História You Don't Own Me - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman, Esquadrão Suicida
Personagens Barbara Gordon, Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Harvey Dent (Duas-Caras), Oswald Chesterfield Cobblepot (Pinguim), Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa), Personagens Originais, Selina Kyle (Mulher-Gato)
Visualizações 301
Palavras 1.120
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Meus bebês


Fanfic / Fanfiction You Don't Own Me - Capítulo 13 - Meus bebês

               ~ HARLEY♡~

    Estava feliz, tinha dormindo com o pudim e isso era tão bom, a noite toda eu senti seus carinho em minha cabeça, não tava nem acreditando nisso, esse carinho todo mas eu que não vou reclamar.

    Acordei com umas lambidas no meu rosto e alguém cheirando meu pescoço

     - para pudim -  falo manhosa - deixá eu dormir mas um pouco

    No momento que falei sentir algo pulando em cima de min e lambendo meu rosto e outro meu pé. Acordo nu pulo e vejo Black e Inver as hienas

     - meus lindos -  falo sorrindo - como você se saltaram da coleira? O papai saber disso?  Acho que não, vamos lar com ele

     Como ainda estava nua da noite passada fui até o closet e coloquei um pijama e um roupão por cima. Fui até o escritório do pudim e pato na porta

     - entre - ele fala calmo, entro é ele me olha - oque que harley?

     - nada pudim - ele ainda não viu eles - você não vai acreditar quem veio me acordar

     - quem harley? - ela fala olhando sério, acho que ele pensou besteira

   No momento que ia fala Black pula no colo do pudim e me fez rir, Inver que se joga no chão au lado do pudim e da um tipo de risada

     - como eles se saltaram? - o pudim perguntar tentando tirá Black de cima dele - harley que tira ele de cima de min

     - ele só que carinho pudim - falo indo até ele

     - E mas não estou com paciência para isso - ele fala desviando das lambidas - E além do mas eles estão com um cheiro nada bom

     - E porque des que saímos com eles, eles fizeram a Maio bagunça na cara da quele homem -  falo lembrado da última vez que levamos eles para brincar na Cidade -  possa da um banho  neles pudim?

    - você deve da um banho neles - o pudim fala ainda tentando tirá Black de cima-  PORRA BLACK QUE SAÍ, HARLEY QUINN TIRÁ ELE DAQUI AGORA

     - Black vem com a mamãe amor - Black vem corroendo - Isso bebezinho, você também Inver

     - Eu mereço - o pudim fala olhando aquela cena

    Vou até o quarto coloco um piquine é um short soltinho, tomo meu café da manhã e eles sempre atrás de min

     Começo  a da banho neles, aquilo tava uma bagunça só, eles me molhava, tinha espuma no meu cabelo, saio correndo atrás deles com a mangueira, admitido aquilo tava divertindo. Quando fui pega Inver para pode colocar a coleira nele, ele saio correndo e eu fui atras, sair correndo até escorreguei e Inver veio até min e teu um tipo de risada

    - Você rir, pestinha da manhã - falo rindo

    - parece crianças - vejo o pudim me olha rindo da quela cena - var se arrumar vamos sair

     - posso leva eles - Fasso cara de crianças-  pur favo pudim

      - pode harley - ele sai e eu vou para meu quarto

   Tomo meu banho, coloco meu uniforme, fiz minha maquiagem, fiz minhas marias- Chiquinha e fui escolher as coleiras dos meus bebês, escolhi uma vermelha  é uma   preta as duas com pequenos diamantes

    Fui até o pudim ele me esperava na sala sentado no sofá com Inver deitando do seu lado e Black nos seus pés. Fui até ele e beijei suas Buchechas

    - estou pronto pudim -  fui coloca as coleiras nos bebês

   - ótimo, então vamos

   Fomos até um lugar que não sabia muito bem aonde era, quando chemos, olhei o lugar era tudo destruído

    - pudim a onde estamos? - falo olhando o luga

    - E uma parte esquecida de Gotham, aqui podemos fazer oque quiser - ele fala saindo do carro

    - E por que estamos qui? - pergunto indo até Black e Inver que voram na van

   - porque vou resolver uns assunto é aqui é o melhor lugar -  ele sorrir ao ver um homem vir ou seu encontro

    - Marcone espero que você tenha trazido minhas coisas - o pudim fala olhando com um certo brilho nos olhos

    - jocker, eu tenho uma ideia melho - ele fala e uns homens sair das sombras das casa destruídas

    - e qual seria essa ideia meu amigo -  o pudim fala sorrindo

   - eu fico com os seus novos brinquedos e com essa boneca linda ai do seu lado ne boneca, você ia ficar linda na minha cama

    - pudim - falo indo para traz dele

    - não se preocupe monstrinha o papai vai Marte esse desgraçado

  Começar uma briga entre os homens do pudim e do Marcone, começo a atirá atira em todos que vai na minha frente e os meus bebês atacavam todos que vinham para cima de min até que um machuca o Black e isso me fez ficar com muita raiva mas muito raiva mesmos

    - você machucou o meu bebê,  VOCÊ MACHUCOU MEU BEBÊ - eu falo grito e partindo para cima do homem - AGORA VOCÊ VAI MORRE SEU FILHO DA PUTA

   Atirei em sua perna e ele cai e eu vou para cima dele com meu taco é começo a bate nele com toda munha força e raiva

  - NUNCA MAS ENCOSTA NOS MEUS BEBÊS - eu falava patendo nele

   - HARLEY VAMOS - o pudim fala indo para o carro - ja acabei com ele deixa esse aí morre

   Vou até o pudim e mando Rocco leva Black para cosa que eu ia coita dele, no caminho vejo o pudim com um corte no abdômen

    - pudim oque foi isso? - eu falo olhando para o corte que sangrava

    - nada harley -  chegamos em casa e ele sai do carro, vejo que está duendo mas ele nunca

    - nada não eu sei que está duendo, deixa eu cuidar de você - falo seguindo ele até o seu quarto

    - harley para de encher o parra do meu saca - ele fala indo até o banheiro

   - olha qui pudim você pode até me bate ou me xingar mas andes disso eu vou cuidar desse machucando

    Ele me olha sem entender nada mas também não fala nada isso pra min é um sim, pego o kit de primeiros socorros e começo a cuita do pudim

    Assim que término eu limpo o sangue que estava seco e arrumar o kit de primeirossocorros

    - pronto - falo indo até a porta - Boa noite pudim

   Vou para meu quarto e vou cuidar do meu outro amor assim que cuidar de Black, vou tomar um banho me arrumo e vou dormir com Black e Inver na cama, meus bebês



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...