História You Will Be Mine - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Jessica, Taeyeon, Tiffany, Yuri
Tags Drama, Romance, Sobrenatural, Taeny, Yulsic
Exibições 117
Palavras 2.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Orange, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OOOOEEEEEEEE
PF ME PERDOEM PELA MINHA DEMORA AO POSTAR MAIS UM CAPÍTULO.

EU FIQUEI A SEMANA TODA VENDO VIDEOS TRISTES E FELIZES DE YULSIC QUE ESQUECI QUE TINHA UMA FIC PARA POSTAR CAPÍTULO (??)

Sem falar nós trabalhos e provas que eu to tendo na escola, to vendo tudo acumular e to só chorando por dentro.

Enfim, ignorem minhas reclamações a parte sobre minha vida chata :v

Espero que aproveitem o capítulo, fui escrevendo esse de dia em dia, criativade não estava colaborando para um dia só :b

Bye ~

Capítulo 7 - Jessica?


Fanfic / Fanfiction You Will Be Mine - Capítulo 7 - Jessica?

Isso de forma alguma estava dando certo! Eu batia minhas mãos no volante incontrolavelmente, enquando a Yuri cantarolava do meu lado. Estávamos na frente da casa da Tiffany.

Eu estava tendo uma crise, isso não daria certo! Yuri iria fazer alguma merda que estragaria nossa noite. Olhei para ela e ela estava avoada, no mundo da lua, olhando para a janela. 

A unica coisa que fez ela despertar foi quando a porta principal foi aberta, e de lá saíram as duas, totalmente arrumadas. Jessica estava com uma carranca que só por deus! E a minha garota, claro, estava dando seu eye- smile maravilhoso, perdi o ar por alguns segundos.

Sai do carro junto com a Yuri, e abri a porta para a Tiffany sentar no banco do passageiro, Yuri me olhou indignada mas depois pareceu entender que eu queria a Tiffany do meu lado.

Yuri iria até abrir a porta para a Jessica, se ela não tivesse aberto antes com brusquidão e entrado no carro sem mais nem menos. A Yuri tinha uma sorriso sarcástico nos lábios, e entrou logo após ela.

Engoli em seco, voltando para dentro do carro. Liguei o carro é dei a partida. 

Isso não estava nada bom, de fato. Estávamos indo em direção ao shopping, e eu não preciso nem falar que o carro estava com um ar tenso, né? Principalmente nós bancos de trás, Jessica estava na janela, com a cara fechada, e Yuri, graças a deus, não tentou falar com ela, ainda.

Eu batia meus dedos no volante devagar de acordo com a música baixa que quebrava um pouco o silêncio assustador dentro daquele maldito carro! Senti a mão da Tiffany na minha perna, e parei no farol. Olhei para ela rapidamente, e ela parecia tentar me acalmar com o olhar.

Eu dei um sorriso de canto, e ela abriu um sorriso alegre nós lábios. Logo após o farol se abrir eu continuei em direção ao shopping, um pouco mais calma, graças a Tiffany.

XX

-Você só pode estar brincando comigo, né Tae?! - falou a Yuri, logo após entrarmos em uma loja de roupas, logo atrás das meninas.

Um fato sobre a Yuri: Ela não tem paciência nenhuma para roupas, na verdade, ela não tem paciência para nada.

-Fany me implorou, de acordo com ela as duas estavam precisando de roupa. Que mau tem? Estamos no shopping mesmo Yul, aproveite! - respondi, confiante. A Yuri so revirou os olhos em minha direção, olhando em direção aos provadores.

-Elas não vão demorar, acabei de ver elas entrando. Sente e espere obedientemente, como um cão. - dei um sorriso sarcástico na direção ela, e a mesma sentou em um banco que tinha ali perto, junto comigo.

-Muito engraçado, anã de jardim. - me respondeu, com o mesmo sorriso nos lábios. 

Eu ia responder, se não tivesse visto a cortina do provador da Tiffany abrindo é ela saindo de lá com um vestido curto, na altura dos joelhos. 

Corei violentamente, e de alguma forma engasguei com a saliva. 

Ela deu um giro, parando novamente e dando seu eye-smile na minha direção.

-Como ficou? Estou bonita? - perguntou, com um tom inocente na voz.

Céus, não faça isso Tiffany.

-Você...- ela me olhou receosa. - está linda, como sempre. - falei, sentindo meu rosto pegando fogo. Ela sorriu, dando pulinhos, com as mãos juntas uma na outra. 

Ela virou em direção ao provador da Jessica, olhei na mesma hora para a Yuri, que continha um brilho esperançoso nos olhos. 

Não está apaixonada, é?

-Sica-ah! Já terminou? Você demora muito para se vestir, aish. - perguntou Tiffany, no mesmo momento a cortina se abriu e a Jessica saiu de lá, com uma calça jeans, muito colada diga-se de passagem, e com uma regata preta. 

Mesmo com algo simples essas duas ficam bonitas! Yuri que o diga sobre Jessica. 

-Wow! You look beautiful as hell! - exclamou Tiffany, em INGLÊS, claro, a Yuri ficou com uma cara de paisagem. Tiffany havia me contado que nasceu nos EUA, assim como Jessica. Esqueci de mencionar com a Yuri.

Jessica esboço um leve sorriso nos lábios, parecendo satisfeita com o elogio. 

XX

Yuri

Certo, no começo eu poderia não estar gostando, mas agora, vendo a Jessica com essa calça jeans extremamente colada e essa regata aumentando seus seios, como alguém não pode ficar feliz com isso?

Mordi os labios com força, fechando as minhas pernas de imediato.

Nossa, está calor hoje não é?

Ela parou de conversar com a Tiffany, olhando em minha direção, dificultando ainda mais as coisas para meu lado. Seu rosto começou a tomar uma coloração mais avermelhada, ela desceu seus olhos, especificamente, para meus lábios. Ao perceber tal ato, formei um sorriso malicioso no rosto, ainda mordendo os lábios.

A vi arregalar os olhos ao ver minha provocação direcionada a ela, e praticamente, voltou correndo para dentro do provador, fechando a cortina bruscamente.

Era bom saber que eu mexia com ela assim como ela mexia comigo.

XX

Tiffany 

Fiquei com um pouco de pena da Tae, ela teve que ouvir a Yuri reclamando com ela, mas eu estava mesmo precisando de roupa.

Apos sairmos da loja, eu avistei a mesma loja que eu tinha comprado sorvete naquele dia, eu tava morrendo de calor, sinceramente, eu precisava de sorvete.

Avisei a Tae que nós já iríamos voltar e ela deu um breve sorriso, assentindo. A Yuri apenas olhou para o outro lado, dando um leve suspiro.

Sorry not sorry, Yuri.

-Sorvete? Sério mesmo? - perguntou, com um bico nos lábios. - Você ta querendo que eu fique pobre, Tiffany?

-Não, estamos fazendo oque pessoas normais fazem em encontros. - falei, dando um sorriso cínico para ela. Ela cerrou os olhos e riu.

-Fany, não somos pessoas normais. - falou, ainda rindo. Fechei a cara na hora.

-Você levou muito ao pé da letra, idiota. - falei, colocando um pedaço do sorvete na minha boca. - Ah sim, você irá dividir com a Yuri, já que eu vou fazer o mesmo com a minha Tae. - falei, sorrindo de orelha a orelha. Ela desmanchou o sorriso é me olhou séria.

-Você esta brincando comigo né? Não! - exclamou, irritada.

Peguei meu celular e coloquei no contato do infeliz. Mostrei para ela a tela é a mesma agarrou meu celular com força, tirando da minha mão. 

-Ta bom! Ok! Seja lá oque for, eu faço. Mas não liga para o Donghae, eu não acredito que você iria fazer isso de verdade! - falou, me olhando incrédula.

Não, eu não iria fazer isso. Foi apenas para ameaça-la.

-Você ainda irá me agradecer por eu estar te "obrigando" a ficar colada com a Yuri. - falei, brincalhona. 

-Nunca. - falou, saindo da sorveteria acompanhada de mim. 

XX

Jessica 

Após eu dividir, obrigatoriamente, meu preciso sorvete com a...Kwon, fomos em direção ao cinema. 

Não estava muito animada, antes de tudo, quando isso se tornou um encontro? Porquê eu concordei com a Tiffany? Ah sim, porquê ela ficou me ameaçando, e falando que eu iria ficar sem cappuccino por MESES, de acordo com ela, a Krys tá devendo para ela. Então isso seria de alguma forma uma boa coisa para retribuir.

Eu estava junto com a Yu..Kwon, esperando as outras duas comprar a pipoca, obviamente eu estava fazendo de tudo para ignora-la. Eu olhava para algum canto do shopping, com os braços cruzados. 

Não era obrigada a conversar com ela, meu sorvete ja foi demais. Pensei ter visto alguém famíliar, por isso cerrei os olhos, e era realmente alguém conhecido.

Yoona! Era a Yoona! Ela parecia estar com alguém, não consegui reconhecer de longe. Continuei olhando quando ela virou o olhar na nossa direção, e me olhou supresa, com a boca um pouco aberta. Ela acenou freneticamente pegando na mão seja lá de quem for essa pessoa, arrastando ela até nossa direção.

-Unnie! Quanto tempo. - ela me abraçou de supetão, quase fazendo eu cair para trás. Eu retribui o abraço, olhando para a menina que estava junto dela. A Yoona se separou de mim sorrindo alegremente.

-Yoona, é bom te ver de novo. - falei, esboçando um breve sorriso nos lábios.

-Você! - inesperadamente, a Yuri apareceu do meu lado, gritando enquanto apontava para a Yoona. A olhei confusa. 

-Ah, eu te conheço! - exclamou, a Yoona, animada. - Só não lembro seu nome...Y...Yuri? É Yuri Certo? 

-É sim! - falou a Yuri, sorrindo. 

-Ah! Esqueci de apresentar a Seohyun. - ela virou para a garota que veio com ela. - Desculpa, Seobaby. - disse, de forma manhosa, vi a tal da Seohyun ganhar uma coloração avermelhada. - Essa aqui é a Seohyun, mais conhecida como Seobaby, é minha namorada também! - sorriu. 

Seohyun nos olhou timidamente, e assentiu para nós duas. 

-Seo, essa é a Jessica, minha amiga, e aquela e a Yuri, que estuda junto com...igo. - falou, olhando para nós duas curiosamente.

Franzi o cenho.

-Vocês estão em um encontro? - perguntou, a Yoona, já esboçando um sorriso malicioso no rosto.

A olhei indignada.

-Não! - exclamei. - Sim! - falou a Yuri logo atrás. A olhei irritada, e ela continuava com aquele sorriso nos lábios.

-Sica-ah, voltamos! - disse a Tiffany chegando com a Taeyeon logo atrás dela. - Ah! Yoongs! - falou apontado feliz para a Yoona, indo em sua direção e pulando nela. Observei a Seohyun fazer uma cara estranha e a Taeyeon abrir a boca em supresa. 

Jealous. 

Tiffany se afastou dela sorrindo. Senti meu pulso ser puxado me fazendo virar para trás, logo dando de cara com a Yuri.

-Até quando você vai pretender fingir que isso não é um encontro? - falou, sarcasticamente.

-Quando estivermos em um encontro de verdade, um que eu gostaria de  estar e não esteja sendo obrigada a fazer coisas contra minha vontade, aí eu paro de fingir. - puxei meu pulso com brusquidão de sua mão. 

-Você parece estar aproveitando muito hoje, não se faça de difícil Jessica, porquê você não é. - falou, cinicamente.

Meu sangue estava fervendo, e eu estava ofegante. Ela estava passando dos limites. Levantei minha mão para dar um tapa na sua cara, mas ela foi mais rápida, pegando minha mão bem na hora e meu puxando contra ela, selando nossos lábios. 

Eu me debati no começo, fazendo de tudo para afasta-la, mas estava ficando difícil respirar. Não sei quando foi que eu comecei a retribui o beijo, mas eu não conseguia mais parar.

A única coisa que fez eu despertar foi a voz da Yoona e da Tiffany.

-Omo! - exclamou as duas, afastei a Yuri um pouco forte demais, quase fazendo ela cair. 

-Você...! - falei irritada. Tiffany colocou a mão em meu ombro, tentando me acalmar e eu apenas tirei a mão dela. Fui até a Yuri apressadamente, parando em sua frente. - Da próxima vez que você me tocar, você não vai ter mais braço. - tirei ela da minha frente, saindo.

Ouvi a Tiffany e a Yoona gritarem meu nome, mas eu apenas ignorei. Eu apenas queria ficar na minha cama, de preferência em paz. 

XX

Sai do shopping, apressadamente demais para não perceber a pessoa na minha frente. Esbarrei nele e quando fui virar para xinga-lo sem razão, eu cerrei os olhos ao ver aquela figura conhecida.

Era o menino que estava conversando comigo naquele dia, em que a Yuri tentou me afastar dele. 

Ele me olhou, com um sorriso esquisito no rosto. 

-Jessica, Jessica, uma vampira poderia ter mais cuidado, sua força fica surpreendente mais bruta quando você está nervosa. - disse, com um sorriso cínico. Arregalei os olhos. 

-Como você...?- antes de eu puder terminar de falar, algo como um saco foi posto na minha cabeça, e eu senti uma batida forte no meu pescoço.

Ficou tudo escuro de repente.

XX

Yuri

Taeyeon veio até mim irritada, me pegando pela blusa. Eu me assustei com a violência dela, mas ela tinha me avisado para eu não estragar a noite dela.

-Vai. Atras. Dela. AGORA. - falou pausadamente, larguei dela e apressei o passo indo na mesma direção que a Jessica tinha ido.

Sai do shopping ofegante, olhando para os lados, rezando que ela não tenha ido embora. Taeyeon iria comer meu cu.

Parei, depois de chutar alguma coisa no chão que não reconheci por causa do escuro. Liguei a lanterna do meu celular, é agachei para ver melhor oque era.

Era uma bolsa, mas não era apenas UMA bolsa, era a bolsa da Jessica. Olhei para aquilo de maneira confusa até que seu celular começou a vibrar, me assustando. Peguei o celular dela meio hesitante, colocando na orelha, ouvi um chiado bem estranho é alguém supostamente rindo.

-Quem é? - perguntei, desconfiada. A voz, que eu identifiquei como homem, começou a rir mais.

-Não lembra de mim? - perguntou, eu estava tentando ao máximo reconhecer a voz. 

-Não. - falei, cerrando os olhos na direção da bolsa da Jessica.

-Você não deveria pegar as coisas dos outros, Jessica é minha. - falou, mudando o tom de voz. 

-Você não seria...- falei, lembrando do suposto "Ex" da Jessica. 

-Donghae? Bingo! Vamos jogar, Yuri. Você vem até aonde a Jessica está, é ela não sai machucada, e bom, você fica no lugar dela. Vamos dizer que eu não gostei muito de você, e eu queria muito te fazer pagar por encostar aonde não deve. - apertei mais o celular contra minha orelha.

-Ela não é sua! - falei, nervosa.

-Você vai continuar negando?podemos fazer da maneira difícil então, eu posso te ver daqui, então nem ouse em falar com alguém, se não a Jessica morre. - franzi o cenho com aquilo.

-Você à ama, porque diabos faria isso? - falei, incrédula.

-Meu amor por ela é grande, você nem imagina o quanto, eu mataria ela para não vê-la com outra pessoa ao não ser eu, ela pertence a mim, ela é minha, é você tocou no que é meu! - falou, alterando a voz.

-Você é doente. - falei.

-Você vai vir até onde a Jessica está presa, ou vai continuar me chamando de doente? Posso muito bem mata-la agora, é só enviar uma mensagem e ela está morta em menos de segundos. - falou, fechei o punho com força. 

-Eu vou. Me passe o endereço. - disse, me alterando um pouco.

Me perdoe Tae.


Notas Finais


OEOEOEOEOEOOEOEOEOEOEO
VOLTEI \O/

Mas ja to indo ~; -;~
Acabou rápido né?
Sorry, ficou pequeno né?
Criatividade é uns negócio raro q só bate nas aulas de matemática.

Espero que tenham gostado, e como eu disse, eu tô me esforçando cada vez mais para fazer uma fanfic boa para vocês <3

Obrigado por todos os favoritos pessoal

Até o próximo, bye ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...