História You complete me - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amizade, Amor, Bangtan Boys, Bias, Bts, Homossexualidade, Idol, Jimin, Kidol, Kpop, Romance, Shipp, Sugamin, Taehyung, Yaoi, Yoongi, Yoonmin
Exibições 121
Palavras 1.856
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura <3

Capítulo 9 - Existe sentimento


 

O dia amanheceu quente e ensolarado, eu fiquei olhando para o céu da janela do meu quarto e agradeci por ser um final de semana e eu poder aproveitar aquele dia em casa. Os dias ultimamente estavam sempre chuvosos e cinzentos, fazia um bom tempo que o sol não saía, então era bom ver ele novamente.
   Eu troquei o meu pijama por uma roupa um pouco mais apresentável, já que eu pretendia passar o resto da manhã sentado em meu gramado só deixando o sol esquentar a minha pele. 
   Enquanto eu descia as escadas escutei alguém bater na porta da frente. Eu não pude acreditar quando vi Yoongi parado em minha varanda sorrindo para mim, eu senti uma mistura de vergonha e felicidade, ver ele me fez lembrar da tarde que passamos juntos e isso me fez perceber que eu estava com saudades dele.
   - Pensei em aproveitarmos o dia juntos - Ele sorriu e mostrou uma cesta que estava em sua mão.
   - Piquenique?
   - Eu gosto de coisas clichês em relacionamentos - Ele deu de ombros - Vamos, vai ser divertido
   Ele deu um lindo sorriso convidativo que não me deixaria negar.
 

Nós fomos até um lugar mais afastado da cidade, assim teríamos mais privacidade. Yoongi havia me contado que era o lugar onde ele e sua mãe gostavam de ir quando ele era mais novo, ela falava que aquele lugar era perfeito pra ficar longe de toda a agitação da cidade, e assim Yoongi poderia brincar livre.
   Nós nos sentamos em baixo da sombra de uma grande árvore, e Yoongi arrumou uma pequena toalha branca em cima da grama e tirou aos poucos toda a comida que estava dentro da cesta. 
   - Você sabe que vai ser apenas nós dois, certo?
   Eu falei enquanto olhava para toda a comida que Yoongi havia levado, ele poderia alimentar toda a nossa sala de química com toda aquela comida.
   - Eu não sabia se você é do tipo que come muito ou não - Ele se sentou do meu lado - Espero que seja, porque gosto de quem se alimenta bem, pessoas que sabem que não precisam se preocupar com nada
   - Eu não sou de comer muito  - Eu sorri.
   - Mas hoje você vai comer, nós só vamos sair daqui quando comermos tudo - Ele sorriu - Mas agora eu estou me perguntando por que nós ainda não nos beijamos?
   Yoongi segurou em meu rosto e selou os nossos lábios devagar, como se ele quisesse aproveitar cada instante daquele momento.   Yoongi me puxava para mais perto dele e agarrava em minha nuca com força.
   - Eu estava com saudades dos seus beijos - Ele falou enquanto se afastava - Eu estava com saudades de tudo em você
   - Eu também estava
   Nós voltamos a nos beijar e Yoongi abraçou a minha cintura com força, ele sempre tinha essa necessidade de me apertar, como alguém que segura algo para que esse não fuja, mas o que talvez Yoongi não sabia era que eu em nenhum momento fugiria de qualquer beijo ou abraço dele.
   Eu olhava para o Yoongi e para tudo que estava em minha volta, eu não conseguia acreditar que nós dois estávamos ali juntos. 
   Naquele momento eu agradeci os meus pais mentalmente, se eles não tivessem insistido tanto para que eu mudasse de escola eu não estaria ali com o Yoongi, e nem teria conhecido o Taehyung. Era engraçado com em tão pouco tempo os dois haviam entrado em minha vida e feito ela melhor.
   - Imagino que não tenha sido você quem fez tudo isso
   Eu olhei para o bolo e pães que estava em cima da toalha branca e voltei a olhar para o Yoongi.
   - Não - Ele terminou de comer o último pedaço de bolo e deitou a sua cabeça em meu colo - Eu pedi para a minha mãe fazer
   - Sua mãe? Ela sabe?
   - Sabe do que?
   - De nós dois
   - Ela deve imaginar - Ele sorriu.
   - Então quer dizer que nós dois...? - Eu sorri sem graça e passei uma das minhas mãos pela a minha nuca.
   - Nós dois o que?
   Yoongi estava distraído olhando para o céu e eu estava totalmente perdido em seu sorriso.
   - Deixa pra lá
   Ele levantou o seu tronco e ficou olhando em meus olhos, eu queria desviar o meu olhar do dele, mas eles tinham algo que me prendiam.
   - O que você disse mais cedo, na porta da minha casa...
   Ele passou a mão pelo o meu cabelo, e antes que eu terminasse a frase ele encostou os nossos lábios delicadamente e me beijou.
   - Eu sei o que eu disse - Ele afastou os nossos lábios, encostou a sua testa na minha e continuou com os seus olhos fechados - E o que eu disse é verdade - Ele se afastou um pouco e ficou me olhando - Eu quero que isso seja um relacionamento, porque depois daquele beijo, Jimin, você é a primeira pessoa em quem eu penso quando acordo, eu sei que posso estar sendo apressado, pulando etapas, mas pra que esperar? Se nós dois queremos devíamos simplesmente nós jogar nisso e aproveitar cada momento
   Eu não consegui falar mais nada depois do que Yoongi havia falado. Ele estava certo, nós não deveríamos esperar a melhor hora, porque não existia a melhor, existia um sentimento e era isso que importava.

 A manhã passou tão rápida que nós só percebemos o quanto o dia tinha passado quando eu recebi uma ligação preocupada da minha mãe.
   Voltei a deitar no peito do Yoongi e ele entrelaçou os nossos dedos.
   - Ela já sabe?
   Eu dei um longo suspiro.
   Eu nunca havia conversado sobre isso com os meus pais, na verdade eu nunca havia conversado sobre isso com ninguém. Todo aquele sentimento era novo para mim, era algo que eu não sabia que podia existir.
   - Eu deveria contar, não deveria?
   Ele balançou os ombros e olhou para mim.
   - Você deve fazer o que acha melhor
   - Eu não sei o que é melhor
   Yoongi sorriu.
   Eu encostei mais o meu corpo no dele, eu me sentia protegido tendo ele do meu lado, era como se eu pudesse ficar ali para sempre.
   - Nós devíamos ir para a minha casa, assistir um filme ou talvez só ficarmos deitados fazendo absolutamente nada
   - Eu gostei da segunda opção
   - Eu também
   Yoongi se levantou e estendeu a mão para me ajudar.
   Eu caminhei do lado do Yoongi, por vários momentos eu pensei em segurar a sua mão, mas ele estava tão concentrado em seus passos que tive medo de que meu gesto pudesse assustá-lo.
 

Assim que eu entrei na casa do Yoongi eu senti um frio na barriga, naquele momento eu comecei a mudar de ideia e passei a pensar que talvez nós estivéssemos indo rápido, mas Yoongi segurou em minha mão e eu lembrei de tudo que ele havia falado mais cedo, lembrei de todo aquele sentimento que ele tinha por mim e deixei ele me levar.
   O quarto dele era duas vezes maior que o meu e sua cama dez vezes mais confortável que a minha. Eu afundei a minha cabeça em seu travesseiro e senti o cheiro dele, eu respirei aquele cheiro várias vezes seguidas, até que ele pudesse ficar totalmente gravado em mim.
   Yoongi deitou atrás de mim e ficou mexendo nos fios do meu cabelo.
   - Eu não me importaria de ter você todos os dias aqui comigo
   - Todos os dias são muitos dias - Eu ri.
   Ele passou um de seus braços pela a minha cintura e me abraçou, ele encostou os seus lábios em minha nuca, e fez todo o meu corpo se estremecer no momento em que eu senti a sua respiração quente e pesada em meu pescoço.
   Eu me virei para olhar Yoongi, e então ele colocou parte do seu corpo por cima do meu e me beijou, ele passou a sua mão pelo o meu peito e desceu ela devagar pelo o meu corpo, ele levantou um pouco a minha camisa e alisou o meu abdômen enquanto mordia o meu lábio inferior. Eu senti o meu corpo travar e afastei o meu rosto do dele, Yoongi deu um lindo sorriso e  acariciou o meu rosto.
   - Nós vamos no seu ritmo, mas só quero te lembrar que você pode confiar em mim, não precisa ter medo
   - Eu não estou com medo
   Eu voltei a beijar ele enquanto passava os meus dedos pela a suas costas por baixo da sua camisa, eu beijei o seu pescoço e senti mais uma vez a sua respiração bem próxima de mim.
   Eu estava cada vez mais entregue ao Yoongi e ele a mim, eu nunca pensei que me sentiria assim por alguém, mas agora que estávamos juntos eu não queria voltar atrás, aquela sensação de querer alguém e saber que você é totalmente retribuído com o mesmo desejo deveria durar eternamente, era isso que eu queria para nós dois.
   Yoongi desceu os seus beijos pelo o meu corpo, eu me arrepiava cada vez mais com os seus toques.
   Minha mão segurou a sua cabeça involuntariamente, aquela era uma das melhores sensações que eu já havia sentido, minha respiração estava mais pesada e eu soltava gemidos baixos. Ver Yoongi me dando todo aquele prazer me deixava mais excitado, me dava a sensação de necessidade, como se eu precisasse ter aquele contado com o Yoongi, e talvez eu realmente precisasse. Eu cheguei ao meu limite e percebi que aquela sensação era única e maravilhosa.
   Quando ele subiu o seu corpo e voltou a beijar o meu pescoço eu virei ele na cama e fiquei por cima dele, eu não sabia exatamente o que eu deveria fazer, mas eu queria sentir mais dele e era isso que eu iria conseguir. Desci os meus beijos e me demorei em seu abdômen aproveitando cada parte dele.
   Seu membro estava totalmente ereto e não demorei para dar para ele o mesmo prazer que ele havia me dado, eu queria que Yoongi aproveitasse assim como eu estava, eu levantei o meu olhar e vi todo o tesão estampado em seu rosto, aquilo fez com que eu intensificasse os meus movimentos, ouvir os gemidos do Yoongi era algo que me deixava excitado e louco por ele. Quando ele chegou ao seu limite subi os meus beijos e parei em sua boca, nós dois ficamos nos olhando por um tempo, o olhar do Yoongi para mim era doce, então ele mordeu o seu lábio inferior e trocou aquele olhar por um olhar de desejo.
   Ele me deitou de bruços em sua cama e beijou as minhas costas, eu me agarrei em seus lençóis e deixei que ele percorresse por todo o meu corpo.
 

 Nós dois ficamos abraçados pelo o resto da tarde, eu dormir em seu braço e me senti confortável ali, era como eu sempre me sentia quando estava com ele.
   Se algum dia alguém me pedisse para escolher alguém e um momento, eu escolheria o Yoongi e falaria sobre o nosso dia juntos.


Notas Finais


Por enquanto é isso manas, espero que vcs gostem :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...