História YOUTH - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Bissexualidade, Drama, Heterossexual, Homossexual, Romance
Exibições 2
Palavras 491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Capítulo 4


Taylor POV

Soltei um sorrisinho após ler o papel que Jessie havia deixado na minha mesa, que um senhor curioso vulgo Lukke fez o favor de ler. E a aula passou extremamente devagar, mas que inferno. Após finalmente tocar o sinal todos se levantaram e saíram praticamente voando da sala, a vadia da Demi saiu sem mesmo me dar tchau.

- Você não vem? - Lukke perguntou com a mochila nas costas

- Ainda não, tenho coisas pra fazer.

- Coisas pra fazer né vadia, boa sorte.

Sorri para ele e me sentei na mesa do professor. Jessie demorou um pouco até vir pra perto de mim.

- Olá de novo!

- Então, o que quer comigo em uma sala vazia?

- Você realmente não sabe?

Sorri para ela e a puxei pela cintura, colando nossos corpos.

- Claro que eu sei, só estava te testando.

- Me testando, uhum acred..

A calei com um beijo surpresa, a fazendo rir da minha pressa e passar seus braços no meu pescoço tentando nos colar ainda mais.

"Ah não, eu preciso de mais"

Jessie tinha um gosto viciante e excitante que me fazia nunca querer parar, droga. A impulsionei pra cima e a sentei na mesa do professor.

- Você está indo rápido demais não acha?

- Quer que eu pare? - Perguntei me afastando dela que me puxou pela jaqueta.

- Nem pense nisso.

Nos beijamos novamente, nossas línguas em um ritmo perfeito. Fui levantando sua camisa a fazendo rir e levantar os braços me ajudando.

- Jessie se você não me parar agora nós vamos levar isso a outra história.

- Oh Taylor, eu não quero que você pare.

Essa foi a deixa pra eu subir a mão que estava em sua cintura para seu seio e dar uma apertada a fazendo gemer na minha boca. Percebi que continuar a beijando não ia ser vantajoso e desci para seu pescoço, dando algumas chupadas e mordidas, continuando a massagem em seu seio e a fazendo gemer no meu ouvido.

- Não, eu tenho certeza deixei o livro embaixo da carteira e..

Nos separamos rapidamente e vimos Lucy com uma expressão indecifrável no rosto. Acho que ela estava bem chocada.

- An, eu, acho que já vou indo...

Ela falava fazendo gestos e apontando na direção da porta, pra sair rapidamente e nos deixar sem saber o que fazer. Quando olhei para Jessie ela já tinha colocado a blusa e me olhava com as bochechas coradas.

- Então isso que acontece quando nos aventuramos na sala de química da escola.

Rimos sem graça e logo depois eu peguei minha mochila.

- Acho que é hora de ir, hm, eu te ligo mais tarde okay?

- Tudo bem então.

Ela também pegou sua mochila e eu ia sair andando quando ela me chamou.

- Tay - Olhei para trás e ela veio na minha direção - Tchau.

Me deu um selinho casto me fazendo sorrir e passou na minha frente me deixando com cara de otaria lá na sala, nem parecia que tinha problemas pra resolver e... AI PUTA MERDA TENHO QUE FALAR COM A LUCY.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...