História Yuyu Hakusho - Continuação(1 vaga pra Detetive Sobrenatural) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 34
Palavras 721
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem, ...da mesma forma que estou fazendo em "Death Note Continuação", aqui em "YuYu Hakusho Continuação" estarei fazendo o seguinte: narrando fatos preliminares de suma importância antes de dar prosseguimento à estória!

Divirta-se!!

Capítulo 1 - O Chamado


Fanfic / Fanfiction Yuyu Hakusho - Continuação(1 vaga pra Detetive Sobrenatural) - Capítulo 1 - O Chamado



   


     Ainda nas trevas, logo depois de se despedir de Koenma e de seus novos e velhos amigos, Yusuke Urameshi, já dando as costas ao túmulo de seu pai, após uma breve conversa com seu espírito, encontra-se com seus leais servos, seguidores de Raizen.


     Antes de se retirar, o carequinha Hokushin avisa pra Yusuke que Enki, o atual Rei das Trevas, precisa falar com ele com urgência lá no estádio. Hokushin diz pra Yusuke pra não se preocupar, pois ele "é da turma", ou seja...gente de confiança, principalmente por ter sido amigo de juventude de seu pai, Raizen.


     Os carequinhas vão embora, e Yusuke ainda guarda em sua mente os ecos da voz de seu pai aconselhando-o a conhecer o mundo das trevas.


     "Lá no estadio?!" - refletiu Yusuke. - "Eu achei que ele tivesse na farra, comemorando...o cara é campeão e nem sai pra se divertir? Que Zé Mané!"


     E foi caminhando ainda resmungando:


     "Coisa de velho mesmo, esse negócio de ser campeão e ficar na burocracia assinando papel...Deus me livre! Esse povo não sabe curtir, não..."


     E assim prosseguiu Yusuke, caminhando, resmungando ora disso, ora daquilo, e de vez em quando se lembrando de coisas boas que gosta de fazer e das pessoas com quem gostaria de estar agora:


     "Ah! Se eu voltar pra Terra agora vai ser um saco. Tudo bem que vou matar saudades da Keiko, mas em troca de dois minutos de beijinho e abraço, tenho que aturar cinco horas de shopping center e lojas de roupa...arg...ninguém merece...quer saber? Eu vou é dar um rolé por aí, assim que eu ver o que que aquele corôa quer."


     Quem conhece Yusuke pessoalmente não faz ideia de como ele resmunga quando está sozinho e prestes a fazer alguma tarefa que considera chata:


     "Ah...e ainda tem a mamãe que vai me mandar pra escola se eu voltar pra lá. Sem chance! Mas não volto mesmo! Você vai me perdoar, Keiko, mas acho que não tô afim de voltar agora...quem sabe daqui uns meses ou um ano talvez..."


     Yusuke finalmente chega de volta ao grande estádio.


     — Por aqui, senhor! - diz uma yokai curvando-se para Yusuke, e mostrando o caminho.


     Os dois sobem alguns degraus, e chegam até a porta d administração do estádio. A yokai abre a porta e Yusuke entra.


     Enki, o rei das trevas estava distraído olhando uns papéis que um secretário seu estava mostrando, e Yusuke percebeu que ele tava olhando pro papel com a boca meio aberta, com uma expressão bem parecida que Yusuke faz quando o professor de matemática tá explicando algo e ele finje que tá entendendo.


     — Senhor? O Yusuke está aqui! - diz a yokai(demônio das trevas, ou monstro), quando percebe que  Enki tava tão distraído com o documento que nem tinha percebido que Yusuke havia entrado pela porta.


     "Caramba...esse cara vai governar mesmo as trevas? Estamos perdidos!" - reflete Yusuke.


     — Yusuke!! Como vai? - imediatamente Enki abre um sorrisão e abraça seu amigo Urameshi.


     — E aí, alteza! Hehehe!


     E os dois ficam rindo e falando bobagens por uns momentos, até que Enki pede pros funcionários se retirarem, e muda pra uma expressão muito preocupada, ficando sozinho com Yusuke na sala.


     — Olha, Yusuke...veja isso...


     Enki retira um bilhete cheio de sangue de dentro da camisa e entrega pro Urameshi, que o abre.


     — Isso foi lançado por uma adaga e estava preso a uma árvore aqui por perto. Um de meus homens achou e me entregou, o que acha?


     Yusuke abre o bilhete e lê:


     "Agora que papai está morto, o que quer que eu faça com a sua mamãe? Ela não tem mais serventia pra mim...mas e pra você? Será que tem? Venha visitar seu irmão mais velho. Eu quero ver se você ainda é um bebezinho mimado ou se já virou homem! Assinado: Ken.


     — Mas o quê? - diz Yusuke sem entender nada. - ele não diz meu nome nem nada. Porque você está me mostrando essa mensagem, Enki?


     — Estou lhe mostrando essa mensagem, Yusuke, porque Ken também é filho de Raizen...ele é seu irmão mais velho, mas não se preocupe...ele não está se referindo à sua mãe Atsuko Urameshi, a humana da terra não...pois ela está bem. Ele está se referindo à alma de sua verdadeira mãe, Kuda Kusushi a mulher que Raizen cortejou na terra, e de onde você veio.


     


     


Notas Finais


Tomara q tenha gostado!!

Assim como to fazendo com Death Note, deverei acabar de narrar essa aventura até o final de 2017.

É provável que ela tenha mais de 300 capitulos, porque é muita coisa q tem q ser narrada.

Geralmente eu escrevo um capítulo pequeno como esse por semana, a menos q me de a gripe da vaca-louca e eu me empolgue em algum momento escrevendo varios capitulos em pouco tempo.

E além dela pretendo escrever outra saga de yuyu hakusho depois. Vamo que vamo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...