História You know I make you wanna scream - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avenged Sevenfold
Personagens Johnny Christ, M. Shadows, Personagens Originais, Synyster Gates, The Rev, Zacky Vengeance
Exibições 42
Palavras 1.213
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Hentai
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oláaaaaa galerinha e boa leitura <3

Capítulo 4 - Green eyes


Fanfic / Fanfiction You know I make you wanna scream - Capítulo 4 - Green eyes

Matt acendeu a luz da sala e colocou o amigo no sofá então Bia desceu pra ver e encontrou o irmão extremamente bêbado e o grandão parado perto dele.

- Ele te deu muito trabalho? - eu disse enquanto ajeitava Brian no sofá - ele não toma jeito.

-É...ele sempre me dá trabalho - riu - Desculpa por te acordar mas ele ta muito chapado

- Ah que nada, eu estava acordada - sorri e o olhei, meu Deus, ele é mais lindo pessoalmente - Er...você quer dormir aqui? Pelo o que vi sua carona foi embora...

- Pode ser, eu pensei que ele iria ficar sozinho e ele sempre faz merda quando ta sozinho - Matt sorriu mostrando as covinhas

- Então vou ajeitar o quarto pra você, tem o quarto de hóspedes... - que sorriso é esse senhoooor.

- Não precisa se incomodar, sério. Quer ajuda ?

- Não, só vou pegar uns cobertores e um travesseiro pra você, espere aqui okay?

Subi as escadas, e fui até o quarto, abri o armário e procurei o travesseiro, e adivinha? Está no lugar mais alto possível, não quero pedir ajuda, mas é o jeito né...

Desço as escadas timidamente e o chamo.

- Oi moço? Desculpa, ainda não sei seu nome - ri tímida.

-Matthew mas me chame de Matt

- Prazer, Bianca, mas pode me chamar de Bia...Olha, você me ajudar, o travesseiro está muito alto para mim, e você já percebeu que minha altura não ajuda né? - ri.

Matt deu uma gargalhada que causou um arrepio em Bia e ela logo tentou disfarçar então foram até o quarto e com a maior facilidade ele pegou o travesseiro já que tinha 1,85 ,Bia tinha uma enorme queda por homens grandes.

- Obrigada Matt, foi muito fácil para você né - ri - Agora só tenho que achar os cobertores para você.

Ele concordou e ela pegou dois cobertores no quarto pois aquela madrugada estava fria e levou pra ele ,nem percebeu que estava sorrindo que nem uma boba.

Bia deu os cobertores pra ele e quando sua mão entrou em contato com a mão dele sentiu um friozinho na barriga que era desconhecido pra ela, agradeceu por ser cabelo estar na frente do seu rosto pois estava sorrindo, se virou pra voltar pro quarto mas algo a fez parar.

-Er...Bia ? -ele a chamou

- Ah...Oi...oi, precisa de algo?

- Obrigado por deixar eu dormir aqui - sorriu e virou pro outro lado dando a visão dele de trás.

- De nada - Meu Deus! Que que issooo - Você é solteiro? - essa pergunta saiu automática, não devia ter perguntado isso. Tomara que ele não tenha ouvido isso...Ops. Tarde demais.

- Sim - se virou de novo - E você ?

- Sou sim, desculpa, perguntei sem querer...

- Tudo bem, é normal perguntar isso - ela se sentiu aliviada por ele não ter estranhado

- Ah okay, bom, acho que já estou te incomodando - ri - vou deixar você descansar, vou lá em baixo cuidar do Brian.

- Você não incomoda, aliás, você é irmã dele né ?

- Sou sim. Você não sabia?

- Sabia que ele tem uma irmã mas ele nunca nos apresentou - deu de ombros - E não disse que ela é tão linda

- Ele é muito ciumento comigo...e obrigada pelo elogio - corei na hora - Você também é muito lindo - falei dando um sorriso bobo.

- Bem,um dia desses a gente pode sair, o que acha ? -ele perguntou e ela quase gritou SIM mas se controlou.

- Nossa, claro que sim, quando? Estou livre todos os dias - Me toquei que estrapolei - desculpe, sou muito animada.

- Qualquer dia que você quiser - riu - Mas temos que cuidar da doença chamada ciúmes que seu irmão tem

- Olha, ele não precisa saber...

- É,ele não precisa saber - concordou - Você deve estar cansada...

- Um pouco, mas você sim, agora sim tenho que ir lá com o Brian, boa noite - pisquei para ele e sai.

Desci as escadas, peguei um cobertor e cobri Brian que dormia feito pedra.

Fui para a cozinha, peguei um copo d'agua e me encostei no balcão.

Matthew, que nome lindo, homem lindo. Lindo é pouco, é um puta deus grego isso sim, tomei minha água e fui para meu quarto, com um sorriso bobo na cara.

Acordei com o meu celular apitando, pego e olho, nada demais.

Me sento na beira da cama e fico ali, moscando, tentando criar coragem para levantar, fico ali por uns 5 minutos e me levanto, vou até o banheiro faço minhas higienes e depois desço para a cozinha com rouoa de dormir mesmo.

Chego até a cozinha e começo a preparar um café, até que ouço passos vindo em direção a cozinha, olho para trás e me deparo com um Matt sem camisa, com uma cara de sono tão gostosa e sorrindo dando vida as suas covinhas.

- Bom dia Matt...

-Bom dia linda, Brian ainda não acordou ?

- Brian quando bebe muito, demora pra acordar, geralmente só no horário do almoço...você está com fome?

- Um pouco mas não quero abusar - riu - Minha irmã deve estar puta comigo

- Ela é muito brava?

- As vezes, mas quando acordar e ver que aquela casa ta uma bagunça vai ficar brava

- Entendo - ri - mas vou fazer algo para você comer, o que você gosta?

- Eu gosto de tudo - Matt levou aquilo em duplo sentido - Faz aquilo que você gosta

- Okay, vou fazer minha especialidade, panquecas...enquanto isso, por que não vamos conversando? Se conhecer melhor...

- O que quer saber sobre mim ?- sentou na cadeira de frente pra ela

- Ah sei lá, o que gosta de fazer?

- Cantar e compor e você ?

- Bom, eu gosto de sair, ir na praia...

- Até já sei onde vou te levar então - sorriu - Sabe tocar algum instrumento?

- Um pouco de guitarra, Brian me ensina as vezes quando tem tempo...

Passaram mais um tempo conversando até que as panquecas ficaram prontas, Bia as colocou na mesa e serviu pra ele que elogiou a comida da morena, ela sorriu de modo tímido e o celular dele começou a tocar, Matt pediu licença e foi atender depois de uns minutos ele volta.

-Falei que ela iria acordar brava com a bagunça, tenho que ir... mas foi muito bom ter conhecido você

- Digo o mesmo, ah me passa seu número, para mantermos contato...

Bia pegou o número de Matt e já colocou em seus contatos, ele deu um beijo em sua testa e foi embora, uma hora depois Brian acorda com ressaca.

- Bom dia dorminhoco - eu falo e logo entrego um remédio para ele - está com fome?

- Bom dia - falei rude - me conhece tão bem mana, obrigada, minha cabeça está prestes a explodir!

- Então toma esse remédio, toma um café e vai deitar um pouco.

- Vou fazer isso, mas antes você poderia fazer um almoço? É que meus amigos vai vir aqui.

- Tudo bem Brian, fazer o que né, agora vá deitar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...