História You'll Never Be Alone - Capítulo 13


Escrita por: ~ e ~tommostressed

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Larry Stylinson, One Direction, Ziam Mayne
Visualizações 26
Palavras 734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Festa, Ficção, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Milk Shake


Não demorou muito pro horário combinado chegar, logo eles já estavam reunidos na Lanchonetes, onde combinaram de se encontrar.

O lugar era calmo, com uma boa iluminação, e com uma comida maravilhosa, eles tinhas tudo espelhado sobre a  mesa, uma pilha de livros, cadernos, canetas e grandes copos de Milk Shake.

Zayn estava impressionado, ele conseguiu estender mais coisa em duas horas com o Niall  e o Harry do que em todo um semestre na escola.

- Então deu pra entender essa parte? - Harry apontava para as fórmulas no livro de química.

- Parece tão fácil, vocês são bizarros, eu consegui entender praticamente tudo que vocês explicaram.

- Agora só falta quarenta e sete páginas. - Niall brincou, mas realmente faltavam pouco mais de cinco capítulos do livro.

- E olha que hoje só foi química.

- Nossa, vocês realmente sabem como acabar com a alegria de alguém.

Olhando pela janela Niall pode notar Louis e Liam atravessando a rua e indo de encontro ao café, para encontra-se com eles.

- Acho que sua alegria vai voltar com tudo agora. - Niall ri.

Zayn estava de costas para janela por isso não entendeu o que o loiro queria dizer.

Apenas quando o sininho em cima da porta de entrada soou ele direcionou sua atenção até lá e pode ver Liam, esse que vinha ao lado de um garoto de olhos azuis, sorriso e um pouco mais baixo que ele.

Seus olhos brilhavam com a visão que teve, e em seus lábios um vontade incontrolável de sorrir.

- Zayn... esse é o Louis, meu namorado . - Harry apresentou-o a Malik.

- Preser em conhecê-lo - Sorriu e apertou a mão de Tomlinson em um comprimento.

- E esse... É o Liam, mas acho que vocês já se conhecem.

- Hm... Já sim. Mas é bom reve-lo.

- É bom te ver também. - Liam deu seu melhor sorriso.

Logo todos se acomodaram e guardaram os matérias escolares, liberando a mesa para quando os pedidos que foram feito a recepcionista chegue.

Eles conversavam entre si como se, se conhecessem a anos, a conversa fluía com muita leveza e rapidez. Logo seus pedidos chegaram, e tudo só melhorava a vibe do local.



Era pouco mais de quatro da tarde quando eles  deixaram a lanchonete. Se despediram, e ficaram de marcar para saírem uma próxima vez.

Zayn caminhava a passos lentos pela cidade, depois de recusar a carona dos meninos, e seu  pé já começava a doer por causa do corte -- ele se batia mentalmente por não ter aceitado o convite de Liam para o deixar em casa -- quando sua atenção se prendeu em uma loja, vários porta-retratos de tamanhos e molduras diferentes estavam em cima de uma bancada, e pela grande vitrine de vidro um em especial chamava sua atenção, ele era branco e tinha muitos detalhes talhados em sua moldura, essa que era de madeira.

O Moreno não pensou duas vezes antes de entrar na loja e compra-lo, Liam iria adorar, pelo menos é o que ele espera.

Chegando em casa Zayn tomou um banho, trocou seus curativos, embrulhou o presente e deixou um bilhete na porta da geladeira.

"Fui na casa de um amigo,
não vou demorar.
Zayn :)"

Zayn pegou um táxi, dizendo ao motorista o endereço que desejava ir. Ele poderia ir de carro, mas não vai por diversos motivos, primeiro ele não tem idade, segundo, por mais que ele goste de infringir as leis, o carro que ganhou do pai estava totalmente empoeirado e abandonado em uma garagem do outro lado da cidade, e por último mais não menos importante, ele acha dirigir um verdadeiro pé no saco.

Não tarda pro motorista estacionar o carro em seu destino, Malik desse do veículo e sua ficha começa a cair enquanto observa o carro ir embora.

Ele vai em direção a porta e congela.

Sua consciência gritando em sua mente.

O que porra você tem na cabeça?

Você acha mesmo, que pode chegar na casa dos outros sem avisar?

Vocês nem são amigos.

Você nem o conhece, seu idiota!

Zayn desiste, ele não consegue fazer aquilo, ele da meia volta e decide ir embora, talvez ele ainda consiga encontrar um carro pra voltar pra casa.

Antes mesmo de terminar a pequena caminhada pelo jardim da casa, Malik vê um táxi apontando na esquina. Seu dia de sorte!

- Zayn?



Notas Finais


próximo cap tá melhor, daqui a pouco sai...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...