História You're not going to die ! ( Imagine V ) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Romance, Tae, Taehyung, Vrene
Exibições 58
Palavras 1.134
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Me desculpem pelo capítulo pequeno...

O próximo capítulo vai ser maior ><

Boa leitura ~

Capítulo 5 - Taehyung e Ueda, casal feliz ?


Fanfic / Fanfiction You're not going to die ! ( Imagine V ) - Capítulo 5 - Taehyung e Ueda, casal feliz ?

[...]

• Início da última aula. •

Como a carta havia dito, o Taehyung ia me pedir uma caneta por que ele tinha esquecido a dele em casa.

- Hyo você pode me empr... - Ele se virou para mim, mas eu logo entreguei para ele um lápis e uma borracha.

- Aqui. Pode pegar. - Entreguei para ele com um sorriso

- Obrigado ! - Ele retribuiu o sorriso.

Voltei a prestar atenção na aula...ou pelo menos tentei. Eu estava muito ansiosa para saber o por que de precisar olhar minha borracha quando ele devolver.

Quando a aula já está acabando, o professor avisou que eu e mais outras pessoas estamos responsáveis pela limpeza de sala. Quando a aula acabou, o Taehyung devolveu meu lápis e borracha, agradecendo de novo.

Olho para a borracha e vejo que dentro dela tem um papel, eu ia tira-lo para ler. Mas fui interrompida por um dos alunos por eu não está ajudando a arrumar a sala.

Guardo a borracha no estojo, eu planejo lê-la quando acabar de limpar a sala.

Depois de um tempão, finalmente terminei. Vou correndo até meu estojo para pegar a borracha. Pego a mesma e logo retiro o papel que havia dentro dela. Li o que ele tinha escrito umas dez vezes, só para ter certeza de que aquilo que estava vendo era real.

"Está tudo bem por você sr eu namorar a Ueda ?"

Sem pensar duas vezes, retiro meu caderno da mochila, pego meu lápis e escrevo uma resposta...

Corro ate o armário dele e coloco o papel dentro do mesmo. Já estava voltando para casa, mas acabo me lembrando que tinha esquecido minha mochila com meu material na sala. Volto até a sala que eu estava antes, no caminho de volta, olha para uma sala que estava com a porta aberta e vejo a Wanni com os outros olhando pala janela.

- Oque tá acontecendo ? - Perguntei me juntando a eles.

- Shhhh ! Vem aqui ver. - Wanni me puxou para mais perto da janela. Acabo vendo uma cena que eu realmente não queria.

Era uma cena do Taehyung beijando a Ueda. Aquilo me partiu o coração, eu por alguns momentos tive esperanças de que eu poderia mudar o que estava escrito naquela carta, não queria que eles namorassem.

Mesmo que eu não goste dele... Aquilo ainda me deixou muito triste... Não sei bem por que. Eu não tenho nenhum tipo de relacionamento com ele, então por que estou me sentindo assim ?

Saio de perto da janela silenciosamente para que ninguém sinta minha falta. Eu estava conseguindo fazer isso, já que todos estavam concentrados em outra coisa.

Quando me viro para sair da sala, me deparei com o Kook na porta olhando para mim com uma expressão séria no rosto.

- Você gosta dele, né ? - Ele me perguntou com a mesma expressão.

- N.na..não ! Por que essa pergunta repentina ?

- Por nada, era só para saber. - Ele deu passagem na porta para eu passar. - Ele é lerdo, se continuar assim, ele nunca vai perceber que você gosta dele.

- Eu.. eu não gosto dele ! - Sai da sala e fui em direção a saída da escola.

• P.O.Vs Taehyung. ••••••••••••••••••••••••

Quando pedi para a Hyo uma caneta, ele não me deixou nem terminar a frase e já me deu um lápis e uma borracha. Era como se ela já soubesse que eu ia pedir.

Agradeço a ela e volto a fazer a tarefa. Eu não consigo parar de pensar na Ueda... Ela é muito bonita, não conheço muito ela, mas ela parece ser uma garota legal.

Eu ainda não tenho certeza de como responder a ela... Sim ou não ?

Rasgo um pequeno pedaço de papel e escrevo nele. "Está tudo bem por você se eu namorar a Ueda ?" Amasso o papel até deixa-lo em um tamanho pequeno e coloco ele dentro da borracha. Espero que a Hyo veja essa papel e me responda logo.

Eu diria isso pessoalmente para ela, mas acabo ficando com vergonha...

Quando a aula acaba, a Hyo guarda a borracha em seu estojo e vai fazer a limpeza de sala. É Taehyung, acho que você vai ter que decidir isso sozinho.

Sai da sala e fui até meu armário, guardei meu material e fui até o local aonde a Ueda se confessou para mim. Ela já estava lá, então só me aproximei dela.

- Oi Taehyung.

- Oi Ueda.

- Então... Já sabe sua resposta ?

- Sei, eu quero sair com você.

- Sério ? Que bom ! - Ela pulou nos meus braços e começou a me beijar.

Depois de um tempo conversando com ela... Volto até meu armário para pegar meu livro de inglês, tinha me esquecido que tinha que entregar uma tarefa amanhã. Quando abro o armário, vejo um papelzinho caindo. Me abaixo para pega-lo e logo começo a ler. "NÃO"

Fico encarando o papel durante longos minutos. Será que vou me arrepender da minha escolha ?

• P.O.Vs Hiory. •••••••••••••••••••••••••••••••

Cheguei em casa quase chorando e subi para meu quarto correndo, nem falei com meus pais, não quero que eles fiquem me fazendo perguntas agora. Me jogo na casa e começo a chorar.

- Por que estou chorando ? - Me perguntei.

Olho para a minha mochila e lembro que eu não tinha bebido o suco que o Taehyung tinha ido comprar. Fui até minha mochila e peguei o suco, bebi ele todo enquanto chorava.

[...]

• No dia seguinte, antes da aula. •

Cheguei cedo hoje, por que... Não sei, acho que foi por que acabei não dormindo direito. Fui até me armário pegar meus materiais, quando vou indo para a sala, me deparei com o Taehyung na minha frente.

- Oi Hyo, bom dia. - Ele disse sorrindo para mim, como o de costume.

- Bom dia. - Respondi meio sem graça.

- Ah...sobre o bilhete de ont... - Ele ia terminar a frase, mas acabou sendo interrompido por uma pessoa que apareceu atrás dele lhe dando um abraço.

- Adivinha quem é ! - Essa pessoa disse.

- Ueda ? - Ele disse se virando.

- Acertou ! - Ela disse comemorando.

- Eu acho que vou indo, tchau, desculpa atrapalhar. - Eu disse tentando sair de onde estava. Mas o Taehyung segurou meu braço.

- Não tem problema, eu queria falar q... - ele foi atrapalhado de novo.

- Taehyung, preciso falar com você, pode vir comigo ?

- Hum...posso sim, mais tarde a gente se fala Hyo. - Ele disse se despedindo de mim.

Voltei para sala e fiquei com cara de vento esperando o tempo passar.

No final, o Taehyung não veio falar comigo, não deve ser um assunto tão importante então.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...