História Your fault - Imagine Hoseok ( J-Hope) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 238
Palavras 1.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AEEEEE VOLTEI DE NOVO NOVAMENTE
Tentando acordar cedo nesse trem :^:
Acho que posso dar raiva um tiquin @^@~
Se divirtam e como sempre amem muito o nosso hoseokão
2 beijos da sua unnie traficante de k-pop

Capítulo 3 - For my hope pt. 1


Hoseok Pv'On
        
              
-Eu.... realmente não sei Taehyung- Ele olhou pra mim e suspirou.

            -Sabe que não vai acontecer nada se você não fizer nada, e o tempo nem vai parar por você não saber né?- Eu abaixei a cabeça e assenti duas vezes com a mesma.

-Eu sei...- Ouvimos o nome do Tae e o meu serem chamados e logo paramos com aquela conversa.

-Hyungs!- Era Jungkook que nos chamava, Tae logo parou de quicar a bola e a segurou com as duas mãos enquanto olhava para o Kook.

-Que foi Kookie? Esqueceu de trazer o lanchinho de novo hoje?- Tae disse numa risada zoando Kook que o mesmo fez um bico inflando as bochechas.

-Óbvio que não hyung, eu queria falar contigo- Kook me olhou praticamente me expulsando de lá, mesmo aparentemente não querendo falar isso.

Eu dei de ombros e sai, precisava ficar um pouco sozinho mesmo, fui até o patio sentando um pouco pra procurar o meu fone na mochila, fiquei procurando por um bom tempo, queria me isolar um pouco do mundo apesar que normalmente eu não faria isso, mas eu precisava dessa vez pra pensar, bufei vendo que tinha perdido ou esquecido o mesmo, e coloquei a mochila nas costas com certa brutalidade que eu nem sabia que tinha e fui caminhando de volta pra casa pensando em tudo que havia ocorrido, eu merecia desculpas? Se eu fosse atrás dela.. ela iria voltar do jeito que era antes? Provavelmente não.. mas não custa tentar né?

Nessa momento havia finalmente me decidido, eu iria atrás dela custe o que custar, eu sai correndo em máxima velocidade, nunca tinha corrido tanto na minha vida, mas por essa menina eu corria até uma maratona.. ta isso foi muito gay Hoseok, sei que estar apaixonado mas não precisa de tanto, eu sei que você cairia nos primeiros dois passos e quebraria a perna ou bateria a cabeça cabeça no chão tendo um traumatizo craniano, tá eu exagerei, chegando lá toquei a campainha sem pensar duas vezes, e logo alguém atendeu a porta era a mãe dela, que me olhou com duvida por estar tão suado e ofegante.

-Senhora, ______ está?- Eu falei com pressa, precisava falar com ela logo, não sei porque.. mas acho que assim seria melhor assim.

-Não Hoseok, ela saiu pra fazer algo que eu pedi e ainda não voltou- eu abaixei a cabeça quando ela falou isso - Quer entrar e esperar por ela?- Eu levantei a cabeça e assenti de leve meio na duvida se eu deveria fazer isso ou não, ela logo me deu passagem pra entrar e mostrou com a cabeça a cadeira pra eu sentar, e eu sem nem questionar sentei e ela sentou na minha frente apoiando sua cabeça na sua mão.

-Então Hoseok... Você sabe por que _____ quis mudar de escola? Ela não me falou nada apenas pediu- Ela falava com calma e docemente, como se tivesse falando com um filho realmente, eu abaixei minha cabeça me lembrando que ela ia embora por pura e simples minha culpa, eu novamente estava quase chorando ela percebeu e não fez nenhuma mais pergunta e ficou aquele clima desagradável, eu tentando quebrar aquele clima inventei uma desculpa qualquer rapidamente, na verdade não demorou um pouco pra eu pensar numa desculpa que fizesse sentido além de que eu não era boa nem de mentir nem pra mãe de ___ nem pro pai de _____, mas essa no minimo acho que consigo.

-Eu vim aqui pegar algo que eu emprestei pra ela, e daqui a pouco eu tenho que ir então....- eu apontei pra escada que levava ao andar de cima onde ficava o quarto da ______, ela assentiu com a cabeça mostrando que eu podia ir, eu me levantei pegando minha mochila pra ir, pensando em mil coisas de uma vez só e na mesma hora eu falei por impulso.

-Por favor não diz a _____ que eu estava aqui- A mãe dela não respondeu nada, ela não entendia a situação mas também não perguntava, tipo...  "o problema é deles não meu, melhor não me meter".

Fui andando com pressa para o quarto dela abrindo a porta e fechando logo trancando atrás de mim, eu parei um pouco e fiquei lá sentindo o doce cheiro dela, e memórias boas vindo a tona, eu estava parado sem mexer nenhum músculo e continuei assim por um bom tempo ate eu sair do meu modo estátua foi complicado, mas quando sair desse modo, eu comecei a andar pelo quarto olhando tudo calmamente sem pressa , queria manter o máximo de lembrança dela comigo, parece besta.. é besta mas posso fazer o que a gente não se escolhe por quem se apaixona ou como se apaixonar tá? E a merda do meu celular tinha que começar a vibrar não pensem merda por favor, e a cair no chão ido rolando ate de baixo da cama, parabéns hoseok você é um gênio ter esquecido de tirar do modo vibrar o celular ou tira-lo da merda do bolso do seu casaco que evitava dele cair, eu me abaixei procurando o mesmo, e não conseguindo ver nada, por que tava tudo escuro lá e eu não tinha meu celular pra poder no minimo ligar a lanterninha, tudo bem hoseok enfia a mão ai embaixo e tenta pegar tendo o perigo de uma barata ir na sua mão e fazer de lá seu ninho, o mesmo que uma já pode ter ido no seu celular fazer.... baratas tem ninhos?

Eu finalmente parei de frescura e taquei a mão lá e fiquei tentando encontrar ele,quando senti algo duro eu puxei não erá meu celular era outra coisa, era tipo uma caixa dourada toda decorada com os mínimos detalhes, e em cima havia escrito For my hope, eu estranhei... porque ela teria isso? O que tem dentro?Na hora  escutei a porta de lá de baixo sendo aberta mostrando que ____ havia chegado logo eu guardei  a caixa na minha mochila e sai me escondendo e impressionantemente deu certo.. ela não iria saber que eu tava lá... a não ser por um minimo detalhe, Hoseok sua anta você esqueceu seu celular lá.

~continuaaaa~


Notas Finais


duas coisinhas rapidinhas
1- Porque o pt.1? A fanfic está acabando unnie? NHAUM, quando eu colocar pt.1 significa que irei postar outro capitulo no mesmo dia YEYEYEYYEYEYE o mesmo vale para o continuaaaa
3- não tem segunda coisa e muito menos terceira ^~ ^
Agora... Caught in a lieeeeeeeee, continuem ignorando minha doidice ou sendo doidas junto @3@
2 beijos de sorvete da unnie traficante de k-pop


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...