História You Rock My World - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Michael Jackson, Naomi Campbell
Personagens Michael Jackson, Naomi Campbell, Personagens Originais
Tags Adultério, Amor, Bissexualidade, Cassino, Comedia, Dinheiro, Guangues, Las Vegas, Michael Jackson, Naomi Campbell, New York, Nova Iorque, Nova York, Prostituição, Romance, Sadomasoquismo, San Francisco, São Francisco, Sexo, Tragedia
Exibições 35
Palavras 2.615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Amores, lembra q eu disse q Loren ia causar e q a nova fase da fic iria começar? Então, agora oficialmente puta da Loren ta fazendo putaria, e a fase 2 com muito tiro, porrada e bomba começou. Me desculpem se eu demorei bjos. Good leitura

Capítulo 31 - O proibido


Não posso deixar esse amor escondido mais. Estou sentindo coisas que nunca senti com outra pessoa, Annie é especial, e sei que somente ela me fará feliz. Não me importo mais com nosso passado, aquilo ficou para trás, e juntos queimamos as páginas ruins do nosso livro da vida. Eu a amo e não consigo mais esconder isso, poderei esquecer Loren agora, e não mentir para meu coração mais.

- Você já está pronta ?- Bati na porta de Annie. Já estamos atrasados e precisamos ir ao cassino. Sentirei falta de reclamar da demora de Annie, mas logo terei que me mudar, já não aguento ficar mais aqui. Se ela quiser ir comigo, ficarei mais feliz ainda.

- Será que você pode esperar, porra ? Caralho, quando você demora pra se arrumar assim, eu não reclamo!- Gritou do outro lado da porta. 

- Acho que você está mentindo...- Ri e vi à porta ser aberta.

- Como estou ?- Annie fez uma pose e girou para que eu podesse analizar todo o seu corpo. Ela estava com um vestido verde escuro, e que ressaltava todas suas lindas curvas.

- Mais gostosa impossível.- Beijei seu pescoço e lhe dei um tapa na bunda. 

   Fomos para o cassino e já adentrando o local, percebi que Loren estava lá. Merda, tenho que tirá-la da minha vida de vez, e urgentemente, se não, Annie irá nos matar. Tentei ignorá-la, mas Annie já tinha percebido sua presença ali, quando Loren vinha em nossa direção. Fiz questão de enlaçar a cintura de minha namorada e continuar a andar como se nada estivesse acontecendo. Bem, eu ainda não pedi Annie em namoro, mas acho que não preciso disso, já que gostamos um do outro, não tem o porquê, de manter essa amizade colorida. Mais a frente, estava Steve, faz semanas que ele não atormenta Annie com a história de querer sair com ela, sei que ele ainda quer transar com minha garota, mas também sei que ele não poderá fazer isso, Annie é minha e de mais ninguém. Ele parece ter se esquecido um pouco dela, já que o vi com uma garota umas três vezes.

- Michael!- Caralho, Loren me gritou e apenas senti Annie apertar minha mão com força. Se antes ela já não gostava de Loren, agora piorou.- Pensei que você iria me ligar, ontem foi tão bom o jantar...- Mesmo eu segurando a cintura de Annie, Loren me abraçou e beijou o canto de minha boca.

- Ele não te ligou pois estava um pouco ocupado comigo.- Annie sorriu e foi cínica. Preciso tirar essa graçinha daqui agora, se não, vai sobrar pra mim. O temperamento dela não é lá os melhores.

- É verdade Loren.- Sorri sem jeito.- Eu e Annie estamos namorando agora.- Vi ela sorrir vitoriosa, e Loren bufar de decepção.

- E está feliz com ela, Michael?- Perguntou cruzando os braços e séria.

- Claro que estou, eu amo Annie. Ela é a melhor coisa que me aconteceu, e só agora, depois de uma bebedeira, percebemos que gostamos um do outro.- Loren sentou-se  em  uma  cadeira ali perto, nos encarou com desdém e cruzou as pernas.

- Espero que seja feliz Michael. Mas agora você deve ir cantar, com essa voz horrível que tem, e depois roubar alguma idiota, não acha Michael !?- Annie apenas mostrou seu dedo do meio e saíu andando. Sei que aquela mulher ainda vai trazer muita dor de cabeça pra mim.

   Contamos a Steve de nosso namoro, ele não pareceu amar a idéia, mas acatou com um sorriso no rosto. Ele só pediu para agirmos como solteiros, no cassino, assim não atrapalhará nosso trabalho. Cantei a noite toda, estou extremamente feliz e isso me ajudou muito com a performace. Mesmo Annie tendo que chegar perto de outro cara para pegar seu dinheiro, senti um pouco de ciúmes. Desde o dia que ela começou a trabalhar ali, sinto uma torrente de ciúmes em meu coração, e agora é mais forte.

- Então quer dizer que agora estamos namorando ?- Depois de descer da moto, ela me perguntou com um grande sorriso no rosto. Já tínhamos voltado do cassino.- Você não me perguntou nada, e se eu dizer não ?

- Mas e se eu pedir ? Vai dizer não ?- Peguei o capacete da sua mão, e enlaçei sua cintura, enquanto adentrávamos o elevador.- Annie que namorar comigo ?

- É claro que sim.- Ela praticamente gritou.

- Ótimo, agora você é minha, e é melhor não dar moral para nenhum outro cara.- Annie colocou a mão na cintura e me fuzilou com o olhar.- Se não, vou ter que encher o otário de socos e dar algumas palmadas nesse seu traseiro.- Falei convícto. Eu não estava brincando, sempre gostei de alguns tapas na hora do sexo e Annie sabe disso, não sou do estilo que gosta de sexo baunilha.

- Escuta aqui bonitão, só porque estamos namorando agora, não quer dizer que vou seguir suas regras. E você, é melhor mandar a Loren voltar pra casa do caralho, antes que eu mate vocês dois.- Bateu em meu peito e me encarou com altoridade.- Mas sobre as palmadas...- Não terminou sua frase, apenas me encarou malíciosa.

- Tudo bem, graçinha. Se acalme antes que eu fique com medo de você.- Gargalhei e sai do elevador, lhe puxando pela mão. 

- Agora que estamos juntos, o que acha de se mudar para meu apartamento ? Semana que vem já estou indo.

- Por enquanto quero ficar aqui. Não quero ficar na sua cola sempre.- Abriu a porta de seu quarto.- Boa noite Michael.

- Ei, não quer ficar comigo ali ?- Annie negou com um gesto. Peguei em seu pescoço e beijei sua boca.- Boa noite, anjo.

   Comi algum lanche que pedi ao restaurante do hotel, tomei um banho, e me preparei para deitar. Como Annie não quis ficar no quarto comigo, e ter uma noite de muito sexo, o que me resta é ver televisão acompanhado do meu celular e uma lata de refrigerante, até que o sono chegue. Mudava de canal a todo momento, não queria ver nada daquilo, estava chato pra caramba! Resolvi tentar dormir, coloquei a lata ao chão, e o celular no travesseiro ao lado, hoje ele é minha companhia aqui nessa cama. Fechei os olhos na tentativa de pegar no nosso, mas infelizmente, meu celular começa a tocar.

- Alô ?-  Falei o mais delicado possível, tentando desfarçar minha indignação por querer dormir e não poder.

- Michael ? É Loren. Hoje você não conversou comigo direito, me deixou triste sabia ?- Ok, acho que estou merecendo um belo tapa na cara, por envolver Loren, uma totalmente desconhecida, em minha vida dessa forma, e agora ela não sai da minha cola.

- Me desculpe, é que Annie não gostou do que você disse.- Sem jeito falei.

- Não acredito que está namorando uma prostituta! Você imagina quantos paus já passaram antes do seu ?- Berrou do outro lado da linha. Fiquei com raiva de suas palavras, se estivéssemos pessoalmente, eu a esganaria.- Michael se liga! Tenho pena de você por ter que comer algo tão alargado daquela forma.- A risada dela me enojava!

- Você já passou dos limites, nunca mais fale dessa forma de alguém que amo!- Gritei.- Se você não sabe, ela ficou apenas três meses naquela merda, três meses! Não era toda noite que ela transava e nem toda noite que ia para aquela boate. E se você quer saber do tamanho da minha mulher, ela é gostosa, e depois de tudo, continua apertada e delíciosa, assim como uma mulher que transou apenas duas vezes na vida! Ela era importante naquela boate, a mais bem paga, acha mesmo que ela iria dormir com qualquer um por uma pouca quantia de dinheiro ? Vai se foder Loren!- Eu estava dizendo a mais pura verdade, Annie continua gostosa. Ela não vendeu seu corpo para muitos caras, já conversamos sobre isso.

- Talvez eu vá sim me foder mais tarde pensando em você, babaca!- Falou com o mesmo tom de voz do que eu. Ela me surpreendeu agora, nunca pensei esse tipo de resposta.- Foi mal, eu só quis te irritar. Mas eu realmente não gostei da ideia do namoro, talvez é porque ainda quero dar pra você.- Falou normalmente. Não posso negar, isso me causa arrepios de prazer.- Me desculpe, agora estou comprometido.- Dei uma risadinha.

- Mas é que eu ainda penso no dia que me deu uma carona, e quase transamos. Você sabe que beija muito bem e tem uma ótima pegada, e eu sei que você adorou quando eu chupei essa coisa que tem no meio das pernas. Mas você foi idiota o suficiente de querer parar com o ato.- Loren me lembrou dos detalhes do dia que nos reencontramos, e eu lhe dei uma carona.

- Esqueça isso, foi uma coisa boba.- Fui firme em minhas palavras.

- Michael, preciso conversar com você!- Ignorou totalmente minhas palavras e berrou.- Venha para meu apartamento, agora.

-Ei, você não manda em mim Loren.- Agora ela passou dos limites.- E se eu não for ? O que vai fazer ?

- Eu vou até aí, arrancar toda minha roupa, e bater na porta de Annie dizendo que estávamos transando.- Ela está louca ? Esse inferno irá me atormentar até quando ?- Posso fazer bem pior querido, então por favor, não pague pra ver.- Gargalhou.

- Tudo bem, eu vou.- Sei que isso é errado, logo agora que estou em um relacionamento, encontrar com uma mulher escondido, não é tão certo. Mas alguma coisa me fez querer ir, talvez a curiosidade, ou o prazer do proibido.

- Estarei te esperando.- Desligou.

   Eu ainda não sei o que deu em minha cabeça para dizer que iria visitar Loren. Já estou completamente errado em ter atendido o celular, sabendo que era ela, estou totalmente errado desde o começo. Me xingo mentalmente a todo momento, enquanto troco minha roupa para ir até seu apartamento. Mesmo eu não querendo ir, meu corpo não me obedeçeu. Tá bem, talvez eu queira ir e ver o que Loren tanto quer comigo. Estou tão errado que já não tem mais volta, meu subconciente me faz  querer ir, toda vez que me lembro do belo par de seios que Loren possuí. Saí do hotel o mais rápido possível, e ao mesmo tempo, silenciosamente, para que Annie não escutasse nada.

- O que você quer ?- Bati na porta do apartamento de Loren. Ela atendeu com um grande sorriso no rosto. Estava com um vestido preto colado ao corpo, deixando os peitos quase saltando para fora.

- Já disse, apenas conversar.- Deu passagem para minha entrada, depois trancou a porta.- Quer alguma coisa Michael?- Sorriu e foi até um pequeno bar repleto de bebidas, que se encontrava ali.- Ainda quer ficar com a prostituta?

-Não eu não quero nenhuma porra de bebida.- Me levantei do sofá que eu acabara de sentar. Meu sentimento de curiosidade acabou, e agora me sinto nervoso.- E não ouse dizer mais isso da minha mulher, ela fez isso por necessidade. 

- Ei, foi mal extressado, senta aí.- Me empurrou para o sofá. Caí sentado.- Eu só estava brincando querido.- Sorriu e se sentou ao meu lado.

- Mas de qualquer forma, acho que já vou.- Tentei me levantar, mas parei quando senti o toque de Loren em meu peito.

- Michael, não vá agora, você precisa ficar.- Sussurrou em meu ouvido e enlaçou sua perna sobre meu colo. Meu coração acelerou e paralizei, não poderia fazer aquilo com Annie, mas eu simplesmente não conseguia me mover.- Você sabia muito bem o que eu queria de você aqui, mas mesmo assim veio...- Eu ainda estava paralizado, como uma verdadeira estátua. Sua mão puxou meu rosto e ela depositou um beijo em minha boca.

   Ela não parou  de  salpicar  beijos em minha boca, vendo que eu continuava ali, paralizado, Loren se apressou em pegar minha mão, e colocá-la sobre seu peito esquerdo. Nesse momento,tive que fechar os olhos, suspirar pesadamente, enquanto eu apertava com mais precisão seu farto peito. Merda, já estou entregue. No meio da minhas pernas, já sinto minha ereção querer saltar para fora da calça. Novamente Loren me beijou, e sem pensar em nada, deixei que sua língua invadisse minha boca, e sua mão migrasse para meu pau.

   Segurei sua cintura a trazendo para meu colo. Loren modiscou meu pescoço enquanto tentava desabotoar minha calça. Sabia que estava errado, mas não quero parar, não agora. Assim que sua mão adentrou minha calça, senti todo meu corpo se arrepiar, eu precisava mais daquilo.

- Está gostando Michael ?- Esfregou sua intimidade em mim, enquanto me tocava. Acenti sem conseguir falar, enquanto descia o zíper de seu vestido.- Você quer me comer Michael ?- Sorriu me encarando malíciosa.- Não queria falar, nem admitir meu desejo, isso me faria lembrar de Annie, coisa que não posso agora. Apertei sua bunda, ela já estava sem o vestido,e apenas com sua lingerie vermelha. Ela estava pronta para mim.

   Suas mãos começaram a tirar minha camisa, a ajudei no trabalho. Depois disso, senti ela chupando minha barriga, enquanto abaixava minha calça com pressa, até meus pés, a cueca boxer também foi, revelando minha ereção molhada. Arfei quando suas mãos desceram para a base do meu pênis, sua língua chupou minha glande. Joguei a cabeça para trás no sofá, não queria ver nada, apenas sentir. Ela parou por segundos, tirando ela mesma a lingerie, e logo voltou a me chupar. Depois de mais uma chupada, vi que ela se encaixou em cima de mim, e aos poucos, deslizou, enquanto eu a invadia .

   Seus movimentos lentos duraram poucos, ela começou a quicar em cima de mim forte e apressada. A ajudei com os movimentos, segurando em sua cintura, enquanto observava aquele sobe e desce. Ela era gostosa, mas pude constatar que não quanto Annie. Ali naquela transada idiota faltava algo mais, faltava o amor, o desejo, e a necessidade que sentia ao fazer amor com minha graçinha.

- Vamos, mais rápido.- Urrei já me arrependendo de tudo aquilo. Pressionei dois dedos em seu clitóris, na intenção de fazê-la gozar. Estava bom, estava adorando transar com aquela delícia, mas sei que estou errado, e só agora que já estou traíndo minha amada me dei conta disso.

  Assim como mandei, ela acelerou os movimentos. Enquanto meus dedos pressionavam seu clitóris. Em pouco tempo Loren teve um orgasmo, gemendo de uma forma exagerada, e não sexy assim como Annie. Quando vi que estava chegando ao êxtase, tirei Loren do meu colo, e gozei longe de qualquer perigo.

- Loren, eu te imploro, não fale isso com ninguém.- Quando voltei ao normal, consegui falar, já vestindo minhas roupas.

- Tudo bem.- Bufou também recolhendo suas roupas.- Apenas quis lhe provar. Agora já pode ir.

- Tudo bem, eu vou.- Ajeitei meus sapatos, que nem ao mesmo consegui tirar do pé, já que Loren estava super apressada para me ter dentro dela.- Mas por favor não diga...- Recolhi meu capacete e chave da moto.

- Não vou, já disse. Isso não vai me levar a nada, pois sei que ama Annie.

- Valeu, por me entender.- Rondei meus olhos por todo o local, analizando se tinha esquecido algo.Não lhe disse mais nada, apenas sai.

   Faz menos de vinte e quatro horas que estou namorando com Annie, e já começo fazendo tudo errado. Até agora não sei o que me deu, mas sei que estou extremamente arrependido. Não irei dizer nada a Annie, óbvio que não! Mas estou com medo, não posso perdê-la por um erro idiota meu. Me mataria agora se não fosse tão covarde. Imagino coisas ruins em minha mente, se Annie descobrisse tudo. Sinto meus olhos se enxarcarem, e pela primeira vez ,me sinto arrependido de ter feito sexo. Pois tenho medo de magoar meu amor, e afastá-la de mim.



Notas Finais


Nao conversei muito com vcs pq to com um frio da porra e quero deitar na minha bed e dormir. Tava acabando de escrever esse cap quase fechando o olho de sono... Entao, é isso. Comente o q achou, criticas, o q VC quer ver daq ora frente na fic, o q VC acha q vai acontecer... Enfim, vamos conversar. Fovorite tambem please. BJOSOOOSOSOSOSOSOSOSHDOSVEI


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...