História Yuanfen - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Julieta, Min Yoongi, Park Jimin, Romeu, Suji, Teatro, Yoonmin
Visualizações 85
Palavras 1.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, amores!!!!!!!
O nome para hoje é: Yuanfen.

Preparem-se que essa cena ta cheia de emoção :::::

É o que eu espero, boa leitura!

Capítulo 14 - ATO II – Cena VII


O barulho da porta do quarto sendo fechada ecoou por todo o apartamento.

Peças de roupas estavam jogadas pelo corredor.

Yoongi beijava Jimin calmamente, apesar de estarem afoitos por mais. Jimin sobre o colo do moreno acariciava as costas nuas dele. Queria poder senti-lo totalmente, queria proporcioná-lo as melhores sensações; Queria ser de Min Yoongi.

O Min estava conduzindo tudo. Deitou o ruivo na cama, ficando em cima dele.

Jimin contorceu-se, sentindo os beijos serem distribuídos agora por seu abdômen, fazendo-o arrepiar-se. Mordeu o lábio inferior e fechou os olhos, enquanto os beijos desciam cada vez mais.

O Park apertou o lençol da cama entre os dedos; murmúrios escapavam de sua garganta. Os espasmos espalharam-se pelo seu corpo como corrente elétrica. Podia sentir os dedos do moreno apertarem seu quadril e sua boca não falhar em seu trabalho; não resistiu e segurou o cabelo negro.

Yoongi tornou a fazer contato visual com o ruivinho ainda extasiado. Park Jimin lhe fazia sentir um desejo de torná-lo só dele, poder chamá-lo de meu.

Min Yoongi achava pronomes possessivos muito fortes. Amor era algo muito forte, e ele podia jurar que estavam cada vez mais próximos deste.

Sentiu as pernas alheias prenderem-se à sua cintura. Subiu sua mão lentamente para a cintura dele, sendo hipnotizado por aquele olhar. Estava mais que preparado para aquilo, com certeza seria um dos melhores momentos que tinha com Jimin.

Os sons continuaram a preencher o quarto; as respirações ofegantes, os mínimos sussurros e os gemidos, até a cama que ligeiramente rangia.

Os olhos de Jimin acompanharam uma gotinha de suor escorrendo pela face do moreno. Perdia-se sempre ao pensar no quanto Yoongi era belo, e sorriu, então, porque a felicidade queria transbordar de seu corpo. Fechou os olhos mais uma vez e apertando mais forte a pele branquinha com seus dedos, deixava marquinhas vermelhas em suas costas.

°°°


Yuanfen? – Hoseok perguntou caçoando do mais velho

Yuanfen. Parece que é uma coisa muito forte, não?

— E isso tava preso na sua caixa de bombons favoritos?

— Sim, junto com um bilhete.

— O Jimin é muito fofo. Cara, esse é pra casar.

— Casar... – pensou alto – Casar é uma coisa séria, Hoseok.

— Me convide para ser o padrinho! – ignorou

— Eu ouvi falar em casamento?! – Taehyung aproximou-se dos dois mais velhos

— Yoongi vai casar. – Hoseok disse

— Fiquei curioso! O Jimin está conversando com o diretor Lee, me conta antes que ele venha.

— Eu não vou casar.

— Já fez o pedido de casamento? – Taehyung perguntou

— Quem vai casar? – Seokjin juntou-se ao grupo de amigos

— Ninguém vai casar – Yoongi ainda falava mas ninguém parecia ouvi-lo

— O Yoongi – Hoseok respondeu

— Eu não vou casar – o Min repetiu

— Não vai porque não pediu ainda – Taehyung informou ao moreno.

Enquanto isso, Jin reclamava com Hoseok:

— Você não pode ser o padrinho!

— Nós temos que escolher os ternos! Ou você prefere smokings? – Taehyung insistiu

— Do que vocês estão falando? – Jimin chegou ao grupo e finalmente fizeram silêncio

— Ufa! Que bom que você chegou, Jiminnie! – Yoongi pegou a mão do ruivinho e entrelaçou seus dedos, afastando-se dos amigos – Eles já estavam me deixando maluco.

— Ah, é? E por quê?

— Você sabe, coisas sem sentido...

— Hm... Preparado para o último ensaio geral?

— Estou. Você está?

— Estou.

— Yoongi Min!

— É sua vez. – Jimin deixou um beijo na bochecha de Yoongi – Fighting!

Yoongi sorriu timidamente. Queria puxar Jimin e beijá-lo, mas não sabia se ele gostaria disso.

O ensaio corria tudo bem, todos os atores se saíam bem e estavam prontos para a apresentação.

Acontece que estava muito bem para ser verdade...

— Ótimo, pessoal! Vocês estão me deixando orgulhoso. – Lee dizia emocionado ao fim do ensaio geral

Já era fim de tarde, e todos iam descansar para o dia seguinte. Todos estavam animados e deixavam isso bem evidente.

— Jimin! – Taehyung chamou. Yoongi e Hoseok estavam ao seu lado. – Amanhã vai ser incrível!

— Todos estamos ansiosos. – Hoseok falou

— Amanhã nós va- ... –Yoongi iniciou mas foi interrompido

Um barulho foi ouvido por todos, de repente todos fizeram silêncio. Em seguida, gritos acordaram todos da paralisia momentânea. Yuna estava ao chão, várias pessoas já iam para ajudá-la.

— Ela estava descendo os degraus e caiu! – tentavam explicar ao diretor

Lee já parecia desesperado; pela garota e pela peça do dia seguinte.

— Não vamos ter mais apresentação. – Hoseok lamentou, desanimando os outros atores

— Você deveria ser menos pessimista. – Taehyung disse

— Não temos substituta para Julieta. – explicou-se

— Como não temos substituta para Julieta?! – Yoongi parecia indignado

Um homem alto começou a carregar a jovem atriz, ela reclamava de dores no pé.

— E agora, diretor Lee?! – perguntaram preocupados

— É, vamos devolver o dinheiro dos ingressos?

— Ninguém poderia aprender todas as falas em menos de um dia!

Várias pessoas falavam ao mesmo tempo, o caos já predominava o teatro.

— Silêncio! Ninguém poderia... – Lee pensou por um instante – Mas há alguém que já sabe! – falou e todos passaram a encarar o ruivo

— Não! – Jimin exclamou imediatamente

— Por favor, Jimin! – Taehyung já implorava – Um se sacrifica por todos! Lembra daquele seu DVD para atores.

— Por favor, Park! – o diretor e todos os outros torciam por uma resposta positiva

Jimin olhou para cada lado, cada face que praticamente implorava e suspirou.

— Tudo bem... – respondeu, deixando todos animados novamente.

— E quanto ao Mercúcio? – Hoseok perguntou

— Eu recomendo Seokjin hyung para o papel – Jimin disse

— Eu?! – Jin ficou surpreso e contente

— Quem mais saberia? Você acompanhou o personagem desde sempre!

— Uau! Eu posso, Lee?!

— Parece que foi resolvido em parte... – o diretor ainda parecia preocupado com a atriz – Eu vou ao hospital. Amanhã cedo estejam aqui!

O grupo ficou observando o diretor até que ele saísse pela porta do teatro, até que Hoseok quebrou o silêncio:

— Ela estava tão animada para se apresentar...

— Deve ter sido algo sério, ela nem conseguia ficar em pé. – Taehyung disse

Houveram alguns segundos de silêncio e reflexão. Após isso, eles começaram a rir e Jimin tinha quase certeza que ele era o motivo.

— O Jimin vai ser a Julieta! – Seokjin gargalhava histericamente

— Vai rolar beijinho – Hoseok falou maliciosamente

— Agora vocês se assumem, né?! – Taehyung brincou

— Espera aí, vocês tão tendo alguma coisa?! – Seokjin perguntou interessado

— Preciso de cafeína. – Jimin começou a afastar-se deles

— Ei, não deixe o hyung falando só!

O ruivinho foi seguido pelo grupo.

— O Yoongi hyung está com cara de quem vai pagar o café de todos. – Taehyung informou

— Não estou nada.

Ao saírem do teatro perceberam que chovia no momento. Todos, com exceção de Yoongi, estavam prevenidos.

— Droga! – exclamou

— Não se preocupe, hyung, eu divido o meu com você. – Jimin puxou-o pelo braço e Yoongi sorriu agradecido

— Oh! – Yoongi percebeu o anel laranja no dedo do Park – Você está usando o yuanfen.

— É, eu percebi que você também. – corou

Yoongi continuou olhando para ele. Jimin realmente tinha aceitado o papel para salvar a apresentação. Seria errado preferi-lo como sua Julieta?

— O que foi? – perguntou ao perceber que o moreno continuava a encará-lo – Você sabe que eu fico com vergonha.

O Min parou, fazendo com que Jimin parasse também. Os outros continuavam caminhando à frente. Ele retirou o guarda chuva da mão alheia e o posicionou na frente cobrindo seus rostos, para que assim ele pudesse deixar um selinho nos lábios de Jimin.


Notas Finais


E AIIIIIIIIIIII

[não matem a autora]

Se vocês forem bonzinhos eu posto outro ainda essa semana obrigada te amo

XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...