História You Don't Own Me - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Liga da Justiça, Mulher Maravilha, Supergirl
Personagens Barry Allen (Flash), Canário Negro, Diana Prince (Mulher Maravilha), Kara Zor-El (Supergirl)
Tags Arlequina, Beolive, Dakara, Diana Prince, Kara Danvers, Nyssa Al Ghul, Nyssara, Sara Lance, Swan Queen
Exibições 13
Palavras 1.372
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Magia, Poesias, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - A Vizinha


Fanfic / Fanfiction You Don't Own Me - Capítulo 13 - A Vizinha

Gal_ Sempre fui uma pessoa extrovertida, fácil de fazer amizades.

 

Há pouco mais de cinco meses mudei de endereço e até então quase não conheci ninguém da vizinhança. 

 

Mais isso não me incomoda,passo o dia trabalhando só chego em casa no fim da tarde.

 

Em um certo dia vi um caminhão de mudanças chegando ao condomínio,eu sabia que se tratava da nova moradora.

 

Ela iria ocupar o apartamento ao lado do meu.

 

Tomara que ela não seja uma vizinha chata...

 

Assim que nos vimos, nos cumprimentamos e eu falei que morava do lado e qualquer coisa era só chamar.

 

Eu não sabia nada sobre ela e provavelmente ela também não sabia nada sobre mim.

 

O pouco que há vi pude perceber o quanto ela era atraente.

 

Percebi também que ela morava sozinha.

 

Os dias foram passando e eu quase sempre a via quando estava indo pro trabalho,e as vezes quando voltava no fim da tarde.

 

Um belo sábado de sol eu estava com a minha namorada em frente a minha casa.

 

Minutos depois ela saiu,veio até nós, nos cumprimentou e brincou com meu cachorro.

 

Convidei ela pra sentar o que logo ela fez,sentou ao nosso lado e naquele dia surgiram novas informações sobre ela.

 

Naquele dia a conheci melhor,nos conhecemos melhor.

 

Ela falou que era engenheira,tinha se formado há pouco mais de dois anos e estava na cidade há pouco tempo,tinha vindo a trabalho.

 

Ela perguntou se eu e minha namorada éramos irmãs.

 

Eu respondi que não, que éramos namoradas.

 

Ela surpresa falou.

 

-Nossa que bacana... Eu também sou lesbica,tenho uma namorada há quatro anos,porém não moro com ela ainda por falta de oportunidade. 

 

Falou também que estava em  Nova York pouco tempo e a namorada tinha ficado na Bahia,mas que estava morrendo de saudades.

 

A partir desse dia meu coração começou a bater mais forte ao 

vê-la e meu interesse ficou mais aflorado. 

 

Esse meu jeito sem vergonha de ser ainda vai me meter numa fria mais tomara que antes eu possa comer minha nova vizinha.

 

Com o passar dos dias meu desejo foi aumentando,eu sonhava como seria nós duas na cama.

 

Durante os dias fomos pegando cada vez mais intimidade. 

 

Minha namorada mora com os pais e vem ficar comigo aos fins de semana.

 

Ai sempre que estava de bobeira trocava uma ideia com ela.

 

Em uma noite do nada começou a chover forte e com isso tava tendo muita queda de energia.

 

Um trovão forte ecoou por quase toda a cidade e em seguida todo o condomínio ficou sem energia.

 

Minutos depois ouço batidas na porta assustada pergunto quem é. 

 

Uma voz linda respondeu.

 

-Sou eu  Melissa..

 

Era minha vizinha gostosa. Abri a porta pra ela que logo entrou e perguntou se poderia ficar ali comigo.

 

Falou que estava assustada e já que estávamos sozinhas uma poderia fazer companhia a outra.

 

Fiquei ali admirando como ela era linda.

 

Por volta de 1,65,corpo malhado cabelos cacheados, deve ter por volta de 27 ou 28 anos.

 

Pele morena chocolate, típica baiana gostosa sabe? Sem falar nos lábios carnudos e sorriso lindo.

 

Convidei ela pra entrar sentei,ela sentou ao meu lado no sofá. 

 

A casa estava iluminada apenas pela luz se duas velas.

 

Mesmo assim pude notar que ela não tirava os olhos dos meus. 

 

Conversa vai,conversa vem.

 

E ela me surpreendeu ao dizer.

 

Melissa -Estou louca por um beijo seu.

 

Ai Deus eu sonhava com aquele momento todos os dias.

 

O cheiro da pele dela me consumia.

 

Fiquei olhando pra ela feito uma retardada, então ela pediu desculpas e falou que respeitava o meu relacionamento e o dela também.

 

Eu então falei.

 

Gal -Não precisa se desculpar não, muito menos desistir,afinal não é só você que está louca por beijos,eu também estou louca pelo seu.

 

Eu envolvi minha mão pelo seu pescoço e a beijei calmamente. 

 

Os lábios dela era uma delícia.  Eu já estava mega molhada,louca por ela e querendo tirar todas as nossas roupas.

 

Ela correspondeu intensamente ao meu beijo que foi ficando cada vez mais quente. 

 

Ela com toda calma e carinho foi tirando a minha blusa e dizendo ao meu ouvido que estava louca de tesão. 

 

Que todos os dias ela tirava minhas roupas em pensamentos. 

 

Eu ficava cada vez mais molhada com ela falando.

 

Enquanto ela tirava minha blusa eu a beijava e acariciava suas costas.

 

Era muito desejo envolvido naquele momento.

 

Era um misto de desejo,atração e sentimentos. 

 

Ela falava cada vez mais coisas quentes,e quando dei por mim já tinha tirado sua blusa.

 

Ela tirou meu short sem afastar nossos lábios.

 

No ritmo que nos beijavamos eu fui tirando toda sua roupa.

 

Ficamos apenas de calcinha,pude sentir o calor do seu corpo e ela o do meu.

 

Ela estava sedenta por prazer,e meu corpo ardia de desejo.

 

Finalmente ela me deixou completamente nua,beijou meu corpo inteiro.

 

Ela suavemente colocou os dedos no meu clitóris e começou a fazer movimentos incríveis, eu me contorcia toda na sua mão. 

 

Eu queria cada vez mais aquela mulher,ela fazia movimentos extremamente gostosos.

 

Agarrei seus seios e comecei a chupar com vontade um a um.

 

Apertava e os uniam chupando e mordendo os biquinhos, ela gemia com meus toques.

 

O tesão era cada vez mais intenso,minha vontade gozar aumentava cada vez mais.

 

Ela gemia gostoso com os toques da minha boca nos seus seios.

 

Ela aumentou o ritmo no meu clitóris, me masturbava forte e rápido pedindo pra mim gozar pra ela.

 

Dizia que queria muito sentir meu gozo escorrer.

 

Levei minha mão até a boceta molhada dela e logo penetrei dois dedos.

 

Ela gemia e rebolava loucamente. Conforme ela gemia eu aumentava meus movimentos. 

 

Ela então me penetrou também e intensificou suas estocadas na minha boceta.

 

Eu dizia que iria gozar e ela respondia vamos gozar juntas,pois estou louca de tesão e seus dedos são maravilhosos. 

 

Em gemia e falava coisas que no auge do tesão eu não conseguia entender.

 

Aquilo era maravilhoso, sua voz rouca me dava mais tesão. 

 

Metia meus dedos com vontade na sua boceta,ela rebolava e me fazia prender seus dedos com minha boceta.

 

Ela então gritou.

 

-Vou gozar... 

 

E em seguida explodiu em um gozo intenso.

 

Seus gritos eram escandalosos, gemia alto e ao mesmo tempo baixo. 

 

Não resisti e gozei juntamente com ela,gritando o quanto aquilo estava gostoso.

 

Gemi como nunca antes,respondi a altura ao belo orgasmo que é tinha tido.

 

Ela me beijou forte,puxei ela um pouco pra ponta do sofá, deixando ela bem aberta e fiquei entre suas pernas.

 

Ela me olhava com cara de safada,e com um sorriso de puta que estava louca por mais.

 

Beijei sua boca,desci pelo pescoço dei uma leve chupada ela puxou meus cabelos e falou.

 

-Você me deixa louca...

 

Desci minha boca pelo seus seios,barriga até chegar na sua boceta.

 

Abocanhei seu clitóris com força,queria ela gozando na minha boca.

 

A luz voltou e pude ver ela rebolar gostoso na ponta da minha língua.

 

Ela pareceu entrar em êxtase, ficou completamente louca quicando e rebolando na minha língua. 

 

Eu fazia movimentos giratorios, lentos e ao mesmo tempo intensos. 

 

Ela gemia,gritava e pedia mais. 

 

Ela prendeu suas pernas no meu pescoço e segurou forte a minha cabeça esfregando a sua boceta na minha cara.

 

Percebi que ela ia gozar novamente e aumentei o ritmo da minha língua dentro dela.

 

Ela começou a tremer e gozou enchendo minha boca,deitando todo o seu corpo sobre o meu sofá. 

 

Levantei e fiquei de frente pra ela,e sem demoras comecei a me masturbar diante dos seus olhos.

 

Ela me olhava com um sorriso safado e dizia que eu era muito gostosa.

 

Quanto mais ela falava,mais eu me excitava.

 

Aumentei o ritmo da minha mão nos meus dedos,rebolava e esfregava gostoso. 

 

Quando ela percebeu que eu estava prestes a gozar,ela se ajoelhou nos meus pés penetrou fundo toda sua língua na minha boceta me fazendo bambear as pernas.

 

Rebolei por duas vezes e gozei escorrendo todo o mel gozo por sua boca.

 

Deitamos no sofá,ela colocou a cabeça sobre meu peito e falou que te adorado,em seguida me convidou para um banho.

 

Trasamos e gozamos muito durante o banho,depois fomos até a cozinha.

 

Preparei um macarrão, comemos e tomamos um vinho.

 

O restante da noite foi de mais prazer...

 

Fim!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...