História Zero a esquerda. - Capítulo 77


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Tags Encrencas, Inuyasha, Kagome
Exibições 166
Palavras 829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ohayo , estou de volta com mais um capitulo.
Espero que gostem.
Boa leitura.

Capítulo 77 - Treinamento.


Depois que saíram da diretoria Kagome e Kikyou estavam completamente confusas, Inuyasha, Kouga e Rin se aproximaram das duas com olhar de curiosidade.
Rin: Oque aconteceu com vocês? Viram algum fantasma?
Kagome: Eh..eu...nós.. -nem sabia por onde começar.
Kikyou: Acho que não é seguro contar aqui.
Kouga: Pela cara de vocês é algo sério.
Kagome: Depois nós contamos com calma, temos aula daqui a pouco.
Inuyasha: Kagome, esqueceu que temos que ir ao médico? -perguntou enquanto colocava as mãos nos ombros da garota.
Kagome: Ah, é mesmo tinha esquecido. -disse batendo na testa.
Kikyou: Está doente Kagome? -perguntou preocupada.
Kagome: Não...eu só vou fazer um exame.
Rin: Já até sei, pra ter certeza se engoliu uma melancia. -disse sorrindo e Kagome corou envergonhada.
Kagome: Fica quieta baixinha!
Kikyou: Entendi. -disse sorrindo. -Posso ser a madrinha? -perguntou piscando para "nova" irmã que ficou mais vermelha ainda.
Kouga: Estão deixando a Kagome constrangida. -disse sorrindo. -Posso ser o padrinho? -perguntou a amiga que agora estava mais vermelha que um pimentão.
Kagome: Você nem pode falar delas hein Kouga! -disse batendo de leve no ombro do youkai lobo.
Inuyasha: Ok, chega de deixar minha namorada envergonhada, vão saber o resultado em três dias. -pegou a mão de Kagome. -Vamos buscar nossas coisas.
Kagome: Vamos ao médico agora?
Inuyasha: Quanto antes melhor!
Rin: Tem razão, tô curiosa pra saber se vou ter um sobrinho ou sobrinha.
Kikyou: Eu também. -disse sorrindo.
Kouga: Vamos pra sala, daqui a pouco a aula começa.
Rin: Posso fingir que estou doente e ir com ele. -disse tentando ir até o casal mas foi impedida por Kouga.
Kouga: Nada disso, nós vamos pra sala! -disse segurando a amiga.
Rin: Para de ser chato, me larga! -disse tentando se soltar.
Kouga: Nada de matar aula, vamos! -disse enquanto ia para sala, Kikyou seguiu os dois enquanto ria da situação.
Kagura: Ouviu isso Kanna? Parece que a Kagome está grávida. -disse enquanto observava o grupo de longe.
Kanna: Parece que esse não é o único segredo dela.
Kagura: Não acha que seria uma ótima matéria para o jornal da escola? -disse sorrindo cínica.
Kanna: Claro, e sabe quem iria adorar saber disso? -a youkai dos ventos negou. -O Houjo. -disse sorrindo de maneira malefica.
...
Não muito longe da escola, Inuyasha e Kagome estavam em um laboratório, a garota estava na espera para fazer coleta de sangue para o exame, mesmo segurando a mão do hanyou a miko não continha o nervosismo.
Inuyasha: Você está bem? -perguntou enquanto acariciava oab cabelos da garota.
Kagome: Estou, não se preocupe Inu. -disse com a cabeça encostada em seu peito.
-Pode vir senhorita Kagome. -a assistente chamou e ela assentiu.
Inuyasha: Quer que eu entre com você? -ela negou e adentrou a sala.
A enfermeira recolheu o sangue e anotou o nome da garota no recipiente.
-Em três dias pode vir buscar o resultado. -disse gentil, ela assentiu e saiu.
Kagome: Ainda podemos voltar pra escola.
Inuyasha: Não vai ter nada de importante, vamos pra casa! -os dois saíram do laboratório e foram pra casa.
...
No fim do dia Kagome estava pronta para sair, havia marcado de se encontrar com Kaede e Kikyou para começar o treinamento, ainda não havia contado ao namorado a verdade sobre seus pais, decidiu contar depois quando todos estivessem juntos.
Kagome: Não precisa se preocupar Inu, eu sei me cuidar.
Inuyasha: Não posso deixar você sozinha por aí, ainda mais agora que pode estar grávida! -disse cruzando os braços, a garota balançou a cabeça e sorriu, sabia que ele ficaria muito mais protetor quando soubesse.
Kagome: Tudo bem, vamos! -pegou o braço dele e saíram.
...
Chegando na casa de Kaede, encontraram a senhora e Kikyou usando um modelo de kimono feito especialmente para mikos, Kaede entregou um a Kagome e ela o vestiu.
Kaede: Muito bem, primeiro vamos ver se conseguem sentir a própria energia, Kikyou e Kagome, prestem atenção, quero que se concentrem em suas mãos. -as duas assentiram. -Muito bem, pensem em seu poder espiritual, façam ele fluir para um lugar só!
As duas fecharam os olhos e se concentraram, as mãos de ambas começou e erradiar uma aura lilás, estava fraca mas Kaede era capaz de enchergar.
Kaede: Isso, continuem!
A aura das duas ficou mais forte, porém, derrepente Kagome parou, colocou uma das mãos na testa e caiu de joelhos.
Inuyasha: Kagome! -correu até ela e impediu que ela caísse.
Kikyou: Kagome! -abriu os olhos e se abaixou ao lado da irmã.
Kaede: Você está bem Kagome? -perguntou preocupada.
Kagome: Estou, só me senti tonta.
Inuyasha: Melhor descansar.
Kagome: Eu estou bem, vamos continuar.
Kaede: Melhor ouvir o Inuyasha, você está muito pálida.
Kikyou: Melhor deixar o treinamento para amanhã.
Kagome: Tudo bem. -suspirou. -Continuamos amanhã então.
Kaede: Vou preparar um chá, fiquem com a Kagome. -disse indo para dentro.
Kikyou: Kagome, acho melhor você esperar o resultado do exame antes de voltar a treinar.
Kagome: Eh..acho que vou fazer isso.
...CONTINUA...

Notas Finais


Até o próximo, kissus.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...