História You Don't Own Me - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Liga da Justiça, Mulher Maravilha, Supergirl
Personagens Barry Allen (Flash), Canário Negro, Diana Prince (Mulher Maravilha), Kara Zor-El (Supergirl)
Tags Arlequina, Beolive, Dakara, Diana Prince, Kara Danvers, Nyssa Al Ghul, Nyssara, Sara Lance, Swan Queen
Exibições 10
Palavras 929
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Magia, Poesias, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - A surfista capítulo Final (Arlequina e Diana)


A susfita 

 

 

Diana - Conversamos sobre a minha breve passagem pelo Rio,meu irmão falou que uma amiga também estava lá, mais que provavelmente não nos conhecia.

 

Jantamos,e ao terminar me despeço de todos e vou pro quarto preciso dormir um pouco.

 

Fiquei alguns minutos pensando na beleza e no olhar da mulher que vi no spa, agora mais do que nunca só me resta esquece-la até porque nunca mais verei ela.

 

Passei dois dias maravilhosos com minha família, agora é hora de voltar pra casa preciso de sossego. 

 

Meu irmão resolveu vir comigo e Sara ,ficará alguns meses comigo. 

 

Chegamos ao meu apartamento e fomos direto descansar,mais antes deu ir pro meu quarto,Berry  me chamou para ir com ele ao aquário, ele é biólogo e sempre que vem pra Jericoacoara vai no aquário, sua namorada trabalha lá. 

 

Aceitei,é sempre bom tá na companhia dele,Sara  se despede e vai embora.

 

No dia seguinte sou acordada pelo meu irmão que já está pronto.

 

Tomo um banho,me troco e quando vou descer meu celular toca,era  sara ..

 

-Bom dia gata!

 

-Bom dia flor,então como hoje não é dia de treino,liguei pra te chamar pra ir ao clube mais tarde o que acha?

 

-Ótimo!  Estou precisando encontrar alguém que foda gostoso,preciso relaxar. 

 

-Como sempre né? 

 

Ela fala e rimos. 

 

-Claro! É cientificamente comprovado que sexo faz bem pra saúde. 

 

Ela gargalha e fala.

 

-Te encontro na frente do clube as 21:00hs não atrase!

 

-Ok florzinha. 

 

Falo e desligo antes que ela me xingue.

 

Desço, tomo café com berry e logo depois vamos pro aquário. 

 

Enquanto meu irmão faz seus trabalhos resolvo ir até a lanchonete tomar um suco.

 

As horas se passam,voltamos pra casa e vou direto me vestir para ir ao clube...

 

----------####---------------

 

Tomo um banho caprichado, me visto e as 21:00hs chego no clube,Sara já está a minha espera.

 

Entramos e vamos direto pro bar,pedimos um vinho,fizemos um brinde pela vaga garantida pra próxima fase da competição. 

 

Ficamos ali conversando e olhando as pessoas se divertirem.

 

Esse clube só é frequentado por pessoas que realmente gostam de sexo sem compromisso, ou até mesmo com compromisso. 

 

Pessoas que gostam de dores,prazeres,quem gosta de dominar e ser dominado.

 

Estamos em um Clube "BDSM". Ficamos na parte dedicada aos Gays lésbicas e simpatizantes. 

 

Na segunda taça de vinho percebo uma mulher de cabelos loiro  ,um corpo lindo vindo em minha direção. 

 harley -Boa noite,seu gosto é? 

-Submissão! 

 

-Vem comigo? 

 

-Claro!

 

Aqui só entra pessoas com exames feitos para não correr nenhum risco de doenças ou algo de tipo.

 

Olho pra  sara e dou um sorriso de canto de boca,o que significa que a diversão está garantida.

 

Sigo a bela mulher a minha frente e entramos no quarto "6".

 

E ela já começa muito bem,esse é um dos melhores quartos daqui.

 

Harley -Nele contém 4 cordas que vem do teto,e um balcão com vários intens. 

 

-Tire sua roupa pra mim!

 

Ela fala olhando nos meus olhos.

 

Sem pensar duas vezes tiro minha roupa lentamente e ouço um suspiro dela ao acompanhar com os olhos meus movimentos. 

 

Após tirar a minha roupa,observo ela tirar a sua,e tenho uma bela visão de sua linda boceta e seus durinhos seios.

 

-Vá até o meio das cordas.

 

Ela manda,logo faço. Ando até as cordas e me posiciono no meio delas.

 

Ela caminha até mim,estica duas cordas e prende em cada perna minha,e em seguida faz o mesmo com meus braços. 

 

Ela apertada um controle que faz as cordas subirem um pouco me deixando completamente esticada quase no ar.

 

Nessa hora minha boceta pulsa,sinto minha excitação escorrer pela parte interna de minha coxa. 

 

Ela caminha até o balcão,perfeita nua e de salto alto,pega um chicote, volta até mim e fala.

 

-Vou te bater 10 vezes.

 

Assim ela começa, dá a primeira chicotada na minha panturrilha, e assim vai batendo em todo o meu corpo...

 

 

Aquilo me deixou totalmente excitada e louca para ser fudida com força. 

 

Seu sorriso é sem vergonha e excitante. Eu simplesmente adoro sentir a dor durante o prazer. É coisa de louco pra uns,mais excitante e prazeroso pra outros.

 

Eu sentia prazer na dor e ela,e ela sentia prazer em induzir a dor,isso é uma troca de prazeres.

 

Ela para ao meu lado e passeia o chicote dos meus seios a minha boceta, me fazendo arrepiar.

 

Ela beija minha boca com força. 

 

Ela se afasta,coloca uma cinta com uma prótese, se aproxima novamente e me penetra rápido e forte.

 

-Ahhh...

 

Ela segura minhas pernas fazendo as cordas se mexerem o que faz meu corpo ir de encontro ao seu.

 

Eu vou e ela estoca cada vez mais fundo e forte, me levando ao delírio. 

 

O quarto é tomado por nossos gemidos,e o barulho dos tapas que ela me dá. 

 

Ela puxa meus cabelos e me penetra mais duas vezes forte.

 

O suficiente para me fazer gozar falando coisas sem sentidos.

 

Após alguns minutos ela sai de dentro de mim,me solta das cordas tira a cinta e fala.

 

-Agora me chupa, quero gozar na sua boa.

 

Senta na ponta da cama. Sem demoras já me ajoelho e penetro minha língua na sua boceta que babava de tão molhada.

 

Prendi o seu clitóris com os dentes,o que fez ela gritar e rebolar na minha boca. 

 

Chupei o seu clitóris por alguns segundos até ela explodir em um orgasmo absurdo,lambi até a última gota.

 

Olho nos olhos dela,dou um sorriso de satisfação, visto minha roupa e saio do quarto. 

 

Sara  já não está mais no bar,volto pra casa tomo um banho e vou dormir totalmente relaxada e satisfeita...

 

Continua...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...