História You're My Angel. - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Seventeen
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lee Jihun "Woozi", Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jikook, Lemon, Meus Otp Ngm Sai, Namjin, Vhope, Yoozi
Exibições 96
Palavras 1.369
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Yaoi
Avisos: Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, a sumida voltou.
Bem, perdoem a demora, mas tenho muitas explicações pra vocês e aqui minha privacidade não interessa muito, já que vocês devem saber de tudo que rola pra eu andar meio longe da fanfic e de vocês, também sobre a questão dos dias de att, por favor, leiam as notas finais! <3 ;3;

Tirando isso, o capítulo tá um amor e tenho um surpresa para vocês no próximo capítulo, eu pensei muito no mesmo e fiquei tipo: "Por que demorar muito para fazê-lo acontecer logo?" E o fiz, agora só semana que vem, tenho a surpresa e reconciliação com vocês! <3

Tenham uma boa leitura e até as notas finais ~ ><

Capítulo 24 - Twenty Three.


Seul, Coréia do Sul.

16:00 A.M.

 

P.O.V. Hoseok

Tratei de beijar, mordiscar e chupar o pescoço do meu Taehyung, ouvindo seus arfares e gemidos roucos  como se fosse a mais perfeita música para os meus ouvidos, animando-me em continuar e me esforçar no que estava a fazer.  Mas de repente, o clima – que antes  parecia quente por estarmos excitados um com o outro durante o amasso -  parece ter ficado diferente que o começo.

Logo os gemidos e arfares tornaram-se em fungos e sons de puro choro. 

Parei de me concentrar no pescoço e logo me afastei dali, vendo Tae com suas bochechas vermelhas e seus olhos cheio de lágrimas escorrendo por cima dos rastros deixados por outras. 

- Tae, está tudo bem? – Perguntei, levando minha mão ao seu rosto, fazendo carinho em suas bochechas.

- H-Hoseok, eu me lembro. – Soluçou, levando sua mão à minha nuca,  abraçando-me; Logo escondendo seu rosto entre meu ombro e pescoço. 

-Se lembra do quê? – Resolvi sentar, o trazendo comigo, colocando-o sentado de lado em meu colo e ele ainda continuava abraçado a mim.

-Eu me lembro do que aconteceu naquele dia. -  Levei minhas mãos até seu rosto e o tirei daquele local onde ele o escondia, fazendo-o ficar com o rosto de frente para o meu, assim como meus olhos nos seus que a cada segundo enchiam-se de mais lágrimas. 

- Dia?

-Eu lembro do que aconteceu comigo no dia que me estupraram , Hobi. – Ele disse. – Eu acho que lembro do rosto do infeliz.  – De repente, ele ficou sem expressão, parou de soluçar e fungar, simplesmente ficou olhando para um nada. 

- Céus! – O abracei, logo ele voltou a por o rosto onde se encontrava minutos atrás e abraçou-se à mim. -  Acalme-se, meu  Amor...

 

P.O.V. Jungkook

Eu estava no meio do quarto do  Jimin, apreciando a decoração impecável de seu quarto; Suas paredes eram de cor azul-bebê, seus móveis fofos , havia uma prateleira cheio de quadros com fotos dele tanto atuais quanto de quando era criança e também alguns livros, havia uma cama perto de uma janela que lhe dava vista da rua, sob a mesma havia travesseiros e alguns ursos de pelúcias. Era tão fofo, realmente a cara dele. 

Falando nisso, Jimin estava na minha frente falando algo da qual não prestei muita atenção.

Vi meu baixinho cruzar seus braços, logo fazer bico enquanto suas bochechas adquiriam o tom róseo levemente, não pude deixar de rir com a cena fofa de um Jimin emburrado. 

- Meu Anjo , o que foi? – Falei, entre risos. 

- Você sequer ouviu o que falei. – Virou o rosto. 

-Ah, perdoe-me. – Sorri, logo depositei um beijo em suas bochechas.  – Eu estava tão perdido em pensamentos, que não consegui prender minha atenção em você.  – Coloquei minhas mãos em sua cintura, o pegando de surpresa, logo virou seu rosto em direção ao meu, com as bochechas rubras.  – Mas agora sou todo seu. – Roubei-lhe um selinho rápido.

- Aigoo, Kookie. – Ele envolveu seus braços ao redor do meu pescoço.  – Poderia me dizer no que tanto pensava? – Retirara seu braço esquerdo do meu pescoço, passando suas mãos gordinhas por ali até o meu peito, onde puxou de leve um pouco da camisa. Nisso tudo, seu olhar mantinha contato com o meu e sequer algum segundo ele desviou, como se estivesse concentrado demais em mim. 

- Nada demais, só estava nos meus devaneios bobos. -  Dei um selinho em seus lábios, logo em seguida de outro e mais outro.  

Até que seus lábios tomaram os meus, surpreendendo-me.  Enquanto nos beijávamos necessitados, andei com ele rumo à cama e o deitei, logo fiquei por cima. Nossas línguas enroscavam-se e lutavam pelo espaço pequeno de sua boca, suas mãos encontravam-se na barra da minha blusa e retiraram-na após quebrarmos o selar por alguns segundos, assim que ele a jogou em um  canto qualquer do quarto, continuamos o beijo.  Suas mãos percorriam meu abdômen indo para o peitoral e logo agarrando minha nuca, aprofundando o beijo, não pude evitar um sorriso nos meus lábios contra os seus. 

Estava tudo ficando insano e o calor do quarto parecia ter aumentado consideralvemente.

 

P.O.V. Yoongi

 

Eu sentia a água percorrer meu corpo, relaxando-me; Mas de alguma forma, sentia-me meio grogue. Apesar de estar nesse estado, eu sabia que não estava na minha casa mas ignorei esse fato, só queria descansar e apenas isso. Desliguei o chuveiro e sai do box, pegando uma toalha que tinha no porta-toalhas, logo a enrolei em minha cintura e baguncei um pouco dos meus cabelos. Caminhei até a porta, mas antes olhei para o lado e vi-me no espelho. 

Eu estava com a aparência normal, mas ainda grogue. 

Bufei e logo coloquei minha mão na maçaneta e a girei; Logo abrindo. E me deparei com  JiHoon no corredor, encostado à parede, lendo um livro. Céus, ele estava tão lindo. 

Estava de shorts preto, camisa azul e usava óculos, seus cabelos um pouco bagunçados e seus olhos atentos ao livro, enquanto maltratava o lábio inferior com mordidas intensas.

Meu coração estava acelerado; Eu estava na casa dele,  só de toalha e ele ali.  Eu podia jurar que iria morrer ali mesmo com tudo isso.  Logo seu olhar saiu do livro e dirigiu à mim, suas bochechas avermelharam-se ao poucos e parou de morder os lábios, deixando somente sua boca entreaberta, enquanto piscava como se não estivesse acreditando em nada do que estava acontecendo ali. 

Ele não era o único, eu também não acreditava. Nem sabia como havia parado ali.

Senti o tecido ao redor da minha cintura cair e , puta merda, eu provavelmente estava mais vermelho que ele.

- Yoongi-oppa. - Ele pronunciou-se, logo  levantou o livro na altura de seu rosto e escondeu-o ali, previnindo-se da visão que a vida resolveu mostrar de mim à ele. - L-Levante, sua toalha, p-por favor! 

- Claro, claro. - Fiz o que me pediu. 

-Meu Deus! - Ele riu.  

- Desculpe por isso. - Falei.

- Ah, tudo bem, Suga. 

-Woozi, já coloquei a toalha!

- Oush, eu sei disso!

-Então POR QUE diabos não tira esse livro da frente de seu rosto? 

- Ah, é que eu quero te dar privacidade - 

- Aham - Tomei o livro de suas mãos. - Sei. Você quer me dar privacidade? Que coisa mais esfarrapada, entre mim e você não existe esse tipo de coisa, cara, somos melhores amigos. E eu já pedi desculpas por isso, Woozi!

Ele virou o rosto, encarando um nada ao seu lado.  Levei minha mão até seu queixo e virei sua face para mim, logo foquei-me no seu olhar tímido e respirei fundo. 

- Olha, fica assim não, tá? É que, sei lá, você ficou estranho agora, desculpa por isso e por ser duro com as palavras.  - Dei um sorriso sem jeito.

- Não peça desculpas, idiota. Eu gostei do que vi, huh. - Sorriu, ainda corado. 

- Nossa, JiHoon! E eu aqui morrendo pelo que está acontecendo, você parecendo estar puto comigo e você me vem com essa? Quase infartei. - Ele riu e logo eu o acompanhei naquela, realmente era hilário.  - Vou te dar um castigo por isso! 

- Que castigo? - Jogou a cabeça de lado e com uma expressão curiosa. 

Não demorou muito e já estávamos em seu quarto, o joguei na cama e subi por cima.  Logo vi ele sorrir ladino, enquanto eu lhe beijava cada canto do seu rosto.

-Prepare-se para o castigo! - Rosnei. 

- Por favor, -Yoongi, pega leve.

- Tarde demais. - Sorri malicioso. 

Seria um bom castigo para o meu menino.

Ataquei-lhe com cócegas, arrancando risadas contagiantes de si. Ah, eu conhecia muito bem  JiHoon e sabia o quão ele era sensível quando o assunto era cócegas. 

- Ah, p-para! 

- Não.

- Por favor! Suga... - Ele disse manhoso, enquanto ria.

-Ok. Mas só porque eu tenho que me trocar.  - Dei-lhe beijos nas bochechas, mas não resisti em dar um selinho breve em seus lábios.  - Hum! - Retirei-me de cima dele.

- Pabo. 

- Nossa! - Ri. - Que amoroso você...

-Jura? - Fez bico. Parece não ter notado meu sarcasmo e eu admiro isso nele.

-Não.

-Aigoo!

- Tolo. - Sorri. 


Notas Finais


Gente, é o seguinte:
Não escrevi isso nas outras fanfics, talvez eu escreva, mas no momento certo. Bem, eu ando passando mal, meus ossos vivem a doer e muito, acabo por dormir por longas horas a mais que costumo dormir e sem contar venho tendo umas reações estranhas; Meus cabelos estão caindo e a prova é milhares deles caindo durante meu banho, isso está me assustando, não consigo sequer manter-me bem diante disso. Eu choro mt por causa desse tipo de coisa, eu não quero levar tudo ao mesmo caminho que estarei definida e espero que isso seja apenas um mal-entendido, que seja os produtos que uso ou uma reação natural minha.
Além disso, a demora da postagem agora - nessa vez- foi um rápido bloqueio de criatividade e a minha crise de perfeccionismo, eu apaguei todos os capítulos que escrevi antes desse aqui que postei como o capítulo 24 ( Twenty Three) . Então, procurei refazê-lo e nisso tudo, não postei no dia que deveria ser postado.

Agora sobre os dias de postagens!
Os mudei outra vez, agora temos 3 dias de postagens: Quintas, sextas e sábados. Nisso tudo, entre esses 3 dias - que são prazos de postagem definitivos- irei postar ao menos uma att tanto de YMA quanto das outras fanfics.

Bem, espero ter deixado tudo realmente explicado de MINHA parte e também que tenham gostado do capítulo <3 .3.

Voalà ~

Twitter: @jeonmeow


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...