História You're the smile on my face - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Colegial, Escolar, Naruto, Romance, Sasusaku
Exibições 192
Palavras 1.345
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei, Dois capítulos no mesmo dia. Só para compensar, o fato de que fiquei um tempinho sem postar u.u
E quero agradecer aos comentários, vocês são demais <3

Capítulo 8 - Escutar a Razão ou o Coração?


No capítulo anterior...

– Sim, sabe ele deve gostar muito de você – Ele disse e eu corei, eu não sabia do que ele estava falando – Quando eu disse que era você que ele iria ajudar, ele logo aceitou... Sabe o Sasuke não ajuda nem o próprio amigo Naruto a estudar, e olha que o Naruto já lhe pediu várias vezes, e ele realmente precisa de ajuda mais do que qualquer pessoa – Falou me deixando ainda mais surpresa do que eu já estava.

– Arigato Professor – Respondi sorrindo, ele assentiu e deu meia volta senti meu ir a mil por hora.

"Ele deve gostar muito de você"

A Voz do professor Iruka ecoou em minha cabeça, e eu vi um pequeno sorriso surgir em meus lábios.

(...)

­– Sakura, não pense que irá escapar de nós sua safadinha – Tenten disse sorrindo maliciosa. me fazendo revirar os olhos irritada por conta da insistência que elas estavam tendo, eu já havia dito um milhão de vezes a elas que não sentia nada pelo Sasori, mas elas insistiam em dizer que o que eu dizia não passava de uma mentira, e que eu não precisava esconder meus sentimentos delas.

– Vocês estão loucas – Exclamei totalmente irritada – Até parece que eu iria me apaixonar por ele.

– E por que não? – Ino disse, e eu virei a cara.

– Por que eu o vejo apenas como um colega – Falei simplismente.

– Sakura, ele é super gamado em você e além de ser um super gato, muitas garotas gostariam de ficar com ele e... – Tenten iria continuar, mas eu a interrompi já estava de saco cheio desse assunto.

– Ele é bonito sim admito, mas não importa, eu não tenho o menor interesse nele – Falei dando os ombros e vi Tenten fechar a cara, ela achava que eu gostava do Neji, e sei que se ela pudesse fazer alguma coisa para que eu ficasse longe dele ela faria, o que é um absurdo. Aposto que ela não vê a hora para que eu ache um namorado.

O Sasori podia ser bonito, inteligente, ser um dos jogadores de basquete e podia até ser afim de mim mas eu só o via como um colega, nada mais nada menos do que isso.

– Mas Sakura – Ino disse e eu a interrompi.

– Eu já vou indo – Falei irritada e virei as costas.

Tenten e Ino conseguiam me tirar do sério quando queriam. Será que elas não entendem que eu não quero nada com a droga do Sasori? Eu apenas o vejo como um colega, por que elas insistem tanto nesse assunto? Elas devem fazer a mesma coisa com a coitada da Hinata devem a irritar falando do Naruto até que ela não aguente mais. Continuei andando eu me sentia totalmente irrita estava com os nervos a flor da pele, até que sinto um toque no meu celular era uma mensagem nova no whatssap.

Sakura, que horas irei te ajudar?

Olhei na foto do perfil, oh sim era ele! mas como ele conseguiu meu número? Ah isso não importa! O respondi rapidamente.

Que horario você pode?

As quatro.

Ok, então as quatro.

(..)

Faltavam exatamente cinco minutos para as quatro, e eu andava de um lado para o outro ansiosamente essa agonia já estava me deixando completamente louca. Até que finalmente a campainha tocou, e eu sai correndo. Abri a porta, e o vi lá parado em frente a minha casa corei imediatamente, sentindo meu coração acelerar.

– Olá Sakura – Falou com a voz rouca, me fazendo arrepiar dos pés a cabeça. E deu um sorriso de canto para mim, ele estava perfeito com as mãos dentro do bolso da calça jeans, e uma camiseta branca básica.

– Olá Sasuke-Kun entre, sinta-se em casa – Falei tímida abrindo mais a porta e logo desviei o meu olhar dele, respirando o mais fundo que pude, tentando me manter calma.

Acho que vai ser meio difícil me concentrar em matemática, eu estou tão nervosa pela presença dele... Tenho que parar de ficar assim, eu não posso continuar ficando tão nervosa assim na sua presença.

– Hn... Então vamos? – Ele disse me despertando do transe.

– Ah, claro – Falei totalmente sem graça, oh eu sou tão estúpida me perco em meus pensamentos e o deixo parado esperando.

Fui andando em direção a sala eu estava me tremendo toda, e logo ele veio atrás de mim. Meus objetos estavam todos em cima da mesa, me sentei na cadeira disse que era pra ele se sentar ao meu lado, e ele assim o fez.

– Então, qual conteúdo que você está com dificuldade? – Ele disse sério.

– Binômio de Newton.

–Esse conteúdo é facíl – O olhei espantada, não aquele conteúdo não era nenhum pouco facíl definitivamente era tudo menos facíl.

– Eu acho que você deve estar confundindo esse com outro conteúdo – Falei cruzando os braços e fazendo bico, e ele deu um sorriso de canto novamente.

– Hn.

(...)

Estavamos estudando já fazia exatamente duas horas, ele estava totalmente sério realmente estava parecendo um professor naquele momento, ele era muito inteligente resolvia as contas em um piscar de olhos, já eu bom... Era muito mais lenta que ele, que confesso que ficava até sem graça com a minha demora. Meu nervosismo ainda continuava, o que acabava não contribuindo nada com a situação naquele momento.

– Acho que por hoje já chega – Ele disse assim que eu terminei de resolver uma questão.

– Ainda bem, não aguentava mais resolver aquelas contas – Falei fazendo bico – Aceita comer algo Sasuke?

– Não, obrigada. Estou bem assim – Ele disse e tudo ficou em silêncio, apenas me fitando senti meu rosto queimando de vergonha. Ele estava na cadeira da frente agora, achamos que seria melhor se ficássemos de frente para o outro para que ele me ajudasse. Passou mais alguns segundos, e aquele silêncio já estava me deixando louca, eu preciso falar algo. Logo surgiu uma ideia do que falar, já sei o que irei falar.

– Sasuke? Obrigada por ter aceitado me ajudar – Falei e ele arqueou uma sobrancelha – Quer dizer é que você está vindo aqui me ajudar em troco de nada e... – Ele me interrompeu.

– Não é a troco de nada – Ele disse e eu o olhei muito surpresa.

– Não? – Perguntei surpresa, não estava entendo nada.

– Não – Ele disse firmemente.

– Então a troco do que? – Perguntei o olhando curiosa.

– A troco de sair com você – Ele disse e eu corei.

– A t-troco de sair comigo? – Perguntei tímida e nervosa ao mesmo tempo.

– Hn... exatamente, eu quero te levar em um lugar – Ele disse dando um leve sorriso.

Fiquei totalmente imóvel ele estava realmente me chamando para sair? Ou era só um sonho? Meu coração estava a mil e com certeza eu estava completamente vermelha dos pés a cabeça.

Eu sabia que sair com ele estava totalmente fora de cogitação por que seria totalmente errado, e sim errado em relação de estar escondendo isso da minha melhor amiga. Por um lado eu não queria sair, talvez por medo eu sabia que sentia algo por ele, por menor que fosse eu sabia que havia um sentimento em mim se eles fugissem do meu controle e eu acabaria me magoando com ele, já que o Sasuke não é o tipo de garoto que quer algo sério com alguém, pelo contrário ele sai com várias garotas, mas eu não só iria magoar a mim mas também a Ino se ela descobrisse que ele tinha pedido para sair comigo, e que eu ainda por cima tinha aceitado, eu sei perfeitamente o que eu sinto em relação ao Sasuke e sei que esse sentimento não é tão fraco quanto e gostaria que fosse e ele pode ficar ainda maior se eu e ele, nos aproximarmos... Mas por outro lado havia uma parte de mim que desejava isso, desejava intensamente que eu me aproximasse dele, desejava ficar perto dele, sair com ele e me esquecer totalmente do que minha melhor amiga sente por ele, sem me sentir culpada por estar mentindo para ela. Afinal o Sasuke fazia eu me sentir bem.

– Então Sakura aceita? – Ele disse com o sorriso de canto, de sempre.

Escutar a razão ou meu coração?

 


Notas Finais


Comentem se gostaram, se não gostaram... Enfim, beijos amores até os próximos capítulos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...