História You made me begin (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Imagine, Jeon Jungkook, Jhope, Jung Hoseok, Jungkook, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Kookie, Kpop, Min Yoongi, Park Jimin, Rap Monster, Suga
Visualizações 49
Palavras 1.170
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, postando mais um capítulo pra vocês.
Também queria dizer que não sei com que frequência postarei, mas logo logo me organizarei, enfim, espero que gostem e desculpem qualquer erro.

Capítulo 2 - Capítulo Dois


                     Park Jimin Ver.

 

Acordo automaticamente sentindo um cheiro deliciosamente bom adentrar  minhas narinas. Olho pro lado e Hobi hyung ainda permanece dormindo como um anjo em sua cama. Fico sentando por mais alguns segundos e logo decido ir ao banheiro.

Lavo o rosto, escovo os dentes e dou uma ajeitada no cabelo. Sigo em direção ao aroma maravilhoso de comida vindo da cozinha, e encontro Jin hyung em frente ao fogão com seu avental de estampa extremamente engraçada, porém fofa, e dou um risinho. O mesmo logo senti minha presença no cômodo. 

 

– Oh! acordou cedo? – ele fez a pergunta soando mais como uma afirmação. Apenas concordei com a cabeça. 

 

– Estou com muita fome que acordei apenas com o cheiro da comida – falei encostando no balcão – o que tá preparando aí?

 

– Algumas panquecas – ele falou sem tirar a atenção do que estava fazendo – temos que nos alimentar bem pra uma boa performance hoje.

 

Assenti e apenas continuei o observando em silêncio, enquanto ele preenchia os pratos com várias panquecas, que aparentavam estar bastante deliciosas, o que fez meu estômago gritar de fome. 

Jin hyung tinha um papel importante no grupo, ele não era apenas mais um membro. Além de ser talentoso, ele se preocupa e cuida bastante de cada um de nós, era como um pai pra nós. Tirando o fato de sempre está trazendo alegria ao grupo com sua risada escandalosa e suas piadas totalmente sem graça.

 

Pego um prato e começo a mordiscar algumas panquecas, umas recheadas de calda da chocolate e outras com calda de mel. 

 

– Os outros ainda não acordaram? 

 

Ele quis saber.

 

– Hum, n..ão – falo de boca cheia. 

Hyung olha pra mim de cara feia.

 

– Ya! não fale de boca cheia – me repreendeu – vá acordar os outros – ordenou, apontando pra mim com uma palheta.

 

– Sim, estou indo – peguei mais uma panqueca e sai correndo e escuto um resmungo ininteligível de Jin Hyung.

 

Decido ir primeiro no quarto onde dormiam TaeTae e Suga Hyung. Antes mesmo que eu possa dizer algo, Taehyung já acordava lentamente e me olha com cara de sono.

 

– Bom dia TaeTae – falo fazendo carinho nos seus cabelos e o mesmo solta um resmungo parecendo uma criança. 

Taehyung era como um bebezinho fofo que todos queriam cuidar e dar carinho. Levanto e olho pra Suga esparramado na cama ao lado. Ah esse hyung... eu tinha até medo de se aproximar e de que ele pudesse acordar e tacar um travesseiro a qualquer momento. 

 

– Tá... você acorda a fera aí e eu vou acordar os outros. 

 

Antes mesmo que Taehyung protestasse algo, eu me retirei do cômodo e fui acordar o Hobi. O mesmo já estava no banheiro tomando banho, pois escutei o barulho do chuveiro. 

 

Menos um. Falei aliviado.

 

Agora fui em direção ao próximo quarto. Bati na porta mas ninguém atendeu. Com nenhum sinal de resposta, me dei a liberdade de abrir a porta e entrar, apenas encontrando Namjoon hyung dormindo de boca aberta. 

Olhei a cama ao lado, a mesma estava completamente arrumada. E foi ai que me perguntei aonde estaria o maknae. Chequei o banheiro, porém não havia ninguém. 

 

– Ah... hyung, acorda – falei o cutucando – acorda hyung! 

ainda não obtia resposta.

 

 – HYUNG! 

 

Gritei.

 

– Ah! O que? não foi eu – Namjoon murmurou sonolento e logo levantou no salto com uma expressão assustada e os cabelos totalmente bagunçados. Não me contive em rir com a cena.

 

– Ah hyung, desculpa, mas você não acordava, fiz o que era necessário. E o quê, que não foi você? – o olhei desconfiado.

 

– Aigoo Jiminie... o que? – ele parou pra refletir e mudando de assunto em seguida – nada, aish. Da próxima vez prefiro que um despertador  me acorde — o mais velho olhava torto pra mim. 

 

– Onde está o Kookie? – pergunto apontando pra cama do mais novo.

 

– Ãn? o Jeongguk? – hyung perguntou confuso.

 

– Sim, a cama dele está arrumada – apontei pro local – sinal que já acordou. Mas não o vi ainda... onde será que ele está? 

 

– Já deve está tomando o café da manhã – Namjoon deduziu.

 

– Sim... talvez ele ja esteja – falei pensativo. Não era de costume o Jungkook acordar cedo, muito menos deixar sua cama arrumada após acordar, isso tá estranho. Olhei pro hyung, que estava totalmente sonolento e olhando pro nada, e parecia não ouvir nenhuma palavra do que eu havia dito – Hmm... hyung – chamei sua atenção – faça sua higiene, e vá tomar café da manhã, Jin hyung preparou panquecas.

Dito isso sai do quarto e segui de volta à cozinha 

 

Na cozinha ja se encontravam, Hobi, Tae, Yoongi e Jin hyung que já havia tirado seu avental e agora estava sentado junto com os outros.

 

– Onde estão os outros? – Jin pergunta. 

 

– Namjoon hyung deve estar tomando banho... mas o Kookie, eu não faço a mínima ideia onde ele esteja.

 

– Como assim? – foi a vez do Tae questionar – ele não está no quarto?

 

– Aniyo, e sua cama está completamente arrumada.

 

todos me olharam com uma expressão surpresa, até mesmo Yoongi que estava quase dormindo na mesa – pois é amigos.

 

– Liga pra ele então, talvez ele tenha apenas ido caminhar – Jin cogitou. 

 

– Certo.

 

 

                Jeon Jungkook Ver. 

 

Eu definitivamente não havia conseguido pregar os olhos na noite anterior. Tive vários pesadelos, todos eles voltados para o passado. Tudo por  causa do acontecimento da noite anterior. Eu não consegui tirar a cena daquela garota em cima da ponte, e só conseguia me perguntar se ela estaria bem e segura nesse momento. Olhei pro horário na tela do celular, que marcavam 5:30 da manhã. Era muito cedo, e eu não só havia conseguido um cochilo de poucas horas. Eu estava péssimo, isso era muito ruim, temos uma performance importante hoje, eu não posso estragar tudo. Não conseguiria dormir mais de jeito nenhum. Olho Namjoon hyung dormindo na cama ao lado, levanto me esforçando ao máximo pra não fazer barulho. Arrumo minha cama e decido tomar um banho em seguida. 

 

Minha cabeça não conseguia pensar em outra coisa, precisava fazer algo pra distrair. Como não havia ninguém acordado, resolvi ir mais cedo para a bighit e treinar um pouco.

 

(...)

 

Já havia perdido as contas de quantas vezes passei a mesma coreografia, poderia dançar de trás pra frente. Já havia passado uma hora desde que cheguei aqui, provavelmente os meninos já devem estar se perguntando aonde diabos eu me meti. E foi como se lesem minha mente, o celular vibrou e o nome de park jimin surgiu na tela. 

 

– Ya! Jungkookie? onde você está? ta lembrado que iremos nos apresentar hoje? – o mais velho falava, e juro que poderia ver sua expressão fingindo estar bravo, mas, Park Jimin era uma pessoa que não conseguia ser bravo.

 

Apenas revirei os olhos.

 

– Bom dia hyung. Eu já estou no prédio – falei calmamente. 

 

– Que? mas nem sete horas são ainda – um silêncio se expandiu – O que aconteceu com você? Sabe, quero dizer, você não é do tipo que acorda cedo.

 

Antes mesmo que eu lhe respondesse algo ele falou:  

 

– Tá... nós chegaremos aí em alguns minutos. E precisamos conversar. 

 

E desligou na minha cara.

 

 

Continua....


Notas Finais


Espero que tenham gostado, talvez amanhã eu poste mais um rs, até o proximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...