História Yozora wo Mitsumeru - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Bakugo Katsuki
Tags Bakugo Katsuki, Bakugou Katsuki, Drama, Romance
Visualizações 26
Palavras 1.073
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Noite de chuva - Parte 1



Passei dois anos com o nome Shiyori na minha cabeça. Foi uma conversa estranha de o que?! Uns vinte minutos?! Porque essa guria continua na minha cabeça!? Isso é ridículo!! Eu conversei com ela por menos de meia hora! Porque aquela garota ficou colada na minha cabeça?! Ela nem era tão bonita assim!! Fala sério... Não... Ela não era bonita... Era... Era linda... Linda demais... Droga... Droga! Não consigo tirar ela da minha cabeça...
É um dia de chuva extremamente forte, parece até que está chovendo canivete... Está frio e ventando... Ainda nem me levantei... É o tempo perfeito pra ficar em casa... Mas...
-KATSUKI ACORDA!!-minha mãe gritou DA COZINHA.
Não queria sair de casa, porraaa!! Eu não quero ir no colégio... Não quero, não quero, não quero! Eu me tapei mais ainda... Minha mãe fez o que? ARROMBOU A PORRA DA PORTA!
-Levanta dessa merda de cama agora!!-ela falou arrancando minhas cobertas.
-Eu não quero ir mãe!! Tá frio, tá chuvendo e tá ventando!!
-Isso nunca ME impediu de ir pro colégio! E olha que...
Aai!! Já vai começar a merda do sermão! "Na minha época era assim, assim, assim!!" Que pé no saco essa mulher!! Ela não se cansa de encher minha paciência não!?
-OK MÃE!!-gritei já de saco cheio e indo ver minha toalha.
-Afe, é só uma chuvinha, não precisa fazer um drama desses por causa de uma chuva.
-Não é você que vai sair na chuva!
-É rapidinho.
-RAPIDINHO O CARAMBA! A rua do colégio deve até de tá alagada!
-...
Minha mãe foi pra janela e olhou pra rua. Ela ficou quase que uns dez segundos só olhando a janela. Aí ela me olhou e suspirou.
-Ok, pode faltar a aula.
-Mesmo!?
-Mesmo, mas não se acostume com essa moleza, hein!
-Eu te amo mãe!!-e eu abracei ela feliz da vida, ela não costuma ser de ser boazinha comigo a esse ponto! Meu dia começou que era uma maravilha!
-Não senti que foi sincero isso aí. -ela falu cética.
Ah... Pude ficar em casa na minha cama quentinha... E o melhor é que hoje nem ia ter nada de especial, mesmo no curso de heróis. Ia ser o último dia de entregar um trabalho que entreguei anteontem. OBRIGADA trabalho fácil de fazer que fiz de uma vez por ser um saco! Lá pelas dez da manhã, meus pais saíram de casa por terem combinado de irem numa tia minha, me convidaram pra ir, mas recusei. E minha mãe soltou a patada...
-Se eu voltar e encontrar você pelado com uma garota no seu quarto, você tá fodido, viu!?
Como se eu sequer tivesse namorada pra isso. Eu concordei em não fazer isso, mesmo sabendo que era uma idiotice. Fiquei jogando até umas onze e meia quando senti fome. Fiz o óbvio, né? Fui lá na cozinha e fiz algo pra comer. Até aí tudo bem, mas... Fiquei com uma estranha vontade de olhar pela janela... Quando olhei, notei que a chuva enfraqueceu bastante e que não ventava... E aí eu... E-eu vi Shiyori!
-Shiyori?...-me perguntei olhando-a...
Era igual à ela. Cabelos longos e brancos, olhos vermelhos... Roupas loli, pele de porcelana... Ela parou no meio da rua e fitou o céu. Ela sorriu... Eu corei ao ver aqueles lábios lembrando uma lua minguente... Linda demais... Eu corri pra porta, coloquei os sapatos, peguei um guarda-chuva e corri até a calçada logo em frente à minha casa. Fiquei ao lado dela... Ela fechou os olhos, respirou fundo e deu um longo suspiro expirando o ar...
-... Você... É a garota de dois anos atrás?
Ela enfim me olhou curiosa. O sorriso dela não estava lá quando ela me viu. Ao invés de um sorriso, ela me olhava surpresa de leve.
-Você é aquele que me salvou...-ela disse com a voz arrastada.
-É você mesma então...
-Obrigada de novo...-ela me deu um sorriso leve e tenro...
-Afinal que... O-o...-eu nem sabia o que falar pra ela... Ela apenas deu um riso leve e colocou o dedo indicador nos meus lábios... Sentir aquela pele lisa e delicada mais uma vez... Por alguma razão... Me deu uma sensação de serenidade...
-Você precisa se acalmar. O que quer me perguntar?
-Ahn... Primeiramente... Qual seu nome?
-Shiyori. Aragoto Shiyori.
-Shiyori... Eu sou Bakugo Katsuki...
-Prazer em revê-lo.
-... Não quer entrar?-eu apontei pra minha casa. -Tá frio e chovendo...
-Estou bem... A chuva e o frio não me incomodam.
-Mesmo assim entra... Vai acabar pegando um resfriado.
-Nunca peguei antes, duvido pegar um agora...-ela falou num tom meio irônico...
-Nunca se sabe. Entra só um pouco...-insisti... Nem sei porque eu tava fazendo isso.
Ela me olhou curiosa. Abriu um sorriso leve e assentiu com a cabeça. Nós entramos, eu coloquei o guarda chuva no porta guarda chuva e passei pela entrada... Mas ela ficou quieta. Aacho que ela não queria molhar o chão.
-Não tem problema se molhar o chão, eu seco depois.
-... Se você diz...
Ela tirou os sapatos e caminhou até mim... Ela escorregou com os sapatos, eu a segurei antes que caísse no chão. Ela era leve... Muito leve... Ela me olhava fascinada... Eu, por outro lado, estava completamente corado... Olhá-la dessa perspectiva me atiçava um impulso magnético... Mas me controlei e a coloquei devidamente equilibrada. Aí olhei pra mim... Fiquei ensopado, graças a ela.
-Nossa, você tá encharcada. Tem toalha limpa no banheiro, toma um bom banho e coloca alguma roupa seca.
-Não tenho roupa extra.
-Espero que não se importe, mas... V-você vai usar uma das minhas...-falei constrangido pra caramba por causa da face que ela fez.
-Uma das suas? Tudo bem... Porque está constrangido?
-Contr-!? DO QUE DIABOS VOCÊ TÁ FALANDO SUA LOLI GÓTICA?! EU NÃO TO CONSTRANGIDO PORCARIA NENHUMA!!
-Seu rosto está vermelho. Ficou com a voz mais suave ao falar comigo. -ela se aproximou de mim e colocou o... O-o ouvido dela encostado no meu peitoral... B-bem no lado esquerdo... -Seu coração está palpitante.
-VAI TE CATAR!!-eu afastei ela. -Apenas vai tomar a merda do banho!!-eu apontei pro banheiro.
Ela me olhou curiosa e apenas se virou e andou em direção ao banheiro... Eu subi e fui ver alguma roupa que ela poderia usar... Não achava nada que desse pra ela usar. Ela era mais baixa que eu, uns oito centímetros... Era bastante magrinha. Peguei uma camiseta cinza com uma caveira em chamas. Não era exatamente adequada pra uma loli, mas teria de servir.


Notas Finais


e então? que estão achando da personalidade da Shiyori?
E ai? Alguém shippa BakuShi ou... BakuAra? inventem ae um nome pro shipp q pra isso naum sou mt boa naum .-.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...