História Youtubers em dollhouse - Capítulo 12


Escrita por: ~ e ~Nychollas

Postado
Categorias Aruan Felix, Bianca Tatto Marques (BIBI), Bruna Louise (Desbocada), Christian Figueiredo, Depois das Onze, Felipe Castanhari, Felipe Neto, Flavia Pavanelli, Gabriela "Gabbie" Fadel, Gustavo Stockler (Nomegusta), Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lucas Lira (Invento na Hora), Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?), Malena "Malena0202" Nunes, Patricia "Pathy" dos Reis, Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, Taciele Alcolea
Personagens Aruan Felix, BIBI Tatto, Bruna Louise, Christian Figueiredo, Daniel Mologni, Felipe Castanhari, Felipe Neto, Flavia Pavanelli, Gabie Fernandes, Gabriela "Gabbie" Fadel, Gustavo Stockler, Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Lucas "LubaTV", Lucas Lira, Lucas Olioti, Lukas Marques, Malena0202, Patricia "Pathy" dos Reis, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Taciele Alcolea, Thalita Meneghim
Tags Youtubers
Visualizações 68
Palavras 2.812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie, mais um capítulo para vocês, disse que só ia postar no sábado mas eu estou com tempo para escrever então postei hoje

Nesse capítulo vai ter vários mistérios....

Capítulo 12 - A Louca, O "Monstro", e o Sonhador


Fanfic / Fanfiction Youtubers em dollhouse - Capítulo 12 - A Louca, O "Monstro", e o Sonhador

Todos estavam não sala esperando o resultado da votação, Malena, T3ddy e Christian não paravam de balançar a perna de tão nervosos.

- Sequestradora - Bom, já tenho os resultados aqui comigo...... Parabéns a vocês três, deram sorte, Cellbit foi o escolhido.

- Luba - Mas como assim?

- Sequestradora - Vejo que alguém não ficou feliz com o resultado....

- Luba - Não, não é isso, e as coisas que aconteceram com ele? Vai ficar por isso mesmo?

- Sequestradora - Bem.... Isso já não é da conta de vocês. Agora aproveitem o dia de folga.

- Aruan - Eu vou aproveitar muito mesmo, vou dormir.

- Rezende - E-eu também vou dormir.

- Malena - Quando eu vou poder comer de novo, tô morrendo de fome!

- Sequestradora - Vai comer quando eu dizer que pode. Espere mais um dia.

- Malena - Mais um, Já tô a 2 dias sem comer.

Ela desliga o microfone e deixa Malena falando sozinha.

~ POV CELLBIT ~

Ele acordou numa sala meio escura, com uma luz fraca, sem conseguir sentir seu corpo.

- Cellbit - Onde eu tô, por que não consigo me mexer?

- Eduardo - Vejam só quem acordou

Eduardo chega para Cellbit com um super sorriso no rosto.

- Cellbit - Onde, onde eu tô?

- Eduardo - Shii, você não precisa se preocupar com isso. Vamos fazer alguns experimentos com você para descobrir o que acontece com você.

- Cellbit - Sem a minha autorização?

- CeCe - Nós não precisamos da sua autorização, você já vai estar morto depois que terminarmos os experimentos.

- Cellbit - Quem é você?

- CeCe - Você não precisa saber. Agora vocês 3 ai tragam os instrumentos para eu começar.

- Cellbit - Quem é aquele atirado lá no canto?

- CeCe - Não interessa, apenas cale a boca.

Cellbit sem poder fazer nada fica esperando os 4 fazerem os experimentos. Depois de muito tempo ele percebe que seus olhos começam a pesar e sente alguém o chamando.

/Quem está aí?/

/Sou eu/

/Eu quem?/

/O homem que te enfeitiçou/

/O que você quer? Você praticamente destruiu minha vida/

/Eu posso te recriar/

/O que, como assim?/

/Eu posso mandar seu espírito ir para outro corpo/

/Então quer dizer que eu ainda vou estar vivo?/

/Sim idiota/

/Como funciona isso/

/Eu já tenho o corpo que vou mandar o seu espírito ir, agora só preciso saber se você vai cumprir o trato de pegar o livro de feitiços/

/Bem eu posso tentar, mas não sei se consigo, ele escondeu o livro/

/Ok eu vou fazer o procedimento e daqui alguns minutos você estará aqui comigo, só mais uma coisa, NÃO MORRA/

Depois disso Cellbit acorda e percebe que os 4 não estão mais ali fazendo os experimentos.

- CeCe - Com que você estava falando?

- Cellbit - O que? Com ninguém.

- CeCe - Não se faça de sonso, eu sei que alguém entrou na sua mente, os experimentos mostram isso, só não conseguimos ouvir a conversa, você não vai estar vivo até ele conseguir fazer alguma coisa, e o livro do Charles você nunca irá achar.

- Cellbit - ME SOLTA, ME SOLTA AGORA SE NÃO....

- CeCe - SE NÃO O QUE? VOCÊ É FRACO NÃO VAI CONSEGUIR SOBREVIVER NEM SE VOLTAR PRA LÁ DE NOVO, TODOS TE ODEIAM, VOCÊ MATOU UMA PESSOA BOA APENAS PARA SALVAR SUA VIDA.

- Cellbit - Espera.... Tá dizendo que você é a.....

- CeCe - Sim sou eu mesma, a pessoa que mantém vocês presos aqui todo esse tempo. Sabe acho que vou fazer uma coisa melhor do que mata-lo

- Cellbit - O que você vai fazer?

- CeCe - Vou transformá-lo num Wendigo - CeCe dá um sorriso sarcástico.

- Cellbit - Não, eu vou sair desse corpo e você nunca saberá onde eu vou estar.

- CeCe - Só para você saber, não tem como você sair desse corpo, seu espírito está amaldiçoado e trancado nesse corpo pra sempre, e sabe quem fez isso? Charles!

- Cellbit - Por que ele faria isso ? Ele é do bem.

- CeCe - Ele nos fez um favor, agora espere aqui... Hahaha é mesmo você não tem como sair.

Cellbit fica se mexendo na mesa para tentar se soltar, sem sucesso ele resolve gritar o mais alto que consegue.

- ??? - Ninguém vai conseguir ouvir você daqui.

- Cellbit - Quem é?

- ??? - Você já me conhece, vou dispensar apresentações, agora adeus eles não podem me ver aqui.

- CeCe - Quem estava aqui?

- Cellbit - Não sei....

- CeCe - Esqueça, agora coma isso.

- Cellbit - O que é isso?

- CeCe - Carne assada, não posso fazer o experimento com você de barriga vazia.

- Cellbit - Eu não vou comer isso.

- CeCe - Coms ou eu enfio isso na sua garganta.

Cellbit dá uma mordida no grande bife e espera CeCe falar alguma coisa.

- Cellbit - E agora?

- CeCe - É só espera uns 5 dias e você estará na transformação completa, agora eu vou embora e daqui 5 dias mando te soltarem.

Antes de sair CeCe deixa uma marca na pele de Cellbit para ela saber qual wendigo ele seria.

- Cellbit - NÃO, TIRA ISSO DE DENTRO DE MIM, EU NÃO QUERO VIRAR AQUILO, POR FAVOR.

- CeCe - Foda-se o que você quer, isso é a consequência de seus atos.

~ POV DANIEL ~

- Sequestradora - Ótima notícia para vocês, Cellbit não está morto, ele só vai ficar "diferente".

- Lukas - Notícia boa só se for pra você.

- Daniel - Para Lukas, esquece isso...

- Lukas - Eu não acredito que meu melhor amigo tá apoiando o cara que matou a menina que eu gostava.

- Daniel - VOCÊ VAI MORRER AQUI, TODOS NÓS VAMOS MORRER AQUI, NÃO TEM SENTIDO NÓS NOS APEGARMOS A ALGUÉM.

- Lukas - Beleza Daniel, você acaba de perder um amigo.

- Daniel - Para de ser criança Lukas, volta aqui e conversa igual gente grande.

Lukas não escuta Daniel e sobe para seu quarto. Thalita e Gabie chegam na sala e se sentam na frente de Daniel.

- Daniel - Vocês não ficam triste com o fato que vocês podem se separar?

- Gabie - Como assim migo não tô entendendo?

- Daniel - Nós estamos num lugar onde alguém pode morrer a qualquer momento.

- Thalita - Nós sabemos, estamos tristes sim, mas nós sempre vamos estar juntas e passamos ótimos momentos juntos.

- Daniel - Queria que o Lukas pensasse do mesmo jeito....

- Gabie - Vocês brigaram?

- Daniel - Vocês não ouviram a nossa discussão?

- Thalita - Não, só vimos ele entrando no quarto com cara de bravo.

- Daniel - Eu preciso dar um jeito nisso, achar alguma coisa que tire esse campo de força da volta da casa.

- Thalita - Perai, você quer descer lá embaixo sozinho e tentar salvar a gente?

- Daniel - Sim, assim eu não preciso arriscar a vida de ninguém, se eu conseguir achar alguma coisa vou estar salvando mais vidas do que tirando.

- Gabie - Nossa que profundo... Quando você pensa em fazer isso?

- Daniel - Hoje a noite...

Daniel espera Gabie e Thalita saírem da sala para ele entrar na passagem.

_ Eu vou achar alguma coisa aqui e vou salvar todo mundo_

~ POV FLÁVIA

Flávia estava deitada pensando em que iria fazer se saísse dali viva.

_ Será que eu escrevo um livro contando o que aconteceu aqui, ou melhor eu saio pelo mundo contando todo o sofrimento que tivemos aqui _

- Taciele - No que você tá pensando aí?

- Flávia - Em nada, só bobagem minha.

- Taciele - Huuum.

Flávia fecha os olhos para dar uma descansada, mas logo acorda e percebe que não tem ninguém no quarto.

_ Onde será que tá a Taciele _

Flávia desce para o primeiro andar da casa e percebe que não tem ninguém na casa. Parecia que todos tinham ido embora e deixaram ela ali, tudo estava tão empoeirado bagunçado parecia que tinha acontecido um massacre ali dentro.

- Flávia - Tem alguém aí? Bruna? Taci? Chris?

- ??? - Ninguém está vivo!!

- Flávia - Quem disse isso?

- ??? - HAHAHAHAHA, SUA INÚTIL.

- Flávia - VOCÊ DE NOVO NÃO, SAI DAQUI.

- Dani - Eu vou te atormentar até você morrer.

- Flávia - É, pois eu não vou morrer, vou sair daqui viva eu vou agradecer por terem escolhido você para morrer.

- Dani - Hum, convencida, você vai morrer e vai queimar no inferno.

- Flávia - Cadê meus amigos?

- Dani - É tão inútil que não sabe nem que isso é um sonho.

- Flávia - Como você faz isso, entra nos meus sonhos, na minha cabeça, por que não me deixa em paz?

- Dani - Você não vai estar em paz nem quando morrer, aproveite enquanto está viva.

Depois dessas palavras Flávia acorda em desespero, Taciele que estava na outra cama lendo um livro viu a expressão no rosto de Flávia e foi consola-lá.

- Taciele - O que foi, por que está tão nervosa?

- Flávia - Eu preciso sair daqui, não posso ficar mais nem um minuto aqui.

- Taciele - Calma Flávia, você tá muito nervosa, me conta o que aconteceu.

- Flávia - ELA TA AQUI, ME TIRA DAQUI.

Taciele encarou Flávia por alguns segundos.

- Flávia - PÔR QUE VOCÊ TA ME OLHANDO ASSIM?

- Taciele - Você tá louca?

Flávia deu um tapa em Taciele e logo após o tapa saiu do quarto correndo. Kéfera que estava no quarto ao lado ouvi a gritaria e foi ver o que aconteceu.

- Kéfera - Que gritaria é essa meu Deus?

- Taciele - A Flávia tá louca, ela tava falando que alguém tava aqui, ela acordou nervosa e ainda por cima me deu um tapa.

- Kéfera - Não podemos tomar conclusões precipitadas, ela pode tá com algum problema.

- Taciele - Então vamos ver.

Quando Kéfera e Taciele desceram viram Flávia tirando a roupa na frente de Christian e fazendo um strip tease.

- Taciele - Flávia! O QUE TA ACONTECENDO COM VOCÊ?

- Flávia - Sua desgraçada eu vou quebrar sua cara.

Christian levanta do sofá e agarra Flávia antes que ela suba em Taciele. Ninguém sabia mas Flávia estava vendo Dani Russo no lugar da Taciele.

- Flávia - ME SOLTA, EU QUERO MATAR ELA DE VEZ!

- Kéfera - Flávia, você precisa contar pra gente o que tá acontecendo.

- Flávia - VOCÊS NÃO ESTÃO VENDO ELA BEM NA FRENTE DE VOCÊS?

- Christian - Vendo o que?

- Flávia - A DANI RUSSO, ELA TA BEM AI.

- Taciele - Perai, eu?

- Flávia - Não se faça de sonsa, agora que eles podem ver você eles vão te tirar daqui.

- Christian - Flávia, essa que tá na sua frente é a Taciele, você deve tá alucinando.

- Flávia - Até você Christian, a pessoa que eu mais confio, se eu tô dizendo que tô vendo uma morta na minha frente é por que eu tô vendo.

- Sequestradora - O que está acontecendo aí?

- Taciele - A Flávia tá vendo a Dani Russo em mim.

- Sequestradora - Huuum.... Isso é o caso de um psicólogo, o que nós não temos! Então resolvam isso com ela, se eu ver que a situação tá piorando vocês matam ela.

- Kéfera - Mas por que isso tá acontecendo com ela?

- Sequestradora - Ela ainda não superou a morte da sua companheira ou ela se sente culpada pela morte dela.

- Flávia - PARA! EU NAO CONSIGO MAIS, PARA!

Flávia sai correndo para o segundo andar quando ela sobe as escadas encara o pessoal da casa e se atira.

- (T), (C), (K) - FLÁVIA!!!!!

- Sequestradora - Está ficando cada vez melhor ver vocês enlouquecendo nessa casa.

- Christian - Chamem ajuda, ela pode tá morrendo.

Taciele foi na cozinha onde estava Cecília, Eduardo e Emanuelle.

- Taciele - Por favor nós precisamos de ajuda, nossa amiga se jogou da escada.

- Cecília - Meu Deus que gente louca, já é o segundo que cai da escada, parece até que são vesgo.

Eduardo era o único que podia ajudar já que Charles estava desaparecido, ele chegou na sala e pediu ajuda para levarem ela com cuidado até o sofá.

- Eduardo - Foi uma queda bem feia, ela quebrou alguns ossos, mas vai ficar bem, cuidem para ela não ter mais um desses surtos, muitas pessoas chegaram a se matar aqui dentro por causa desses surtos.

- Lira - Espera, mais gente veio pra cá?

- Eduardo - Falei demais.... Tchau.

- Christian - Explica melhor essa história.

- Eduardo - Vocês não foram os únicos que vieram pra cá. Atores e outras pessoas já vieram pra cá.

- Kéfera - Meu Deus! - diz Kéfera com a mão no rosto.

- Eduardo - Agora eu vou embora Tchauzinho.

Depois de todos saberem isso ficaram mais pasmos ainda, isso explicava o desaparecimento de várias pessoas e atores.

~ POV REZENDE ~

Rezende combinou com Aruan de que iriam dormir o dia todo mas Rezende não conseguiu dormir nenhum um segundo, com a gritaria de Flávia e com a preocupação de ter mais um daqueles sonhos. Minutos e minutos se passam e Rezende ainda não tinha conseguido dormir então, ele resolveu ir para a cozinha onde encontra Felipe.

- Felipe - Tá fazendo o quê acordado? Não ia dormir o dia todo?

- Rezende - É, bom não tô conseguindo, com toda essa gritaria.

- Felipe - Fecha a porta do quarto e se cobre até a cabeça.

- Rezende - É pode ser.

- Felipe - Conta agora.

- Rezende - Contar o que?

- Felipe - Eu sei que você tá escondendo alguma coisa.

- Rezende - Não, não tô escondendo nada.

- Felipe - Tá sim, e eu vou descobrir.

- Rezende - Descobrir o que se não tô escondendo nada velho.

Felipe sai da cozinha e deixa Rezende sozinha na cozinha. Depois de fazer um lanche Rezende ficou pensando no que ia fazer para Felipe não descobrir seu segredo.

_ O que será que eu posso fazer? Eu acho que eu deveria inventar alguma coisa _

Rezende pensou e pensou até chegar a conclusão de que iria falar para o Felipe que estava gostando de Aruan, ele sabia que ia se meter em confusão, mas resolveu correr o risco.

Rezende sobe as escadas para ir em direção ao quarto quando Felipe interrompe sua passagem para o quarto.

- Felipe - Você não vai me contar mesmo?

- Rezende - Ta, eu conto, mas você promete que guarda segredo?

- Felipe - Prometo.

- Rezende - Eu.... Eu.... Gosto.....

- Felipe - FALA CACETE.

- Rezende - Eu gosto do..... Ar..uan.

- Felipe - O QUÊ? CARALHO QUE MAL GOSTO PUTA QUE PARIU KKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

- Rezende - Da pra falar baixo por favor?

- Felipe - Huuuuuum e por isso que você não quer ir pro quarto, por que não quer ter uma noite de amores com ele hoje é?

Rezende ignora as piadas de Felipe e entra no quarto e se deita novamente, como ele estava de barriga cheia presumiu que não iria ter sonhos, mas ele estava errado. Rezende se virou para o lado encarou a parede por alguns minutos e adormeceu.

_ O que.... Onde eu t....A não um sonho de novo não _

Rezende se levantou da cama quando percebeu que estava em um sonho novamente, ele desceu e foi procurar pelo outros, mas percebeu que não tinha ninguém na casa, a casa estava empoeirada e parecia que fizeram uma chacina ali dentro (exatamente igual ao sonho da Flávia), Rezende começou a escutar passos no andar de cima ele resolveu correr para ver o que era.

- Rezende - Tem alguém aqui?

- ??? - Desce aqui Rezendinho....

Rezende desceu rapidamente e percebeu 6 pessoas que ainda estavam vivas e 5 que morreram.

As 6 pessoas vivas que Rezende viu eram Aruan, Thalita, Daniel, Felipe, Gabbie e Lira. Os outros 5 morto que ele viu eram Pyong, Pathy, Lucas, Dani e Cocielo.

- Rezende - O que vocês estão fazendo aqui.

- Todos - Você é o próximo.- Diziam apontando para Rezende.

Quando Rezende olhou para trás viu 3 pessoas, 2 dessas pessoas eram Flávia e Charles, A outra Rezende não conseguiu identificar mas era uma pessoa com uma capa e um capuz preto.

- Flávia - Você precisa vir comigo.

Após Flávia falar isso os outros 11 que estavam na sala subiram em Rezende, fazendo ele acordar desesperado.

_ Será que eu vou ser o próximo a morrer? _

- Aruan - Nossa cara, não sabia que podia dormir por um dia inteiro.

- Rezende - O que? Por quanto tempo eu tô dormindo?

- Aruan - Desde ontem.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

- Sequestradora - A prova vai atrasar um pouco porque preciso fazer algumas coisas, mas não se animem, a prova inda será feita hoje.

- Thalita - Amiga eu vou.

- Gabie - Não Thalita, você pode morrer.

- Thalita - Eu quero ir, e eu já decidi, se você for minha amiga me ajuda distraindo todo mundo.

- Gabie - Eu não quero que você se arrisque, se você morrer eu não sei o que eu faço....

- Thalita - Eu não vou morrer prometo.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

- Cellbit - SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO.........

- CeCe - Para de gritar infeliz, eles não podem te ouvir, eu vim aqui te entregar essa carne humana para você se alimentar, como está indo a transformação?

- Cellbit - Minhas unhas caíram, eu tô sentindo meus dedos ficarem maiores.....

- CeCe - Ótimo, falta apenas 3 dias para a transformação estar completa e aí........


Notas Finais


Quem é a pessoa misteriosa que visitou Cellbit?

Será que Rezende será o próximo morto?

Quem é a pessoa de capa é capuz preto no sonho de Rezende?

Para onde Charles foi?

Para onde Thalita quer ir?

Flávia vai ficar louca para sempre?

Descubram nos próximos capítulos.....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...