História You it's mine.... - Min Yoongi {Hybrid imagine} - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Açúcar Mal Humorado, Açúcar Querido, Híbrido, Imagine, Jikook, Lemon, Namjin, Suga, Vhope, Yoongi, Yoongi Is Bipolar
Visualizações 133
Palavras 1.033
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yoy, foxes! Como vocês tão?

Sumi né? Mas EU TÔ DE VOLTA!
E serio, eu tô muito feliz, estamos chegando a cem favoritooossss ♡

Vocês querem me matar, é isso?

Ksksksksks, sem mais delongas, Buena Lectura ~

Capítulo 15 - 14~ Mentes cheias


{Yoongi OFF/ Autora ON}


~ Mini quebra de tempo ~

Já tinha se passado uma semana de todos os acontecidos, S/N já estava melhor de seu próprio "inferno", já as noites como aquela do dia tinham se repetido, e a híbrida já não sabia mais o que sentia sobre seus seus sentimentos a respeito de Yoongi.

Yoongi também estava sem saber o que sentia exatamente por S/N… Mesmo assim, os dois sempre conversavam e estavam sempre perto um do outro. Não tinham medo e sim, vergonha. O mesmo já tinha entregado seu último trabalho da faculdade, seu TCC, e esperava ansiosamente pela resposta da faculdade.

Os dois Kim estavam mais unidos que antes. Não sabiam dizer o porquê disso, mas, sabiam que isso era bom para os dois. O mais novo dentre eles, Namjoon, estava totalmente cansado e o mais velho era quem estava o ajudando. Mesmo não sendo muito bom em cálculos e coisas assim, Jin ajudava bastante o maior e sempre estava do seu lado. Por outro lado, seu restaurante estava cada vez mais perto de se abrir. Ainda não tinha ido lá com Yoongi, S/N e seus outros 'filhos', queria fazer uma surpresa e estava conseguindo.

Hoseok e Taehyung continuaram na mesma depois do que o mais novo disse, o mais velho entre os dois, tinha medo que, se dissesse a verdade, perderia sua amizade preciosa por causa disso. Talvez fosse apenas besteira da sua imaginação, mas não deixava de pensar nisso todos os dias. Já o mais novo estava extremamente atordoado, não sabia mais o que tinha dado em seu amigo, Jimin, e estava cada dia mais preocupado com ele.

Jimin, por sua vez, estava piorando a cada segundo de cada minuto, tinha insônia todos os dias e não comia quase nada. Estava magro e muito cansado para sair de casa, assim, passava o dia inteiro dentro do quarto, deixando seu híbrido, Jungkook, cada vez mais preocupado com ele. Seu dono não lhe falava nada, só que estava tudo bem, e o híbrido não sabia a quem recorrer. Tinha que falar com S/N para isso, e era o que faria.


Já era segunda-feira novamente e S/N estava cansada do fim de semana corrido. Yoongi não tinha lhe dado uma trégua depois que tinha ficado 'boa' do cio e saiu com a híbrida, a fim de anima-la, e ele também precisava disso, para ser sincero consigo mesmo. A híbrida dormia tranquilamente, até que, enquanto dormia, uma memória atacou sua mente, deixando a híbrida atordoada.



- Tão nova... - aquele homem de cabelos negros a atacava novamente, seu sorriso cínico e seu olhar masoquista olhavam a pequena híbrida de treze anos novamente, deixando a mesma com um medo lhe consumindo. - E tão linda… - se aproximava cada vez mais da jovem, que já estava imprensada na parede, contra sua vontade

- M-Me deixe e-em paz, p-por favor… - implorava aquele homem, que apenas sorriu e segurou em sua cintura, a machucando internamente e exteriormente. Suas lágrimas começaram a cair de seus olhos, já o homem, não ligava maia, apenas queria satisfazer seu próprio desejo.

- Ah, você gosta. Se não, não estaria mais aqui. - sorriu cínico novamente para a jovem, que chorava desesperadamente. Ir contra? Já tinha desistido a muito tempo, se entregava contra sua vontade, sentia que doía menos.

Resolveu não responder mais o homem, ou melhor, como ele a obrigava a chamar, seu daddy, algo que tinha nojo de falar, e sentir toda aquela dor infernal, queimar dentro de si. Não havia prazer algum, era apenas dor, sempre, todas as vezes em que, infelizmente, tinha que se entregar aquele homem.



Já tinha acordado, e se sentado ofegante na cama, não respirava direito, seu peito subia e descia rapidamente. Yoongi chegou ao seu quarto preocupado vendo a híbrida naquele estado, se aproximou dela e sentou-se ao seu lado.

- Pequena, o que houve? - perguntou, vendo a híbrida o empurrar da cama.

- Nada, Yoongi! Por favor, me deixa sozinha… - falou rápido demais, não queria dar explicações ao mais velho.

Já ele, saiu do local, a híbrida não queria falar e ele não a forçaria a isso, já ela, passou o dia no quarto, trancada, não queria ver ou falar com ninguém, não para sempre, só naquele dia.

Suas memorias assombrosas que lhe perseguiam a deixavam atordoada, e isso não era nada bom para ela.



Seokjin estava morto de cansaço, o resto das coisas haviam chegado e lá estava ele com a ajuda dos sete garotos daquele dia. Namjoon estava na faculdade, mas iria logo depois para o futuro restaurante. Jin se divertia com os garotos, mesmo não os conhecendo muito bem, ria com eles constantemente.

Para ser sincero, Jin não estava com a mínima vontade de ver o outro Kim e sabia o por que, seu coração estava muito atordoado com a grande aproximação entre eles, e isso o deixava mais atordoado ainda. Preferia todo o cansaço do que ter que encarar seu sentimentos.



Jimin dormia, pela primeira vez em sete dias, praticamente, seu híbrido tinha cansado de ficar quieto, então, preferiu ir ajudar seu dono, o forçou a comer algo e a dormir, isso lhe fazia bem e tirava um grande peso de suas costas.

O híbrido não gostava de se sentir inútil, ainda mais, quando se sentia um fugitivo, já que tinha fugido do seu dono, se é que poderia chamar aquele homem de dono, que nunca o amou e o mesmo se iludia com as palavras daquele maldito, como o adorava chamar, em sua mente.

Jimin tinha medo de descobrirem o híbrido em sua casa, os boatos já estavam cada vez maiores pela cidade, e não demorariam para chegarem aos ouvidos de seus amigos e esses não demorariam a chegar em sua casa. Não desistiria do híbrido facilmente, mas tinha medo do que poderiam fazer contra si.



Taehyung ligava desesperadamente a seu amigo, que não o atendia de jeito algum. Até Hoseok já tinha tentando, mas Park não os atendia.

O mais novo estava sentado ao lado do mais velho, no sofá de sua casa, ambos cansados da vida em si. Taehyung preocupado com seu amigo, já Hoseok, preocupado com os dois. O mais novo tinha ficado estranho depois daquele dia, mas mesmo assim não deixava a amizade do rapaz de lado, e continuava junto dele.







Notas Finais


Então, gostaram do capítulo assim? Por favor digam :3

E ai? Vão querer o que de presente de 100 favoritos? Estou aberta a idéias ~

Muito obrigada por lerem o capítulo o por tudo que vocês fazer por mim, obrigada foxes ⸜♡

Beijineos da Isa e até o próximo capítulo ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...