta vez. Mas, senhorita Maddie? Me conte um pouco sobre sua vida. É obrigatório ter sua vida toda na ficha. — ele mexia nos papeis sem me olhar.

 

— Bom, senhor...? — tentei enxergar seu nome de longe. Em vão.

 

— Shin hee — ele respondeu em um tom calmo.

 

— Eu vim da India , apesar de não ser meu país natal realmente. Meus pais morreram quando eu era ainda jovem, e com a economia que me deixaram, me formei em medicina. Fiz curso de fotografia — eu havia mentido feio — e vi que a India nunca foi o meu lar. Eu estou aqui apenas 2 dias e já me sinto em casa. É bom ter essa sensação. Bem, meu nome completo é Maddie Whosever e tenho apenas 23 anos. — terminei soltando o fôlego. Eu havia mentido na parte da fotografia, eu nunca havia feito curso nenhum.

 

— Interessante. Poderia nos mostrar seus trabalhos? — o senhor Shin perguntou educadamente. Assenti e fui tirando meu pen drive para fora. Aproximei do aparelho e o coloquei lá. Fui passando devagar cada foto que havia ali. Eu tirava aquelas fotos com muito amor, eu sentia amor naquelas imagens.
Cada uma delas, representava o meu dia á dia na India. Algumas que eu já havia tirado aqui na Coréia. E ali estava as fotos doa meninos que eu havia tirado na cafeteria, imagens que pegavam as expressões de seus rostos alegres, mesmo que de baixo das mascaras. De costas, eles tinham um ângulo muito bom. Me senti orgulhosa por isso.

 

— Senhorita Maddie? —  o senhor chamou minha atenção.

 

— Sim, Senhor? — respondi educadamente.

 

— As fotos desses garotos, você sabe por acaso quem são...Não sabe? — ele perguntou desconfiado.

 

— Na verdade não, Senhor. Os encontrei na cafeteria e achei interessante o estilo de como se vestem aqui. Então , eu queria tirar algumas fotos deles, não pedi à eles, pois não sabia se iriam deixar. Apenas garotos comuns no seu dia a dia na Coréia. — dei um pequeno sorriso explicando.

 

— Você não sabe realmente o que é Kpop? — ele perguntou dando um riso baixo.

 

— Não senhor. Eu sou muito desatualizada desse mundo artístico. Vim de um país muito longe, onde a cultura é apenas as musicas de la, pois é proibido tocar outra coisa que não seja da Índia. — ele havia me deixado envergonhada.

 

— Está contratada! — senhor Shin falou alto. Todos ficaram surpresos.

 

— Senhor Shin, mas já assim? E as outras pessoas ? — a mulher ao seu lado perguntou espantada.

 

— Dispensem todos. Essa garota tem potencial grande, além de que eu estava a procura de um fotografo que não seja fã do Exo. Pois já me deram dor de cabeça demais, esses fãs lunáticos. — ele levantou-se de sua cadeira e veio em minha direção.

 

— Obrigada pela oportunidade. Garanto ao senhor que não irá se arrepender, pois darei o meu melhor. — falei dando um sorriso sincero. Eu estava tao feliz. Eu havia conseguido um emprego ótimo.

 

— Você não será somente a fotógrafa deles, mas também ira ser a medica particular dos garotos. Eles estavam precisando muito. Pois tem alguns que tem problema de saúde. — ele fez uma expressão de preocupado. — Venha aqui meninos, quero apresentar a mais nova moradora do dormitório de vocês. — senhor Shin os chamou com a mão.

 

— Irei ficar no mesmo lugar que eles? — perguntei surpresa. Não esperava por isso.

 

— Sim, tem algum problema nisso? — ele me perguntou franzindo o cenho.

 

— Não há problema algum Senhor Shin. Acho uma ideia muito boa, ja que o senhor havia me falado que alguns deles tem problemas de saúde. Vou estar monitorando todos. Se acontecer alguma emergência, estarei lá para salva-los. — expliquei enquanto via todos se aproximarem na nossa direção. Deixando bem visível seus rostos. Eram realmente lindos.

 

— Ah menina, como você é um doce. Eu gostei muito de você! — ele bateu de leve em meu ombro.

 

— Bom, esses aqui são os meninos do Exo. Se apresentem garotos. – Shin ordenou.

 

— Eu sou Chanyeol , prazer em conhece-la. — ele fez um gesto estranho. Curvando-se um pouco na minha direção. Deveria ser o jeito que eles se apresentam.

 

— Eu sou o Lay, prazer. — ele apenas acenou com a cabeça, tinha um sotaque diferente..

 

— Me chamo Kai, prazer em revê-la. Eu era um dos membros que voce tirou foto. — ele deu um sorriso lindo. Senti meu rosto ficar vermelho.

 

— Me chamo D.O, fui eu quem falou com você naquela hora. Desculpe por ter te tocado. É uma mania coreana. — ele deu um sorriso lindo. Então era ele, o estranho que me elogiou e saiu depois.

 

— Meu nome é Baekhyun, mas pode me chamar de apenas Baek, moça bonita. — ele deu uma piscadinha. Fiquei sem jeito. Era lindo.

 

— Sehun, é o meu nome. — ele falou friamente, olhando bem no fundo doa meus olhos. Seu olhar era intrigante. Seu jeito frio me deixou arrepiada. O que havia de errado com ele?

 

— Senhorita Maddie? —  alguém havia e só então fui perceber que eu e o Sehun nos encarávamos. Tive que quebrar o contato de nossos olhares.

 

— Sim? Eu estava analisando os meninos. —  menti tentando disfarçar o quanto aquele garoto havia me deixado intrigada.

 

— Para não demorar muito, esses outros três são Xiumin, Suho e Chen. — Senhor shin apontou para cada um.

 

— Prazer em conhecer todos vocês. Já decorei o nome de todos. Espero que nos demos bem. — dei um sorriso simpático. Todos me retribuíram da mesma forma, menos Sehun. Ele ficou com a mesmo expressão séria. Pelo jeito, seria difícil lidar com ele. Mas nada é impossível para mim, era oque eu pensava.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...