História Yu-Gi-Oh! Zenith - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yu-Gi-Oh!
Exibições 33
Palavras 3.015
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Apesar de ser um enredo baseado no oficial Yu-Gi-Oh(Tendo até mesmo algumas partes do mangá/anime dentro da história), haverá trechos,personagens e etcs originais meus. Como o próprio deck do protagonista,sendo um archtype que eu mesmo criei. Portanto espero que não se espantem, peço que qualquer crítica construtiva que tiverem tratem comigo pessoalmente, estarei aberto a todos elas.

Capítulo 1 - Um raio de esperança:O Duelista dos olhos Violeta!


Cidade de Anty Domino City;uma cidade que era repleta de vida, pessoas de todo o mundo a categorizavam como "A Cidade dos Duelos".  Duelistas de todas as partes a tinham como a cidade dos sonhos. Hoje é uma das muitas "Phantom Citys", lugares onde foram tomados pelo exercito de Balgória, sendo submetidas as regras do Survival Carnibal,obrigando a todos da cidade a usarem os Duelos como moeda de troca. Cada duelo nessas cidades é apostado o Deck e o Duel Disk de cada um, aqueles que perderem são obrigados a entregarem seu orgulho e alma como um Duelista, incapacitados de sobreviverem na cidade. Por conta disso, para aqueles que perderam um Duelo numa Phantom City, fora criado um grupo de sobreviventes : Unlight Hope. Se refugiaram nos esgotos, furtando alimentos e outros meios de sobrevivência. Incapacitados de lutarem e até mesmo de viverem,quando um membro do Exército de Balgória encontra um membro da Unlight Hope, são forçados a iniciarem um Duelo. Como não possuem um Duel Disk ou um Deck,por conta do sistema de dano real da cidade;recebem a morte sem ter escolha alguma.

Cidade de Anty Domino City. As sirenes do local ecoavam;anunciavam algum fugitivo. A noite na cidade parecia estar mais agitada do que de costume(Pois afinal,era uma cidade fantasma). Os soldados do Exército de Balgória rodeavam os lugares,tinha uma quantidade deles antes nunca vista. Uma péssima noite para Echoes Shizuka,uma garota de dezenove anos, membro do grupo de refugiados "Unlight Hope", que teria ido à cidade procurar suprimentos.
              — Mas que droga é essa ?! Logo quando resolvo sair do esconderijo...-Desabafou a menina.
              — Não o deixem escapar!! Balgória-Sama irá nos matar se não captura-lo!! - Gritou um dos soldados do Exército.
A garota esperou os soldados se afastarem,esperando uma brecha para escapar. Saiu sorrateiramente das paredes que estava se escondendo,correndo para o beco que havia encontrado.
             — O que está acontecendo com a cidade? Nunca a vi tão agitada...Muito menos tantos soldados juntos assim. Ótimo,agora só preci- Antes de terminar sua frase,a garota se esbarra com uma pessoa caindo ao chão. Aparentava ser um homem,estaria com o rosto coberto por um capuz. No momento do choque o sujeito também iria ao chão,revelando seu rosto ao capuz fugir de seu rosto. Teria um cabelo de cor negra, com pontas amareladas. Seus olhos eram amarelo queimado,com um intenso brilho.
              — Tsc! Olhe para onde anda,menina! Estou fugindo de uns caras bem chatos! - Disse o garoto em um tom bravo.
              — Quem diabos é você? Quem você pen...Espera,FUGINDO ?! - Gritou a menina em um tom de espanto.
             — Caramba! Fique quieta,se não aqueles malditos do Balgória vão encontrar a gente! - Disse o tal,já tampando a boca da menina com as mãos.
               — Quem diabos é você...? - Perguntou Shizuka,retirando a mão do garoto sobre sua boca.
               — Me chamo Dragoniar  Yuki,prazer! Hé hé...
               — N-Não fale isso tão calmamente numa hora dessas! E-E bem,me chamo Echoes Shizuka. E espere;estava fugindo do que?
               — Êh...Isso é uma longa história...Apenas posso dizer que estou fugindo daqueles caras. E você? O que faz aqui essa hora?
               — Estou procurando algo para levar para o esconderijo. Espera;eu não deveria dizer isso para um desconhecido!
            — Não diga isso! Eu te disse meu nome,não foi? Somos amigos agora,hé hé! Me leve para o seu esconderijo,poderei ser de alguma ajuda.
             — Não é tão simples assim...O pessoal não vai gostar que eu leve mais um desconhecido para o dormitório...
            — Sério? Isso é uma pena... - Diria Yuki,tirando seus braços de sua capa, pondo-os em sua nuca, revelando seu Duel Disk no pulso esquerdo.
            — Espere! Você possui um Duel Disk?!? Não pode ser...Possui um deck também?
            — Claro! E um deck muito forte por sinal, Hé hé !
            — Quem é esse garoto? Ele ainda não perdeu nenhum duelo, ou será que ele vem de outra cidade ? - Pensou Shizuka.
            — Certo, irei te levar ao esconderijo. Mas saiba que se eu te levar, não poderá sair de lá, fará parte da família, entendeu?!
            — Sim, sim. Entendido! - Respondeu Yuki.
Shizuka decide levar o garoto ao esconderijo. Yuki a seguia fielmente até o local. Pararam em uma tampa de bueiro que aparentava estar fechada. Com o auxílio de uma válvula quase imperceptível ao lado da tampa, a garota conseguia abrir uma passagem. Descendo as escadas que teriam liberado, chegariam ao fundo do esgoto. Encontravam ali uma verdadeira sociedade, crianças correndo, adultos conversando, algumas tendas e camas improvisadas com materiais precários. As pessoas do local ao se depararem com um rosto novo logo se juntaram ao redor de Yuki, fazendo inúmeras perguntas à Shizuka.
          — Êh....! Shizuka! Você trouxe outro estranho para cá? O velhote vai ficar irritado de novo,há há! - Assim disseram algumas crianças próximas.
          — Shizuka-Chan! Quem é esse menino? Não ouviu o que o Odd-Inu-San disse da última vez? - Disseram alguns adultos.
          — Acalmem-se...Preciso falar com o Inu-San antes que-SHIZUKA!!!!! - A garota teria sua fala interrompida por um enorme grito. Todos se espantavam,direcionando os olhos à direção do grito,visando um  velho,com uma estatura menor a de um anão,com uma incrível cara de cachorro. Todos olhavam para ele o denunciando como o dono do vozerão.
          — O que pensa estar fazendo, trazendo outro estranho para cá, SHIZUKAAAAAA?! - Gritou mais uma vez,o velho com cara de cachorro.
          — Francamente...Espere uma explicação antes de sair gritando comigo! Esse menino poderá nos ajudar,veja,ele tem um Duel Disk! - Diria Shizuka, estendendo o braço de Yuki ao alto deixando seu Disco visível a todos. Espantados, todos olhavam para o aparelho inacraditados. Naquela realidade era quase impossível existir alguém que o possuia. Um pequeno sentimento de esperança pairava em todos.
          — Não pode ser... Onde achou este garoto? Como sabe que é de confiança ? - Perguntou o velho
         — Bem,ele disse querer ajudar. E disse estar fugindo do exército,então...
         — Fugindo ?!? Afinal,de onde você veio, filho?
         — Bem, eu venho do castelo de Balgória. E,prazer,me chamo Yuki.
Um silencio pairou sobre o local. Todos começaram a olharem entre si,pensando nas palavras do menino. Ao notarem a situação, exclamaram:
        — DO CASTELO ?!?!? - Gritou todos.
        — Sim,por que o espanto? Alias,por que vocês moram no esgoto? E o que aconteceu com a cidade ? Parece estar abandonada.
       — Você tem alguma relação com Balgória, garoto? O que fazia naquele castelo? - Perguntou o velho.
       — Relação? Não,não.Para falar a verdade nunca cheguei a vê-lo. E o que fazia lá? Bem, posso dizer que era um prisioneiro.
       — E como conseguiu fugir daquele inferno...?
       — Duelando,é claro. - Responderia Yuki,com uma incrível simplicidade.
       — ... Quem é você afinal...? Shizuka, essa pessoa...Talvez ela não possa...Seu irmão...
      — Não fale besteiras, vôvô! Para o meu irmão,já é impossível....- Disse Shizuka em um tom depressivo.Alias,Yuki, você não sabia da situação da cidade ? Por quanto tempo ficou preso?
      — Acho que treze anos. Nunca tinha ouvido ninguém falar nada a respeito disso. Esperava encontrar algo melhor quando fugi...Mas fazer o que,hé hé...

Após se apresentar, Yuki começou a se enturmar, principalmente com as crianças. Mostrava seu Disco e cartas para todos, onde o retribuíam com olhares encantados. Aqueles que o tratavam com antipatia, logo eram cativados pelo jeito do garoto, sendo cada vez mais aceito ali. O esgoto nunca esteve tão alegre e iluminado, parecia uma verdadeira festa. Algumas horas mais tarde, as crianças já teriam ido dormir, o movimento no local já teria cessado. Aproveitando o momento, o velho Odd-Inu resolve falar com Yuki.
           — Hé... Você é um maldito agitado, não é, garoto ? - Dizia o velho.
           — Hé hé...Vou tratar isso como um elogio, velhote.
         — Você foi com uma luz para esse lugar. As pessoas não possuíam mais esperança, as crianças não riam mais... Até mesmo a Shizuka, ela parece estar mais feliz com você aqui.
          — Ela parece ser uma menina interessante. Mas afinal, o que aconteceu com o irmão dela? Ela parecia muito triste quando citou nele.
           — ...Ele foi capturado pelo exército. Em toda grande cidade, Balgória implantou uma parte de seu império. Cada um com um castelo com um líder no comando. O líder de Anty Domino City é um maldito chamado de Maldor... Ele capturava todo duelista que era contra o império, e por o irmão dela ser um excelente duelista, não demorou muito para ele ser alvo dele. Mas ele não foi o único, muitos pais dessas crianças estão presos lá agora. Muito já perderam as esperanças de liberta-los... A Shizuka é um deles.
          — Hé...Então esse tal de Maldor é forte,certo? Então me diga, vôvô, aonde fica o castelo desse maldito?
          —  No centro da cidade, há grande castelo feito de cristais, o que é uma característica dos castelos de Balgória. Por que a pergunta?

Shizuka estaria em seu quarto, pensativa sobre o dia que teria passado, até que é surpreendida pelo Odd-Inu em frente à sua porta. Estava ofegante, parecia muito preocupado com algo. Começava a falar,mas por conta da falta de fôlego não conseguia soltar as palavras, parecia estar se recuperando de uma corrida. Criando fôlego e ,descansando alguns segundos; o velho grita :
        — O...O Yuki!!! Ele foi atrás de seu irmão no castelo de Maldor! Eu tentei impedi-lo mas...Rápido! Vá atrás dele, caso contrário ele será morto pelo exército!

Shizuka sairia do esconderijo as pressas, tentando ir de encontro do garoto. No caminho do castelo, a menina se deparava com inúmeros soldados caídos ao chão. Estavam todos muitos machucados, como se estivessem acabado de sair de um duelo. Chegando ao castelo, notava-se a porta arrombada. Novamente o cenário se repetia. O salão do castelo estava repletos de soldados caídos, haveria acontecido uma verdadeira chacina por ali. No centro do local estava Yuki, com o seu disco ligado e com cinco cartas em mão. Estava frente a frente com um sujeito sentado em uma trono de cristais; era Maldor! Tudo indicava que estavam prestes a iniciarem um duelo. Shizuka, sem se dar conta do que havia acontecido , corre até o encontro de Yuki.
          — O que faz aqui ?! O...O que você fez aqui ?!?
          — Ah, Shizuka , como vai? Eu descobri onde seu irmão está, hé hé... Ele está logo depois desse cara , na sala atrás do trono. Sabe, eu só preciso chutar a bunda dele e, você e as crianças voltarão a sorrir, não é? - Responderia ele, com um sorriso suave ao rosto.

A menina ficaria sem resposta, teria o rosto corado. Apenas observaria o desfecho, com esperanças nas palavras de Yuki. Maldor estaria sentado em seu trono. Teria um Disco feito por cristais azuis com pérolas vermelhas de bordas negras. Direcionava ao garoto um olhar imponente, que faria qualquer um tremer, no entanto, Yuki permaneceria calmo.
         — Ora, ora... Estavam todos loucos atrás de você, mas quem diria que você estava se escondendo com o lixo, "Imperador"-kun... - Dizia Maldor, direcionando as palavras para Yuki com uma risada macabra. No entanto, o garoto apenas ficaria em silencio, esperando os movimentos do oponente. Shizuka ficaria aflita, pensando em como Maldor teria nomeado Yuki. O duelo começava: ambos com 4.000 Life Points(L.P) e cinco cartas na mão. Quem começaria o duelo não teria o direito ao Draw(Puxar). O primeiro movimento seria de Maldor.
         — Mesmo se for para o Imperador-Kun não irei perder! Da minha mão ativo a Continuous Spell(Mágica Continua), Hazy Pillar! Com isso, posso invocar um monstro Hazy Flame com um custo de tributo a menos. Invoco da minha mão, Hazy Flame Peryton (Nível 6/ ATK:1600/DEF:1700)! Ativo seu efeito! Mando da minha mão ao cemitério um monstro tipo Fire e tributando esta carta: invoco dois Hazy Flame diretamente do meu deck. Invoco Hazy Flame Hydra (Nível 6/ ATK: 2300/DEF:200) e Hazy Flame Sphynx (Nível 6/ATK:1900/DEF:1900)!
        — Em seguida, ativo o efeito da Sphynx! Declaro um tipo de carta (Spell/Monster/Trap) e mando o topo do meu deck ao cemitério. Se a carta for do tipo declarado, posso invocar especialmente um monstro Fire da minha mão ou cemitério. Veremos de qual lado as cartas estão, Imperador-Kun! A carta que mandarei ao cemitério será...Tipo monstro! - Maldor checa o topo do seu Deck, se revelando uma carta mnostro: Amarylease.
       — Com isso, invoco especilamente de minha mão, Hazy Flame Mantikor(Nível 6/ATK:2200/DEF:300)! Sobreponho Hazy Flame Hydra, Hazy Flame Sphynx, Hazy Flame Mantikor em uma Overllay!! Transceda , Exceed(XYZ) Summon, Hazy Flame Basiltrice(Rank:6/ATK2500/DEF:1800)! Efeito do Hydra. Quando ele é usado como material Exceed, posso escolher um monstro Hazy Flame do meu cemitério e anexa-lo como um material Overllay. Com isso Basiltrice fica com quatro Overllays e, para cada Overllay que possui, ela ganha 200 a mais de ataque e defesa(ATK: 3300/DEF 2600)!
       — Como irá superar isso, Imperador-Kun? Basiltrice quando possui mais de quatro Overllays não pode ser alvo de efeito de cartas suas. Como irá lidar com isso, ahn, Imperador- Kun! Com isso termino meu turno.

Yuki estaria calmo. Olhava para Maldor com um certo desaponto. O garoto sentaria-se ao chão, cruzaria braços e pernas. Com um tom sarcástico perguntaria a Shizuka:
             — Ei, Shizuka, sério que seu irmão foi derrotado por esse cara? Eu esperava mais dele, justamente por ser seu irmão... Ele deve ser um cara bem fraco então...
              — O-O que está dizendo ?! Meu irmão é muito forte! Foi ele quem me ensinou a duelar, afinal... Ele não teve escolha, lutou contra todo o exército sozinho, acabou sendo preso...
               — Malditos... - Resmungou Maldor.
              —  Hé hé... Sendo assim, irei derrotar esse cara e irei levar todo mundo para casa novamente. Não se preocupe, porque agora...- Yuki se levantaria. Faria seu movimento de saque em uma intensidade absurda. A força do movimento faria uma ventania aparecer. Expressão do garoto mudaria, sua aura doce era mudada por uma imponente e séria pressão. Seus olhos amarelos mudavam de cor; se tornavam violetas com listras negras que pulsavam ao seu olho.
               —... É  o meu turno. - Terminou sua frase, porém com uma tonalidade diferente de antigamente. Teria uma voz mais séria, que emitia certa frieza.
              — De minha mão invoco Masked Dragon - Nest (Nível:4/ ATK:1400/DEF:500)! No momento em que esse monstro é invocado, posso invocar no meu campo duas Masked Dragon - Tokens(Nível:1/ ATK:0/DEF:0). Tributando uma das Tokens, invoco especialmente da minha mão Masked Dragon - Dragonicman(Nível:5/ATK:2100/DEF:1200). Enquanto estiver pelo menos uma Masked Dragon - Token em campo, posso subtrair 1 nível de um Masked Dragon(Masked Dragon - Dragonicman - 1 Nível/Nível:4) em campo e invocar especialmente da minha mão: Masked Dragon - Shaman(Nível:1/ ATK:0/DEF:0). Quando essa carta é invocada por esse meio, posso invocar especialmente um Masked Dragon da minha mão. Invoco, Masked Dragon - Scale's Mirror(Nível:4/ATK:1900/DEF:1200).
            — Tributando uma Masked Dragon - Token, ativo o efeito do Scale's Mirror! Escolho um Masked Dragon no campo e faço seu Nível se tornar quatro. Escolho Shaman( Nível 1 > 4). Sobreponho Masked Dragon - Shaman e Masked Dragon - Scale's Mirror em uma Overllay!! Venha, Exceed Monster, Empereor Dragon - Lariat (Rank: 4/ATK: 2500/DEF: 1800)! Ativo, da minha mão, a Spell Card The Dragon's Mask: para cada Masked Dragon em campo, posso invocar uma Masked Dragon - Token. Possuo três em campo, invocando duas delas! Tributando uma, ativo o efeito do Nest. Posso tratar ele como um Tuner Monster. Sincronizo Masked Dragon - Nest e Masked Dragon - Dragonicman em uma Synchro Summon! Venha, Synchro Monster: Empereor Dragon - Emerald(Nível: 8/ ATK 2700/DEF 2500)!
              — Desassocio um material do Lariat(Masked Dragon - Shaman) para ativar seu efeito: tributando cada Masked Dragon - Token no campo, diminuo o ataque de cada monstro adversário por 1000. Possuo uma no campo e, como não é um efeito por target, seu monstro irá sofrer esse efeito!
              — Maldito...(Hazy Flame Basiltrice: ATK:3300 > 2300)
           — A partir do meu cemitério, ativo o efeito do Shaman! Enquanto este monstro estiver em meu cemitério, posso bani-lo junto a outro(Masked Dragon - Nest) e utiliza-los como um material de fusão. Utilizando-os, invoco o Fusion Monster: Empereor Dragon - Yggna Root(Nível: 7/ ATK:2300/DEF:3000)! No momento em que este monstro é Fusion Summoned, posso invocar Masked Dragon - Tokens conforme ao número de materiais realizados; portanto invoco duas!
            — Batalha! Ataco Hazy Flame Basiltrice com Empereor Dragon - Emerald! Nesse momento, ativo seu efeito: enquanto este monstro batalha, tributando o máximo de Masked Dragon - Tokens forem possíveis, aumento o ataque desse monstro em mil! (Masked Dragon - Emerald: ATK 2700 > 4700)!
          — C-Como isso....- Resmungava Maldor, após sofrer os danos do ataque ficando com uma aparência completamente surrada( LP:4000/2400).
             —  Esse é o fim! Com o Lariat junto ao Yggna Root te ataco diretamente! - O ataque era surtido com sucesso! Maldor era pego pelo golpe se envolvendo em uma enorme explosão. Teria seus LP.S zerados.
             — M-Maldição(LP: 2400/0000)!!!! - Na  explosão o castelo era sucumbido aos poucos, não perdiam tempo; Shizuka e Yuki iriam a sala próxima resgatando todos os presos de lá. Saíram do castelo antes de serem pegos pelos escombros. Só o que restara era os lindos cristais azuis sendo refletidos pelos raios da lua. Chegando ao esgoto todos se reencontravam e , emocionados agradeciam ao Yuki. Ficaram surpresos com a força do garoto, desacreditados do que haveria acontecido. Tal força chamou a atenção de um deles, fazendo-o se apresentar:
              — Prazer. Me chamo Echoes Yuji, sou irmão da Shizuka. Serei eternamente grato pelo que fez!
             — Hé hé... Isso não foi nada! Apenas senti que devia fazer isso. Prometi a Shizuka que seria útil, não foi? - Direcionaria um sorriso à Shizuka, a fazendo ficar corada novamente.

Phantom City: Uncore Circus City; um lugar distante de onde Yuki estava. Em outro dos castelos secundários de Balgória, dois homens de vestes brancas conversavam. Em seus punhos haviam marcas com símbolos distintos. O da direita teria o símbolo semelhante ao ideograma (愛/amor). O símbolo teria uma cor vermelha com um brilho negro pulsante. O da esquerda possuíra um semelhante ao ideograma (怒り/fúria). Teria uma cor esverdeada com um brilho cinza pulsante.
          — Gururururu...- Riria o da esquerda. Parece que ele não só conseguiu escapar, como já derrubou um dos castelos do Balgória- Sama.
            — Ele não irá durar muito tempo.... Deveria estar quieto, em seu aposento, enquanto ainda possuía a segurança do lorde Balgória-Sama. Agora que eles não são mais úteis, só resta a nós , os doze membros do congresso a elimina-los. E, aquele que colocarei minhas mãos primeiro... Aquele maldito Dragoniar... Dragoniar Yuki!!


        
 Fim do primeiro capítulo.

 


 
   
   
     


            

            
             


Notas Finais


Essa é o primeiro capítulo da minha primeira FanFic. Estou aberto a todo tipo de crítica construtiva, até porque sou novo no ramo. Espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...