História You x BnHA - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Aizawa Shouta, Asui Tsuyu, Bakugo Katsuki, Lida Tenya, Midoriya Izuku, Personagens Originais, Present Mic, Todoroki Shouto, Uraraka Ochako, Yagi "All Might" Toshinori
Visualizações 57
Palavras 1.268
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


EU REALMENTE AMO VCS MAS O CAP ERA PRA TER SAÍDO UNS DIAS ATRÁS MAS O CELULAR DEU PROBLEMA E APAGOU TUDO LALALALALALLALALALAAA *chora*

Então eu vou separar esse capítulo em duas partes, eu realmente amo muito vcs sério

Ah, a próxima parte é lemon :'D

*boa leitura*

Capítulo 2 - Shinsou x Header- Essa noite 1/2


Fanfic / Fanfiction You x BnHA - Capítulo 2 - Shinsou x Header- Essa noite 1/2

Era uma segunda feira de manhã, estava no acampamento em que a escola havia planejado, passaria quinze dias na mata. Não estava muito confortável no ônibus, pois avia muito barulho e conversas, você mesma tinha Agorafobia que, era pavor de multidões ou lugares abertos, mas, mesmo que o ônibus fosse fechado, tinha muita gente.

Sua confiável e amável amiga Tsuyu não sentara com você no ônibus, pois disse para ti que ainda hoje irá se declarar para Tokoyami e por isso pediu-lhe para se sentar ao lado dele, você como uma boa amiga entendeu a situação.

Sua Agorafobia estava atacando – Agorafobia: medo de multidões ou lugares muito abertos – e seus remédios estavam na mala mais pesada que, infelizmente, estava atrás do ônibus. Você estava ofegante e tentava não olhar as pessoas brincando e gritando. Bakugou estava tentando puxar os cabelos de Izuku, mas Todoroki e Uraraka protegia o mesmo. Suspirou fundo e tentou se acalmar, até sentir uma sombra ao seu lado

-..Posso me sentar aqui?- Ouviu uma voz rouca e baixa, olhou para a pessoa que dissera e viu que era Shinsou, o mesmo estava com sua bolsa na cara para poder se proteger das bolinhas de papel

-..Uh, p-pode.- Respondeu rápida, olhando para a janela em seguida, se encolhendo mais ainda, sentiu a cadeira ao lado afundar. Prendeu a respiração e desviou o olhar para a paisagem que, era uma floresta densa e aberta, se acalmou um pouco ao ver que tinha passarinhos voando ao lado do ônibus

-Você tá bem?- Shinsou perguntou-lhe, fazendo você se virar para ele e inclinar a cabeça, o mesmo te olhava fixamente com suas olheiras que davam uma breve característica sexy

-Estou, só que..Eu não gosto muito de multidões. Entende?

-Ah, saquei.- Soltou um sorriso fraco, logo voltando para sua feição séria e normal- Mas se precisar de algo é só me dizer. Ah, me chamo Shinsou.

-Y/N..

Por algum motivo desconhecido, você se sentiu mais calma ao lado dele, soltou um sorriso gentil para o mesmo e bagunçou levemente seus cabelos, olhou para a janela de novo, viu o reflexo no vidro que seu rosto estava levemente corado e o mesmo estava inquieto, riu baixo e fechou os olhos, aproveitando o momento que estava calma

~///*///~

Havia chegado no acampamento e viu todos animados, com exceção de Kirishima que se assustava com cada barulho de sapo que escutava, fazendo Bakugou rir sempre da cara dele. Você estava procurando por seus remédios em sua bolsa, por sorte achou em sua bolsinha de primeiros socorros e a abriu, pegando o frasco, mas antes de abrir o mesmo ele foi tomado de sua mão por Kacchan

-Hey! Me devolva!- Gritou, franzindo o cenho

-Por que? O que tem aqui dentro hu?- O mesmo riu alto, abrindo o mini frasco que continha seus remédios- Ora ora, você por acaso tem algum tipo de doença, Y/N-San?

-Bakugou, se não devolver isso para ela eu vou te bater.- Tsuyu disse se preparando para atacar, mas fora segurada por Tokoyami- E arrancar isso que chama de pau.

-Se você der uma chupada nele com sua língua por mim tá ótimo.- Soltou um sorriso malicioso para ela, só precisou disso para Tokoyami ficar puto, se não fosse por Shinsou tudo iria acabar pegando fogo

-Bakugou. O que ela tem não é de seu interesse e não vai mudar nada em sua vida.- Se pronunciou, pegando o frasco em sua mão- Se você chamar ela de doente, não vai te fazer ficar com mais saúde.

-NOSSA, EU NÃO DEIXAVA!- Kirishima gritou lá no fundo, rindo alto, logo Uraraka riu junto com ele, caíram juntos no chão rindo

-EU VOU EXPLODIR A CABEÇA DE VOCÊS! FILHOS DA PUTA!- Pulou encima deles, batendo logo em Kirishima e chutando Uraraka, que os mesmos tentavam defender, Midoriya, Tsuyu, Tokoyami e Todoroki entraram na briga tentando acalmar os mesmos ou ajudar Uraraka.

Você olhava tudo aquilo com uma cara de tacho, não entendia o por que da briga mas só prestava atenção em um ser se aproximando de si

-Isso é seu- Shinsou pegou sua mão delicadamente e colocou o frasco nela- Desculpe por causar a briga.- Ele baixou o olhar, junto com a cabeça

-N-não! A briga é por minha causa! Não se c-culpe por favor!- Você tentou ao máximo tirar a culpa dele, tentou pensar rápido e fez algo que nunca pensaria em fazer: o abraçou forte. De primeira vez ele se assustou com o ato, mas logo retribuiu. Passando alguns segundos abraçados vocês se separaram. Você estava mais vermelha que beterraba e ele, sorria de maneira brincalhona- Eu, uh.. V-vou ao banheiro!- Saiu de lá correndo antes que morreria de vergonha

~///*///~

Todos já estavam em seus devidos quartos no chalé, não haveria barracas por a última vez que usaram uma, ursos atacaram os estudantes e alguns saíram feridos. Você usava sua camisola branca que marcavam um pouco seus seios por conta da puberdade.

Usava sua individualidade para se arrumar – Convocava mãos em suas costas para atacarem inimigos ou virarem armas robóticas –, duas ou três penteavam seus cabelos e outra escovava seus dentes. Estava sonolenta pelo dia de hoje, além da briga, todos foram obrigados a fazerem uma trilha de quatro quilômetros umas duas vezes, mas o que não sabia era; Teria um colega de quarto. Recebeu essa notícia de tarde, faltara cinco quartos e os alunos restantes ficariam com seus colegas, não sabia com quem iria ficar, mas estava com medo, isso sim poderia admitir.

Depois de fazer sua higiene pessoal foi direto para a cama, arrumou as coisas e olhou para a mesma, pensando como iria dividir a cama com seu parceiro, então pensou numa maneira bem simples; Pegou os lençóis reservas que havia trago e outro travesseiro, colocou no chão e fez uma cama improvisada, ficou de quatro para arrumar o lençol no chão, mas ouviu o barulho da porta ser aberta

-Hu, alguém a—- O garoto de cabelos azuis espetados olhou para ti naquela posição, fazendo os dois corarem mais que deveriam, você mesma desfez a posição e ficou e sentada encima do lençol

-S-shinsou-Kun que...S-supresa..- Abaixou o olhar, ficou olhando para suas mãos trêmulas e brancas

-N-não é..? Coincidência não?- O mesmo desviou o olhar corado, colocando a mão no rosto tentando esconder a vergonha

Passaram minutos em um completo silêncio constrangedor, então você decide quebrar o silêncio com algum assunto aleatório

-Então.. V-você dorme na cama e eu durmo no chão.

-Não, eu durmo no chão, o invasor sou eu.- Disse o maior colocando sua bolsa no chão, fechando e trancando a porta em seguida, se aproximando ainda mais de si

-Sério..Não tem problema, Shinsou-San–

-Ou talvez poderíamos dormir.. Juntos?- Antes de você perceber ele estava de quatro em sua frente, suas respirações estavam próximas e dava até mesmo para ouvir o som do coração de cada um

-E-eehh?? N-não acho que seja uma boa ide– Ekk!- Soltaste um gemido baixo ao sentir a língua dele em sua orelha, logo em seguida você tapou a própria boca para tentar esconder a vergonha naquele momento por soltar aquele som tão..Constrangedor

-Oh, isso foi um sim?- O mesmo inclinou a cabeça sorrindo sorrateiramente

-S-s-shinsou!! Somos crianças ainda e...E..A-acabamos de nos conhecer e..E..É errado!!

-Em que? Dormir juntos? O chão é muito frio para ti e você é frágil.- O mesmo se sentou de pernas cruzadas, apoiando a cabeça com a mão- Não pense que estávamos prestes a fazer sexo, Y/N.

-...- Sentiu seu rosto corar mais ainda, como pôde pensar uma coisa tão suja assim?

-Você é muito poluída, Y/N. Estou decepcionado.- O mesmo riu baixo, fechando os olhos em seguida

-NÃO FALE COISAS C-COM DUPLO SENTIDO!- Você gritou, tapando o rosto com as duas mãos

-Mas, posso te fazer outra pergunta?

-U-uh? Claro..

-Você realmente iria ser minha por essa noite?


TO BE CONTINUE


Notas Finais


Panamana ta uma merda eu sei;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...