História You re my angel - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope
Exibições 4
Palavras 652
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drabble, Drama (Tragédia), Lemon, Policial, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá pessoas depois de 832 anos eu voltei aeee prometo que eu não vou demorar mto pra postar o próximo

Capítulo 2 - Two



{you're my angel}
jimin pov's
Eu encarava o relógio e em seguida a tela do computador, sedento de raiva.De qualquer maneira, com o passar do tempo, eu já havia me acostumado com aquilo.Afinal a hora cheia é a hora da morte.
Eram assim que se seguiam meus dias naquele lugar imundo.
Peguei a pequena e transparente garrafa de whisky, com um tom avermelhado purpura que estava em cima da minha mesa, e enchi meu copo.
Na maioria das vezes, ou melhor, deixe-me corrigir-me, eu sempre detestava bebidas, ou apenas não ligava muito para elas, mas me senti na necessidade de beber algo forte, aquela hora.
Mordi a tampa da caneta, perdido em pensamentos, relaxando todos os músculos do meu corpo em conjunto.
Aquilo era raro.
Raro demais para alguém como eu.
No instante em que o relógio bateu as 12:00, Yoongi adentrou meu escritorio acompanhado de Hoseok.
Os dois sabiam do procedimento mais do que todos,mas insistiam em vir até mim antes de entrarmos em ação toda a vez.
—Vão se sentar ou vão esperar eu mandar?-eu disse impaciente.
—Boa tarde para você também,Jimin-Yoongi disse e eu o cumprimentei com um aceno de cabeça, ainda sentado, fazendo questão de acabar com aquilo o mais rapidamenente possível.
—Vocês já sabem o que fazer por que insistem em vir aqui...-suspirei, mexendo minha bebida com os dedos, mas logo depois desistindo daquilo e retomando minha fala.
—Tudo bem,vamos lá.Hoseok.Você e Taehyung vão entrar pela saída de número 8 e seguir pela esquerda.Yoongi você vai invadir o sistema, e liberar a senha e os dois vão invadir.Vocês sabem como distrai-los. Façam como o ensaiado.Sejam discretos e sigam o plano.Acredito que se seguirmos por essa estrategia,tudo vai ocorrer como planejado.Agora vão.Os dois.-disse virando a cara.
Hoseok se curvou e Yoongi esperou ele sair, para sentar-se me encarar.
—O que você quer ?- perguntei revirando os olhos
—Por que hoje você me parece 50 vezes pior do que os outros dias?-ele disse e eu queria soca-lo naquele momento, mas me conti.
—Ok Yoongi, se você realmente quer saber,vamos lá.Eu mato pessoas.Eu sou um ladrão.Um assasino.Um sujo.Um idiota que tem tudo nas mãos.Se pessoas morrem isso acontece por ordem única e exclusivamente minha.Eu faço isso por instinto,por sobrevivência.E sabe o que é pior,Min Yoongi?Sabe o que me assusta?É que eu gosto disso.Isso se tornou parte de mim.Da minha vida.Então antes de você perguntar por que eu pareço pior,imagine estar na minha posição todos os dias,imagine estar sentado nessa cadeira enquanto pessoas morrem e dinheiro é roubado,imagine como é dormir todas as suas noites com os gritos de socorro ecoando eternamente na sua cabeça?-falei cuspindo as palavras na cara do Yoongi.
Acredito que o deixei sem palavras.Ele saiu e sem se curvar fechou a porta logo atrás de si.
Quando o Hyung saiu,eu permiti me desabar.
Pensando bem ele era a única coisa certa na minha vida.E, apesar de tudo, eu odiava as poucas vezes que nós já discutimos.Eu me pergunto como ele não desistiu de mim até hoje.Yoongi não era apenas o meu sócio.Era além disso.Era meu único e melhor amigo.
Mas por que ele se arriscaria tanto por mim?
Olhei para a minha escrivaninha e o porta retrato com a imagem minha e dele continuava ali.Eu me perguntava por que ainda mantinha aquilo?Peguei a foto e fiquei encarando-a por um tempo.Aquele não era eu.Sorridente.Feliz.E ao meu lado,meu eterno parceiro me abraçava irradiando felicidade.Aquela foto aparentava ser de anos atrás.Quando eu ainda tinha uma "vida".
Será que isso já sequer ocorreu?Será que eu já pude sequer viver uma vida normal?
O toque estridente do telefone me tirou dos meus devaneios.Tirei-o do gancho com força, acertando novamente logo em seguida.Eu tinha que parar com isso.Eu não tinha sentimentos certo?Eu era só mais um sem coração naquele lugar idiota.
O "meu" lugar idiota.
Eu realmente pertencia aquilo.
Eu havia criado aquilo.
E eu iria provar isso.
Por bem, ou por mal.
 


Notas Finais


da qui 273828 anos eu volto


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...