História You can hear my heart? (Narusasu) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, TenTen Mitsashi
Tags Boys Love, Família, Narusasu, Romance, Sasunaru, Yaoi
Visualizações 329
Palavras 1.063
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá coisinhas maravilhosas, como eu vou viajar depois de amanhã hoje terá esse capítulo e o final ok?
Espero que gostem e tenham uma boa leitura!

Capítulo 15 - Primeira vez (Penúltimo Capítulo)


Fanfic / Fanfiction You can hear my heart? (Narusasu) - Capítulo 15 - Primeira vez (Penúltimo Capítulo)

*Naruto* 

 

"Sasuke, porque está chorando? Eu disse algo errado?" 

"Não, não, você não disse nada de errado... É que eu estou feliz, eu realmente te amo muito Naruto-san, não consigo dizer todas essas palavras lindas e não sei me declarar para ninguém, mas sei que posso te dizer isso: Te amo!" 

Suas palavras continuam ecoando na minha mente enquanto eu arrasto Sasuke comigo para ir buscar Satoru, a verdade é que eu queria atacá-lo nesse momento, mas não posso. 

Mas acho que um beijinho não vai fazer mal não é? Olho para os lados e vejo que estamos sozinhos, paro subitamente e ele me acompanha. 

-O que houve Naruto-san? 

Seu rosto está corado, que lindo! Dessa forma não há como resistir. O empurro até que ele encoste na parede e beijo seus lábios, ele não põe nenhuma resistência e logo o corresponde. Nossas línguas brincam, ele está ficando bom nisso, seu corpo está agarrado no meu, seus braços me abraçam, posso sentir o quanto ele quer que eu o toque, mas isso é perigoso, não quero perder o controle agora e nem aqui. 

Me afasto quando estamos sem fôlego, seu rosto está mais vermelho que antes, pego na sua mão e o puxo para continuarmos andando. Satoru fica super feliz ao ver Sasuke comigo e corre para lhe dá um abraço enquanto eu converso com a sensei responsável pela turma dele. 

Olho para ambos e vejo o quão feliz e radiantes eles estão e sinto um calorzinho no meu peito, finalmente poderemos estar juntos. 

 

*** 

 

Depois do jantar coloco Satoru para dormir no quarto e volto para a sala, Sasuke avisou sua mãe que passará a noite aqui. Sento-me ao seu lado e veja que ele está um pouco nervoso, que lindo! 

-Sasuke, você está bem? – digo pegando na sua mão. 

-E-Estou... É só que... 

-O que foi? – me viro para ele. 

-Meu coração só está batendo muito rápido e eu quero tanto que você me beije, mas ao mesmo tempo estou tão envergonhado, essa é a primeira vez que me sinto dessa forma... 

-Se você continuar falando dessa forma não poderei me controlar... 

Beijo seus lábios antes que ele possa responder, no começo ele fica um pouco rígido, mas logo começa a ceder, nossas línguas brincam e só nos afastamos quando ambos já estamos sem folego. 

Começo a beijar seu pescoço e ele solta um lindo gemido, assim que ele se dá conta disso começa a ficar ainda mais vermelho, deslizo minha mão por debaixo da sua blusa e começo a brincar com seus mamilos. 

Eles são tão sensíveis que ele começa a gemer de imediato, arranco sua blusa e começo a mordiscá-los, lambe-los e chupá-los. 

-N-Naruto-san, me sinto estranho... 

-Você quer que eu pare? Se você quiser é só me dizer.... Não farei nada que você não queira – beijo sua testa. 

Ele me abraça e posso sentir seu coração saltando em seu peito, será que eu o assustei? Talvez seja melhor esperar um pouco mais, afinal ele nunca fez isso antes. 

-N-Não quero que pare, me toque mais por favor, eu quero mais... 

Depois de ouvi-lo dizer isso me sinto ainda mais excitado, tenho que manter a calma, é a primeira vez dele, não posso me apressar. Me afasto alguns centímetros para ver seu rosto lindo e beijo seus lábios.  

Me levanto e o pego no colo, levando-o para o quarto, por sorte ele é a afastado do meu quarto, onde Satoru dorme. Coloco Sasuke na cama e arranco minha blusa, abro sua calça e veja que ele está tão excitado como eu, tão sexy! 

Tiro sua calça e sua cueca e começo a chupá-lo, seus gemidos voltam e ele agarra meu cabelo, em pouco tempo ele goza, cada vez ele se torna mais sexy para mim, a expressão em seu rosto o faz ainda mais tentador, ter paciência não é fácil desse jeito. 

-Sasuke fique de quatro, com as pernas aberta 

-D-De q-quatro? 

-Isso – sorrio maliciosamente. 

Ele faz o que eu pedi, começo a lamber seu ânus e a alisar o seu pênis, isso faz com que ele comece a gemer a muito mais, me sinto tão excitado. Em seguida faço com que ele se deite novamente e coloco meus dedos em sua boca, ele chupa com vontade. Que erótico! 

Começo enfiando um dedo para que ele se acostume e quando me dou conta já estou com três enfiados, ele se acostumou facilmente. 

-R-Rápido N-Naruto-san, c-coloque-o –  ele diz ofegante. 

Tiro minha cueca e minha calça e me posiciono no meio das pernas de Sasuke, beijo seus lábios rapidamente. 

-Não se esqueça de respirar ok? Pode doer um pouco, mas vai dar tudo certo! 

Ele concorda com a cabeça e eu meto, ele tem um espasmo e acaba gozando, acho que atingi seu ponto, ele me abraça e eu começo a me mover, ele começa a gemer no meu ouvido e isso me deixa ainda mais excitado.  

Aumento a velocidade das estocadas, enquanto beijo seus lábios, ele aperta os braços em volta de mim. 

-Eu te amo Sasuke, eu te amo muito – sussurro no seu ouvido. 

-Eu também te amo Naruto-san, e não quero viver nenhum dia mais sem você! 

 

*** 

 

Abro os olhos e vejo Sasuke dormindo calmamente, o que eu devo fazer agora? Formalizar minha relação com Sasuke? Falar com seus pais? Pedi para que ele venha morar aqui? Ou isso é ser muito precipitado? Talvez o melhor a se fazer no momento é pedir Sasuke formalmente em namoro e depois conversar com ele sobre isso. 

-Sasuke, hora de acordar.... Você não tem um seminário hoje? – beijo sua testa. 

Ele abre os olhos e me abraça, aliso sua bochecha e ele volta a fechá-los. A carinha de Satoru aparece perto da minha. 

-Bom dia Satoru! 

-Naa-chan <3 Sasuke <3 

Satoru começa a cutucar a bochecha de Sasuke e ele finalmente abre os olhos, ele sorri. 

-Bom dia Naruto-san, Satoru, espera como chegamos aqui? – ele fica vermelho, que lindo! 

-Eu te trouxe... Bom, depois conversamos sobre isso, você tem que levantar e se arrumar... Tem um seminário hoje certo? 

-É só de tarde, que horas são? 

-Já passa das 10, hoje eu não tive que dar aula e Satoru faltou a escola... Bom então podemos almoçar juntos e depois da faculdade você pode voltar aqui? 

-Claro. 

Beijo seus lábios enquanto Satoru bate palminhas, hoje com certeza farei o pedido formalmente.


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capítulo e até daqui a pouco para o capítulo final <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...