História You Changed My Life - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 23
Palavras 1.049
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lírica, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amigos
então
NOVA FIC
VIDA NOVA

quero pedir a ajuda de todos <3
vamos comentar e favoritar! me ajudem com ideias também
beijinhos <3

Capítulo 1 - What Do You Mean


Fanfic / Fanfiction You Changed My Life - Capítulo 1 - What Do You Mean

 

You're so indecisive of what I'm saying

Trying to catch the beat make up your heart

Don't know if you're happy or complaining

 

Capítulo 1 - What Do You Mean 

 
Jade Kowalkys 
 
Nunca pensei que ia parar na mansão de Justin Bieber, mas aqui estou eu, sentada em um sofá de couro branco, com almofadas pretas. Respirei fundo tantas vezes, que meus pulmões pareciam que iam explodir, comecei a ficar mais nervosa ao sentir minhas mãos suarem. Fiquei encarando a vista maravilhosa da praia, Justin tinha praticamente uma praia particular, ri ao pensar nisso.
 
O couro do sofá começou a fazer minhas pernas nuas suarem, amaldiçoei Paige por ter escolhido uma roupa tão curta. Lembrei da cara de minha irmã quando descobriu que eu tinha migrado do Team Adam para o Team Bieber, eu diria que nunca vi a garota tão feliz em toda minha vida. Minhas preferências sempre foram escolher ou Christina Aguilera como técnica ou Adam Levine, e foi o que eu tinha feito, até perder uma batalha e ficar á merce da escolha dos técnicos. 
 
- Onde está a garota? - ouvi a voz de Justin atrás de mim, suspirei e tentei me manter calma - Ai está você.
 
 Ele surgiu em minha frente, com sua calça preta, mostrando metade de sua cueca cinza, e sem nenhuma camisa, me senti um pouco constrangida e parece que foi perceptível. Encarei minhas sandálias feias, de uma liquidação qualquer, lembro que gostei delas quando as vi, eram de um vermelho vivo, mas agora estavam descascando.
 
- Então, como sabe, esta parte do The Voice, você irá ter que batalhar por um lugar no meu time - ele sentou ao meu lado, quase perto demais. - Você fala?
 
- Se você me ouviu cantar e falar durante o programa, porque eu não falaria? - rebati
 
Pela cara dele, acho que fui rude demais, as duas vezes que cantei em sua frente, consegui vários elogios do garoto. Mas agora parece que eu tinha destruído minhas chances, meu coração ficou apertado e minhas bochechas começaram a esquentar.
 
- Vou ignorar isso, eu não pensei em nada para você cantar, porém eu não gostei da sua última apresentação e eu acho que o Adam te colocou lá para perder, ele sabia que a música favorecia o estilo do outro cara lá - Justin parecia quase estar realmente se importando. - Então quero que saiba que comigo vai ser diferente, eu gosto da sua voz e acho que você realmente tem um talento.
 
- Dylan é um bom cantor, eu aceitei minha derrota, mas não pretendo repeti-lá - encarei novamente as sandálias e me senti uma formiguinha ao lado do homem - Garanto que darei meu melhor.
 
- Espero que dê mesmo, antes de treinarmos no estúdio, quero ter certeza que já recuperou sua confiança - ele falou como se realmente me conhecesse - Pedi para minha equipe vir aqui, eles irão fazer uma mudança em você.
 
- Eu não preciso de uma mudança! Gosto da minha aparência - olhei com cara feia para ele, o fazendo rir - Não irei permitir que você encoste um dedo em mim!
 
- Por isso eu chamei minha equipe, eu não irei encostar em você - Justin se ajeitou no sofá e pegou seu celular - Você foi a única que está tendo um tempo extra comigo, os outros competidores só irão me encontrar na terça, no estúdio.
 
- Me sinto honrada - revirei os olhos e estiquei minhas pernas - Decida o que eu vou cantar.
 
- Conhece Same Old Love? - perguntou ainda com os olhos grudados no telefone
 
- Está me pedindo para cantar a música da sua namorada? Este não é meu estilo - protestei 
 
- Seguinte, ela ficou meio irritada com algumas coisas que eu fiz e quero me redimir - explicou-se, revirei os olhos e peguei meu celular para pesquisar a letra - Já pode começar a cantar, senhorita Jade.
 
Comecei a cantar meu insegura, não conseguia lembrar do tom da música e nem de como eu podia encaixar meus vocais. Terminei de cantar frustrada, não tinha sido como eu queria e não era novamente uma música boa de se cantar.
 
- Eu achei incrível, só precisa melhorar os vocais, isto é com você - ele se levantou e me estendeu a mão, mas levantei sozinha - Me passa seu número.
 
- Porque eu passaria? - questionei confusa, mas depois de ver sua cara de decidido, tomei o celular de suas mãos e digitei meu número - Quando sua equipe vai chegar? Tenho um compromisso ás 19.
 
- Vou te levar até eles, já estão aí há muito tempo, pedirei ao meu motorista que te leve em casa assim que terminar seu exorcismo - ele falou rindo e saiu correndo pelas enormes escadas.
 
O segui e rapidamente passamos por vários corredores com vistas deslumbrantes para a linda praia, mas enfim chegamos em uma outra sala, com várias pessoas. Me senti envergonhada assim que Justin sumiu de vista e me deixou com aquelas pessoas sem nem me apresentar devidamente. Tive que falar meu nome dez vezes para todos entenderem, fui colocada em uma cadeira macia e dali começou a tortura.
 
Puxaram meu cabelo, cortaram e alisaram. Fizeram minhas sobrancelhas e também me maquiaram, me questionei o porque usar maquiagem a esta hora, sendo que não tinha aonde usar aquilo. Permaneci imóvel ate que a mulher que fez meu cabelo, disse que eu estava pronta, virou a cadeira e me vi no enorme espelho em minha frente.
 
- Está fabulosa! Assim eu garanto que vai ganhar fácil o The Voice - a mulher gritou animada.
 
Agradeci a todos e tentei me lembrar o caminho de volta para a sala aonde eu estava esperando, demorou algum tempo mas me localizei. O sofá onde estava minha bolsa preta, estava sendo feito de cama, Justin estava com uma mulher em seu colo. Congelei onde eu estava, tinha que pegar minha bolsa e sair correndo. E foi o que eu fiz, pedi para um dos seguranças chamar um motorista.
 
Só me senti calma quando estava abrindo a porta de casa, senti o cheiro de macarrão com queijo e lamentei ter que sair com Paige, a prometi que iríamos ao cinema, a menina não saia a um tempo. 

Notas Finais


E AI?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...