História You'll be Mine - 2Jae, Markson, YugBam - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Jingyeom, Markson, Yugbam
Visualizações 322
Palavras 1.144
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ola bolinho(*-*) desculpa, desculpa, desculpa, mil desculpas. Não, eu não me esqueci da fic. IMPOSSIVEL eu esquecer dela e de vocês meus bolinhos \(*-*)/. Realmente eu já tinha previsto que ficaria alguns dias sem postar pelo tanto de atividade que me passarão porem não pensei que seria tanto tempo assim. No entanto hoje achei um tempo livre e terminei o capitulo. Graças a Deus. Espero que gostem, boa leitura e me perdoem os erros que esse capitulo tiver (>-<)

Capítulo 28 - Eu não tenho certeza


Fanfic / Fanfiction You'll be Mine - 2Jae, Markson, YugBam - Capítulo 28 - Eu não tenho certeza

Eu paraliso a ver aqueles alfas entrando realmente não estava entendendo nada.

Em poucos minutos sinto algo quente tocar em minha cintura eu não estava acreditando que aquele alpha já estava me agarrando daquele modo na frente dos outros como se eu fosse uma de suas putas.

MK -J-Jackson para com isso- digo tentando empurra-lo pra longe de mim coisa que não deu muito certo.

BB – Jackson você trouxe meu ca...

JY – Cappuccino? – Jinyoung diz estendo o copo quente na direção do mais novo. – deixa eles la ok. – o ômega balança a cabeça e levantando junto ao alpha.

Mk- como assim deixa pra lá? Jin – sou interrompido ao ouvir a voz do alpha suar de forma sexy no meu ouvido.

Jk – Sentiu minha falta Mark – diz ele mordendo o lóbulo da minha orelha. Segurava-me ao máximo para que nenhum som saísse de minha boca, algo que estava difícil de controlar.

Mk – J-Jackson... – tento me controlar por enquanto que o alpha apertava de leve minhas nádegas de forma provocante e irresistível. – N-n-não... não sentir sua falta.

Jk – Serio ? – ele para de me tocar e me prensa na parede com força fazendo nossos membros se chocar e aquelas sensação gostosa subir a minha mente- repeti isso Mark... Porem... – diz colocando seu braço bem perto da minha face e fazendo com que eu ficasse preso aquela parede – fala olhando nos olhos.

Respiro fundo, pois queria já esta o beijando e sentindo aquele membro grande me fuder ali mesmo naquela sala. Queria naquele momento sentir seu calor, seu suor, ouvir seus gemidos se misturar com os meus e transformar aquele local de estudos em um verdadeiro prostibulo.

Respiro fundo tentando me acalmar e controlar meu membro que àquela hora já estaria ereto.

Mk – E-Eu – Respiro “Se concentra Mark” – não sentir sua falta Jackson. – olho firme para o loiro para que ele tivesse total certeza que havia a pura verdade em minha voz.

Vejo o alpha sorrir.

JK – mentira. - Mal acabei de ouvir sua voz e ele já havia juntado nossos lábios,

Queria empurra-lo porem meus braços já se encontravam em sua nuca, puxando com força seus cabelos. Sinto sua mão ir direto para minha cintura em um rápido ato Jackson me coloca sentado em cima de uma das carteiras.

Seu beijo era ardente digno de um alpha Lupus que ele era. Envolvia-me... Enlouquecia-me... Fazia-me sentir desejado.

Suas mãos passavam de leve pelas minhas costas ate chegar as minhas pernas. Jackson começa então a massageá-las de forma lenta e provocante. Fazendo-me arfar com o contato.

Mk – P-p-par-r-ra J-Jackson por favor.

Jk – Tem certeza que quer que eu pare Mark? - ele diz me olhando de uma formar tentadora.

Naquela hora eu não tinha mais sanidade, não estava conseguindo me segurar ao ver meu corpo implorando pelo dele, eu queria o sentir tanto, eu o necessitava, era dependente daquele alpha e daquelas caricias envolventes.

O beijo com voracidade e penetro minha língua naquela cavidade úmida. O alpha se surpreende com o meu ato e sorrir entre o beijo e me deixa, pela primeira vez, no controle.

A gente termina o beijo chupando um o lábio do outro. Em poucos minutos o alpha ataca a tez do meu pescoço me levando a deleite.

Ele começa a caminhar em direção a mesa do professor e deposita meu corpo esguio em cima daquele vidro frio. Sinto calafrios percorrerem pele minha pele e avisto o alpha se deliciar com essa visão.

Logo decido o provocar e entrelaço com brutalidade minhas pernas em seu quadril fazendo com que nossos membros se chocassem com força o fazendo gemer alto.

- ahhhh... M ark ... você vai me pagar por isso. – vejo o alpha tirar minhas penas e de seu quadril  e ir em direção a porta.

- O que esta fazendo? – digo preocupado.

-  Não quero que ninguém nos atrapalhe.

- eu não quero transar com você.

 

^^ Mark off^^

^^ Jackson On^^

 

Olho confuso após fechar a porta.

- Como assim não quer ômega?

- E-ee- n-não quero...Não assim. Desse jeito... Dessa maneira. –Não quero perder minha virgindade em uma mesa de colégio, como você faz com suas putas.

- você tem razão – vejo o mesmo ficar com as feições de espanto. “Sorrio”- sabia que toda vez que você fala que é virgem, minha vontade de te foder aumenta Mark. – digo indo em sua direção. - no entanto – digo respirando fundo – Não vou te foder agora.

Sinto o coração do mesmo acelerar e sua expressão confusa tomar-te lhe conta de tua face.

- Mark – digo acariciando teu rosto – Você realmente disse algo certo.

- Disse?

- Sim... - “suspiro” – você não é qualquer puta... Pra falar a verdade você não é puta. Você é diferente Mark, muito diferente de qualquer um ou uma que eu já fiquei você é único e faz com que eu sinta tudo...  Quando estou perto de você, todas as sensações de prazer, afeto, luxúria, deleite veem de uma forma incontrolável, vem em seu ápice. Mark eu não vou negar que eu queria já ter-te fodido com força e com maestria  e que neste exato momento meu membro pulsa de forma indomável para esta dentro de você, apesar disso... Eu vou esperar... Pra quando você estiver pronto. Não prometo que vou me controlar ate lá , todavia lhe juro que vou tentar me segurar. Porém – digo olhando em suas orbitas castanhas e segurando suas mãos suaves – me prometa uma coisa...

-...Diga ...

- Me conceda a honra de ser o alpha que vai tirar sua pureza. Me de a honra de ser o primeiro alpha a lhe tocar, a lhe amar, a lhe mostrar o que é amor e quem sabe ser o único alpha em sua vida. Por favor, Mark me prometa isso.

- Jackson... Eu... Eu na...

XX- quem esta aqui dentro? – ouço barulho de socos na porta.

- Meu Deus que hora é essa?

- Mark antes disso me responda.

- Depois Jackson... Ok? Hoje mesmo se você quiser mais agora você tem que sair.

- Arr... Tudo bem.- Selo nossos lábios em um beijo rápido  - me encontre na saída ok? E se tentar escapar saiba que eu vou atrás.

Digo isso e abro a porta e em poucos segundo saio do lugar pela janela em movimento tão rápido que duvido ate se o próprio Mark viu.

  - O que aconteceu aqui?  Por que a porta estava trancada

- Desculpe professor. Tive que fazer uma ligação particular e como faltava alguns minutos para iniciar a aula achei que não houvesse problema.

Ouço tudo agachado já do lado de fora do colégio.

Pelo o que havia escutado tudo estava bem então decido em poucos passos sair andando.

- Tudo bem senhor Tuan mais nunca mais faça isso.

Paro ao ouvir um nome. “Tuan”. Como assim “Tuan”? So conheço um Tuan e esse Tuan esta...

- Jackson...


Notas Finais


Espero que tenham gostado e ate o próximo capitulo ( espero que o mais rápido e possível) :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...