História You Only Live Once - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yuri!!! on Ice
Personagens Christophe Giacometti, Hiroko Katsuki, Jean-Jacques Leroy, Ji Guang-Hong, Kenjiro Minami, Lee Seung Gil, Leo de la Iglesia, Michele Crispino, Minako, Phichit Chulanont, Toshiya Katsuki, Victor Nikiforov, Yuko Nishigōri, Yuri Katsuki, Yuri Plisetsky
Tags Anime, Drama, Romance, Shounen, Yaoi, Yuri!! On Ice
Exibições 334
Palavras 768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


olá olá estou aqui para apresentar uma fanficzinha de yuri on ice porque fui desafiada :) espero que gostem

Capítulo 1 - Don't Go!


Fanfic / Fanfiction You Only Live Once - Capítulo 1 - Don't Go!

Yuuri POV

_Por que tirou aquela foto nossa Phichit? Agora está se espalhando por ai, todas as pessoas estão me procurando para perguntar sobre aquilo, olha... -disse mostrando o celular para ele.

_É... Desculpa Yuuri... -disse ele coçando o cabelo. _É QUE CLARAMENTE TODOS QUEREM VOCÊS JUNTOS! -ele gritou.

_O que é isso? -minha mãe tinha chegado na sala depois de ouvir os berros dele.

_Nada não okasan...

_Esse menino é tão bonitinho meu deusinho. -disse ela beliscando as bochechas de Phichit. 

_O-bri-ga-do -disse ele com dificuldade.

_Vamos Yuuri, vamos comer... Fiz sua refeição favorita. 

_Onde está o Viktor? -perguntou Minako assim que entrei na cozinha.

_Foi levar o makkachin para passear. -menti, na verdade ele havia ido patinar um pouco, o sinto cada vez mais distante desde que entramos de férias e Phichit mudou-se para cá por um certo período. 

_Phichit o que está fazendo? -perguntei enquanto ele mexia no celular e apontava para a comida.

_Postando essa delicia no instagram, estou fazendo uma pequena divulgação para sua mãe. -disse ele fazendo sinal de positivo com a mão esquerda.

_Aaa, eu disse que ele era bonitinho... E fofo. -disse a minha mãe enrolando o yakisoba no hashi.

_Mãe, ele certamente está sem graça com isso. -disse terminando de mastigar 

_Tudo bem Yuuri, eu estou bem. -disse ele sorrindo.

Depois que terminamos o jantar após alguns minutos decidi correr um pouco, Viktor ainda não tinha voltado para casa e até mesmo minha família estava preocupada. Phichit foi para casa do Leo jogar video game ou coisa assim e o tal do Yurio não cansava de me mandar mensagens dizendo que iria vir para o Japão para me assassinar por ter roubado o Viktor das competições e da Rússia, como se eu já não me culpasse por isso o tempo todo, mas justamente agora nesse momento não quero que ele vá à lugar algum quero o Viktor aqui ao meu lado. Acabei admitindo isso em voz alta entre o cansaço da corrida e o final de uma música no fone, meu eros estava a flor da pele precisava do seu doce sorriso. Comecei a correr desesperadamente para o ginásio queria abraçá-lo mais que tudo, entrei no local e lá estava Yuuko guardando os patins.

_Onde está o Viktor?

_Viktor? Ele não passou aqui hoje...

_Como não... Ele disse que ia... Vir treinar aqui. -falei ofegante.

_Não vi sinal dele. Olha o que o Yurio me mandou agora pouco... 

Ela me mostrou uma foto dele dançando balé e na legenda dizia: "estou feliz porque vou tê-lo de volta". Rapidamente interpretei aquilo como a volta de Viktor para a Rússia, meu coração começou a doer e eu não conseguia entender aquele sentimento de angústia.

_Yuuri você está bem? Está ficando pálido. -perguntou Yuuko.

_Eu só... Eu... -nem terminei a frase acabei a água de minha garrafinha e a joguei no chão, voltei a correr desesperadamente para casa, todos ficaram assustados quando entrei com aquela cara de desesperado. Fui até o quarto de Viktor, mas só havia algumas roupas por lá não acredito que ele enlouqueceu dessa forma. 

Seria dfícil chegar ao aeroporto apenas correndo então liguei para Phichit e pedi para que me buscasse de carro no restaurante. 

_O que aconteceu Yuuri? Você me parecia desesperado? -perguntou ele. 

_Não posso explicar agora, acelera! 

Chegamos no aeroporto e eu feito louco invadi a fila e comecei a gritar: _Quantos vôos para Rússia tiveram hoje? -as pessoas ficaram com raiva lógico e começaram a brigar comigo por ter furado a fila. 

_Um acabou de sair senhor. -disse uma das funcionárias.

Meus olhos encheram-se de lágrimas, fui caindo bem devagar até estar ajoelhado ao chão, todos me olhavam sem entender nem mesmo eu sabia explicar aquela sensação terrível, era uma sensação de perda, de vazio.

_Yuuri... -disse Phichit.

_Acabou... Acabou.. Ele... Ele...

_Yuuri me escuta...

_Ele se foi... Ele me abandonou, me deixou...

_Yuuri! -gritou Phichit e todos no aeroporto focaram sua atenção no escandaloso.

_Me deixa... Me deixa aqui...

_O Viktor acabou de chegar em casa.

_QUE?? -disse com os olhos arregalados em meio a lágrimas e nariz escorrendo.

_Ele só foi doar algumas roupas para caridade e depois disso acabou indo beber com o Yakov, sabe como é... O Viktor bebe e fica meio louco.

_O QUE??

_Foi tão engraçado você dramatizando tudo isso Yuuri. -disse Phichit rindo e me mostrando o vídeo que havia gravado de mim desesperado. _Você daria um ótimo ator. -ele não parava de gargalhar e eu conseguia entender o porque, que idiota eu fui, nem ao menos tentei ligar para ele e já sai tomando conclusões precipitadas.

 

 

 

 

 


Notas Finais


E AI??? Bom para um primeiro cap????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...