História Zero a esquerda - New Generation - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Akitoki Houjou, Ayame, Inu no Taishou, Inuyasha, Izayoi, Kaede, Kagome, Kagome Higurashi, Kagura, Kanna, Kikyou, Kohaku, Kouga, Miroku, Personagens Originais, Rin, Sango, Sesshoumaru
Tags Família, Inuxkah, Kagomehig19, Personagens Originais, Puberdade, Romance, Sesshyxrin
Visualizações 40
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Konnichi wa ^-^
Vamos para mais um capítulo , espero que gostem.
Boa leitura.

Capítulo 3 - O tempo voa


Meses mais tarde...

Kagome on

Os meses passaram tão rápido que nem percebi , nossa menina cresceu tão rápido e já está quase aprendendo a andar ; Inuyasha se tornou um verdadeiro pai coruja , sempre arruma uma desculpa para ficar com Midoriko e mal me deixa cuidar dela.

- Inuyasha , está na hora dela mamar. - ele fazia nossa menina sorrir com suas caretas engraçadas e acabei sorrindo também.

- Kêh?! Mas ela acabou de mamar , já está com fome tão rápido? -ele se deitou na cama e a colocou sentada em sua barriga.

- Ela precisa se alimentar na hora certa , e já está quase na hora de buscar Ichiro na escola. - peguei a pequena e a ergui no ar.

- Ok , estou indo. - levantou resmungando e acabei sorrindo.

- Bobo , acha que só você pode passar o dia babando a cria? - perguntei divertida enquanto sentava na cama e alimentava minha pequena.

- Ichiro pediu para passar a tarde brincando com Sayuri , Rin podia levá-lo e eu iria buscá-lo no fim do dia. - falou enquanto procurava uma camisa qualquer no guarda-roupa.

- Não teria nenhum problema se o Sesshoumaru não ficasse tão incomodado com isso. - falei observando Midoriko mamar.

- Kêh?! Mas qual é o problema daquele idiota? -resmungou enquanto abotoava sua camisa.

- Não é óbvio? Ele tem ciúme da Sayuri com Ichiro , não vejo maldade nenhuma , mas o Sesshoumaru não gosta que eles brinquem sozinhos.

- Eles tem só quatro anos , ainda não pensam nessas coisas. - me deu um selinho e caminhou até a porta.

- Inuyasha. - o chamei antes que saísse. - Apenas pegue o Ichiro na escola e venha logo , ok? - ele me olhou confuso.

- Mas não é isso que eu faço todos os dias?

- Quero dizer que não é pra você ficar lá por muito tempo. - ele cerrou os olhos e se aproximou novamente.

- Por que está dizendo isso? -perguntou desconfiado e desviei o olhar.

- Por nada!

-Kagome... -ele segurou em meu queixo e me fez encará-lo de novo. - O que está tentando me dizer?

- Ichiro me contou sobre o que as professoras dele andam falando pra você. - falei um pouco emburrada e ele riu.

- Esse pirralho não tem jeito. - disse ainda sorrindo.

- Pelo visto você gosta de ser paquerado por elas. - falei enciumada e ele gargalhou.

- O que eu posso fazer se sou irresistível ? - disse ainda rindo e o olhei irritada. - Ciumenta. - me deu um selinho mas continuei emburrada.

- Se a situação fosse ao contrário você iria querer matar os professores dele. - falei brava e ele riu ainda mais.

- Boba. - tentou me dar outro selinho mas virei o rosto. - Sabe muito bem que só tenho olhos pra você. - me puxou junto com Midoriko para um abraço e no final acabei me acalmando.

- Sei. - falei fingindo estar brava.

- Já sei do que você precisa , mais tarde dou um jeito nisso. - disse malicioso e corei violentamente , ainda bem que Midoriko ainda é um bebê e não entende o que estamos dizendo.

- Baka , vai logo , e não fica batendo papo com professora oferecida! -disse séria e ele saiu rindo da minha pequena crise se ciúmes.

O que posso fazer se tenho um marido irresistível ?

(...)
Quando Midoriko finalmente dormiu , Inuyasha e Ichiro chegaram fazendo o maior barulho.

- Shh! -repreendi os dois e fiz um sinal para saírem do quarto.

- Voltei depressa como a senhora ordenou. - Inuyasha disse divertido e o olhei desconfiada.

- Hum , filho venha cá. -chamei nosso garoto que correu até mim e pulou em meu colo. - como foi a escola hoje ? O que seu pai andou aprontando?

-Foi muito legal mamãe , eu já sei contar de um até dez! -falou entusiasmado enquanto fazia o número dez com as mãozinhas.

- Que bom meu amor , então contra pra mamãe. - pedi sorrindo.

- É muito fácil , um , dois , três , quatro... -ele coçou a cabeça e pensou por um tempo. - que número vem depois do quatro?!

Sorri e beijei sua testa: - Cinco...

- Ah , seis , sete , oito , nove , dez. - após terminar ele comemorou. - Eu disse que era muito fácil. - falou convencido , quando olho para Ichiro é o mesmo que olhar para Inuyasha com quatro anos.

- Muito bem. - beijei sua testa novamente. - agora me diz o que o papai aprontou hoje? Você ficou de olho nele como a mamãe pediu? -perguntei baixo achando que Inuyasha não ouviria , bobagem , é claro que ele vai ouvir.

- Mas você não tem jeito mulher. - Inuyasha me carregou no estilo noiva e acabei dando um gritinho de surpresa.

- Intrometido. - falei de braços cruzados e ele me deu um selinho.

- Você é muito teimosa , quantas vezes terei que provar que só tenho olhos pra você? Acho que está precisando de um trato , vamos para o quarto resolver isso agora mesmo.

Corei e o repreendi: - Inuyasha , estamos na frente do nosso filho!

- O que vocês vão fazer? - o pequeno perguntou confuso e corei mais ainda.

- Eh... Nós vamos brincar um pouco. - Inuyasha disse com a maior cara de sem vergonha.

- Brincar de quê? -perguntou animado.

- De montanha russa. -de onde ele tirou isso?

-Legal , posso brincar também? Por favor! - nos entre olhamos e seguramos o riso.

- Melhor não , filho.

Notas Finais


Nada melhor para um casal que "brincar de montanha russa" para acabar com o estresse :v kkkkk quem assistiu Eu , a patroa e as crianças vai entender u-u
Até o próximo , kissus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...