História You love me, do not you - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys (bts), Hentai, Romance
Visualizações 7
Palavras 778
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ALÔÔÔÔÔÔÔÔ BOA LEITURA, NÃO DE PREOCUPA, EU NÃO MOIDO :3

Capítulo 1 - ...One...


 Só de lembrar já me da uma imensa vontade de Chorar, aqueles cacos de vidro voando pela minha frente....

°Flashback on°

  LOLA, NÃO VOU TE CHAMAR DE NOVO - Escuto minha omma gritando lá dá sala já sem paciência...

TO PEGANDO O MEU FONE OMMA!

Pego o meu fone de ouvido e vou correndo para o carro, entro me sento, e logo em seguida coloco os meus fones...

Que demora em filha!?

Sorry bae dicsian dicsian dicsian Sorry Bae - Com a música no máximo eu só olhava os lábios de minha Omma se movendo - Que Omma?

Aish, Lola se você ficar a viajem inteira com esse fone, nós iremos brigar... Logo reviro os meus olhos...

     {Quebra de tempo}

Chovia muito na estrada, e a única coisa que eu fazia era, observar as árvores, pra mim Observar as árvores me traz uma sensação de Paz, é como se elas dançassem ao vento...

Lola, tira o fone filha, quero falar com você.

Logo tiro meu fone...

O que houve? - Pergunto com um tom preocupado

Só queria te dizer que eu te amo muito - Logo a mesma sorri,e eu logo retribuo...

Também amo você Omma 

         {Quebra de tempo}

Lola, abaixa o volume, tá muito alto

Que?

Abaixa o volume, está muito alto!

Não entendi! - Me faço de desentendida

Abaixa um pouco filha

A não mãe, tá chegando na minha parte favorita...

 Minha Omma revira os olhos... Estou observando as árvores como de costume, até que olho para frente e vejo uma luz muito forte, olho para o lado, E minha mãe tinha dormido ao volante... Tento desviar, mas foi inútil, logo vi tudo rodar, girar, os cacos de vidros passavam pela minha frente aquele barulho imenso... Quando percebo o que aconteceu, já é tarde demais... O carro havia capotado, olho para o lado e vejo minha Omma, toda ensanguentada, entro em desespero e me ponho a chorar, chego perto de seu peito e não escuto seu batimentos... Fico desacreditada, e me ponho a chorar muito, fico um tempo deitada no colo dela, chorando e se perguntando "Por que? Por que logo comigo?"... Tiro o meu cinto, e procuro meu celular, precisava ligar para alguém, precisava de ajuda, eu precisava dá minha Omma... Acho meu celular, saio do carro, com muita dificuldade pois havia cacos de vidro por tudo... Chovia muito, mas eu não ligava, precisava de ajuda, não sabia o que fazer, eu apenas chorava, chorava muito desesperada, pensando o que ia ser de mim, não tinha ninguém, só a minha Omma, mas agora ela se foi... Vou direto ligar pra emergência, mas adivinha, eu estava sem sinal... Foi aí que eu desmoronei, não podia deixar minha mãe ali, não naquele estado... Estava frio, de noite, e eu estava chorando muito, já estava começando a ficar fraca, quando olho para frente e vejo uma luz baixa se aproximando, parecia ser de um carro... Logo o carro freia com tudo e para...

???? - Mocinha, o que houve, vai ficar tudo bem... - Disse uma moça descendo do carro...

Moça,me ajuda, por favor - falo entre soluços - Mi-Minha Om-Omma está ali dentro...

????? - Aí meu Deus, se acalme vou ligar para a ambulância, polícia... Enquanto isso se acalma um pouco, você parece estar fraca, coma um pouquinho... - Diz a mesma me abraçando - Ah, está tremendo... - Logo a moça vai no carro correndo e abre a porta, a chuva já havia diminuído... - FILHO ACORDA! 

O que foi mãe?? - O mesmo diz em uma voz sonolenta

Me ajude aqui, de comida para ela..
 Logo o moreno volta a sentar direito e me olha...

MÃE O QUE HOUVE, AONDE A GENTE ESTÁ?

Calma filho, já te explico...

Logo a moça me coloca sentada no banco de traz de seu carro...

JungKook - O que houve, por que choras tanto? Bom aqui tem um sanduíche e uma água...

Obr-Obrigada, o carro ele-ele tombou,e minha Omma está lá dentro Mor... - Logo sou interrompida com um abraço

Sinto muito, não fale mais nada - O moreno me abraça, por mais que eu nunca tenha conhecido ele, aquele abraço me passou uma segurança inesplicavel...

    {Quebra de Tempo}

Logo a polícia chega, e a ambulância também... Minha mãe, bom, ela faliceu, e eu estava com ferimentos leves...

Polícia - Bom mocinha, nós temos que ir

Ir para aonde? 

Polícia - Um orfanato horas, a não ser que você tenha algum parente...- Logo a interrompo...

Não, eu não tenho ninguém - Digo cabisbaixa

Polícia - então vamos

Não deu tempo de se despedir de JungKook, e de sua mãe que eu não sei o nome...


   °Flashback off°

CONTINUA!?

 

 


Notas Finais


CONTINUO?!

EU NÃO MOIDO :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...