História Youtube - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Goodheart

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren
Visualizações 115
Palavras 4.527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


PRIMEIRAMENTE... ME DESCULPEM POR ONTEM KKKKKKKKKKK EU JÁ APAGUEI O QUE COLOQUEI, GENTE EU SOU IDIOTA MESMO TA!

SEGUNDAMENTE: O CAPITULO

TECEIRAMENTE: SEGUNDAMENTE

Capítulo 3 - School


Fanfic / Fanfiction Youtube - Capítulo 3 - School


 

P.O.V. CAMILA 

- Atende Dinah sua vagabunda.-  Disse andando de um lado para o outro com o celular em meu ouvido, eu estava surtando. 

LIGAÇÃO ON 

Dinah:- Camila Se não for algo impor...

- ELA SE MUDOU PRA MIAMI! - Gritei 

Dinah:- A BEYONCÉ???? AI MISERICÓRDIA MENTIRA!- gritou do outro lado e eu franzi o cenho. 

- Não Dinah, a Lauren- Ela parou na mesma hora. 

Dinah:- Ta zoando com a minha cara? - Seu tom de voz mudou pra irritado.

- Não, DINAH PORRA A LAUREN TA EM MIAMI, ELA SE MUDOU PRA MIAMI, AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA EU VOU INFARTAR -Gritei e Dinah bufou 

Dinah:- Camila, são 23:30 da noite, você me ligou só pra falar que a Jauregui ta em miami?

- Dinah pelo amor Deus, eu to sentindo que vou infartar, to falando sério.

Dinah:- Tchau Camila! 

- O QUE? NÃO DINAH! NÃO DESLIGA... DINAH?... Dinah? - Olhei o visor do meu celular e a chamada estava encerrada.- Vagabunda. 

Fiquei horas e mais horas pensando na Lauren , até que tomei coragem e peguei meu celular, procurei o numero dela nos contatos e lhe enviei um SMS escrito.

 " Como você se sentiria se eu dissesse que te amo, é só uma coisa que eu quero fazer. Estou aproveitando, passando a minha vida me apaixonando ainda mais por você, então diga que você me ama também.- Ed Sheeran" 

Enviei, ela tinha esse numero pra falar com fãs, ela é a melhor ídola de todas, eu nunca tinha enviado sequer um Whatsapp pra ela, eu tinha muita vergonha e eu sou trouxa de mais, Se ela me respondesse, capaz de eu morrer antes de ler a mensagem. 

Fiquei mais alguns minutos pensando na vida ( Vulgo Lauren) e nem percebi que tinha dormido.

No outro dia levantei cedo pra ir pra prisão, tomei um café rápido e corri pra escola, porque já estava atrasada. Assim que cheguei abracei Dinah, Ally e Mani que estavam conversando animadamente. 

- Oi minhas garotas! - disse sorrindo Largo.

Ally:- Que sorriso é esse Mila? - Dei de ombros 

Mani:- Deu muito ontem? - Ela e Dinah riram e eu revirei os olhos.

- Primeiro, eu não dei ontem, segundo, eu não sou passiva! - Elas riram 

Dinah:- Vai me dizer que se Lauren Jauregui pedir pra lhe foder, você não vai ser passivinha? - Mani gargalhava e eu cogitei a ideia

- Só pra Lauren! - Rimos.

Ally:- Vão procurar Jesus! - Ela riu.

- Por Falar em Lauren, Kirida porque você desligou na minha cara ontem? - Perguntei a Dinah.

Dinah:- Camila, você me liga 23:30 da noite pra falar que a Lauren mudou pra Miami e quer que eu faça o que?

- Grite comigo, surte comigo, fique feliz porque agora eu conheço aquela demônia desgraçada. - Ally riu.

Mani:- Já pensou ela vem estudar logo aqui? - Mani riu e eu fiquei paralisada. 

- JÁ PENSOU? A MEU DEUS EU SURTO, MISERICÓRDIA, MAANNNNNIIIIIIIII... E se ela vir mesmo? Ai Jesus, ontem eu mandei uma frase pra ela, e se ela pensar que eu sou uma louca querendo ficar com ela de qualquer jeito??

Mani:- Mais você é uma louca que quer ficar com ela de qualquer jeito. - Elas riram e eu comecei a entrar em pânico.
 

- MEU DEUS NÃO PODE SER, EU ESTRAGUEI MEU FUTURO RELACIONAMENTO COM ELA. AGORA QUANDO A GENTE SE CONHECER NOS ENCONTROS, ELA VAI TER MEDO DE MIM.  Ally eu to passando mal.- Coloquei uma mão no peito e outra na cabeça.

Ally:- Camila fica calma. - Ouvi muitas pessoas gritando e correndo, mas não liguei, apenas continuei passando mal. - Você não estragou o futuro relacionamento de vocês, pelo contrario, acho que alguém lá em cima está te dando uma chance enorme. - Franzi o cenho e olhei pras meninas que estavam olhando algo atrás de mim. 

- Do que você ta falando Ally e o que vocês estão olhando?

Dinah:- Chancho...- me chamou 

- Que Dinah?

Dinah:- Não surta! - Franzi o cenho sem entender caralho nenhum. 

- Por que eu surtaria?- Ela me virou e e eu vi uma multidão em cima de duas garotas. - por que esse povo ta em cima das garotas? - Perguntei não entendendo nada.

Mani:- Você não ta vendo? 

- Mani eu sou Míope.- Revirei os olhos e bati o pé frustrada. 

Ally:- Achei que até com sua Miopia você enxergaria aquela pessoa. 

- Da a porra desse óculos aqui Allyson! - Retirei os óculos da baixinha e os coloquei. - PUTA MERDA. - A ultima coisa que ouvi foi meu grito e a ultima que vi foi Lauren me olhando, e então eu caí. 

Eu ouvia algumas vozes me chamarem, mas eu não queira abrir o olho, só queria dormir mais um pouco, mas o barulho aumentava e eu sentia minha cabeça começar a doer. Abri os olhos e percebi Dinah me encarar assustada junto de Mani e Ally. 

Dinah:- Menina que susto! 

- Ai gente... saí de cima... - Me sentei e só então percebi estar no gramado da Escola. - Que porra eu to fazendo aqui? Dinah se tiver um pinto desenhado na minha testa eu acabo com você. 

Mani:- Você não se lembra do que aconteceu? - Neguei.

Ally:- Qual a ultima coisa que se lembra? 

- Dessa vagabunda - apontei pra Dinah. - Desligar na minha cara quando contei que Lauren estava em Miami, por falar em Lauren, galera eu tive um sonho muito louco... Ela estudava aqui - Ri - Vê se pode... Ai, ai Deus... Pera... AI MISERICÓRDIA - comecei a me lembrar - NÃO FOI UM SONHO NÉ? - Dinah negou e me mostrou o celular dela que estava com uma Foto dela e Lauren. - NÃO ACREDITO NISSO DINAH JANE MILIKA ILAISAANE HANSEN AMASIO, COMO VOCÊ PODE TIRAR FOTO COM MINHA MULHER ENQUANTO EU ESTAVA DESMAIADA??

Dinah:- Ela chegou aqui, e eu falei, Posso fazer uma selfie com... 

- LAUREN ESTAVA AQUI? 

Ally:- Tava criatura, depois do seu berro ela veio ver como você estava, tava toda preocupada, ela realmente é muito linda Camila!

- Não acredito nisso, GENTE EU TO PASSANDO MUITO MAL! 

Mani:- Se você desmaiar de novo eu te deixo aqui sua vagabunda. 

Dinah:- Imagina se você sabe que ela passou a mão nos seus cabelos. - Arregalei os olhos vendo Dinah rir. 

Ally:- Dinah! - A repreendeu. - Ela vai infartar desse jeito. 

Mani:- Camila levanta desse gramado e vamos que o sinal já bateu a uns três minutos. - Me levantei com ajuda, eu ainda estava meio grogue e meu coração estava quase saindo pela boca. Toquei meu cabelo e sorri. 

- Eu nunca mais vou lavar ele! - Mani fez cara de nojo. 

Mani:- Eca! 

- Se fosse a Beyoncé você faria o mesmo. - Deu de ombros pra depois concordar.- GENTE.- Gritei e todas me olharam assustadas. - Ela deve me achar um louca... MEU DEUS EU DESMAIEI NA FRENTE DELA!!!-  Dinah revirou os olhos. 

Dinah:- Se antes já era difícil aturar Camila falando dela, agora vai ser impossível! 

- eu preciso tomar água, vem comigo Ally. - Sai arrastando a garota até o bebedouro.- Se eu encontrar ela nos corredores, o que eu faço? E se a gente se trombar por ai? 

Ally:- Camila, para de ser doente, vocês vão se encontrar quase todos os dias agora, é sua chance garota. - Sorriu pra mim. 

- Ally eu vou ter um troço. - Ally gargalhou e nós voltamos pra sala. - Aquela ao lado dela era Vero, eu tenho certeza. Deus minha morte está encomendada já. - Assim que paro na porta, quase desmaio ao que meus olhos caem sobre a linda garota sentada na janela, algumas fileiras depois da minha, Ally me olha com medo, o que ela acha? que eu vou desmaiar? ou surtar? ou gritar e sair correndo pra beijar aquela garota? Puff... Mais é claro que eu vou fazer isso. Assim, que meus pés começam a querer andar, Ally segura meu braço e a linda garota nos olha, ela estava rodeada de gente, e eu estava sim ficando com ciúmes, ela sorriu pra nós e ajeitou os cabelos atrás da orelha, realmente minha morte está próxima.

Ally sorriu de volta e me puxou pra nossa fileira, eu em momento algum parava de olhar pra ela, Deus do céu que garota linda, eu vou casar com você Lauren Michelle! 

- O que você ta fazendo Allyson?- Perguntei assim que consegui olhar pra frente, ou seja, Ally.

Ally:- Dinah essa garota ta suando frio, ela vai ter um colapso nervoso! - Dinah gargalhou trazendo atenção novamente da Garota mais linda do universo. 

Mani:- Ela ta mais palida que o normal Dinah! - Dinah parou de rir e puxou minha cabeça fazendo-me olhar pra ela.

Dinah:- Chancho.- Me chamou e eu engoli em seco olhando novamente pra Lauren que sorria pra uma garota que conversava com ela. - Chancho olha pra mim.- eu tentei, juro, mas estava impossível, aquilo tudo pra mim era surreal, eu só podia estar sonhando, Nada disso pode ser real, eu vou ter um ADP.

- Dinah, eu to sonhando né? É serio gente, eu vou ter um treco, eu to passando mal! Mani encomenda meu caixão pra hoje mesmo. - Coloquei a mão sobre o peito e senti uma pontada.

Ally:- Garota cala a boca e respira. - Começou a me abanar com as mãos, Dinah me colocou sentada na cadeira e eu instintivamente olhei pra Lauren que nos olhava curiosa. 

- CADÊ MINHA BOMBINHA ALLY? - Gritei o que fez Lauren se assustar um pouco, eu me senti culpada então apenas desviei o olhar.

Não queria assustar você meu bolinho, mas poxa Lauren, Vai ser linda desse jeito na casa do caralho... Mentira amor, vem ser linda na minha casa, no meu quarto, minha cama, na minha cara... Ok Camila respira... Senti um tapa forte no rosto e olhei pra Dinah assustada. - QUE... porra Dinah.- Disse baixo. 

Dinah:- Ih louca não fui eu não animal. 

- Então quem porra me deu um tapa?

Dinah:- Normani. - Olhei incrédula pra ela que sorriu amarelo, o professor entrou na sala e todas se sentaram em seus respectivos lugares.

- Por que você me bateu? - Perguntei frustrada. 

Mani:- Você estava divagando encarando o Austin.

- UKE? - Me assustei.- Não acredito nisso Deos!

Ally:- Camila por que você não tenta se aproximar da Lauren sem se demonstrar fã?

- Ally, as vezes você não fala nada com nada mano! - Disse negando. 

Ally:- KARLA! - me repreendeu.- Estou dizendo que, como tem muita gente em cima dela, a paparicando e querendo foto e autografo e o caralho a quarto, por que você não tenta ser diferente? talvez ela queira alguém que lhe de importância e que fique com ela não pelo fato de ela ser famosa, mas sim Por ser Lauren Jauregui, entende? - Cocei o queixo, eu entendia, e ela tinha razão. Olhei pra onde Lauren estava e tinham varias pessoas a sua volta, a olhando e querendo falar com ela e tirar fotos, pelo simples fato dela ser famosa, e eu na verdade só queria estar perto dela, por ela ser Lauren Jauregui, a mulher por quem eu realmente me apaixonei perdidamente, a garota sensível que é um unicórnio, a garota madura que luta pelos direitos da humanidade, a garota que me ganha com um simples sorriso, eu sou apaixonada pela verdadeira Lauren, não pela famosa. ( Pela famosa também, até porque se não fosse a fama, talvez nunca nos conheceríamos né?)

Dinah:- Ally tem razão Chancho.- Dinah falou logo atrás de mim. 

Ficamos quieta após o professor começar a aula. 

Professor:- Olá! - Sorriu pra Lauren.- Sou o professor de Filosofia, será que você poderia se apresentar ali na frente? - Lauren sorriu e assentiu se levantando. Meu olhar seguia cada passo seu até a frente da sala, onde conseguiu toda a atenção pra si, mesmo já tendo ela desde que chegou. 

Lauren:- Olá - Instantaneamente sorri ao lembrar de como ela começa seus videos "Hi Chickens" - Ela me olhou e sorriu de volta. DEOS EU VOU TER UM ATAQUE. SE CONTROLA KARLA, SEJA GAY PORRA! Respirei fundo e continuei olhando ela. - Meu nome é Lauren Jauregui e eu vim de Nova Iorque! - Ela falava e ou eu tava ficando louca já, ou ela estava realmente desviando o olhar pra mim a cada palavra dita... MAIS É CLARO NÉ KARLA, VOCÊ DESMAIOU NA FRENTE DA GAROTA, SUA TROUXA... Sou trouxa sim...  Muito trouxa por ela, por esse sorriso maravilhoso, pelos seus dentinhos, pelas suas mãos, seu corpo, seus olhos, seus cabelos e até pelas suas veias, eu sou toda trouxa por esse demônio. 

Professor:- Tem algo a mais que tenha pra falar? - Sim professor ela tem muita coisa pra falar, mas ela não vai falar, sabe por que? PORQUE ELA É TÍMIDA! SIM MICHELLE É TÍMIDA. 

Lauren:- Hmmm... Eu tenho um canal no youtube... e é isso...- Disse sorrindo e eu me derreti mais uma vez. 

Professor:- O nome do seu canal é Lauren Jauregui mesmo?- Ela assentiu. - Tudo bem Lauren... Seja bem-Vinda a nossa escola! - Apertou sua mão e eu sorri orgulhosa do meu bolinho. 

Ela foi se sentar e assim que o fez me olhou rapidamente. GENTE JESUS MARIA JOSÉ O QUE TA ACONTECENDO AQUI? Joguei minha cabeça sobre a carteira e assim foi o resto das aulas até o intervalo, eu só conseguia pensar em como ir falar com ela sem que esse bando de animais estejam por perto, ai eu quero matar todo mundo. Bufei frustrada ao ver um garota mexer em seu cabelo, O RIDÍCULA ELA ODEIA QUE MEXAM NO CABELO DELA SEM ELA DEIXAR TÁ? TIRA SUAS PATAS DA MINHA MULHER AGORA SE NÃO EU VOU ARRANCAR E COLOCAR NO LUGAR DOS SEUS PÉS E SEUS PÉS NO LUGAR DA PORRA DA SUA MÃO. BISCATE. 

As vezes quando ela me olhava eu desviava o olhar e quando eu olhava eu de vez em quando a pegava me olhando, gente eu to ficando paranoica, certeza!

Eu tinha que chegar nela, mais primeiro eu tinha que arrumar um jeito de ir sem ter um colapso nervoso ou ter um derrame, ou ter um ADP, eu precisaria ir e ser normal com ela, COMO CARALHO EU VOU FAZER ISSO JESUS CRISTO? NÃO TEM COMO SER NORMAL COM UMA DEUSA DESSAS NA SUA FRENTE, OLHA DEUS EU VOU INFARTAR, TO FALANDO PRO SENHOR...  Eu não posso ter um colapso... 

Dinah me cutucou então eu a olhei saindo de meus pensamentos.

Dinah:- Vamos? - Olhei ao redor da sala e só tinha sobrado eu, as meninas e finalmente o amor da minha vida, ela estava sozinha, essa era a hora, DEUS DO CÉU... olhei pra Dinah e depois pra Lauren, então neguei pra Dinah.

- Encontro vocês lá! - Dinah sorriu orgulhosa e me entregou uma coisa. Ao olhar eu vi minha bombinha ali, é gente, eu não tava zoando quando disse da bombinha. 

Mani:- Vê se não morre, e se morrer, posso ficar com seu Notebook? o meu quebrou.- A olhei irritada e ela riu. - To brincando, mas se você quiser é serio. - Lhe mostrei o dedo.

- Saiam daqui.- As expulsei e sorri assim que elas saíram me xingando, Olhei pra Lauren que ainda guardava o material e então guardei a bombinha no bolso, respirei fundo e me levantei. 

Não tenha um colapso nervoso, Não tenha um derrame. 

Não tenha um colapso nervoso, Não tenha um derrame. 

Não tenha um colapso nervoso, Não tenha um derrame. 

Não tenha um colapso nervoso, Não tenha um derrame. 

Eu mantinha isso em mente enquanto caminhava até seu lado. 

Deus até meu cu ta tremendo, Senhor Jesus Maria José. 

Eu não posso morrer agora.

Não tenha um colapso nervoso, Não tenha um derrame. 

Respirei fundo mais uma vez e então parei ao seu lado. 

KARLA CAMILA CABELLO ESTRABÃO JAUREGUI, VOCÊ CONSEGUE GAY... VOCÊ JÁ ENSAIOU ISSO MILHÕES DE VEZES, ELA É SUA MULHER LEMBRA? VOCÊ CONSEGUE GAY... GENTE COMO SE FALA? GENTE SOCORRO. ELA ME OLHOU. DEUS DO CÉU. EU VOU MORRER, TENHO CERTEZA. ELA SORRIU. S-O-R-R-I-U. DEOOOOOOOS. COMO SE RESPIRA???? MINHA BOMBINHA CADÊ??? 
CALMA CAMILA, VOCÊ NÃO QUER ASSUSTAR ELA. FICA CALMA. CALMINHA. PENSA NO JAY-Z... PERA QUE?

- O...Oi.- Porra eu não acredito que gaguejei. Não Camila sua estupida, ta tudo errado, volta, volta... Deus me ajuda.

Lauren:- Olá. - Sorriu... ELA SORRIU DEUS  E AGORA? O QUE EU FAÇO? CAMILA CALMA! - Você está bem? - Respirei fundo tentando me acalmar e não pular em cima dela. 

-E... Estou sim, e você - Mantenha-se sob controle, vai dar tudo certo.

Lauren:- Estou bem... Você é a garota que desmaiou hoje né? Você está bem mesmo? - Disse preocupada. 

CLARO CAMILA. PONTO PRA VOCÊ SUA IMBECIL. DESMAIOU NA FRENTE DELA. OLHA KARLA QUE DESGOSTO VIU...

Voltei minha atenção pra minha futura mulher e sorri amarelo. 

- Sim... É que hoje eu não estava me sentindo muito bem de manhã... Mas já estou bem... Obrigada.- Menti. MENTI SEM GAGUEJAR... EU SOU UMA PUTONA. 

Lauren:- Oh sim... Me chamo Lauren e você é? - Perguntou simpática. Amor eu sei quem você é, eu penso em você todo segundo, você é o amor da minha vida, você é meu nenê...

- sou Camila.- Ela sorriu e se levantou.

Lauren:- Prazer Camila! - Beijou minha bochecha. 

SHUAHSAJIDHAUIFHAK DABSF

DHUIASGFUIASGFASJKFH

PORRA 

JHDASUIDHASHDAS

TO BEM NÃO.

Me desequilibrei quase caindo, ela tocou meu ombro rapidamente e eu então coloquei minhas mãos sobre sua carteira ( Mesa, eu não vou assaltar ela não galero ) pra me equilibrar.

Lauren:- Camila, você está bem mesmo? Quer uma água? 

EU NÃO TO BEM.

EU SÓ QUERO TE ABRAÇAR BEM FORTE. 

EU SÓ QUERO CHORAR POR QUE O AMOR DA MINHA VIDA TÁ NA MINHA FRENTE. 

- to bem sim. Foi só uma tontura, acontece quando eu levanto rápido a cabeça.- Ela não pareceu se convencer então eu sorri vendo que sim, ela se importava com os outros a sua volta. - Obrigada! - Disse sincera, eu quis dizer obrigada por tudo, cada lágrima, cada sorriso, cada vídeo, cada motivação, cada segundo apreciando ela, quis dizer obrigada por ter me dado sentido outra vez, mas ela entendeu como um simples obrigada sobre ter me segurado. 

Lauren:- Não tem de quê Camila! Está bem mesmo? - sorri

- Sim Lauren... me desculpe por isso.- Sorri amarelo e ela sorriu fofa.

Lauren:- Não esquenta. 

Xx:- LAUREN JAUREGUI! - Olhei pra porta e quase tive um treco ao ver Veronica Iglesias parada na porta. - Que demora meu! - Me olhou e sorriu. - Olá! - eu não conseguia falar, eu queria, porém a vontade de abraçar ela estava me sufocando. - Espera... Você não é a garota que desmaiou hoje de manhã?- Corei na hora. Porra Camila, só close errado mano...

- o...Oi... É sou eu sim.- Cocei a nuca num ato vergonhoso. 

Veronica:- Você está bem?- Sorri Assentindo. - Me chamo Veronica e você?- De novo, eu sei seu nome meu amor, e eu te amo muito! 

- Camila... Prazer Veronica!- Estendi a mão e ela me puxou pra um abraço. ASAUHDUASIFHA SOCORRO DEUUUUUUUS.

Veronica:- Pode me chamar de Vero, Mila. - JESUS MISERICORDIOSO, EU TENHO CERTEZA QUE EU VOU MORRER AGORA!

Lauren:- Ai Veronica, ela nem te deu intimidade.- Dei sim, me chama do que quiser, até você Lauren, se você quiser já me chamar de esposa eu agradeço! 

Vero:- Vamos ser boas amigas né Mila? - AMIGAS? ISSO! MEU DEUS DO CÉU.

- Claro!- Sorri largo. Camila se contenha, chama elas pra passarem o intervalo com vocês, seja legal, não seja estranha. - Gostariam de... Passar o intervalo comigo e umas amigas? - CONSEGUI PORRA. CHUPA MUNDO.

Lauren:- Não queremos atra...

Vero:- Claro! - Sorri e Lauren deu um tapa no braço de Veronica.

Lauren:- Vero! - A repreendeu. - Não... Não queremos atrapalhar Camila! 

- Vocês não vão, Vamos?- Eu estava nervosa, estava prestes a surtar.

Elas assentiram e enquanto caminhávamos até o refeitório Veronica ia me fazendo perguntas sobre a escola, onde ficavam as coisas e perguntas sobre mim.

Imagina você ser super hiper mega fã de alguém e esse alguém muda pra sua cidade, pra sua escola e ainda caí na sua sala, Olha é pra morrer do cu.

- Aqui. - Chegamos e eu apontei pras meninas que me olhavam espantadas e sorrindo.- Essas são Ally.- Indiquei a baixinha sorrindo e acenando. - Dinah.- Apontei pra Girafa que eu chamo de Chechee. - E está é Normani!- Apontei pra minha Deusa vulgo Normani Kordei, Não digam isso a ela, porque se não ela vai começar a se achar.  - Gente essas daqui são Lauren E Veronica.- As meninas sorriram sínicas como quem dizem, a gente sabe quem são elas, você não para de falar nelas! 

Dinah:- Senta ai gente, não mordemos, mas se quiserem a Mila morde.- Arregalei os olhos vendo todas rirem e pisei no pé de Dinah que fez careta. - só verdades! - Lhe mostrei o dedo.

- Não liguem pra essa imbecil. Sentem- se.- Elas o fizeram e eu sorri. 

Ally:- Prazer meninas! - Elas se cumprimentaram e eu deitei minha cabeça no ombro de Dinah, que começou a mexer nos meus cabelos. 

Olhei ao redor e muitas pessoas estavam nos olhando, aquilo estava me incomodando muito. 

Vero:- A gente já tinha se falado né, bem de manhã, quando a Mila desmaiou. 

Normani Riu provavelmente se lembrando do meu pequeno surto.

Mani:- É... A MILA - Frisou o mila olhando pra mim e levantando as sobrancelhas.- Adora pagar micão.

Vero:- Mas... por que você desmaiou Mila? - Dinah sorria e eu me desencostei dela. 

- Eu... Er... Não estava me sentindo bem de manhã.- disse a mesma coisa que tinha dito pra Lauren na sala.

Vero:- A sim...- Me olhou desconfiada e eu abaixei o olhar. Droga. 

Ally:- Mas então, vocês não vão comer? - perguntou quebrando o clima estranho que estava. 

Lauren:- Eu to faminta, Vamos comer sim? - Perguntou pra Vero que logo se levantou. 

Vero:- A gente já volta ok? - Assentimos. - Você não vai comer Mila?- Olhei o prato de Dinah e me levantei vendo que era macarronada. 

- Claro.- Eu estava morta de fome. 

Fomos pegar nossas comidas e logo voltamos pra mesa. 

Lauren:- Mas então... Alguém aqui namora?- perguntou

- Eu sou casada! - Disse e eu juro que vi ela fazer uma cara triste, mas logo ela voltou pra expressão normal. - Mas a pessoa ainda não sabe. - Ri. Olhando pra minha esposa.

Dinah:- Eu não.

Ally:- Nem eu.

Mani:- Muito menos eu.

- E vocês, namoram? - perguntei já sabendo a resposta.

Lauren:- Eu não! - sorri. 

Vero:- Eu não, mas admito que tem uma garota mexendo comigo. - Lauren arregalou os olhos e eu também, Vero não era de se apegar, era baladeira e ficava com geral. 

Lauren:- Quem é a bruxa? 

Vero:- Não fala assim dela.- Vero disse seria. - É aquela ali.- Fez um gesto com a cabeça e nós olhamos pra trás, a de cinza. 

- Lucía Vives Gómez?- Perguntei espantada, olhando pra Vero

Vero:- Então esse é o nome dela?- Disse sorrindo. 

Ally:- Você tá gostando da Lucy? 

Vero:- Não é gostando, é admirando...

Dinah:- Chancho, chama ela pra vir sentar aqui.- Sorriu diabólica. 

Vero:- O que? NÃO... Pelo amor de Deus não.- Ri e me levantei. 

- Vocês aproveitam e se conhecem. - Veronica me olhou desesperada e eu ri.

Andei até a doce garota sentada sozinha num dos bancos e lendo, me sentei ao seu lado e ela me olhou sorrindo. 

Lucy:- Mila!!! - Abracei a garota. 

- Oi Lu, tudo bem?- Ela sorriu assentindo. 

Lucy:- E você Mila, ta bém? - fechou o livro, marcando a página antes. 

- Estou ótima Lucy. - Ela olhou pra minha mesa e sorriu vendo as garotas. 

Lucy:- Não acredito que você conheceu sua ídola viado, como foi? ela é legal? e a amiga dela? como você agiu?- Fiz uma cara safada. 

- Amiga dela Lucia... - Ela riu - Você está afim daquele pedaço de mal caminho chamado Veronica Iglesias? - Seu rosto ruborizou rapidamente e eu gargalhei. 

Lucy:- Você é idiota Karla... Mas ela é bem bonita né? A gente tá na mesma sala... -Mordeu o lábio inferior.

- Não acredito Lucy! Mas olha, que tal você ir lá com a gente? Ai Vocês se conhecem, até por que eu não sei por que você insiste em ficar aqui sozinha. - Revirei os olhos. 

Lucy:- Não, eu quero que você me conte como foi conhecer sua ídola.- Ri.

- Foi trágico, eu me tremi toda, gaguejei, desmaiei, e quase borrei as calças. - Lucy arregalou os olhos. 

Lucy:- Então você é a menina que todo mundo ta falando? - Fiz biquinho. 

- Que droga mano! 

Lucy:- Micão em  Karla... micão! - Rimos.

- Ela não sabe que é minha ídola, eu não vou contar, vou conquistar ela primeiro. 

Lucy:- Como assim meu? Você ainda ta nessa ideia de conquistar ela? Puta merda Camila! - Rimos e eu me levantei.

- Vamos falar com a futura senhora Vives.- Lucy negou.- Qual é Lucia, Vamos... - Revirou os olhos. 

Lucy:- só vou porque ela é muito bonita. - Rimos e ela levantou pegando seu livro e seguindo até a mesa comigo. 

Nos sentamos uma do lado da outra e eu sorri pra Veronica que estava ruborizada. 

- Veronica, Lauren Essa é a Lucia ou Lucy, como preferir, Lucy essa é Veronica e Lauren.- Apresentei elas devidamente. 

Lucy:- Prazer Meninas. 

Vero:- Prazer só na cama, satis... AI - Reclamou assim que Lauren deu uma cotovelada nela.

Lauren:- Desculpe por isso, Ela é idiota assim mesmo, Prazer Lucy, Me chamo Lauren.- Lauren sorriu.

Lucy:- Relaxa.- Riu 

Vero:- Prazer Lucy, sou a idiota.- Disse envergonhada. 

Dinah:- Que linda ela fica com vergonha. - Provocou e Vero lhe mostrou o dedo

E assim passou o intervalo, ficamos conversando e depois seguimos pra aula, Lauren sentou no seu lugar, e durante as aulas eu a olhava e suspirava como a bela trouxa apaixonada que eu sou.

Chegando em casa eu surtei.

- DEUS DO CÉU VAI SE FODER PORRA EU CONHECI MINHA ÍDOLA. SINU- Chamei minha mãe assim que coloquei o pé pra dentro de casa, Corri pra cozinha e abracei a mulher que estava cozinhando. 

Mama:- Que que é em Camila? 

- EU CONHECI A LAUREN, CHUPAAAAAAAAAAAAAAAAA.- ela me olhou estranho. 

Mama:- Vou chupar seu pai assim que ele chegar. - Fiz cara de nojo, eu queria vomitar. 

- Você é nojenta, eu não preciso saber das perversidades que a senhora faz com o Papa, Pelo amor de Deus mãe. 

Subi pro meu quarto e comecei a beijar os pôsters de Lauren.

- EU TE AMO PRA CARALHO, E VOCÊ QUASE ME MATOU HOJE MEU AMOR, COMO VOCÊ PODE?? SOU CARDÍACA LAUREN! HOJE FOI O MELHOR DIA DA MINHA VIDA, QUERIA AGRADECER NÃO SÓ A DEUS COMO TAMBÉM A CLARA E MICHAEL JAUREGUI POR NÃO TEREM USADO CAMISINHA. AMÉM. 


 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...