História Your love is what keeps me alive! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 9
Palavras 842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi pessoal 😃
Aqui é o começo de tudo, o que é necessário pra se entender o por quê da Belle ser assim hoje (o que veremos nos próximos capítulos)...

Capítulo 2 - Meus pais


75 Anos antes...)

    Era uma noite de verão, durante uma comemoração, meus pais se conheceram naquela noite, Ellí uma jovem linda, a pele alva, cabelos escuros longos, olhos de um âmbar meio avermelhado, já Iago, era impossível que onde quer que fosse não notassem sua presença impassível, era consideram um verdadeiro deus por sua beleza e postura, um vampiro, alto, de pele branca como a neve, cabelos escuros, e os azuis como o céu mais limpo.
    Naquela noite ele e outros sete vampiros do seu clã estava de passagem pelo pequeno vilarejo, sabendo da festa resolveram passar a noite por lá mesmo, digamos que foi ai que as coisas começaram a dar errado.


    Ellí e outras mulheres estavam fazendo os preparativos para a festa que seria logo mais a noite assim que os homens chegassem da floresta(...) Com tudo já preparado, junto com os homens, vieram também oito forasteiros que estavam de passagem pelo vilarejo, todos de uma beleza imensurável, mas um em especial chamou a atenção de Ellí.
    Durante a festa as pessoas estavam extremamente felizes dançando e cantando, Ellí e Iago não paravam de se entreolhar, até que o vampiro resolveu se aproximar (...)
    Passaram boa parte da festa conversando e dançando, no fim da noite já não tinha mais geito, nunca haviam sentido algo tão intenso e avassalador em toda vida, assim se entregando um ao outro.
    Na manhã seguinte Iago e os outros teriam que voltar a seguir o seu caminho, deixando Ellí com o coração despedaçado ( sim, ele foi um vadio e abandonou ela ).
    Após a partida deles, Ellí ficou desolada,  mau sabia ela que as coisas só iriam piorar daí pra frente, ela naquele momento nem desconfiara que estava carregando uma criança em seu ventre, a criança que seria sua total ruína mais de Iago.
    Assim que foi descoberto que estava grávida, um desespero tomou conta de seu ser, como poderia estar grávida de um homem no qual provavelmente nunca mais veria na vida, e como é que iria contar isso aos seus pais,  com certeza seria posta pra fora de casa e seria vista com más olhos pelo povo do vilarejo, precisava encontrar aquele homem novamente.
    Já se passara um mês desde que passou por aquele aquele lugar, mesmo assim Iago não consegue tirar aquela mulher de seus pensamentos, mas não era hora para aquilo, tinha assuntos mais importantes para cuidar, como um possível conflito entre clãs.

*****************************************

    Ellí já se encontrava no seu nono mês de gestação, mesmo muito abalada por ter essa criança sozinha, ela não desistiu, ela definitivamente teria aquela criança.
    Iago viu no meio daquela guerra o que seria sua chance de ver sua amada Ellí novamente, enquanto os vampiros do clã Leroy e do clã Norff disputavam por território, ele não teria problemas em fazer uma pequena viagem, contanto que ninguém soubesse tudo iria ficar bem.
    Ao chegar no vilarejo, notou olhares maldosos direcionados para si, não entendia o que estava acontecendo até ser puxado dali pela mãe de Ellí, que fazia uma cara de tristeza mas ao mesmo tempo existia ódio nos seus olhos.
  - O QUE VOCÊ FAZ AQUI?- sua expressão era de puro ódio - VÁ EMBORA, VOCÊ SÓ TROUXE DESGRAÇA, MINHA FILHA ESTÁ MORTA POR SUA CAUSA! - Não consegui escutar mais nada depois dela dizer que minha amada Ellí estava morta, a única coisa que eu queria era sair dali o mais rápido possível, mas antes que eu o fizesse vejo o pai de Ellí parado a minha frente segurando uma criança, o que me fez gelar por inteiro.
 - VÁ, E LEVE ESSA CRIANÇA COM VOCÊ, ELA É A PROVA VIVA DA DESONRA DE MINHA FAMÍLIA,  ELLÍ JOGOU O MEU NOME E O DE SUA FAMÍLIA NA LAMA! - O homem fazia uma cara de desprezo.
    Demorei um tempo até digerir o que ele havia dito, não conseguia me mover do lugar, Ellí estava morta, e ela tinha tido um filho meu, eram coisas demais para se assimilar de uma vez, mas aquilo era impossível, nunca antes havia ouvido falar de uma criança nascida entre um humano e um vampiro, mas se o que ele disse for verdade, não posso deixar essa criança aqui.  Sem nenhuma cerimônia,  o homem colocou a criança em meus braços segurou a mulher e foi embora (...) Olhando direito, é uma menina linda, os olhos foram o que mais me chamaram atenção, eram de um azul tão bonito quanto o meu, mas eram diferentes, entre o azul eles possuíam algumas nuances de verde, o que faziam aquela pequena parecer um verdadeiro anjo, o meu pequeno anjo...

   Nunca pensei que em tão pouco tempo eu pudesse me apegar tanto aquela coisinha tão pequena e indefesa, que fez meu coração bater de novo...

    Mas algo me diz que não irá ser fácil cuidar da minha pequena, os cinco clãs não iram deixar que ela vivesse, não há outros meio sangue, por isso eles desconhecem o poder que ela possa ter, e tudo que eles não podem controlar eles matam.


Notas Finais


Espero que tenham gostado 😉
Qualquer erro me avisem e se tiverem dúvidas ou algo a dizer e só comentar.
Bye guys 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...