História You Came From Nowhere - Second Season - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~BlackPandGirl

Postado
Categorias Justin Bieber, Kylie Jenner
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kylie Jenner, Personagens Originais
Visualizações 347
Palavras 1.001
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Ele foi embora


Fanfic / Fanfiction You Came From Nowhere - Second Season - Capítulo 1 - Ele foi embora

Depois que a ruiva saiu, fiquei ali na cozinha, com as mãos apoiadas no balcão da pia e pensando. É tudo por ela. Fiquei repetindo aquela frase na cabeça mil vezes, até que comecei a ouvir leves passos. 

Assim que olhei pra trás, Kylie entrou na cozinha usando apenas um roupão branco meio transparente, que arrastava no chão, e por ser transparente, aparecia o bico de seus fartos seios. Jenner sorriu sem mostrar os dentes pra mim, se aproximou, e selou nossos lábios em um selinho. A abracei com força, querendo chorar pois sabia que iria mágoa-lá, mais tinha que fazer aquilo, ou perderia o amor da minha vida 

— Eu amo você, nunca se esqueça disso. E saiba que qualquer coisa que eu fizer, e tudo por vocês — falei a apertando em meus braços

— Eu também amo você. — falou Kylie acariciando meu cabelo e beijou minha bochecha — Vamos deitar, tá tarde 

— Hum- hum 

Nos soltamos mesmo que quisesse ficar agarrado nela o dia inteirinho, segurei sua mão vendo minha esposa sorrir e subimos as escadas depois entramos no quarto. Jenner tirou seu roupão ficando nua, tirei minha cueca e nos deitamos na cama. Assim que ela se virou de costas, a abracei com força 

— Hey, tá me deixando sem ar — disse Kylie sorrindo, e riu fraco

— Ah... Desculpa — falei diminuindo um pouco a força, mais sem sair de perto dela,pois queria aproveitar ao máximo esses momentos com ela

— Boa noite meu grude — selou nossos lábios, depois se acomodando em meus braços e fechou os olhos 

— Boa noite vida... 

Uma semana depois 

Kylie ria das palhaçadas dos gêmeos junto com Dylan e Sky, quanto senti meu celular vibrar. Peguei o mesmo, e quando vi quem era meu coração gelou 

— Eu... Já venho — falei a tirando de meu colo e subi para meu escritório me trancando no mesmo 

Poxa Bieber, que demora — disse Lohman assim que aceitei a chamada 

— Eu tava com a Kylie e com as crianças, não dava pra atender — expliquei e me certificar que não tinha ninguém no corredor, depois tranquei a porta de volta — Por favor, não me obrigue a fazer isso. Tenho 4 filhos para cuidar, e me casei a uma semana atrás 

Mais não estou te obrigando a nada Bieber, apenas te dei uma escolha: ou trabalha pra mim e trai toda sua gangue, ou sua esposa morre. Te quero em minha mansão as 02:00 em ponto, leve suas malas, pois não irá voltar... Não até completar a missão 

— Estarei aí 

Desliguei a chamada e suspirei pesado. Voltei pra sala e fiquei com eles o resto do dia, depois botei as crianças pra dormir

— O papai ama muito você viu? Não se esqueça disso e saiba que o papai vai sempre te proteger — falei acariciando o cabelo loiro de meu pequeno 

— O Dylan também ama o papai — disse e me deu um selinho demorado

— Dorme bem meu pequeno 

Beijei sua testa, depois dei vários baixos por seu rostinho o fazendo rir e fui me despedir de Sky

— O papai também ama muito você princesa, sei que não deve nem entender o que eu falo, mais saiba que eu te amo mais do que tudo 

Sky sorriu mostrando seus dois dentinhos, dei um beijo em sua testa, depois beijei sua mãozinha e sai logo do quarto, antes que acabasse chorando. Fui para meu quarto, pois já tinha me despedido dos gêmeos, me deitei sobre a morena e ataquei seus grandes labios

Kylie sorriu entre o beijo, e logo tratei de tirar sua camisola a deixando nua, jenner tirou minha bermuda junto com minha cueca e sem enrolar, pois tinha horário, a penetrei de uma vez nos arrancando um gemido reprimido 

(...) 

Sai da cama tomando cuidado pra não acordar a mulher que dormia serena na cama, nua e fui arrumar minha mala. Checava de 1 em 1 minuto se Kylie continuava dormindo, assim que terminei, vesti uma roupa mais não calcei o tênis pra não fazer barulho, deixei a carta em cima de meu travesseiro, dei um beijo na testa de minha marrenta sentindo lágrimas caírem e sai de uma vez

Me perdoa pequena 

Point of view KYLIE JENNER 

Dia seguinte 

O sol batendo em meu rosto me fez despertar, e dei um longo bocejo, passei a mão na cama sentindo a mesma fria e vazia e me sentei vendo que estava sozinha 

— Amor — chamei alto porém não tive resposta 

Olhei pro relógio e estranhei o fato de Justin ter acordado tão cedo, até que vi uma carta em seu travesseiro. Peguei a mesma, abri o envelope e comecei a ler a carta 

Baby, preciso que saiba que fiz isso pelo seu bem e pelo bem das crianças. Eu amo vocês mais do que tudo, e não posso deixar que nada de ruim aconteça a vocês 

Não me procurem, pois não irão me achar e não me odeie por favor,seu amor é meu bem mais precioso  e necessito dele para conseguir viver. Explique as crianças que a culpa não é sua, muito menos deles, eu assumo toda a culpa 

Eu amo você Kylie, e me perdoe por isso. Por favor não me procure, vai ser melhor para todos nós inclusive para você

Ass: Bieber 

Não, ele não fez isso

Levantei logo vestindo minha camisola e sai gritando por ele enquanto chorava desesperadamente 

— Mãe que foi? — perguntou Marcus descendo junto com seus irmãos

— Mae se acalmar e diz o que aconteceu — disse Lucas preocupado com meu estado 

— Chamem os tios de vocês agora! — falei e subí correndo 

Tirei a camisola, vesti a primeira roupa que achei, e fiquei esperando na sala enquanto chorava desesperadamente de soluçar com a carta nas mãos. Os gêmeos apenas me olhavam preocupados e logo os meninos chegaram quase quebrando a porta

— O que aconteceu? — perguntou Ryan ofegante e entreguei a 

Ele foi embora — falei entre soluços 




Notas Finais


Depois de anos saiu❤

PUTA MERDA, A PRIMEIRA TEMPORADA PASSOU DE 300 FAVORITOS, ESTAMOS SURTANDO GENTE. MUITO, MUITO OBRIGADO MESMO, NÃO SABEM O QUÃO FELIZ FICAMOS

Caralho e agora? Será que vai acabar mesmo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...