História You're My Legs, You're My Right Hand. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Ballora, Bonnie Hand Puppet (Bonbon), Circus Baby, Ennard, Funtime Foxy, Funtime Freddy, Minireena 1, Minireena 2
Tags Romance, Sister Location
Visualizações 23
Palavras 1.462
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Sadomasoquismo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, meus amores! Como vão? Aqui é a Sweet-Ballerina, como de costume, heh.

Bem vindos ao terceiro capítulo de YLYRH.♡

Gostaria de avisar que, coisas que foram inseridas aqui foram espalhadas, ou seja, aparecerão coisas do tipo em outros capítulos, yeah! São parte do desenvolvimento da história, é claro. Gostaria de saber as teorias de vocês, estou ansiosa.

Boa leitura, meus doces.

Capítulo 3 - Thick Dark Forest.


Fanfic / Fanfiction You're My Legs, You're My Right Hand. - Capítulo 3 - Thick Dark Forest.

Bon-Bon Pov's.

Acordei às 8:30, com um raio de sol atravessando minhas janelas e atingindo meu rosto. Me levantei, abri um pouco mais das janelas e olhei o céu, o dia estava realmente muito bonito. Me dirigi ao banheiro e fiz minha higiene matinal, logo após, me trocando. Penteei meus cabelos e os prendi em duas pequeninas "marias-chiquinhas, finalizando e colocando um laço em meu vestido de cor verde água.

Abri a porta e suspirei. Bati no quarto de Funtime Foxy e ninguém respondeu. Decidi abrir a porta devagarzinho e me deparei com Ballora e Foxy dormindo, abraçadas. Oh, céus! Por que tão fofas? Sussurei de forma calma, as acordando:

"Bom dia, florzinhas! Curtiram a noite?" Dei um sorriso de ponta à ponta e cutuquei-as, fazendo as despertarem.

"Anw...? Ah, Bon-Bon, o-o que disse?" Funtime Foxy estava envergonhada, olhando para a bailarina ao seu lado, que também estava corada, e se escondendo por conta dos seus cabelos bagunçados.

"Você me escutou muito bem, mocinha. Vamos, seu irmão deves estar lhe esperando. Aliás, todos estão esperando as duas. Menos Ennard, pois ele ainda está dormindo." Sussurei, fazendo careta ao falar do albino de mechas negras.

"Tudo bem, docinho, hihi! Avise-os que estamos indo." Funtime Foxy se levantou e se dirigiu a sua penteadeira, se sentando na mesma e penteando seus cabelos albinos levemente rosados. Sorri e após isso, me retirei.

Funtime Foxy Pov's.

Me sentei em minha penteadeira e comecei a pentear meus cabelos "prateados". O prendi em um coque e deixei duas das mechas rosas soltas, finalizando e colocando uma presilha com uma pequenina raposa rosada, também. Me levantei e me dirigi ao meu closet, pegando um vestido rosa. De repente, senti alguém me abraçar por trás enquanto cubria meus olhos.

"Quem é?" Era uma voz suave. As mãos que cubriam meus olhos eram macias e delicadas, assim como de uma graciosa bailarina. Provavelmente, já sabias de quem eu estava falando.

"Minha bailarina!" Suspirei apaixonadamente, enquanto ela retirava as mãos dos meus olhos.

"Haha, acertou, amor!" Disse a bailarina, arrumando a trança.

"Uau, que linda minha bailarina estás." Sorri. Ballora estava realmente adorável. Usando seu tutu de bailarina tradicional, com os cabelos presos em uma trança que batia aproximadamente no fim de sua cintura e sapatilhas azuis escuras.

"O-obrigada, Fun." Olhei para ela e a mesma estava envergonhada, sorrindo sem jeito. Desatei a rir de sua expressão e após isso, começamos a organizar o que faríamos em nossa apresentação.

Bon-Bon Pov's.

Hmph, Circus Baby havia pedido um favor impossível: Fazer o Ennard acordar. Seriamente, eu odeio aquele homem e não sei o por quê. Suspirei frustrada e bati duas vezes na porta dele, logo preparada para dar de costas e avisar a Baby que tal coisa era impossível e que, Ennard nunca iria levantar. Quando estava pensando em desistir, o albino de mechas negras abriu a porta, revelando sua expressão de sono e seus cabelos esvuaçados.

"O que faz aqui, baixinha sem nada de bom para fazer?" Ele disse de forma arrogante. Me senti indignada com suas palavras e estavas prestes a xingá-lo, porém, me contentei.

"Com licença, Circus Ennard. Primeiramente, não sou tão baixinha assim, até porque tenho 1, 64 de altura, ou seja, sou 7 centímetros menor que ti, garotinho. E em segundo lugar, estou aqui apenas para cumprir um favor que a vocalista e líder da banda, Circus Baby, pediu."

"Ugh, tanto faz. O que importa é que..." Disse Ennard conduzindo suas mãos até as minhas. "Você está atraente hoje, huh? Nem parece aquela garotinha irritante que conheci. Se arrumou só para mim, não é mesmo, minha deusa?"

"Não, seu vermezinho estúpido. Me arrumei para as crianças, que são mais importantes que você. E outra coisa, o único irritante aqui é você, Circus Ennard." Tirei minhas mãos sobre as dele e as abanei de forma indiferente, apenas sussurrando:

"Se reúna junto a nós se quiser, seu homem maldito." Dei de ombros e retirei-me da porta de Ennard.

Me dirigi a mesa e todos estavam lá, esperando avidamente nossa presença.

In the Table.

"Olá, pessoal!" Eu disse, adentrando na sala.

"Oh, você chegou, docinho!" Sorria Funtime Foxy, enquanto acenava para mim. "Sente-se."

"Claro." Fui em direção a Funtime Foxy, decidida em sentar ao lado dela. Porém, quando menos esperava, senti alguém me puxar arrogantemente pelo pulso. Era Freddy, que me fez sentar-me ao lado dele. Ele parecia estar frustrado e irritado, assim como Baby, que dava fitadas de ódio para o mesmo. Eles haviam discutido?

"Iremos arrasar juntos, não é mesmo, Bawn-Bawn?" Ele me abraçou pela cintura e deu um sorriso maldoso para Circus Baby, que observava tal cena com desgosto.

"S-sim, eu acho..." Respondi, sussurrando. Realmente, estava com medo de Freddy se exaltar com minha resposta e me punir, aliás, ele era meu "chefe".

"Eu e Circus Ennard iremos arrebentar, obviamente, pois sou a vocalista e lider da banda!" Disse Baby retrucando, segurando a mão direita de Ennard.

"Certo, certo. O que houve aqui? Os casais forma trocados ou o quê?" Indagou Funtime Foxy, confusa.

"Acho que há um casal perfeito aqui, amor." Ballora disse dando um sorriso, olhando de canto para mim. Apenas ignorei e revirei os olhos, sorrindo também. "Tsc, por favor, vamos amor." Murmurou e pediu Ballora, logo se levantando, assim como Foxy.

"Vamos, Bawn-Bawn." Funtime Freddy se levantou e me deu sua mão. A segurei e fomos de maõs dadas para o palco.

"Vejamos, as duplas são: Bon-Bon e Funtime Freddy, Circus Ennard e Circus Baby, Ballora e Funtime Foxy." Explicou ''Blurry'', uma garota de cabelos louros presos em medias marias-chiquinhas.

"Muito obrigada, Blurry." Agradeceu Circus Baby, abraçando Ennard.

"De nada, querida. Vamos ás apresentações! Primeira apresentação, Bon-Bon e Funtime Freddy. Parabéns!" Comemorou Blurry, batendo palmas. Circus Baby lançou um olhar de ódio em minha direção e na direção da loura.

"Segunda apresentação, Ballora e Funtime Foxy e por último, Circus Baby e Circus Ennard."

"O QUE?" Interrogou os dois gritando em uníssono, surpresos com a 'notícia'.

"As criancinhas irão ver a vocalista principal da banda por último? Eles me amam, não á esse homem pervertido!" Circus Baby disse, apontando e abandando as mãos de forma indiferente para Freddy.

"Ora, sua..."

"Freddy! Chega. É nosso turno, vamos!" Segurei o ombro do maior e ele sorriu, confiante. Céus, que sorriso mais lindo. Por quê?"

Performance's.

"Com vocês, Funtime Freddy e Bon-Bon!" Anunciou Blurry, logo após se retirando.

"Bon-Bon? Quem é ela?"

"Ela não é a Circus Baby!"

"Queremos a Baby!"

"Onde está a Baby?"

"Bon-Bon? É bonita?''

As crianças perguntavam e lançavam comentários de forma incensável. Bon-Bon e Funtime Freddy adentraram no palco e acenaram para as crianças e as mesmas olharam para Bon-Bon e se calaram. Funtime Freddy deu um olhar ameaçador para as crianças e elas engoliram em seco, logo após, prestando atenção nas palavras de Bon.

"Olá, pequeninos! Eu sou Bon-Bon, a nova parceira de palco do Fred. Espero que gostem de mim e que possamos nos dar bem, amores." Ela sorriu e se dirigiu a Funtime Freddy, que logo a correspondeu e a abraçou.

"Crianças, quem está afim de músicas?" Perguntou o albino para os pequeninos.

"Nós estamos, Freddy! 'How to Pretend'!"

"Claro." Funtime Freddy olhou para Bon e ela deu uma piscadinha. Os dois pegaram os microfones e começaram a cantar.

"When you look into my eyes you see, mirage of something trustworthy..."

I'm not your enemy, no more anxiety...

Though you're right to be wary,

'Cause I know how to pretend..."

Conforme iam cantando a música, os dois se aproximavam cada vez mais. Os trocavam olhares o tempo o todo e as crianças estavam fascinadas com tudo aquilo.

Logo, Bon-Bon pôde ouvir a respiração de Funtime Freddy, que mordia os lábios lentamente. Ela estava totalmente envergonhada, com receio de que as crianças contassem à Circus Baby ou algo do tipo. As mesmas, sorriam fascinadas.

"Eu te amo muito..." Funtime Freddy disse, em meio de sussuros. Os dois então adentraram em um beijo apaixonado. Finalmente, Bon-Bon pode provar os lábios macios do maior, coisa que tanto desejou.

Funtime Freddy prolongou o beijo, agarrando com força nos curtos cabelos azulados da garota.

"F-Freddy!" Gaguejou a garota, envergonhada.

"Eu sei que me ama!" Ele deu novamente uma "piscadinha" para a garota e logo Blurry anunciou que o 'turno' dos dois havia acabado.

"Boa jogada, Freddy!" Sussurrou Blurry para o albino. Bon-Bon apenas prosseguiu, corada.

Bon-Bon Room's.

O que havia acontecido? Era tudo tão confuso...

Estava cansada e surpresa, ainda. Troquei-me de roupa e me sentei em minha cama, refletindo.

"Oh, Freddy. Me ame muito e não seja delicado, por favor." Sussurei, logo após me deitando e caindo no sono.

Bon-Bon Dream's.

Na espessa floresta negra, havia um amável garoto de cabelos albinos, montado nas costas de um lindo cavalo.

Decidi aproximar-me do garoto, dando passos delicados. Quando estava próxima ao jovem, uma garota de cabelos rosados se aproximou do homem e o beijou. O mesmo retribuiu, com desejo.

Senti lágrimas escorrendo pelo meu rosto lentamente, enquanto perdia o controle de minhas pernas. Afundei-me num sono profundo, aparentando jamais acordar.

>>>> Girl.

"Papai, por que não entende? Ninguém irá me amar se eu não for bonita."


Notas Finais


-🌹E aí, quem será a garota? Quero muito ler as teorias e o que acham. Quem sabe vocês possam ligar os pontos e desvendar algo, huh?

Espero que tenham gostado, um delicado 'Feliz Dia dos Pais', de uma Doce Bailarina.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...