História You make me happy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Jikook, Lemon, Namjin, Vhope, Yaoi, Yonseok
Exibições 6
Palavras 836
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey bolinhos de arroz. Então essa é a minha primeira Fic que posto aqui, estou nervosa pakas! Me desculpem se o primeiro cap ficou chatinho, mas prometo que ainda vem muita coisa boa por ai. E me perdoem pelos errinhos.
Postei e corri~

Capítulo 1 - Próprias escolhas?


Fanfic / Fanfiction You make me happy - Capítulo 1 - Próprias escolhas?

Jimin perguntava-se internamente por quanto tempo mais teria que manter aquele sorriso forçado em sua face, era apenas mais um dos milhares de jantares de negócios de seu pai que o garoto era obrigado a participar. O ruivo estava cansado, daria tudo para estar em qualquer outro lugar.

   O garoto passou a observar aquele lugar. Um salão enorme uma mesa bem servida, pessoas de alta classe, todas muito bem vestidas, com sorrisos esnobes em seus rostos.
     Park odiava essa atmosfera. Contava os minutos para ir embora, precisava terminar de arrumar suas coisas, afinal, voltaria pra Seul na manhã seguinte. Se ele estava ancioso? Óbvio! Queria poder adiantar o tempo, e se mandar pra longe de Busan o mais rápido possível. O cheiro da liberdade lhe preenchia as narinas causando um certo êxtase permitindo-se sorrir minimamente com a idéia de morar sozinho. Não que Jimin fosse dar altas festas ou qualquer coisa do tipo que seu pai restringia, ele apenas queria poder tomar suas próprias decisões, e morar sozinha era um grande passo.   
    E se o Senhor Park Chul,quase surtou quando o garoto contou que estava decidido a fazer faculdade em Seul ao invés do exterior como o ele havia planejado. Sim ele surtou! Jimin não queria fazer faculdade fora do país, tadavia suas escolhas eram pelo bem de seu pai, não pelo seu como ele sempre falava.    Mudar-se para Busan quando restava apenas mais um ano para concluir os estudos foi idéia dele, Jimin até tentou argumentar porém, quando seu pai estáva decidido já era tarde de mais.
   Mas dessa vez não! Jimin estava decidido que não iria, sua mãe até o apoio com a desculpa que não aguentaria ficar longe de seu precioso filho por tanto tempo. O mesmo sorriu vitorioso por lembrar do dia que foi tão audacioso para ir contra as ordens de seu pai.       Palavras essas ditas pela sua mãe, logo após toda aquela conversa tensa sobre seu futuro. Ahh sua mãe, uma mulher jovial com seus 30 e poucos anos ainda se considerava uma adolescente, ela sempre fora doce e amável com o filho sempre o apoiando, exceto quando suas escolhas iam contra a de seu marido. O que deixou Jimin feliz e ao mesmo tempo assustado naquele dia, o garoto tinha medo de causar alguma discórdia estre seus pais e os mesmos acabarem se separando.

  Essa foi a mesma sensação que sentiu quando aos seus 18 anos, seu pai o questionou sobre uma futura noiva. Algo como um casamento arranjado. Até nesse requesito seu pai era extremamente autoritário dizendo-lhe que não podia casar com uma qualquer. Por um longo tempo até saiu com algumas das filhas dos amigos de seu pai, às garotas eram todas mimadas é incrivelmente atiradas. Na frente dos pais se faziam de boas moças, mas era só ter a primeira oportunidade para ficar a sós consigo que tentavam com todas as maneiras inúteis deitar-se com o garoto.
  Mas Jimin não via nada de mais naquelas garotas, achava até que as pobrezinhas estavam desnutridas de tão magras e sem sal que eram. Sentiu vontade de gargalhar ao lembrar como inútil eram as tentativas de deixá-lo atiçado.
Mal sabiam elas que não era dessa fruta que ele gostava. Coisa que Park só véio a tomar conhecimento quando deitou-se pela primeira vez com uma garota e não sentiu absolutamente nada, e daquele dia em diante, jurou para sí mesmo que jamais faria isso novamente.Ele lembrava-se perfeitamente do medo que sentiu caso seu pai descobrisse suas preferências, lembra do desespero, e só ficou mais calmo ao conversa com sua mãe que percebeu seu nervosismo sempre que o assunto “pretendente” era citado. E ao abrir o jogo esperava ser expulso de casa ou ainda pior se mandado para um internato, mas sua mãe apenas o abraçou e lhe disse:  
      
   “Está tudo bem meu pequeno. Será o nosso segredinho...Não se preocupe mais com essas pretendentes que seu pai vive arrumando. Está tudo bem”.–

  Naquele dia Jimin chorou como um bebê nós braços de sua mãe. Ele não queria nem pretendia revelar os motivos por trás de rejeitar suas futuras noivas.

    Jimin saio de seus desvaneios ao sentir um toque leve em seu ombro. Levantou a cabeça para enchergar melhor deparando-se com um ser de sorriso retângular.
   
        –  Tae eu não pensei que viria. – Falou retribuindo o sorriso, finalmente não ficaria sozinho naquela droga de jantar.

      – Bom essa era minha única oportunidade de passar mais um pouco de tempo com meu melhor amigo, pensei que poderia fazer esse pequeno esforço. - O garoto disse logo sentando-se perto do ruivo.

  Kim Taehyung foi a primeira pessoa, na verdade a única que veio falar consigo no primeiro dia de aula na escola nova. Ele era filho do melhor amigo de seu pai, os garotos sempre se deram muito bem.  Taehyung era muito diferente dos filhos mimados dos sócios de seu pai. Sempre foi um bom amigo com sonhos parecidos, a única diferença entre eles era que Jimin não estava correndo atrás do seu.

 


Notas Finais


Até a próxima ヽ(´▽`)/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...