História You my Daddy - Capítulo 29


Escrita por: ~ e ~armymonbb

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lu Han, Mark, Rap Monster, Sehun, Suga, V
Tags Abo, Alfa, Baekhun, Chanbaek, Huhan, Jikook, Markson, Mpreg, Nanjin, Ômega, Taeyoonseok
Exibições 162
Palavras 1.311
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oie gente tudo bem com vcs ?
primeiramente queria agradecer aos favoritos gente vocês que me incentivam a continuar a escrever

segundamente vou parar de enrolação e vamos ao capitulo
até lá em baixo

Capítulo 29 - Ultimo especial : Markson


Fanfic / Fanfiction You my Daddy - Capítulo 29 - Ultimo especial : Markson

                                                     POV JACKSON

 Hoje eu teria  dormi na casa do Mark, pois seus pais tinham que ir a uma viagem de negócios e ele tinha medo de ficar sozinho ou era só uma desculpa esfarrapada pra ficar com ele lá  , mas come era seu amigo resolvi ir pra não deixa-lo só  subi em rumo ao meu quarto , abri a porta e fui em direção ao closet peguei minha mochila que já estava um pouco desgastada pelo fato de também usa-la para ir pro colégio pequei algumas peças de roupas como calças , blusas , shorts e etc. ... Depois de ter terminado de ajeitar minha mochila fui em direção ao banheiro meu banheiro não pode ser considerado os melhores mas  até que dava pro gasto me despi e fui em direção ao box não estava com a mínima vontade de tomar banho pois sabia que a maldita água iria sair bastante gelada  mas teria que tomar não queria Mark me dizendo que eu estou fedendo ou que eu sou um porco por não tomar banho , depois de terminar um banho rápido andei novamente para o closet e vesti uma calça preta e uma regata branca peguei a mochila e fui em direção ao ponto de ônibus , não é que eu não tenha carteira d motorista eu tenho , só não tenho o carro pois meu appa sempre me diz que nada é fácil na vida e que temos que conquistar pouco a pouco  depois de esperar o ônibus e chegar perto da casa do Mark desci e fui andando quase rastejando até sua casa eu gosto bastante do Mark mas por que ele não pode ficar só um final de semana

- Mark abre aqui – gritei pra ele e me sentei na escada de sua casa

- oie Jack- flou manhoso amava quando ele ficava manhoso comigo pois tinha seus lindos ronronados , seus jeitinho de ficar se esfregando em min quando quer carinho as vezes penso que Mark é aqueles gatinhos fofinhos que se você não der atenção ele fica triste e logo foge da casa do dono

- vamos entra já está anoitecendo – ele me abraçou e enterrou a cabeça no vão do meu pescoço o segurei no meu colo  ajeitei a minha mochila nas costas e me levantei , entrei a casa já estava toda organizada uma coisa que eu admirava no Mark ele nunca deixava em hipótese alguma coisas fora do lugar ou casa bagunçada ele era sempre limpo e organizado enquanto a min não conseguia nem limpar meu quarto sem a ajuda da minha omma ou até mesmo do Mark quando vai lá em casa e me ajudar

- senti sua falta – falou passando seu rosto na minha bochecha

- nossa, mas agente seu viu de manhã Mark pra que toda essa manha ?- falei acariciando seus cabelos

- por nada

- me deixa ir guardar minhas coisas no seu quarto já volto – o tirei do meu colo e subi deixei a mochila em cima da sua cama arrumada e limpa

- Mark são que horas ?  – falei bocejando quando eu vim pra cá já ia dar em torno de nove da noite

- são dez e quarenta por quê ? – fez uma carinha fofa de quem estava confuso

- tô morrendo de sono podemos comer , depois ir dormi ?

- claro então vamos logo jantar pois to com um pouco de fome – fomos a cozinha e começamos a comer comigo e o Mark juntos o assunto nuca morria sempre conversávamos de qualquer coisa possível até mesmo da nossa unha do pé depois de terminarmos de jantamos e lavarmos a louça , secamos e guardamos fomos escovar os dentes e dormi ajeitei o colchonete em que eu sempre dormia quando vinha para cá depois o Mark saiu já com o seu típico pijama de pandinha desligou a luz e deitou acho que ele já tinha dormido pois o quarto estava um silencio eu estava quase pegando no sono quando ouvi aquela voz baixinha me chamando

- Jack se ta acordado ?

-to sim por que algum problema ? – me levante as cegas e andei até a cama

- dormi aqui comigo ?- falou em um tom choroso

- mas eu to dormindo aqui Mark

- não assim aqui na cama comigo por favor Jack – falou puxando me braço

- certo só dessa vez em – falei me deitando ao seu lado e me surpreendi quando ele se aconchegou no meu peito desnudo (pelo fato de eu não usar camisa pra dormi pois odiava aquilo me apertando a noite toda ) vi ele ficar corado pelo fato de a janela de seu quarto ser transparente então tinha pouca luminosidade

- boa noite Mark – dei um beijo em sua  testa

- boa noite oppa – acho que eu já estava tão cansado que estava escutado coisas

 

Acordei com o barulho irritante dos pássaros minha vista estava totalmente embasada por conta da janela mostrar luz e ela ter caído em meu rosto respirei fundo mas logo me arrependi o cheiro de framboesa e amora estava exalado em todo o quarto varri o quarto todo com os olhos e não encontrei Mark me levantei quando ouvi um gemido baixo vindo do banheiro o olhei e vi uma cena que com toda a certeza meu ‘’amiguinho’’ tinha despertado Mark estava sem roupas da cintura pra baixo sentado na bancada com quatro dedos dentro de si resmunguei um pouco alto e ele me olhou com suplica

-m-me –ajud-da j-ajacks-son por favor- falou baixinho e soltou um gemido eu tinha duas opções ou o deixa ali trancado e me torturava pelo seu cheiro maravilhosamente bom ou o ajudava como ele estava pedindo resolvi seguir meus extintos e fui na segunda opção o peguei da bancada e voltei ao quarto o joguei na cama com uma certa brutalidade não precisava ser totalmente delicado por que além de não ser seu primeiro cio também não era sua primeira vez  comecei um trilha de beijo por seu pescoço tirei sua blusa queria ir logo ao ponto pois sabia que ele estava totalmente necessitado  fui descendo os beijos até chegar perto da sua virilha onde desviei e fui pra coxa direita ele choramingou descontente só por que ele está necessitado não significa que eu possa brincar um pouco depois dos beijos por todas as partes possíveis do seu corpo lambi a base do seu membro e vi ele estremecer continuei com os beijos por toda a sua extensão e cai de boca no seu  membro dava sugadas , lambidas , mordidinhas fracas até que depois de pouco tempo ele gozou (pelo fato de estar no cio ele gozava bem mais rápido que o esperado ) comecei a pincelar a sua entrada e pelo tanto de lubrificação natural que tinha ele não ia sentir dor alguma então entrei logo em seu buraquinho apertado e quente

- tão apertado , tão meu , de quem você é Mark ?

- seu oppa só sou sua putinha

- muito bem minha putinha- não vou dizer  que não estava, pois estaria mentindo eu estava amando ter o Mark totalmente submisso  ( coisa que ele não é normalmente ) eu gemia rouco ao seu pé do ouvido e ele gemia alto acho que todos os seus vizinhos ouviam seus gemidos altos e manhosos  senti que ele estava quase chegado no seu ápice logo tratei de acelerar os movimentos me sentei na cama ainda dentro dele e logo o mesmo começou a cavalgar e mim depois de um tempo  nossos ápices vinheram juntos ele gemeu manhosos e dolorido por conta do nó que havia se formado logo adormeceu eu o olhei feliz essa seria uma semana bastante longa  prazerosa

 

                                                                                  Duvida da luz dos astros,

                                                                                            De que o sol tenha calor,

                                                                                                     Duvida até da verdade,

                                                                                                                 Mas confia em meu amor.

                                                                                                                        William Shakespeare

 


Notas Finais


Um lemonzinho basico pra vcs
espero que tenham gostado dos especiais me digam o que acharam por favor
estou pensando em fazer uma fic pequenininha de tres caps quem apoia ?
Bjs até a póxima tia jujuba ama vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...