História You Not Leave Me! - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Esquadrão Suicida
Personagens Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Personagens Originais
Tags Arlequina, Coringa, Esquadrão Suicida, Harley Quinn, Joker, Joker And Harley, Romance
Exibições 80
Palavras 713
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Amanha ela vira...ELA!
Para esté capítulo escutem a música bealtiful pain do eminem ft.Sia.
Ah e queria agradecer os favoritos,Obrigada!
Boa Leitura!

Capítulo 6 - A Verdade...A verdade Dói!


Fanfic / Fanfiction You Not Leave Me! - Capítulo 6 - A Verdade...A verdade Dói!

Posso sentir o calor aumentando Tudo está em chamas Hoje é uma lembrança dolorosa do por quê Podemos somente ficarmos mais flamejantes Quanto mais você se prende E agora estou aqui dentro Tomando cuidado, porque Permanecendo nas chamas Há um tipo de dor bela Incendiando o ontem Encontre a luz, encontre a luz, encontre a luz Permanecendo nas chamas Há um tipo de dor bela Incendiando o ontem Encontre a luz, encontre a luz, encontre a luz Ontem foi o aviso do tornado Hoje parece a manhã do dia depois de amanhã O seu mundo está destruído pela metade, você acorda E vamos esperar o processo matinal começar Reconstruindo e você ainda está em processo de trabalho Hoje é um novo capítulo, é como uma bunda enorme A tempestade passou por você O seu tempo não quis abrir os olhos Com o espinheiro que você Cheirava as rosas, parava para inspirar Não posso nem dizer que o seu nariz está entupido Tão focado em seu lado positivo, depois você pisa No acelerador e vai para a curva rapidamente Mais severo, sem olhar para trás Pode bater no meio fio Mas todo o dia é uma nova curva de aprendizagem Enquanto você conduz a sua vida Às vezes, você pode não querer se desviar Mas você precisa evitar um desastre Ainda bem, que não é um dano permanente Porque te machucam tanto.

...

2 meses depois.

Harleen:P.O.V.

Já tinham se passado 2 meses depois do ocorrido com o Coringa,Eu já havia voltado a trabalhar em Arkham mais com outros pacientes já que os outros haviam fugido no masacre de meses atrás.

Agora eu tinha que consultar:

Duas-Caras.

Charada.

Banshee Prateada.

Espantalho.

E um bem estranho chamado:

Sugar.

Essa rotina já havia se tornado muito cansativa,eram sempre as mesmas babozeiras de sempre,o que antes eu fazia por prazer agora era por não ter escolha afinal,o que faria uma mulher com principios como os meus trabalhando em um lugar qualquer sem rumo.

Era sabádo não havia o que fazer,já tinha organizado e adiantado todo o meu trabalho,então fiquei deitada no sofá olhando paro o teto pensando...bom pensando nele.

Ahhh!já chega ele precissa sair daminha cabeça,eu não posso surportar mais,ele precissa sair do meu coração!-resolvo então dar uma volta de moto pela cidade,visto uma camisa social azul,uma calça também azul e uma bota marron e deixo meu cabelo longo e loiro solto,pego as chaves da moto e saio rumo a forá.

10:58 da Noite.

Eu acredito que já tinha dado a volta a cidade inteirinha,resolvo então parar em uma lanchonete,peço um café preto e um pudim de leite,eu amo pudim.

Hum...como será que ficaria o Sr.C. se eu o chamase de pudim?deixa pra lá-termino o café e o pudim,pago a conta e saio da lanchonete indo para casa.

No meio do caminho me deparo com uma lamborghini purpúra,acelero ficando na mesma velocidade que o veicúlo,era ele Sr.C. olho para ele  e ele me iguinora,eu rosno acelero ultrapasando o mesmo,fazendo uma derrapagem forçada com a moto,e paro na frente do carro.

Coringa:

Deus...paro o carro a pouco de não passar por cima de Harleen.

Harleen:

Você não vai me deixar!Você não vai me deixar!

Coringa:

Você...você é muito chata-abro a porta e saio do carro.

Harleen:

Eu te ajudei!provei que te amo!me submeti a todos os seus textes!pra que?prá depois você me tratar como lixo!-falo embolado para conter as lágrimas que insistiam em sair.

Coringa: 

Calma...calma...calma,eu não sou um homem que se possa...amar,eu sou uma ideia e ideias não podem ser amadas,só podem ser usadas-falo batendo as mãos.

em meu plano...só eu fasso parte dele...já você...Doutora Quinzel não faz parte do meu plano hum!

Harleen:

Me deixe entrar nele,me deixe entrar em seu plano,eu peometo que não vou te machucar.-falo colocando as mãos em seu rosto.

Coringa:

Promete!promesas não servem de nada!

Harleen:

Um caminhão para atrás do carro,de lá sai um homem com um pé de cabra gritando...ei!se importa de gritar com a sua rapariga na sua casa e deixar de atrapalhar a vida dos outros!

Em um movimento rapido pego a arma no coldre de Sr.C. e a disparo em seguida o homem cai no chão.

Coringa:

Bem...o que eu estavá dizendo?-Harleen aponta a arma para minha cabeça.não me machuque,serei seu amigo.

Vamós atire...atire...atire...

Harleen:

Meu coração é uma arma!ele te assusta não?

Coringa:

Atire!-dou um tapa na mão dela tirando a arma da mesma e apontando para minha cabeça.

Hahaha...nossa se você não estivesse louca eu diria que você estavá insana...vai emborá.

A verdade...A Verdade Dói não é mesmo.

...



  

  

 

  

 

  

 

  

 

  



Notas Finais


Bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...