História You Make Me Complete - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Allybrooke, Camilacabello, Camren, Dinahjane, Fifthharmony, Laurenjauregui, Normanikordei
Exibições 45
Palavras 1.262
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey...

Capítulo 5 - Capitulo 05


Segunda feira amanheceu chuvosa, depois de dar de mamar ao meu filho e deixa-lo com minha mãe, fui até meu quarto, tomei banho e me troquei. Passei a semana passada inteira com Lauren, Nathalia e uma de suas amigas, Dinah. Juntas decidimos o buffet, alguns detalhes da decoração e a lista de convidados. A festa seria no sábado, então essa semana provavelmente seria mais corrida do que a outra.

Estacionei na minha vaga e depois de pegar minha pasta e o celular, deixei o mesmo. A manhã passou tranquila, assinei alguns contratos, li vários relatórios e depois de alguns telefonemas percebi que a manhã já tinha acabado. Fechei meu notebook e deixei minha sala, tinha um almoço com Dinah, Lauren e Nathalia em alguns minutos. Assim que pisei no restaurante, as vi sentadas.

– Oi, desculpe o atraso – nos cumprimentamos com dois beijinhos e nos sentamos

– Podemos pedir? – Perguntou Lauren

– Eu vou querer o de sempre – falei

– Eu também

– Ótimo – Lauren fez sinal e logo o garçom estava na nossa mesa

– E então? – Perguntei

– O que? – Perguntou Lauren

– Vocês marcaram essa reunião achei que queriam discutir alguma coisa sobre a festa ou...

– Isso é apenas um almoço amigável – falou Dinah

– E por que me chamou?

– Achei que você precisasse relaxar mais – deu ombros

– E também queríamos de apresentar uma pessoa – olhou no relógio – mas ela vai se atrasar

– Como sempre – falou Dinah

– Uma pessoa?

– Bom... na verdade é a noiva da Dinah

– Oh vou conhecer a famosa Normani?

– Sim, ela está tendo uma crise de ciúmes e pôs na cabeça que você é minha amante

– O que?

– Não se preocupe, foi um mal intendido, mas para prevenir...

– Se não se importar é claro – falou Lauren

– Não, claro que não

Conversamos sobre os preparativos da festa enquanto almoçávamos e somente na sobremesa tive coragem de perguntar onde está Nathalia

– Não sei – respondeu Lauren – nós terminamos

– Sinto muito

– Não sinta – falou Dinah, fazendo Lauren revirar os olhos – oh ela chegou

– Quem? – Perguntei a Lauren já que Dinah havia levantado

– Normani

– Amor, essa é a Camila – sorriu para mim – Camila, essa é a minha noiva Normani

– Prazer – me levantei – ouvi muito sobre você

– Serio? – Perguntou surpresa

– Oh sim, Dinah sempre dava um jeito de te colocar na conversa...

– Mesmo não tendo nada a haver – falou Lauren

– Oi pra você também, Jauregui

– Nos vimos hoje de manhã mulher – nos sentamos e pedimos a sobremesa

Nos primeiros minutos percebi Normani me olhar torto, mas depois ela relaxou e conversamos mais sobre a festa, até que de repente o assunto era eu e meu filho

– Nossa, você já é mãe? – Perguntou Normani

– Sim, um descuido e meu pequeno nasceu

– Posso te perguntar uma coisa – Dinah

– Claro

– E o pai?

– Oh é um irresponsável que só pensa em curtir a vida

– Mas ajuda?

– Não, eu sei que ele tem a obrigação, mas estamos bem sem ele

– É a agora parem de xeretar a vida dela – pediu Lauren – temos que ir buscar a Ally

Me despedi delas e voltei para o escritório. Estava me sentindo diferente, mais leve talvez, havia muito tempo que eu não sentava e conversava com alguém despreocupadamente como fiz hoje, sentia falta disse e nem percebia.

...

O dia da festa chegou e eu mal havia dormido. O restaurante foi fechado na sexta-feira para começarmos a arrumar o local, fiquei supervisionando até altas horas da noite e Lauren estava sempre lá, tendo certeza que tudo seria feito do jeito que ela queria. Acordei depois de algumas poucas horas de sono, tomei um longo banho e fui para o restaurante, deixando Ethan com meus pais. Assim que cheguei lá dei de cara com Lauren

– O que está fazendo aqui? Achei que tínhamos combinado que você só viria na hora da festa

– Oi, bom dia Camila, dormiu bem?

– Dormi maravilhosamente bem, agora o que está fazendo aqui?

– Eu dormi bem também, obrigada por perguntar

– Jauregui...

– Eu só estou muito ansiosa e não conseguiria manter a boca fechada perto da Ally – me estendeu um dos copos que tinha em mão – trouxa café

– Obrigada – sorri pegando e dando uma grande golada – e como ela está?

– Não está muito bem, porque a Dinah cismou que temos que fingir que não lembramos do aniversário dela e desde que descobriu o câncer, ela não comemorava – começou a falar rapidamente – porque queria esperar esta cem por cento bem e agora que finalmente ela está melhor, acho que as melhores amigas não...

– Ok, ok Lauren – a interrompi – vamos para o meu escritório e você se acalma um pouco

Na minha sala, Lauren sentou no sofá perto de janela e eu me sentei ao seu lado. Conversamos por um longo tempo até ela se acalmar totalmente.

– Você é muito apegada a ela né – comentei

– Nós crescemos juntas, Ally é como uma irmã pra mim, até a Tay a chama de irmã

– É muito bonito o que você está fazendo por ela e tenho certeza que vai valer a pena faze-la esperar

– Eu espero que sim

– Agora que está mais calma, podemos ir ver como anda as coisas

– Ótimo

Passamos as próximas horas andando de um lado para o outro, não precisávamos, porque eu confiava na minha equipe, mas Lauren não conseguia ficar parada.

– Está tudo pronto por aqui, então eu acho que você já pode ir pra casa se arrumar

– Tudo bem, vejo você mais tarde?

– Provavelmente não, quero aproveitar esse resto do dia com Ethan

– Oh...

– Mas não se preocupe, Hayley vai supervisionar tudo e você viu como ela é competente

– Tudo bem então

– Tenha uma ótima festa e dê os parabéns a Allyson por mim

– Pode deixar

...

Dois meses se passaram e eu já estava mais familiarizada com o trabalho, assim como também tinha uma babá. Estava lendo sobre algumas exigências da próxima festa, quando o telefone toca

– Sim?

– Srta. Cabello, a Srta. Jauregui está na linha – estranhei, pois não nos falávamos desde o dia da festa, a exatos dois meses

– Pode passar – esperei e em poucos segundo ouvi a voz de Lauren

– Camila?

– Oi Lauren, tudo bem?

– Tudo sim e você?

– Estou bem também

– Estou te incomodando?

– Não, pode falar

– Eu queria saber... bem se você quiser... sei lá... é...

– Sim?

– Sair comigo?

– Oh... – fiquei sem saber o que falar – sair com você? – Perguntei para ganhar mais tempo

– É... se não tiver nada melhor para fazer – dava para ouvir o nervosismo em sua voz

– Eu adoraria sair com você

– Serio?

– Claro, por que não?

– Pode ser hoje?

– Hoje não dá, é o dia de folga da babá e meus pais estão viajando

– Ah... tudo bem – pareceu desanimada 

 – Pode ser amanhã?

– Claro, posso te levar para jantar?

– Eu adoraria

– Beleza, te pego as sete, pode ser?

– Pode

– Pode me passar seu endereço?

– Claro

Depois de desligar, fiquei encarando o nada. Não estava esperando por isso. Sempre gostei de mulheres e por isso meus pais ficaram chocados e surpresos quando souberam da minha gravides.

Será que Lauren sabia? Dei de ombros e liguei para minha mãe, ela ia surtar quando soubesse e como eu contava tudo para ela sempre...

– AI MEU DEUS – dona Sinu gritou do outro lado da linha – é só eu sair que essas coisas acontecem, querida, você já sabe o que vai usar? E...

– Mãe, não estou indo ao meu primeiro encontro

– Depois de tanto tempo filha, acho que você já é virgem de novo

– Mãe

– O que? É verdade uai

– Notícia dada, agora vou desligar antes que a senhora fale mais alguma besteira

– Só falei a verdade...

– Mande um beijo pro papa – desliguei sem dar chances de ela falar mais asneira.


Notas Finais


Oi oi desculpem qualquer erro (;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...