História You don't know me - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~JuhRA

Postado
Categorias Cameron Dallas, Crystal Reed, Daniel Sharman, Elizabeth Gillies, Nash Grier, Shawn Mendes, Teen Wolf, The Vamps
Personagens Bradley Simpson, Connor Ball, Crystal Reed, Daniel Sharman, Elizabeth Gillies, James McVey, Nash Grier, Shawn Mendes, Tristan Evans
Tags Elizabeth Gillies, Teen Wolf
Exibições 65
Palavras 1.192
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Festa, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiie ❤
Desculpa a demora🌙
Esse capítulo foi feito inteiro nesta madrugada, por que eu tinha perdido ele e fiquei desanimada.
Uma amiga ajudou a escrever❤
Crédito nas notas finais
Boa leitura💕

Capítulo 11 - I can explain


Fanfic / Fanfiction You don't know me - Capítulo 11 - I can explain

Pergunto à Tom oque aconteceu, mas não me surpreendo com sua resposta não muito bem formulada.

—Ah ela se cortou. —Ele fala simples.

—Sério? Juro que não tinha percebido. — Falo irônico.

Em seguido vou ao banheiro, como dito que o faria.

—Você está legal? — Pergunto me ajoelhando em frente a Elizabeth que se apoiava na borda da banheira, e olhando seu pé.

—Eu tô Daniel, não foi nada... Aaah! —Ela grita após eu segurar no grande pedaço de vidro que estava cravado em seu pé.

—Estou vendo.

Elizabeth ri fraca

—Cala boca!— Ela fala irritada.

—Pronta? —Pergunto.

—Pronta para o quê?— Ela pergunta deixando de lado o óbvio.

—Isso daqui vai ter que sair de algum jeito para você poder se curar. — Explico.

—Vai.—Ela para rápida, como se não quisesse prolongar sua dor.

Então seguro seu pé com uma mão e com a outra, puxo o caco de vidro. Em seguido ouço seu gemido de dor que parecia mais um grito abafado.

—Pronto. — falo após conseguir tirar o caco de seu pé.

—Que ótimo —ela fala com uma cara não muito boa.

Então jogo o caco de vidro no lixo, e foco minha atenção em seu pé novamente.

—Vamos lavar— Falo e abro a torneira da banheira deixando—a encher um pouco. —Põe seu pé aí, vai arder um pouco.

Então ela coloca seu pé na banheira, vejo o sangue se misturar com a água, e uma expressão de dor surgir em seu rosto

Pego algumas coisa no armário do banheiro e faço um curativo simples nela.

Percebi sua agitação, mas sugeri que ela descansasse mais.

Ela com seu jeito teimosa de ser recusou mas eu insisti, e ela foi para meu quarto e passou por Tom que não perdia um movimento nosso.

—Tá olhando oque? — Liz pergunta se fingindo de brava.

Ela senta na minha cama e olha pra mim. Entrego lhe uma de minhas camiseta.

—Aqui veste, não quero o Tom te olhando.

—Ai que ciumento. — ela diz brincalhona. — Vem cá.

Ela diz dando um tapinha na cama, onde havia um espaço vazio ai seu Lado.

Sento no mesmo e ela me dá um selinho.

[...]

Fiquei "descansando" já que Daniel havia me obrigado, mas quem acabou dormindo foi ele, ele parecia cansado, e nessas horas dormir é uma bênção, então fiquei quietinha em seu lado, Mas já era bem tarde e provavelmente levaria um belo de um sermão ao chegar em casa.

Daniel se levanta e nem percebe que eu estava acordada, espero ele sair e decido me levantar.

Daniel Point Of View

Vou até o primeiro andar da casa e noto que Tom ainda está aqui, o mesmo dormia no sofá, pego um copo d' água e volto ao quarto, quando chego vejo Liz se trocando e pergunto:

- Oque tá fazendo?

- Me trocando, era pra mim estar em casa faz HORAS, meu pai deve estar preocupado, não que eu me importe mas vai que ele tira meu carro - diz a mesma em quanto terminava de se trocar...

- Eu te levo!

- Não precisa Daniel, eu sei dirigir sozinha.

- Tem certeza, não vai me encomodar

- Querido o menor dos meus problemas é te encomodar. Aliás como você vai me levar com MEU carro?

—Certeza? Você não parece que está em um estado muito bom para dirigir.

—Eu sou a mestre em dirigir em situações perigosas, tipo bêbada, isso n é nada. Confia em mim.

—Vou confiar.

—Me empresta pelo menos uma jaqueta para cobrir minha blusa ensanguentada.— ela diz se olhando no espelho.

— É melhor vc ir com a camiseta q eu te emprest,  parece que você foi assassinada.

—Verdade, aliás foi uma tentativa de assassinato.

—Eu sei, desculpa.

—Pelo oque? — ela pergunta confusa.

—Por te envolver nisso.

—Você não fez nada, eu me envolvi sozinha. Aliás amanhã precisamos conversar sobre a conversa que eu tive com os caçadores.

—Que conversa?

—De primeira eles não queriam me matar, estava mais para tortura para arrancar respostas.

—Respostas?— pergunto confuso.

—Também não entendi muito bem, depois te conto OK?

—Okay.

Liz veste minha roupa e descemos para o primeiro andar.

—Vai ficar bem?

—Vou, eu sei me cuidar.— ela fala e me dá um selinho

A acompanho até a porta e fecho a mesma quando Liz entra em seu carro, olho e Tom estava sentado no sofá com duas cervejas na mão, me junto a ele, pego uma das cerveja e começamos a beber, quando Tom decide se pronunciar :

- Ela é bem gata!!

- Ei! - Digo dando um soco em seu ombro, continuamos ali por mais um tempo

Elizabeth Point of View

Chego em casa e meu pai está dormindo no sofá "Com certeza estava me esperando" penso, subo as escadas sem fazer muito barulho para não acorda-lo se não levaria uma bronca e ele ainda poderia "confiscar" meu carro

Chego no meu quarto troco de roupa, por ainda estar com a de Daniel, e "durmo" .

Meu celular toca mais cedo que o normal pois queria sair antes de meu pai acordar, tomo um banho e que merda meu corpo ainda doía, só queria ficar na cama até estar 100%, visto minha saia preta com franja, uma regata branca (até que estava calor) e minha adorada bota preta, desço as escadas pego uma maçã e vou buscar Crystal (porque a mesma havia me pedido).

Buzino na porta da casa de Crys e vejo a mesma sair, ela entra no carro e seguimos em direção a escola, começo a contar tudo o que houve no dia anterior e ela parece ficar surpresa, e muito brava falando que ia quebrar os caçadores (Haha).

Estaciono o carro em frente à escola e andamos em direção a porta da frente, encontro com Tristan que faz um sinal com a mão para eu me aproximar, vou até ele e te dou um beijo em seu rosto

- Oi Gata!! - Ele responde me dando um selinho desta vez

- Eai!! Oi pessoal - comprimento o resto da turma tentando parecer animada, já saio de perto deles, voltando a caminhar com Crystal - Ei!!- Falo após alguém trombar comigo olho e vejo Shawn "putz o trabalho" lembro - Shawn, eu estava mesmo te procurando, precisamos combinar pra terminar o trabalho

- Você me procurando?? Eu percebi mesmo!! E não adianta falar que precisamos combinar sendo que quem sempre some é você, esqueceu de mim ontem?? Pois é tive que pegar um táxi até minha casa porque minha carona foi embora sem mim, não é mesmo??

- Eu tive um problema familiar - falo isso e vejo Crystal se distânciar em direção ao seu armário

- Eu sei muito bem quais problemas você teve Liz, agora tchau estou com pressa

— Shawn espera!— seguro seu pulso. — Por favor não fica assim eu prometo que te explico tudo hoje.

—Você não tem que explicar nada.

—Shawn por favor...

—Aah ok.— ele murmura saindo

Ótimo agora eu vou ter que resolver mais um problema, olho para Crys e vejo a mesma conversar com Cameron, me aproximo dos dois e digo

—Que merda é essa??

—L-Liz o Cameron é meu "colega" de sala, acho que vocês já se conhecem - diz Crys tentando mentir para mim

- Oi Liz - responde Cameron

Não respondi nem um dos dois, revirei os olho e segui em direção a sala de aula por o sinal ter acabado de bater, que para minha sorte (ou total azar) seria de química.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Minha linda amiga JuhRa que me ajudou a escrever❤
Obrigado por ler e boa noite🌙💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...