História Your lier - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Park_Oppa

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Mark, Personagens Originais
Tags Markson
Visualizações 58
Palavras 1.252
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pandinhas
Eu vim aqui para tirar essa fic do baú
Espero que gostem
😄

Capítulo 1 - Capitulo Único


P.O.V: Mark


15 anos atrás

Acordo sentindo alguém me abraçar por trás. Eu me viro e vejo Jackson dormindo, começo a fazer cafuné na sua cabeça enquanto o vejo dormir.

Depois de algum tempo eu me levanto da cama e vou para a cozinha. Começo a preparar o café da manhã, depois de terminar de preparar a refeição eu ouço um choro vindo de um quarto. Vou para o quarto e percebo que o choro vinha do berço rosa.

- O que foi, princesa? Por que está chorando? -pergunto pegando a bebê que estava dentro do berço. Ela para de chorar quando me vê mas continua com os olhinhos marejados.

- Papa -diz a bebê chorando.

- Quer ver o papai? -pergunto levando a bebê até o quarto onde Jackson dormia.

- Papa, .... Papa, .... -diz a bebê tentando se soltar. Eu coloco ela em cima da cama e ela vai em direção ao Jackson.

- Oi, princesa Tzuyu -diz Jackson com a voz rouca.

- Papa -diz Tzuyu sorrindo para o pai.

- MAMA -grita alguém correndo em minha direção e ao chegar perto de mim ele abraça as minhas pernas com força.

- O que foi, angel? -pergunto tirando a criança das minhas pernas e colocando ele no meu colo.

- Eu tive um pesadelo -diz Mike chorando no meu pescoço.

- Que pesadelo? -pergunto curioso enquanto tentava acalmar a criança.

- Que papai havia morrido -diz Mike chorando.

- Eu estou bem aqui, garotão -diz Jackson abraçando todos nós enquanto carregava a Tzuyu.

- Promete não morrer? -pergunta Mike olhando para o Jackson com os olhinhos marejados.

- Prometo - diz Jackson beijando a testa dele.


Mentiroso


                         ▣✦▣


-Ah! J-Jack -digo gemendo enquanto ele estocava em mim.

- Mark -diz Jackson gemendo. Ele aperta as minhas coxas e coloca as minhas pernas nos seus ombros.

- JACKSON -grito seu nome quando ele acerta a minha próstata. Ele percebe que acertou o meu ponto sensível e começa a estocar somente naquele lugar.

- Mark, você é tão gostoso -diz Jackson contra o meu pescoço.

- Você fode tão bem -digo no seu ouvido.

- JACKSON -digo gozando entre os nossos abdomens.

- MARK -diz Jackson gozando dentro de mim. Eu sorrio ao sentir o seu gozo ne preencher. Ele sai de dentro de mim e deita no meu lado.

- Eu te amo, Mark -diz Jackson olhando para mim.

- Eu também te amo, Jackson -digo sorrindo para ele.

- Você vai ficar comigo para sempre? -pergunto entrelaçando os nossos dedos.

- Para todo o sempre -diz Jackson antes de me beijar.


Mentiroso


                           ▣✦▣


-Anda, Jackson. Você está atrasado -digo na sala. Vejo Jackson descendo as escadas correndo enquanto tentava colocar a gravata.

- Deixa que eu coloco -peço pegando a gravata e colocando ela do jeito certo.

- Te amo -diz Jackson enquanto eu arrumava a sua gravata.

- Também te amo -digo dando um selinho nele. Mas ele aprofunda o beijo, sua língua se enrosca com a minha enquanto o mesmo apertava a minha bunda.

- Você. Está. Atrasado -digo me afastando. Ele pega as suas coisas, beija a minha bochecha e sai.

Eu termino de vestir o Mike e deixo ele na escola. Quando eu volto eu deixo a Tzuyu brincando com os brinquedos na sala enquanto vou tomar um banho. Depois de tomar banho eu saio do banheiro e ouço o celular do Jackson tocar.


Ligação On:

- Alô?

- Olha aqui, você vai pagar por ter feito aquilo comigo

- M-Me desculpe mas você ligou errado

- Não. Eu não liguei

Ligação Off:


Eu não devia ter ignorado aquela ligação


                         ▣✦▣ 


Eu estava terminando de preparar o jantar quando ouço o som da porta da sala bater.

- PAPA -grita Mike na sala junto com a Tzuyu.

- Oi, meus amores -diz Jackson abraçando as crianças. Sorriso com aquilo e depois vou para a cozinha terminar de preparar o jantar.

- Mark! Cheguei -diz Jackson entrando na cozinha.

- Eu percebi -digo sem olhar para ele.

- Então por que não veio me receber? -pergunta Jackson apertando a minha cintura.

- Por que eu não quis -digo rindo ao ver a sua careta de raiva mas depois começou a rir junto comigo. Eu abraço ele mas paro ao ver marcas de corda no seu pescoço.

- O que é isso? -pergunto tentando ver a marca no seu pescoço.

- Nada, Mark -diz Jackson se afastando. Mas eu contínuo tentando até que eu consigo ver a marca.

- Meu deus, Jackson -digo surpreso.

- Não é nada, Mark -diz Jackson dando um beijo no meu pescoço e indo para o quarto.

- Como não é nada, Jackson? A pessoa que fez isso tentou te matar -digo seguindo ele até o quarto.

- Não precisa se preocupar. A pessoa que fez isso vai ser presa -diz Jackson beijando a minha testa antes de entrar no banheiro.


Aquilo não era nada 


                           ▣✦▣


Eu estava sentado no sofá, esperando o Jackson. Ele estava em uma reunião importante mas ele disse que voltaria as 22:00 e já são 23:40. Eu tento ligar para ele mas está dando fora de área. Ligo para a empresa dele e a secretaria disse que a reunião havia acabado faz tempo.

Então onde estava Jackson?

De repente o telefone da sala começa a tocar, vou até ele nervoso e logo atendo a ligação.


Ligação On:

- Alô

- É o esposo de Jackson Wang?

- Sim. Sou eu

- Sinto lhe informar mas o senhor Wabg está morto


Eu começo a chorar e ignoro o cara no telefone me chamando. Como assim ele está morto?

Eu passei a noite toda chorando e lembrando dele.


                         ▣✦▣


Atualmente

Eu estava entrando no cemitério, segurando um buque de margaridas. Chego na sua lápide, me ajoelho e coloco o buque na sua lapide.

- Olá, Mandu -digo triste olhando para a foto sua que tinha na sua lapide.

- Já faz 15 anos desde a sua morte, tudo está bem. Aquele desgraçado foi morto terça, Mike está quase terminando a sua faculdade de direito e a Tzuyu foi nomeada a rainha do baile pela 3 vez seguida -digo olhando para a foto imaginando ele na minha frente.

- Você devia ver como o Mike fica quando o Min chega ... Ah! O Min é o colega de faculdade do Mike mas eu acho que eles são namorados -digo rindo ao lembrar da reação do Mike quando eu vi eles se beijando.

- Eles parecem nós quando namoravamos -digo lembrando dos nossos momentos juntos e logo começo a chorar.

- Eu sinto a sua falta, meu amor. Queria que você tivesse se aberto comigo porque eu poderia ter te ajudado. Eu te ajudaria, eu faria de tudo para ter você comigo agora. Você prometeu que ficaria comigo para sempre ... -digo chorando.

- Não. Eu não estou com raiva, não de você. Finalmente aquele filho da puta morreu, ele não deveria ter te tirado de mim só porque perdeu um processo -digo secando as minhas lágrimas.

- Tudo seria diferente se você estivesse com a gente. Mike poderia ter feito a sua tão sonhada faculdade de arquitetura, a Tzuyu poderia sorrir mais vezes. Desde que você se foi a única pessoa que consegue animar aquela casa é o Mike -digo rindo das palhaçadas que Mike fez ontem.

- Omma -ouço alguém falar atrás de mim e logo reconheço a sua voz. Sinto as pessoas me abraçarem por trás.

- O que vocês vieram fazer aqui? -pergunto secando as minhas lagrimas.

- Viemos te buscar -diz Mike no meu lado.

- Que horas são? -pergunto me levantando com a ajuda deles.

- 19:30 -diz Tzuyu no meu outro lado.

- Vamos para casa. Eu tenho que preparar o jantar -digo olhando para eles sorrindo. Eu me aproximo da lapide e beijo a foto.

- Até amanha, Mandu -digo antes de sair do cemitério com o Mike e a Tzuyu.
















- Até amanhã, Dimsum


Notas Finais


Então?
Gostaram?
Me perdoem os erros ortográficos estou fazendo pelo celular

A idade dos personagens no final da fic
Mark: 46 anos
Tzuyu: 16 anos
Mike: 21 anos

Até a próxima
Bjs com jujuba 😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...