História You Make Me Shy - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~srta_alguem

Postado
Categorias Big Bang, CL (Chaelin Lee), HyunA, Monsta X
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, HyunA, Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Lee Chaelin "CL", Min Hyuk, Personagens Originais, Seungri, Show Nu, T.O.P, Taeyang, Won Ho
Tags 2won, Amor Proibido, Big Bang, Fuffly, Hentai, Hyuna, Hyungwonho, Imagine, Kpop, Lemon, Monsta X, Originais, Romance, Sexo, Yaoi
Visualizações 28
Palavras 1.362
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura! ^-^

(Leia as notas finais please)

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction You Make Me Shy - Capítulo 5 - Capítulo 5

A porta é aberta revelando Choi, que olha para Hyungwon como se não esperasse que ele estivesse ali e nem desejasse sua presença.

Pelo visto, T.O.P criou uma certa raiva de Hyungwon.

Hyungwon levanta sua cabeça do meu colo e varia seu olhar entre eu e ele, com um silêncio torturante no ambiente.

- Eu vou voltar para Starships, até mais (S/N)! - Ele diz se retirando, sem receber minha resposta. Ele passa por Choi e vai embora.

Choi vem andando até mim lentamente e se senta ao meu lado.

- Por que? - Ele pergunta

- O que?! - Pergunto confusa

- Por que você aceitou essa palhaçada? - Ele me pergunta, olhando fixamente em meus olhos.

- E-Eu... Ele é meu amigo, Choi! Ele precisava disso! Ele já me ajudou várias vezes! Já nos ajudou! É o mínimo que posso fazer por ele! - Respondo

- Mas isso te prejudica, sabia? - Ele diz

- Chega desse assunto! - Digo com a voz um pouco mais alterada e firme e ele bufa.

- Já que você quer assim, vamos conversar sobre outra coisa... - Ele diz. Era perceptível a sua insatisfação.

- Obrigada! - Falo irônica e ele ignora

- O resto da turnê será cancelada, porque GDragon conseguiu ficar doente. - Ele diz

- Seus fãs já sabem disso? - Pergunto

- Vão saber ainda hoje. - Ele responde e eu assenti.

Nossos celulares começam a tocar ao mesmo tempo.

Pegamos os mesmos e atendemos, nos afastando um pouco um do outro, para conversarmos melhor pelo telefone.

- (S/N), você foi chamada para participar de um dorama, você irá fazer a personagem principal junto com outro rapaz que ainda não confirmaram se ele irá participar. Você vai aceitar, né? - Era meu empresário. Fico empolgada com a proposta de trabalho mas disfarço por conta do Choi.

- Claro que aceito! - Digo

- Ótimo! Acabei de receber a informação que o outro que fará as cenas com você aceitou também! Está tudo ótimo! Começamos os ensaios amanhã! - Ele desliga

E é nessas horas que agradeço por meus pais terem me colocado em aulas de teatro quando eu era mais nova, para que eu perdesse minha timidez.

Volto para meu lugar inicial e Choi faz o mesmo.

- Preciso ir. - Ele diz, deixando um selar em meus lábios e recebendo um "tchau" de minha parte como resposta e vai embora.

No dia seguinte, eu já estava me arrumando para o ensaio que seria daqui uma hora.

Depois de terminar de me arrumar saio de casa e vou até o local marcado para ensaiarmos e vejo a pessoa que eu menos espera lá, conversando com outros atores.

Ele ainda não me viu, mas que diabos ele está fazendo aqui?, pensei.

- (S/N)! Finalmente você chegou! - Frank, meu empresário me chama, colocando as mãos sobre meus ombros. - Você conseguiu decorar as falas das duas primeiras cenas?

- Consegui! Mas você poderia ter me avisado um pouco mais cedo sobre esse dorama, não é? - Digo

- Desculpe, mas a culpa não foi minha! Eles estavam decidindo quem seriam os atores. Eles avaliaram vários outros e de última hora decidiram que seriam vocês! - Ele explica

- Entendi... - Digo

- O ensaio vai começar! Personagens principais, dirijam-se para o palco! - O diretor diz.

Frank gesticula um "boa sorte" com os lábios e eu sorrio, sem exibir meus dentes, para o mesmo, me dirigindo para o palco.

Choi vai até o palco assim mesmo, me olhando surpreso, mas tentando disfarçar.

Começamos o ensaio normalmente, como se nós nem nos conhecêssemos, assim como sempre fazíamos.

No final, fui até a mesa de comidas e bebidas e ele fez o mesmo.

- Então é você! - Ele diz de uma maneira para wue ninguém perceba do que falávamos

- Eu mesma. - Digo

- Por que não me contou? - Ele pergunta

- Você também não falou nada sobre. - Respondo, agora o olhando. Ele sorri.

- Fiquei sabendo que terão cenas de beijo. - Ele sorri mais ainda. - Alguns calmos... outros não...

- Interessante. - Digo com um sorriso com fundo de safadeza.

- Vai ser bom te beijar na frente dos outros, assim como eu sempre quis. - Ele diz inocente.

- O beijo será técnico, não vai ter muita graça. - Eu digo

- Quem disse que vai ser técnico? - Ele pergunta erguendo a uma de suas sobrancelhas.

- Em doramas, filmes, etc, costumam ser técnico, provavelmente não vai ser diferente conosco. - Respondo

- Podemos ser diferentes. - Ele diz

- As pessoas irão perceber e suspeitar. - Digo

- Assim espero. Você sabe que não gosto muito de esconder isso. - Ele diz

- Eu sei, mas é seu contrato, sua carreira em jogo, não se esqueça disso. - Digo

- Não me esqueci! Não se preocupe muito com isso. - Ele diz

- Okay... - Digo

- Passarei na sua casa hoje. - Ele aproxima seus lábios de meu ouvido. - Estou com saudades. - Ele sussurra me fazendo arrepiar e sorri por causa de minha reação.

Ele se afasta, indo conversar com os outros atores e Frank se aproxima.

- Você e T.O.P estão se dando bem? - Ele pergunta

- Acho que sim. - Respondo

- Vá para casa, você precisa descansar. - Ele diz

- Eu já estou indo! Tchau Frank! - Me despeço e percebo que Choi me observava.

Chego em casa e troco de roupa, vou até o sofá e fico algumas horas deitada lá, olhando para televisão ligada, fazendo vários nadas até que ouço a campainha. Vou até a porta e Choi me surpreende com um beijo rápido e um "Olá". Dou espaço para que ele entre e ficamos assistindo filmes, com direito a cafunés e beijinhos. Resumindo: coisas clichês que a maioria dos casais fazem.

Mas, como já dito, não sou muito fã de clichês, gosto das coisas um pouquinho quentes, e agora não foi diferente.

Começo a me mexer em seu colo de propósito, para o provocar. Ouço baixos gemidos de sua parte e me viro em seu colo, envolvendo minhas pernas em sua cintura, ficando cara a cara com ele.

- Você adora me provocar, não é mesmo (S/N)? - Ele diz próximo ao meu ouvido me causando arrepios.

Ele passa seu nariz pelo meu pescoço e beija o mesmo. Distribuímos chupões e beijos molhados pelo pescoços alheios.

Continuo a rebolar em seu colo, conseguindo sentir seu membro já acordado.

Ele tira minha blusa e eu faço o mesmo com a sua. Suas mãos viajavam pelo meu corpo, que uma as vezes acariciava meus peitos, outrora apertava minha cintura.

Minhas mãos vão até sua calça, desabotoando o tecido que provavelmente o machucava.

- Você me deixa duro pra caralho. - Ele diz em entre os beijos molhados que ele deixava em minha clavícula.

- Eu posso resolver isso. - Digo acariciando seu membro.

Ele leva suas mãos até meu sutiã e o tira de meu corpo. Logo depois, suas mãos vai até meu short e o tira com agressividade, juntamente com a calcinha.

- Pra que a pressa? - Digo em seu ouvido e mordo o mesmo.

Tiro sua calça, mas deixo sua coeca ali, segurando seu membro. Não paro de acariciar o local, mas diminuo a velocidade, só para o provocar mais um pouquinho.

- (S/N)... - Ele chama meu nome num gemido que é como música para meus ouvidos.

Dou uma risada ao perceber que ele está completamente entregue a mim. Ele se entrega a mim com muita facilidade e eu amo isso.

Tiro sua cueca e começo a masturbá-lo. Depois de sentir que seu membro estava lubtificado por conta de seu pré gozo, encaixo o mesmo em minha entrada e começo a fazer movimentos de vai e vem com meus quadris.

Suas mãos vão até minha bunda me ajudando no processo.

No ambiente era apenas possível ouvir o som das peles se chocando, os gemidos de ambos e as falas sujas que vinham da parte de Choi.

Chegamos ao nosso limite juntos. Saio de cima dele e estendo minha mão para o mesmo.

- Vamos tomar um banho. -Digo.

Ele pega minha mão e tomamos banho. Logo depois fomos até o quarto e nos deitamos.

Eu já estava quase dormindo, deitada em seu peito ouvindo as leves batidas de seu coração, mas Choi beija minha testa e cheira meus cabelos.

- Eu te amo. - Ele diz

- Eu também te amo. - Respondo

E finalmente conseguimos descansar, sem se preocupar com mais nada, apenas vivendo aquele momento.


Notas Finais


Vamos ficar postando capítulos com intervalos de mais ou menos 1 semana, porque durante a semana eu (lost_in_galaxy) fico sem o meu celular.
Eu peço desculpas, prometemos que vamos dar o nosso melhor! Pfv não desistam de nós ;--;

Comentem para sabermos o que estão achando e favoritem, isso nos ajuda muito e nos motiva a continuar! ^-^
Obrigada por terem lido!
Até o próximo capítulo! ♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...