História Yu-gi-oh!: Fates Break - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yu-Gi-Oh!
Tags Yu-gi-oh!
Exibições 4
Palavras 761
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Escolar, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Shounen
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Depois de muito tempo ocupado eu finalmente vou retomar. Espero que gostem dess capítulo.

Capítulo 3 - Escuridão profunda


Minha última lembrança é apenas olhar para trás e acenar para minha família enquanto subia.

***

Enquanto caminhava pelo barco, tentava me lembrar sobre meu primeiro duelo, é incrível como o tempo passa, chega ser emocionante lembrar disso, infelizmente sou interrompido por uma garota correndo que esbarra em mim,fazendo com que caíamos no chão. 

-Ei! Não olha por onde anda? -diz ela me olhando furiosa enquanto se levantava.

-Mas foi você que esbarrou em mim!- respondo enquanto me levanto.

-Hum... certo, desculpe. Me chamo Violet Draconewto- diz levantando a mão. 

-Sou Munö. É um prazer conhecer-la. -respondo apertando sua mão.

-Você foi escolhido como Ruby, bem, eu fui escolhida como Saphire como pode ser visto pela minha roupa, espera, agora que eu reparei, você é o garoto que ficou em segundo lugar no exame de admissão- ela diz isso tudo quase que sem parar para respirar. 

-Eu não sabia que tinha ficado em segundo lugar. - digo, e eu quase esqueci, Violet tem cabelos da cor roxa e é quase um palmo menor que eu, seria engraçado a observar, se não fosse por seu olhos vermelhos como sangue.

-Sim, bem, você quer explorar o barco comigo? - diz corando .

-Sim, agora que você falou, quero saber quem ficou em primeiro lugar hahaha.

-Venha, sei onde ele pode estar.

Juntos então, Violet me leva à vários locais do barco, é realmente incrível, é como ganhar um super cruzeiro com tudo pago, há fliperamas, lanchonetes, lojas, mas sem dúvida a melhor parte é a arena de duelos no terceiro andar, há diversas marcações de espaço para duelar, no entanto o que me chama a atenção é o sistema antigo de duelos, uma cabine de cada lado, eu preciso ir nisso.

-É aquele garoto ali- diz Violet apontando para um garoto pálido e de cabelos negros, com um jaqueta como a minha, mas preta, e usando um cachecol branco.  - Ele se chama Kain. Olha só, ele acabou de derrotar aquele cara, minha vez, até depois.

-Até... - eu nem ao menos tive a chance de ver o duelo, foi tudo tão rápido. 

Então o duelo de Violet e Kain tem início. 

-Eu começo, coloco cinco cartas viradas para baixo e encerro meu turno.- diz Kain. 

-Minha vez. Compro. Quando não controlo monstros eu posso invocar Celestial Star- Soldier de nível 5, se meu oponente não controla monstros eu posso subir o nível desse monstros até o número de de magia e armadilhas que meu oponente controla, eu subo em dois, e então invoco por invocação normal  Celestial Star- Little Soldier, ativo seu efeito, destruindo-o eu posso tratar outro monstro como dois materias para um invocação Xyz, então eu sobreponho meu Celestial Star- Soldier de nível 7. Estrela brilhante que teu brilho transcenda o espaço-tempo e guia meu destino.  Venha!  Rank 7. Celestial Star- Cosmic Saint.

-Eu ativo minha armadilha, Dark Reset, eu devolvo seu monstro para o extra deck e invoco um monstro de mesmo Rank ou Nível ignorando sua condições de invocação, porém seu efeito é negado  e receberei seu ataque original como dano na próxima fase de espera. Eu invoco o rank 7, Dark Shadow- Abyss Caller. 

-Poxa... eu invoco outro Celestial Star- Soldier em posição de defesa e coloco duas viradas para baixo e ence...

-Não tão rápido!- interrompe Kain- Eu ativo minha armadilha. Dark Surge! Se houver um monstro de 3000 de ataque ou menos, com atributo trevas, eu posso inflingir a mesma quantidade de dano ao meu oponente. 

-AAAAH!- grita Violet, é estranho dar um grito assim, afinal o duelos não causam dano de verdade.

-Depois disso eu ativo outra armadilha!- diz abrindo um sorriso sádico.- Dark Discharge! Quando meu oponente recebe dano, eu posso causar o mesmo dano novamente, no entanto eu receberei o dobro. 

-AAAARGH!- grita Violet novamente, isso está muito estranho, só restam mais 2000 de vida para ela, apesar de ser o mesmo para ele.

-Agora vem o final!- diz Kain rindo com prazer. - Minha Última armadilha! Dark Pain! Se meu oponente e eu temos a mesma quantidade de vida, eu bano cinco cartas do meu deck e parar cada armadilha meu oponente recebe 500 de dano, então eu bano as 5 cartas, primeira carta, carta armadilha.. - cada cada carta descartada é um dor à Violet, o deck dele parece ser feito de armadilha apenas. - quinta carta, armadilha hahahaha. Você não me deu diversão nenhuma. Quem será o próximo?

-Eu! - grito e assumo o lugar de Violet .

-Eu espero que você seja melhor- diz me encarando com seus olhos negros. 

Então eu me preparo para o disco de duelo e ponho o D-gazer.

-DUELO!- gritamos juntos.


Notas Finais


Espero que tenha gostado deste capítulo, muito obrigado por ler até aqui.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...