História You Should Go And Love Yourself - Jikook (One-Shot) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Drama, Jikook, One-shot, Traição
Exibições 32
Palavras 765
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Droubble, Musical (Songfic), Poesias
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiiii minhas bolachinhas de água e sal <3 Tudo beem?
"Noza postando essas pohinha 5 e tã nã nã da madrugada?"
É ué ;u;
É que bateu o tédio, e como passei uns 10 dias sem postar acho que vocês mereciam. Boa leitura S2

Inspirada em:

Ed Sheeran - Phtograph
Justin Bieber - Love Youself

Capítulo 1 - Photoghaph - Jikook (One-Shot)


Fanfic / Fanfiction You Should Go And Love Yourself - Jikook (One-Shot) - Capítulo 1 - Photoghaph - Jikook (One-Shot)

Olhar para suas e nossas fotografias me fazem pensar que amar pode doer, amar pode doer as vezes. E nesse mundo, essa é uma das únicas coisas que eu sei. E quando fica difícil, bem, você sabe que as vezes pode ficar difícil. Mas essa é a única coisa que nos mantém vivos. E nós guardamos nosso amor nessa fotografia. Fizemos essas memórias para nós mesmos. Onde nossos olhos nunca se fecham. Onde nossos corações nunca estiveram partidos. Onde o tempo está congelo para sempre.

Então, posso te guardar no meu bolso do meu jeans rasgado. Te abraçando perto até nossos olhos se encontrarem. Assim, nunca estarei sozinho, esperando sua volta para casa. Amar também pode curar, amar pode remendar sua alma. E nesse mundo, essa é uma das únicas coisas que eu sei. E, eu juro que ficará mais fácil. Lembro-me disso em cada pedaço seu, presente em cada pedaço dessa fotografia. É a única coisa sua que levarei quando for embora.

Irei te colocar dentro desse colar, que usava quando tinha 16 anos. Bem perto do meu coração, onde você deveria estar. Manterei isso no fundo de minha alma. E quando você estiver longe, lembrarei de como você me beijava. Bem embaixo do poste de luz da 6ª rua. Ouvindo você sussurrar pelo telefone. Mas, não esperarei mais você voltar para casa. Não quando você mentiu sentimentos em minha presença. Isso é crime. É a lei do amor, não se deve quebrar corações alheios. Mas, essa lei é um pouco contraditória. Normalmente, quando se comete um crime, você fica preso em determinado lugar; cadeia. Mas, quando se trata da lei do amor, você sai de determinado lugar; do coração, a força mesmo. Mas eu aprendi certas coisas com o tempo, tente ouvi-las.

Por todas as vezes em que você estragou meu dia. E todas as baladas, festas e comemorações que você usou meu nome para entrar. Mas, você ainda acha que partiu meu coração. Ah, por Deus, garoto. E se você acha que estou chorando sozinho, bem, não estou. E eu não queria escrever isso para você. Não quero que ninguém pense que eu ainda me importo, desde o dia em que eu já me importei. Mas não me importo mais, mas você me liga. E eu atendo, achando que deve ser alguém. Sempre com o título "desconhecido", deletei o seu contato, isso deveria significar que eu não quero que me ligue, mas, é realmente sério que você decorou meu número?. E eu não quero falar com você, você deveria saber disso.

Minha mãe não gosta de você, e ela é daquelas que gostam de todos. 1-0 para mim. Mas, mesmo que um dia eu esteja errado, jamais admitirei isso, não gosto disso. É que eu estive tão ocupado com meu trabalho, que nem percebi oque estava acontecendo ao meu redor; entre nós. Mas agora eu sei, que estou melhor dormindo sozinho. Mas, se você gosta tanto assim desse seu jeito ruim, ah, querido, você deveria ir e amar a si mesmo. E se você acha que eu ainda estou aprovado alguma coisa: você deveria começar a amar a si mesmo.

Quando você disse que odiava meus amigos, nunca entendi o real porquê. Porque o único problema era com você, não com eles. Não culpe-os por infantilidade sua. As vezes eu penso que você é pior que eu. E todas as vezes em que dizia que minha opinião estava errada, tentando me fazer esquecer quem eu sou e de onde eu vim. E por todas as vezes que me fez sentir pequeno e inferior, eu estava apaixonada e agora não sinto absolutamente nada. Nunca havia me sentido tão mal quando estava vulnerável. E eu fui tão estúpido assim a ponto de deixar você quebrar minhas barreiras e encontrar minhas fraquezas? Acho que você deveria ir e amar a si mesma, afinal, você não é tão bom assim?.

Bem, mas você deve estar se perguntando; "Por que esse louco está contando uma história com dois rumos extremamente​ diferentes?". Talvez porque tenha sido escrito em dois tempos diferentes, em fases diferentes. Eu comecei a escrever essa merda a um bom tempo atrás, perto de quando você tinha me magoado e me cortado ao meio, parei de escreve-la e deixei-a de lado durante um tempo. Pensava que não precisava disso tudo, que estava fazendo drama. Mas não existe drama em falar a verdade. Então, depois de um tempo, deixei aquela baboseira de que "é drama" de lado e continuei. E acho que dá para perceber de onde. Ah, e... Mas uma coisa. Por que ainda não foi amar a si mesmo?.


Notas Finais


Que mudança drástica em poha.
Se decide, Park Jimin! c':
Bjinhos =^=


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...