História You're my baby boy? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, TWICE
Personagens D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Sana, Sehun, Suga, V
Tags Chanbaek, Daddy, Hunhan, Jikook, Kaisoo, Namjin, Taegi, Taeyoonseok, Vhope
Exibições 545
Palavras 1.105
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Lemon, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Incesto, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 4 - Four


Fanfic / Fanfiction You're my baby boy? - Capítulo 4 - Four

Assim que o Minnie subiu, eu me vesti rapidamente. Flash deve ter inveja de mim agora. Ajeitei meu cabelo, e fui abrir a porta.


- Oi, Sana.
Disse desanimado.

- Porque demorou, amor?
falou entrando, e olhando em volta. Ah se ela imaginasse que a menos de 5 minutos atrás, eu estava transando com meu irmão ali.

- Preguiça de levantar.
Dei de ombros.

- Pega água pra mim, kookie?
Falou manhoso




NOSSA QUE COISA IRRITANTE





- Tá
Fui em passos lentos até a cozinha. Enchi o copo de água. Ja estava voltando pra sala, quando ouvi um grito dela


- PARK JUNGKOOK

- Oque foi?
Quando cheguei na sala. Eu congelei. Nas mãos dela, tinha a saia do jimin. PUTA QUE PARIU.

- De que vagabunda é isso daqui?
Gritou novamente.

- Não grita! Nenhuma vagabunda ué, se você não sabe, estamos em uma casa que tem o jimin, e ele adora saias. Ele deve ter deixado por aí.

Disse desinteressado, logo em seguida me joguei no sofá. Parece que eu nem estou ligando, mas no fundo meu cu ta na mão.


- Você acha que eu sou burra? Tenho certeza que você estava transando com aquela vadia, que se diz seu irmão.

- CHEGA, SANA. QUER SABER? SIM, EU ESTAVA TRANSANDO COM ELE. E FOI MUITO MELHOR, QUE AS VEZES QUE TRANSEI COM VOCÊ.

- Tá me trocando por um homem?
Ela disse rindo. - Eu não aceito isso, Park Jungkook! -Deixa de ser doente, amor. Vamos embora, vamos esquecer de tudo isso. 


- Conhece a frase AMOR PRÓPRIO? Então, é oque você deveria ter. Agora sai daqui, vai ter a sua vida. Porque você sabe, que nunca houve amor entre a gente.

- Kookie, não fala isso. Você me ama, e eu te amo.

- Eu não amo você, Sana.

- Eu não acredito... Você ainda vai ser meu, Jungkook.
Falou isso, e saiu batendo a porta.




Me permiti soltar o ar preso. Isso tudo me deixou atordoado. Preciso do meu Minnie. Subi as escadas, e fui em direção ao quarto dele.



                      x jimin x

Subi correndo, e entrei no meu quarto. Logo me joguei na minha cama. Tive que rir, assim que olhei pra baixo. Ainda estava sem a minha saia. Quando fui pegar a mesma, não achei. Espera, que? Só pode ser brincadeira. Revirei as meu quarto, procurando aquela saia.


(...)




- Jimin?
Vi o kookie entrar no meu quarto.

- Kookie...Está tudo bem? Eu ouvi gritos e...

- Está tudo bem, pequeno. Eu terminei com ela.
O mesmo me interrompeu.

- Então quer dizer que agora você é só meu?
Falei indo em sua direção. Entrelacei meus braços em seu pescoço.

- Só seu.
Beijou meu pescoço. Deixou um chupão, logo em seguida. -soltei um gemido baixo-

(...)




- Como foi???
Tae disse dando pulinhos.

- Foi ótimo, mas a sana teve que atrapalhar.
Bufei.

- Mas eai, oque houve com ela? Ela contou pra sua mãe?
Disse o jin.

- Ah, ele terminou com ela. E não, ela não disse nada. O kookie me disse que ela só saiu batendo a porta.
Falei sorrindo. Eu realmente estou muito feliz. FINALMENTE O JUNGKOOK VAI SER SÓ MEU.

- Hello frozinhas.
Disse baekhyun entrando na nossa rodinha de amigos. Seguido pelo soo, e luhan.
Eles estudam em outra sala, por serem mais velhos. Então só nos vemos no intervalo.

- Conseguiu dar pro professor, Minnie?
Hannie me olhou com um sorriso malicioso.

- Aham, No sofá.
Disse rindo, e retribuindo o sorriso malicioso.

- Afrontosa você, hein?
Baek falou, e todos rimos.

- Oque houve com o kyung?
Olhei para o baixinho, que estava olhando diretamente para algum canto do pátio.

- Ei soo, para de olhar pro Kai.
Tae disse rindo.

Pra quem não sabe, Kai, ou jongin, é a paixão do soo. Desde a oitava série, pra ser mais específico. Ele é um dos mais populares, bom...ele, e seus três amigos. Chanyeol, Sehun, e Namjoon. Que clichê, né? O nerd se apaixona pelo popular, que nem sabe que ele existe. Pobre soo.

- Aish, me deixa vai, tae! Não estava olhando pra ele.
Soo falou corado.

- Estava sim, safado. Até quando você vai ser apaixonado por ele, soo?

- TALVEZ QUANDO VOCÊ PARAR DE GOSTAR DAQUELE PORTA, JIN DAQUELE POSTE, E BAEK DO ELFO. SATISFEITO?
gritou o baixinho irritado. Nesse momento a maioria das pessoas no pátio, estão olhando pra gente. Até o grupinho do Kai. Vai dar merda, vai 🎶

- Mas cê ta brava?
Provocou Luhan.

- Luhan não provoca!
Disse baek.

- Eles estão olhando pra gente, que vergonha.
Jin falou corado.

- Aish me deixem!
Soo saiu batendo o pé, e com um biquinho nos labios. Seria fofo se ele não estivesse com raiva.

- Vamos atrás dele?
Perguntou yoongi.

- Não, ele precisa ficar um pouco sozinho.
Sorri sem mostrar os dentes.   

 

               x Kyungsoo x

Eles tem o poder de me irritar, só pode! Eu sei que estava olhando o Kai, mas precisava falar? E ainda tive que gritar. Meu deus, eu sou uma anta. Vou para o terraço, lá eu posso pensar, e sofrer pelo meu amor não correspondido (drama on)
Seria muita trouxisse, se eu dissesse que já escrevi meu nome, e o do jongin por aqui? Eu sou muito iludido, socorro. Ele nunca olharia pra mim, certo?








- Kyungsoo?
Fui despertado dos meus pensamentos por essa voz rouca. Eu sabia exatamente quem era. Gelei.

- S-sim?
Me virei, e lá estava ele. Lindo como sempre. Seu cabelo preto, em um lindo topete. Apenas com alguns fios caídos sobre a testa. Tenho certeza que estava hipnotizado pela sua beleza.

- Então...
Soltou um risinho - Você quer, tipo... sair comigo?
Botou a mão na nuca, e ficou levemente corado. SOCORRO, ALGUEM CHAMA A SAMU, PORQUE EU ACHO QUE VOU DESMAIAR.

- S-sair?
Porque eu repeti? Ele vai achar que sou retardado.

- Se não quiser tudo bem, eu vou enten...

- Não. Tudo bem...
Sorri corado - eu a-aceito...sair com você.

- Ótimo! Me passa seu número? Ai podemos combinar certinho.

- Claro, toma.
Dei meu celular para o mesmo adicionar seu contato. Logo me devolveu.

- E-então...Vamos pra aula?
Disse me estendendo a mão, para eu levantar. - Já deve ter começado

(...)

- Está entregue.
Sorriu, Assim que paramos em frente à sala de aula.

- O-obrigado, jongin.

- Me chame de Kai.
Sorriu. - Até mais, soo. Me deu um beijo na bochecha, e saiu.
Fiquei um tempo sorrindo para o nada. Como se fosse um louco. Até o professor me chamar para entrar logo na sala.







Notas Finais


AAAAAAAAAA que kaisoo fofo ❤
Espero que gostem, perdoem os erros, e não desistam jimin KKKKKKKKJ
Beijinhos no popô, e até o próximo capítulo
TCHAAAAAAAU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...