História You Make Me Feel - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Origem dos Guardiões, Big Hero 6 (Operação Big Hero), Como Treinar o seu Dragão, Enrolados, Frozen - Uma Aventura Congelante, Valente
Personagens A Fada dos Dentes, Anna, Astrid, Coelhão, Elsa, Flynn Rider, Hiro Hamada, Jack Frost, Jamie Bennett, Kristoff, Mérida, Norte, Olaf, Personagens Originais, Rapunzel, Sandman "Sandy", Soluço, Sophie Bennett, Tadashi Hamada
Tags Flynzel, Jelsa, Kristanna, Mericcup
Exibições 32
Palavras 1.037
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Vim aqui pedir mil desculpas pelo atraso dessa fanfic, me desculpe mesmo. E essa é a unica serie Jelsa que eu to gostando de criar talvez depois eu crio outra. E desculpe pelos erros foi na correria de hoje que fiz ele.

Capítulo 5 - Ela não gosta de mim.


Elsa

Depois que a turma toda estava em silencio, dava pra ouvir o barulho do ventilador e a brisa com cheiro de café do professor, nunca fui fã de café depois de alguns minutos em silencio o professor começou a dar a aula, antes do intervalo o professor falou que tinha um aviso.

-Bem alunos, para terminar esse bimestre vamos para um acampamento_ pera acampamento viva! Não vou precisar conviver com os meus irmãos por alguns dias. Não é que eu não gosto deles é só que quero um espaço pra mim sabe? Pensando bem ele me deixam em paz então.._ a Elsa vai entregar as permissões_ oque? Me levantei e comecei a entregar as permissões tive que da pra Ave colorida e quando eu entreguei para ela, a mesma pegou e me olhou com uma cara mortal, mas a cara dela estava tão estranha que quase ri da cara dela, continuei a entregar quando acabei de entregar me sentei no meu lugar de novo.

-Professor, quando vai ser a viajem? _perguntou um menino que eu não conhecia. Eu não conheço quase ninguém dessa sala, mas conheço a escola toda.

-Bem, Jeremy vamos sair na sexta de manhã_ acordar cedo? Para mim não dá não_ e quem for ganha ponto na minha matéria_ ponto extra?

-Professor? _eles podem me matar, mas eu não vou sem eles.

-Sim Elsa? _perguntou.

-Nós 6 vamos_ falei fazendo um movimento com as mãos indicando eu, Anna, Soluço, Jack, Flynn, Kris, Meri e Zie.

-Oque? _falou os seis.

-Muito bem Elsa, vejo que se importa com seus amigos_ falou.

-Eu não acho isso, se ela gostasse mesmo da gente não nos arrastaria para lá_ falou Jack num sussurro, mas deu para eu ouvir.

-Também te amo Jack_ falo.

Depois do professor falar mais algumas coisas fomos para o refeitório e todo mundo estava brigando comigo, porque fiz eles irem para o acampamento.

-Elsa, porque você falou que a gente ia? _perguntou Kris.

-É porquê? _dessa vez foi a Zie que falou.

-Porque vai valer ponto? Porque não vai ter o diretor entre outros_ respondi.

-Verdade_ respondeu o Flynn, 1 do meu lado e o resto contra.

-Então vocês vão? _perguntei.

-Ok eu vou_ falou a Anna. E eu fiquei olhando para os outros na esperança de alguém falar.

-Eu vou e para de ficar me encarando_ falou o Soluço.

-Eu vou com certeza, né Elsa? _a Meri piscou para mim.

-Claro Meri. Zie?

-Tá eu vou_ respondeu voltando a beber o seu refri.

-Se todo mundo vai eu também vou_ falou Jack.

-Legal, agora temos que ver os lugares que vamos ficar_ falei.

-Elsa, normalmente saiam três ônibus, então não da pra nós seis irem juntos. _falou a Zie.

-Então em cada ônibus vai duas pessoas e nós encontramos no acampamento _falou Meri

-Combinado, e Elsa independente de quem for com você não causa confusão, eu te imploro_ falou o Soluço, parecia que estava implorando para eu não fazer nada, mas eu nunca sei oque vai acontecer.

-Não prometo nada_ afirmei me levantando para sair, pois a próxima aula já ia começar.

Depois de todas as aulas fui para casa e para minha alegria ou azar não tinha ninguém nem o Hiro estava mais na escola. Você leitor deve está se perguntando como eu vim para casa? Peguei carona com o Kris. Fui para o meu quarto e tomei um banho, depois de tomar banho (eu estava de roupão ok?) fui mexer no meu celular, me sentei na minha cama e fui olhar o meu WhatsApp e que arrependimento. Tinha muita mensagem de TODO MUNDO DA ESCOLA, na hora eu pensai que merda é essa?, abri uma conversa de uma menina em eu nem conhecia, estava escrito: “Parabéns”. Todos estavam mandando parabéns, mas parabéns pelo que?, não é meu aniversario ou nada parecido. Perguntei para Meri o que estava acontecendo e segundos depois responde: “ a Putiana espalhou para todo mundo, que você estava namorando com o  Jack”. Oque? Esse era o meu pensamento naquele momento; como assim que eu estou namorando ele?, a gente é só amigos. Agora eu mato aquela ave colorida. Ah Thot, você não sabe oque te espera nesse acampamento. Depois disso, fiquei vendo series na netflix, até adormecer.

Acordei com o Hiro me chamando.

-O que foi? Deixa eu dormi só mais um pouquinho_ falei sem abrir os olhos.

-Ninguém mandou você ficar vendo series até tarde_ tirou a minha coberta_ e além do mais tem gente aqui em casa.

-Quem? _perguntei curiosa.

-A vovó.

-Qual vó Hiro?

-A vó Rose.

-OQUE? Fala que eu to passando mal, mas muito mal mesmo_ eu odeio a Rose e ela me odeia, ela é mãe da minha mãe então já deu para perceber que eu gosto mais da avó por parte de pai. A Rose nunca gostou muito do meu pai, sempre quis que minha mãe se se cassar com outro então ela nunca aceitou que eles ficassem juntos e ela me odeia porque eu pareço com o meu pai.

-Então ela já acordou? _perguntou Tadashi entrando no meu quarto.

-Sim, mas ela não quer se levantar_ falou Hiro saindo do meu quarto_ boa sorte.

-Olha Elsa, eu sei que você não gosta dela mas você tem que falar com ela.

-Não faço isso nem morta_ falei entrando no banheiro me troco, saio do banheiro e pego o meu uniforme e coloco na mochila e vou em direção a janela_ quando ela for em bora me avisa_ segurei na arvore e estava quase descendo quando ele fala.

-A onde você vai?

-Ou você quis dizer quando eu vou voltar_ já estava no chão e fui em direção a casa da Merida.

Quando cheguei na casa da Merida fiquei batendo na porta até alguém atender.

-Elsa? Oque você ta fazendo aqui? _perguntou a Meri com um pão de queijo na mão.

 

- A Rose está lá em casa, e como você sabe que eu não me dou muito bem com ela_ entrei na casa quando a mesma me deu um espaço para entrar. Fui com a Meri até a cozinha e ficamos conversando e comendo, acho que mais comendo, logo fomos nos arrumar para ir para a escola, a prisão.


Notas Finais


Até o próximo um beijo um queijo e tchau.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...