História You Never Walk Alone - Capítulo 17


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Tags Begi, Junghan, Namgel, Vleen
Visualizações 10
Palavras 3.878
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


~leiam as notas finais por favor. :3

Capítulo 17 - Online


Fanfic / Fanfiction You Never Walk Alone - Capítulo 17 - Online


Jeon Jungkook se preparava para mais um dia de trabalho. O menino passou o casaco jeans pelo braços de pele alva e encarou seu reflexo no espelho por alguns segundos antes da voz de Namjoon chamar sua atenção alertando que só estavam a espera do menino Jeon, que apertou o passo até a sala onde encontrou todos os seus seis hyungs arrumados.


– Vamos para mais uma das reuniões de última hora do CEO Lee – sussurrou Jimin somente para o mais novo, que teve o pensamento tomado pela dúvida. – Nem me pergunte o porquê, Jin hyung foi alertado hoje cedo sobre a tal reunião e por isso fomos acordados às pressas. Agora nos resta esperar o manager Hyun e ir para a empresa.


Kook encarou Jimin por alguns segundos e logo teve a atenção tomada pelo mais velho que andava de um lado para o outro no meio da sala do dormitório.


– Você vai acabar cavando um buraco de tanto andar, Jin hyung! – Yoongi falou já irritado com o desespero do seu hyung que apenas revirou os olhos e se sentou no sofá.


– Será que eu sou o único preocupado com essa reunião? – Jin se questiona alto demais para que os outros seis meninos ouçam.


– Você não é o único, hyung – Namjoon diz – Mas vamos encarar como se fosse uma boa notícia de última hora. Pensamento positivo!


– Acho que a única notícia boa que eu poderia receber hoje seria a notícia de que aquela maldita Angellise Yagami foi demitida – Suga diz e acaba ganhando um olhar reprovador de Rap Monster que logo trata de defender a amiga.


– Ya, não fale assim da Angel!


– Por favor não comecem a brigar logo cedo! – Hoseok pede enquanto encara os dois amigos que trocam olhares tensos. – Eu jamais entenderei a birra do Yoongi com a Angellise.


– Ela é uma idiota que só quer mandar em tudo! – Suga diz dando de ombros para o olhar mortal que Namjoon agora direcionava para si – E não adianta me olhar assim! Você mesmo já viu o jeito que ela fala comigo dentro daquele estúdio!


– E como ela fala? – Pergunta V.


– Autoritária, como se tivesse poder sobre mim – Responde o Min encarando Tae que involuntariamente faz um pequeno bico com os lábios. – Pra mim ela não é boa o suficiente para trabalhar com a gente!  


– Você só fala assim porque ela sempre rebate as suas provocações e tem idéias melhores que as suas – Namjoon rebate – Você pode não admitir em voz alta mas com toda certeza essa sua mente a vê como ameaça pois ela consegue superar as suas composições ou remixes.


– Ya, vamos parar de discutir! – Jin ordena se levantando – Hyun já está lá fora na van a nossa espera, vamos.


δ'


Lee Chin-hae passou os olhos pela sala de reunião, verificando se todos os funcionários selecionados estavam presentes, faltavam apenas os sete garotos e o manager dos mesmo para a reunião começar de vez, porém o primeiro assunto a ser discutido não era lá da importância dos garotos então resolveu começar sem eles.


– Bom, acho que é melhor eu ir explicando o porquê de uma reunião de última hora. Bom, como a grande maioria dos presentes devem saber a empresa não vem tendo uma quantia suficiente de dinheiro para manter a quantidade de funcionários, mas não se preocupem que os que aqui estão não serão demitidos, muito pelo contrário, já estávamos nos acertando para formar uma única equipe. – suspirou erguendo uma das mãos para a secretaria que se encontrava no lado esquerdo de Chin-hae, acenando para que ela entregasse os contratos. Antes de voltar a falar o CEO foi interrompido pelo manager Hyun que entrou na sala sendo acompanhado pelos sete, confusos e irritados, integrantes do boy group BTS.


– Desculpe pelo pequeno atraso tivemos um pequeno problema – Anunciou Hyun que se manteve de pé um pouco mais atrás das sete cadeiras ocupadas pelos meninos.


– O importante é que vocês chegaram – Falou Chin-hae que sorriu e logo fechou a cara, voltando a falar – Como eu já havia dito, vocês sabem sobre a situação financeira nada boa da empresa, só que, como uma luz no fim do túnel, nós recebemos uma proposta. – o CEO fitou os meninos por segundos antes de voltar a falar – Teremos uma pequena turnê no Brasil, a oferta foi de fazermos shows nos estados: Paraná, Bahia, Ceará e no Pará, nas capitais de cada estado. Nós ganhamos uma boa quantia em dinheiro e conseguiríamos dar início às obras da empresa.


Alguns rostos confusos deram lugares a lugares e olhares neutros, alguns acenavam em concordância e os meninos gostaram da idéia de viajar para o Brasil. Seria uma ótima experiência, já que sempre vão para o Brasil apenas fazem shows e nem tem tempo de conhecer os arredores. Lee Chin-hae continuo a falar sobre a tal turnê em território brasileiro.


– Vocês farão uma série de gravações para o V App e mostrarão para as orientais Army’s o grande conhecimento dos ocidentais sobre a boy group BTS. – Anunciou o CEO aparentemente animado. – O primeiro show será na Bahia, vocês passaram pelo menos cinco dias em cada estado. Gravarão para o V App após o show e terão um pequeno período para curtir o Brasil. – A falsa loira que se encontrava atrás do CEO se aproximou e sussurrou algo no ouvido do mesmo deixando os outros funcionários presentes curiosos. – Obrigada por me lembrar, Seulgi.


Agradeceu Chin-hae pela notável atenção da secretaria Seulgi sobre os assuntos que deveriam ser ali abordados.


– Além da equipe de gravação e alguns staffs, a fotógrafa Minori, a coreógrafa FoZo e a produtora Yagami irão junto para a viagem para continuar a produzir junto com os meninos. Pelo menos quatro horas de trabalho por dia, com dois pequenos intervalos de quinze minutos. Talvez essa viagem ajudem a criação de novas promoções para o BTS.


Yoongi está muito irritado, quando o Min pensou que se livraria de Angel a mesma ainda vai junto com ordens do seu superior para trabalhar com eles por pelo menos quatro horas por dia.


– Acho muito difícil a Yagami ajudar em alguma coisa, mas, por ordens do CEO, suportarei ela. - sussurrou yoongi apenas para si mesmo.  


δ'


Meghan abriu a porta do estúdio lentamente e pode ver Yoongi, Angel e Namjoon discutindo sobre algo, acabou capturando a atenção de todos os três com o barulho da porta sendo aberta. 


– Eu não tinha nada pra fazer então vim pertubar – Anunciou a mais nova que se sentou ao lado de Suga. 


– Nós também já terminamos o que tínhamos para fazer – Declarou Namjoon com um pequeno sorriso. 


– Já que estamos aqui de bobeira, que tal ouvirmos a Meg cantar? – Perguntou a Yagami com um sorriso provocador no rosto enquanto encarava Meghan que estava com os olhos arregalados. Os meninos riram baixinho da expressão da menor. – Vamos pequena Jeon FoZo, mostre aos aqui presente o seu talento! 


– Eu posso cantar com você – Rap Mon se ofereceu e observou Meg sorri animada.


– Pode ser. – Cedeu a mais nova. – Que música iremos cantar? 


– 4 O’clock – Angel diz entregando uma folha para Meghan, a mais velha apontou as partes que a menina deveria cantar e a mesma apenas acenou em concordância prestando atenção em tudo que a amiga lhe dizia. 


A mais velha explicou tudo rapidamente e mandou os dois irem para a cabine de gravação, os dois colocaram os fones e Namjoon ajustou o microfone para que o mesmo ficassem em uma altura boa para a baixinha FoZo. 


Os dois fizeram um pequeno aquecimento vocal e encaram Angel que ajustava algumas coisas e assim que viu os dois preparados fez o 3, 2, 1 com os dedos e deu início a música. 


“Hoje, também, vivo moderadamente

Mantenho o ritmo, usando os meus pés apenas o suficiente

O sol me tira o fôlego

O mundo me tirou tudo o que eu tinha

Sem escolhas, não tenho nem uma alternativa

Sob a lua, recolho o meu eu estilhaçado

Eu lhe chamo de filho da noite

Nós somos filhos da lua

Respiramos o ar frio do amanhecer

Sim, nós estamos vivendo e morrendo ao mesmo tempo

Mas, agora, você pode abrir os seus olhos

Porque como em qualquer diálogo, de qualquer filme

O mundo todo é azul sob a luz da lua” 


Assim como haviam combinado, Namjoon começou cantando sua parte e Angellise o fitava com um sorriso de canto admirada com a voz do rapaz que servia tanto para o vocal quando para o rapper. 


“Em um parque melancólico

Canta um pássaro sem nome

Onde você está?

Oh, você

Por que você está chorando?

Somos apenas eu e você aqui

Eu e você

Oh, você”


Chegada a vez de Meghan cantar a menina não decepcionou Angellise, o timbre de voz da menina era fina e suave. A voz era muito diferente da de Taehyung e Meg dava um toque mais delicado a música. 


No final de tudo Meghan não pode conter a felicidade e saiu da cabine dando pulinhos, Angel sorria para a menina que se sentou no sofá e se pôs a mexer os pés. Estava inquieta. 

– Alguém debuta a Meghan por favor – Namjoon brincou arrancando risadas de todos, até mesmo de Yoongi que a um tempo atrás estava de cara fechada e não esboçava nenhuma reação a nada. 


– Namjoon o Jin hyung tá chamando a gente pra um almoço especial lá no dormitório. – Anunciou o Min enquanto lia as mensagens de Jin no seu celular. – Temos que ir. 


Yoongi nem se despediu de ninguém apenas saiu e Namjoon revirou os olhos com o ato do mais velho.


– Tchau meninas – Acenou o Kim dando costa para as duas que se mantiveram caladas por um bom tempo após a saída dos dois. 


– O Yoongi é um idiota, né não? – Angel pergunta enquanto encara a FoZo que sorri de lado. 


– Um pouquinho, mas é. – Meghan faz um gesto para que Angel entenda o “pouquinho” que ela diz. 


Angel sorri da amiga e logo apanha o celular que estava guardado dentro de sua bolça. 


– Já sabe onde vai almoçar? – Angel pergunta enquanto encara o aparelho eletrônico em sua mão. 


– Vou pra casa do meu pai, já que o Joe quis voltar pra lá. 


– E você como a boa irmã que é vai pra lá apenas pra ficar com seu irmão. – Zomba a mais velha, acaba recebendo uma almofada na cada. 


– Na verdade eu tô indo pra lá por causa da comida boa da Mary e do wi-fi. 


– Quanta sinceridade. 


– E você? Tem onde comer? 


– Michael vem me buscar e nós vamos ter um almoço em família com o pai dele – Angellise fala simples. 


– Mas você e o Michael não são irmãos? – Questionou a mais nova confusa 


– Somos, mas eu não considero aquele homem como meu pai. 


– Ah, então quer dizer que a tua mãe te fez com o dedo? 


– Aish, você só fala merda. 


– Nossa, eu pensei que eu falava palavras – Rebate a mais nova. – Bom, eu já vou indo então. 


Ambas se levantam e andam lado a lado até saírem do estúdio. 


– Vai dormir na casa do seu pai? – Pergunta para a mais nova que negou rapidamente com a cabeça e se despede com um aceno de Angel que discou rapidamente o número de Mike. 


– Preparada para o almoço em família? 


– A única pessoa que tem que ficar preparada para alguma coisa aqui é você para não deixar que eu faça merda naquela casa.


δ'



Os cabelos castanhos do garoto balançavam conforme cada passo de dança era reproduzido pelo mesmo que agora encarava o espelho com a expressão cansada. Jin queria melhorar a qualquer custo, para pelo menos chegar em um nível de dança aceitável. E ele estava fazendo isso porque queria fazer… 


Mentira, tudo isso era apenas por ter lido alguns comentários sobre seu jeitinho de dançar, porém Jin tentava se convencer de que estava fazendo isso por vontade própria. 


Jin estava sozinho na sala de treino e tinha total certeza de que ninguém apareceria ali naquele horário, até porque após a reunião, Suga e Rap Monster foram para o estúdio, Jungkook e Jimin  foram a uma entrevista e Hoseok e Taehyung voltaram para o dormitório apenas para descansar mais um pouco. 


Kim Seokjin se sentou no chão da sala de ensaio e passou a encarar seu reflexo cansado pelo espelho. Alguns fios de cabelo estavam molhados, suas bochechas levemente ruborizadas e sua respiração estava alterada pela última dança, mas isso não acabaria com o objetivo que Jin está disposto a conseguir então o visual se levantou e colocou Spring Day para reproduzir e lá estava  ele novamente ensaiando a mesma música pela quarta vez querendo chegar a uma possível perfeição. 


Ao fim da música Jin sorriu satisfeito, não havia errado nenhum passo é isso o fez se sentir vitorioso. 


O toque do celular ecoou por toda a sala de treinamento e Jin correu para atendê-lo e lá estava a foto de Jung Hoseok, com o apelido brilhando na tela. ‘Hobie’ 


– Jin hyung! – o mais novo gritou assim que Jin atendeu – Vem pro dormitório que a gente vai fazer uma coleta para uma pizza! 


– Hoseok são nove da manhã! 


– Ah hyung! Uma vez não mata ninguém! 


– Eu tô indo pro dormitório, nada de pedir pizza eu vou fazer um almoço caprichado pra hoje! 


– Uhul – Comemorou Hoseok. Jin pode ouvir a voz grave de Taehyung no fundo questionando o Jung do porque da comemoração.  – Jin hyung vai cozinha pra gente hoje! Devemos ficar felizes faz tempo que a gente não come a comida do Jinnie hyung. 


– Você devia era retribuir o favor da comida e limpar o dormitório pra mim! – Disse Jin arrancando uma risada escandalosa de Hoseok  – Até logo, Hobie 


– Até hyung!


δ'


Assim que Meg chegou ao apartamento tratou logo de se jogar na primeira coisa macia que tinha por perto...O alvo da vez foi o tapete macio e fofo da sala de estar.


A pequena ficou deitada, pensando no que poderia fazer e então teve a brilhante ideia de convidar seu melhor amigo, Jaehyun, para jogar algum jogo online qualquer de tiro.



Meg♡> Partiu tiro?




                             OPA <Jae♡ㅅ♡



Sem hesitar, a menor corre pro computador e liga a faceCam e coloca no seu passa tempo favorito. Jogos online de tiro. Já com a faceCam ligada


PequenaAssasina×~×(Meg):E ai Jaehyun...Pronto para morrer?


CuteSQN (Jaehyun):Ata...Quem vai me matar? Você? Aaai Palhaça


PequenaAssasina:É vai rindo idiota, aliás...Nome de user bosta ein


Meg começar a rir da cara do amigo sonolento 


CuteSQN:Olha tu me respeita, aliás, é muito melhor que está merda de ‘PequenaAssasina’


Meg analisa um pouco, em busca de uma resposta boa...Mas ela não acha nem uma então apenas muda o assunto. 


PequenaAssasina: Seu quarto ta maravilhoso! – diz ironicamente – Oque é aquilo em cima do criado mudo? Aí que nojo..Quanto tempo tem aquela pizza?


CuteSQN:NÃO É PROBLEMA SEU 


PequenaAssasina:NÃO GRITA CACETE,VAI ME DEIXAR SURDA...VAMO JOGAR OU NÃO?


CuteSQN:TÁ


PequenaAssasina:TÁ 



                           □~ Start ~□


A dançarina já tinha planejado a sua estratégia, rla não esta jogando apenas com Jaehyun, tem várias outras pessoas no Server, então ela deve ter cuidado...Mas seu alvo principal e Kim Jaehyun.Os dois ainda não falaram nada, só se pode ouvir a respiração do mais velho no outro lado da linha, eles estão concentrados demais para conversas fiadas. O silêncio continuaria se não fosse por um jogador atacando a pequena FoZo. 



PequenaAssasina:SAI CAPETA 


Começa a correr desesperada, já que sua arma era mais fraca que a do seu oponente.Enquando Jae só sabia rir 


CuteSQN: Mentira que estão atirando em você - ri - , por acaso você é essa demente que acabou de passar correndo igual uma retardada na minha frente?


PequenaAssasina:Essa pessoa estava agachando e levantando enquanto tentava correr de um cara jogando granada?


CuteSQN:Sim - Risos eternos


PequenaAssasina:PARABÉNS VOCÊ ACABOU DE ACHAR 


Jaehyun resolve correr atrás do cara que atacava Meghan, para assim o próprio Jaehyun ter a honra de mata-la 


CuteSQN:HOJE ESSE PESCADOR NÃO ROUBA O MEU PEIXE


PequenaAssasina:QUÊ MERDA EIN


A arma de jae era muito melhor que a do perseguidor de Meghan o tal user "666Negachechalaga",Então o Kim acaba o matando, assim ele consegue encerrar os gritos desesperados da mais nova 


PequenaAssasina:Eu não acho que isso tenha sido um ato que irá me favorecer


CuteSQN:Não A...- Jae Não completa sua frase por conta dos gritos, já que começaram a o atacar - QUE ISSO IRMÃO, VAMOS CONVERSAR TIU


E como esperado, Meg começar a tossir de tanto rir. Jaehyun também corre como Meg, e então...Os dois passam por cima de uma granada armada no chão na mesma hora e então...



BOOOOOOOOOOOOM...Os dois morrem 



Meg&jaehyun:NAAAAAAAAAO



Então assim Meg passaria a tarde...Berrando e dando altas gargalhadas com o meu melhor amigo, até seus dedos cairem ou sua garganta estourar.


Após algumas horas jogando, Jaehyun alertou que deveria ir arrumar seu quarto pois se não levaria uma bronca daquelas de sua mãe, se despediu da amiga mais nova e desligou a faceCam deixando Meghan no mesmo tédio que se encontrava quando pôs os pés no apartamento.


Pensou em ligar para Elizabeth ou até mesmo para Angel com qualquer desculpa esfarrapada apenas para ficar puxando assunto e conversando com as mais velha, mas aí ela lembrou: Angel está na casa do pai é Elizabeth deve está saindo com aquele tal de Shin Hoseok. A dançarina até lembrou dos amigos mais próximos de trabalho, J-hope e V, mas eles poderiam está ocupados e Meg não queria atrapalhar.


Já dominada pelo tédio a menina se jogou em sua cama, de bruços, e fechou os olhos bicando tranquilidade. Antes eram raros os dias que a casa estava vazia, agora já não era mais nem novidade o apartamento das meninas está em um completo silêncio e até a vizinhança notou já que as quatro faziam bagunça e as vezes falavam alto demais, acabavam por ouvir muitas reclamações que eram respondidas por línguas afiadas que sempre tinham uma boa resposta, mesmo que bem mal educada, para rebater.  


Meghan sorrio e abrio os olhos lentamente, ela encarou a parede por breves segundos antes de cair em um sonos profundo.


δ'


A noite havia trazido consigo um vento frio que brincava com os cabelos curtos, tingidos de cinza, da garota que com o celular na mão esperava por algo para uma foto perfeita.


Os olhos vagavam pela praça pouco movimentada alguns casais de jovens passeavam de mãos dadas, alguns adolescentes riam enquanto brincavam em seus grupinhos de amigos e crianças corriam pelo arredor.


Beth sorriu quando viu e ouviu uma garotinha, que aparentava ter seus cinco ou seis anos, brigar com o mais novo por ele está todo sujo afirmando que a mãe deles irá brigar feio assim que colocarem os pés em casa.


O vento frio soprou mais forte e fez o corpo da japonesa estremecer a menina encolheu os ombros com o frio e abraçou o próprio corpo, em uma tentativa um pouco falha de se aquecer. Então o cheiro de café e chá chegou às suas narinas e com a necessidade se aquecer Elizabeth procurou com o olhar algum Starbucks nas proximidades e encontrou um subindo um pouco o morro e decidiu que seria uma boa idéia desfrutar de uma bebida quente para esquentar seu corpo.

A menina de cabelos curtos caminhava na direção do Starbucks com as mãos no bolso do casaco e os cabelos sendo bagunçados pelo vento, quando faltava apenas alguns centímetros para que a menina chegassem ao local desejado um miado que chegou baixo nos ouvidos de Elizabeth a fez arregalar os olhos e estancar no local. A Minori se pôs a procurar o dono do miado e encontrou um pequeno filhote de gato apoiado, apenas com uma patinha, na pequena elevação da calçada. Beth não conseguiu resistir ela tomou a câmera em mãos e se agachou para ter uma foto perfeita do gatinho e assim que a capturou a foto sorrio e encarou o gatinho.


A menina se aproximou mais um pouco do felino e erguendo a mão acariciou o topo da cabeça do mesmo o fazendo fechar os olhinhos brilhantes, o filhote parecia aproveitar a carícia da japonesa que minutos depois o tomou nas mãos e verificou se o mesmo tinha alguma coleira ou coisa do tipo, olhou ao redor - para não ter confusão com a pessoa desnaturada que largou um belo filhotinho na rua - vendo que ninguém dava importância ao gatinho, Beth decidiu ficar com o gatinho e o chamaria de Channie.


Elizabeth voltou a caminhar até o Starbucks empurrou a porta fazendo o pequeno sino que tinha acima da mesma tilintar. Beth foi até o balcão e fez seu pedido - capuccino com cookies - e os levou para as mesas do lado de fora pois o gatinho não era muito bem vindo no estabelecimento.


Beth Sorrio sem jeito encarando os cookies lembrando do Maknae de ouro e o apelido do mesmo que se pronunciava um pouco cemelhante aos cookies.


O celular, ao lado da xícara, vibrou, alertando uma nova notificação. Elizabeth tomou o aparelho em mãos e o desbloqueou com sua digital e verificou a notificação.


Você tem 5 mensagens de 2 conversas.


Encarou os nomes dos destinatários, Yoonie♡  e Wonho, optou por abrir as mensagens do Shin primeiro e as leu.


Wonho> Estou pertinho de você ^-^

Wonho> Você está tão linda... veio se encontrar com algum garoto?

Wonho> Se a resposta for sim apenas lhe digo que ele não deve ser tão bom de cama como eu ;)


  Se eu vim ou não me encontrar com alguém não é da sua conta, por favor me faça o favor de esquecer que um dia eu entrei nessa sua vida de merda. <Beth

Ah, e eu esqueci de dizer…

Você me dá nojo!<Beth


Passou o olho pelas mensagens novamente e rolou os olhos com a idiotice de Shin Hoseok. Agora vinham as mensagens de Suga que deixaram de ser duas e passaram a ser cinco.


Yoonie♡> Menina eu não falei contigo o dia todo!

Yoonie♡> Saudade faz mal pro bebê sabia? :3

Yoonie♡> Me liga quando puder…

Yoonie♡> Ah é! Você tava linda hoje com aquele vestido florido, mas eu te alerto não vá tão bonita para o trabalho aqueles rapazes de rosto bonitinho podem tentar te agarrar e eu posso não está lá para te defender!

Yoonie♡> Eu tô te vendo online Minori ¬.¬


Beth sorriu e ligou para Yoongi. Depois de ter se envolvido com Hoseok a Minori tinha deixado o Min de lado e se sentia mau por isso, porém ela não queria atrapalhar no trabalho de Suga e também não queria continuar com as palpitações fortes, as mãos suadas e o sorriso abobado que surgia quando via o mais velho.


– Demorou para lugar, Minoriiiin! – Suga reclama com a voz manhosa assim que atende o celular e arranca una risada baixa da japonesa que toma mais um gole de sua bebida fumegante.


– Aigo, foram apenas cinco minutinhos, Yoonie!


– Já lhe disse que saudade faz mau pro bebê!


– Yoonie o Jin te alimentou direitinho? Deu os remédios? – Perguntou tentando ser séria porém sua risada baixa provava o extremo contrário. – Você tá bem carente esses dias, isso é falta de comida ou será saudades de mim?


Provocou a japonesa que colocou uma curta mecha de cabelo atrás da orelha.


– Yaaa! Não se pode sentir saudades de uma amiga?! – Falou Suga – Estou indo para a empresa agora para ficar de bobeira, quero que você vá pra lá.


– Não prefere ficar sozinho?


– Nem pensar! Vá para a empresa e me encontre na minha sala.


– Okay, senhor Min. Te encontro mais tarde então?


– Mais tarde não! Daqui a trinta minutinhos! – Falou meio apressado, talvez ele estivesse com muita saudade de Beth. Talvez. 


Notas Finais


Desculpem a demora para postar, as coisas tem ficado difíceis pro meu lado ¿~¿. Enfim, espero que tenham gostado do capitulo de hoje. Se puderem comentem aí o que estão achando.
Beijinhos.
Desculpem os errinhos
~Wolfie


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...