História Youth-Kaisoo - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Kaisoo
Exibições 145
Palavras 1.657
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiii, Mais um capitulo pra vcs <3 s2

Capítulo 19 - Diário...


-Vamos brincar de alguma coisa to entediado.- Disso Soo pequeno.
- Vamos... um que tal pega pega?- Disse seu amigo.
- Ok, tá com você!- Disse Soo sindo correndo.
- A não vale.- Disse saindo correndo atrás do Soo.

Estava correndo muito, eu era mais pequeno que ele mas eu corria bem mais. Ainda estávamos correndo quando ele me pega.
- Agora tá com você!- Disse ele saindo correndo.

Vou atrás dele, ele atravessa a rua e vai para o outro lado. Mas quando eu vou atravessar aparece um caminhão e me atropela. Nesse momento não vi mais nada, apenas uma pessoa me ajudando não consegui ver quem é pois minha visão estava embaçado.

FLASH BACK OFF

Balanço minha cabeça para esquecer dessas lembranças ruins. Estava indo pra casa quando encontro umas meninas na rua. Elas ficaram me olhando mas nem dei bola. Chego em casa e vou direto pro meu quarto.

Vou ao banheiro e tomo um banho bem gostoso e demorado. Saio de lá coloco meu pijama e vou dormir, não vou jantar hoje por que não to com fome.

                                                                   MINJI POV
Estava caminhando com Chanyeol quando ouvimos uns gritos e gemidos vindo de um beco ali próximo. Eu e ele saímos correndo para o mesmo, chegando lá vejo uma pessoa ser espancada por 6 cara.

Chanyeol pega um pau e ameaça os meninos dizendo que é a policia. Os meninos saíram correndo dando visão a pessoa. Quando olho a pessoa não acredito no que vejo.
- KAI!!!- Dou um grito ao velo, vou correndo a sua direção.- Meu Deus meu amigo o que fizeram com você?- Disse já sentindo uma lágrima cair.
- Foi...foi...- Ele não consegue terminar de falar e então desmaia. Chamo o Chenyeol e levamos ele para o hospital. 

Chegando lá o Kai já foi atendido e está descansando agora. 
- Eles não dão nenhuma noticia Chany.- Digo impaciente.
- Mas é assim MinJi fica calma.- Diz ele me abraçando.

Logo o médico chega e diz que está tudo bem com o Kai, que ele não quebrou nada só sofreu alguns ferimentos. Ele também pergunto se nós queríamos velo, então disse que sim. Chegando lá vejo que Kai está bem melhor. Olho pra ele e ele olha pra mim.
-Quem é você?- Diz ele me olhando ainda mais.
- Como assim quem sou eu?- Digo assustada.
- To brincando!- Ele começa a rir.
- Aish, seu chato você me deu um susto.- Digo batendo no ombro dele.
- Hu rum.- Chanyeol fez um barulho com a boca para sabermos que ele estava ali.
- Ah oi Chanyeol, nem vi você ai.- Diz Kai com um sorriso em seus lábios.
- É...- Diz o mesmo.
- Como você... quero dizer, que mandou te bater.- Eu falei pegando em sua mão. Mais ele tira.
- Sério que vocês não sabem?- Negamos nós dois.- Quem é a pessoa que mais me odeia agora? Pensem.- Nós ficamos pensando até o Chanyeol se pronunciar.
- O Suho!.- Kai assentiu.- Mas por que ele fez isso?
- No dia em que vocês foram lá eu não me lembro se vocês estava ou não, ele me mandou escolher entre ele e o Soo. Mas dai eu escolhi o Soo e ele disse que eu ia me arrepender da minha escolha. Então eu acho que esse foi o troco... Mas o que me machuca mais não é saber que eu apanhei, mas sim que o Soo me bateu...- Disse deixando uma lágria cair, mas que logo a limpa.- Pra ele ter me batido daquele jeito eles devem ter inventado algo bem grande sobre mim.
- Ok... vamos esquecer essas coisas ruins e lembrar das coisas boas.- Digo me levantando.- Vamos jogar mimica, eu começo.- Digo e faço uma mimica de um pássaro.

Ficamos jogando até o Dr aparecer e dizer que Kai já pode ir pra casa. Os pais dele não estão em casa então não tem problema dele chegar assim em casa. Levamos ele pra casa e depois o Chanyeol me levou pra minha.


                                                                SUHO POV
Ah aquele idiota caiu fácil na minha brincadeira. Vai ser muito bom ver o kai sofrer por causa dele. Ou eu acho que nem vai mais sofrer, pois aqueles caras batem bem então suponho que já deve ter batido as botas.

Preciso me distrair um pouco, então vou na casa da Krystal. Bato na porta " Por que a Krystal é pobre que não pode comprar uma campainha" e logo sou recebido pela mesma só de toalha.

Não penso duas vezes e a agarro levando ela pro quarto. Ela não me faz ir a loucura, mas não posso negar que ela é boa no que faz. Estava ela lá cavalgando em cima de mim, quando derrepente solto sem querer um gemido, mas com o nome da outra pessoa.
- MinSoo ahhhhhh.- Ela me olha, e para de fazer os movimentos.
- Vocês me chamou do que?- Ela fala brava.
- Ah vamos logo com isso, se não vou me arrepender de ter vindo.- Ela se calou e continuou a fazer os movimentos. Ela pode ser boa, mas não chega aos pés da MINHA MINSOO!!!

                                                         KYUNGSOO POV
Estava andando pela uma rua escura sem rumo, logo cheguei em uma casa. Mas espera essa é MINHA CASA QUANDO EU ERA PEQUENO. Fui andando mais um pouco quando encontro um garotinho caído no chão e sangrando.

Me aproximo mais dele, e pode ver que esse garotinho sou eu, logo avisto outro garotinho mas não podia ver o seu rosto ele estava embaçado. Ele "me" ajudou e ficou lá comigo. Mas depois de um tempo posso ver um homem com uma arma vindo em nossa direção. Eu tento correr mas não consigo.

Minhas pernas não me obedece, eu perdi os movimentos delas de novo. Ele passa pelos garotinhos e vem em minha direção. Ele aponta a arma pra mim e atira...

- O que?- Acordo perguntando a mim mesmo. Olho para todos os lados e vejo meu quarto com a janela aberta.

Levanto e vou fechar a janela. Como eu posso ter sonhado comigo... quem era aquele menino... e o cara... não entendi. Me deitei de novo na cama e olhei no relógio era 5:45 da manhã. Não consegui mais dormir então fiquei mexendo no  celular.

Quando dá umas 6:05 da manhã eu vou me arrumar para a escola. Estou feliz que eu não preciso depender de mais ninguém. Tomo banho, coloco meu uniforme e desço as escadas pra tomar café.

Depois do café subo escovo meus dentes e vou pra escola. Chegando lá avisto o Suho e seu grupo e me aproximo deles. Ficamos conversando sobre muitas coisas que nem me interessavam tipo a noite de amor do Suho e da Krystal. Quem quer saber disso?

Suho se levanta e vai falar com o Kai que avia acabado de chegar.
- Parece que apanhar não foi o bastante pra você!- Dis ele debochando da cara de Kai.
- É como você pode ver estou bem. E da próxima vez que for me bater, bate com mais força por que do jeito que você bate não machuca ninguém. Parece mais uma bicha que não sabe bater.- Diz ele, sinceramente não esperava por isso, mas não posso deixar ele ofender meus amigos.

Peguei o copo da mão de uma menina que estava bebendo. Me aproximei de Kai e despejo tudo em cima da cabeça dele.
- isso é pra você aprender a não tratar meus amigos mau.- Me virei indo embora.
- O que ouve com você?- Parei e me virei pra ele de novo.- Agora que voltou a andar, mudou o "visual" acha que pode tratar as outras pessoas mau?- Comecei a rir com o que ele disse.
- Tá mas, e quem disse que você é uma pessoa?- Digo indo até ele.
- Você não me disse isso quando fizemos amor, se eu sou um animal você também é.- Disse ele me olhando.
- Não fizemos amor... você me obrigou e não diga mentira, o único animal que eu to vendo aqui é  você!- Digo dando um soco na cara dele que o faz cair no chão.
- O que eu te fiz?- Pergunto ele limpando o canto da boca, pois estava saindo sangue.
- Você nasceu!- Digo saindo dali.

                                                                   KAI POV
Ele se virou pra sair, mas me levantei rápido indo na sua direção, pego no braço dele o fazendo se virar para mim. Começo a beija-lo calmamente não deu nem 1 minuto de beijo e ele me empurra fazendo com que eu caia no chão.
- O que deu em você idiota?- Pergunta ele com raiva.- Por que fez isso? Agora fiquei com gosto ruim na boca.- Disse passando a mão na boca para limpa-la.- Nunca mais faça isso ouviu? Ou vai levar mais uma surra só que pior.- Diz ele saindo dali.
- Eu prometi nunca te abandonar... e eu vou cumprir a promessa!- Dido baixinho, me levanto e saio correndo dali pro banheiro.

Nunca ninguém me machucou assim como ele. Saio do banheiro vou até meu armário e pego meu diário e volto pro banheiro. Me tranco em uma das portas, e ali fico escrevendo o que eu passei hoje. Eu tenho esse diário desde pequeno e nele eu escrevo tudo que eu passei na minha infância até agora.

Não queria sair de lá, mas tive que sair pois o sinal bateu. Lavei me rosto e fui pra sala. Encontro a SunHi no caminho e vamos conversando. Até que ela é bem legal... Mas não gosto quando ela me olha.

Ela tem um olhar estranho... na verdade a pálpebra dela do olho é estranha, mas quando ela sorri ela fica fofa. Garanto que o cara que tiver ela vai ser muito feliz, e se divertir vendo  pálpebra dela. Pois eu já tenho o meu KyungSoo mesmo que ele não lembre de mim, eu lembro dele e das nossas noites maravilhosas....

CONTINUA....


Notas Finais


Oiiiii...
espero que tenham gostado... EU GOSTEI DO MEU CAPITULO espero que vocês tenham gostado também....


Eu vim compartilhar com vcs além dessa que eu estou escrevendo, a minha primeira que ficou uma bosta...
ela está em outro usuario pq eu esqueci a senha... Mas tá ai... nâo me juguem .... kkkkkk
https://spiritfanfics.com/historia/um-verdadeiro-amor-5321331


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...