História Zerospace - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Final Fantasy XIII
Visualizações 24
Palavras 1.291
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - Luxúria


Fanfic / Fanfiction Zerospace - Capítulo 15 - Luxúria

  Lightning acordou um pouco assustada. Olhou para os lados apreensiva, sem entender o que havia acontecido. Um senhor de barba longa e felpuda tocou-lhe os ombros delicadamente. O seu olhar era terno e minucioso. Falava baixo e calmo tentando deixá-la o mais confortável possível diante sua crise. 

—  Você passou a viagem inteira com febre. Fico feliz que agora esteja melhor. Sonhos ruim tendem a deixarmos ainda mais adoecidos que o normal, não é mesmo? 

—  Onde estamos? - Passou o olhar pelo quarto, não estava conseguindo raciocinar direito. Então o seu encontro com Noel no vilarejo não passou de um sonho?

—  Estamos em Zaraima. Ele pediu para eu vigía-la enquanto procura por uma tripulação para viajarem para as Ruínas de Hassam. 

— Ele? - Sentou-se na cama acomando as costas sobtre os travesseiros. 

— Sim. Seu vidente. - Sorriu. 

— Caius... - Suspirou aliviada. Finalmente ambos ficariam juntos novamente. Odiava perdê-lo de vista. - O que aconteceu durante a viagem? Nos não haviamos parado em um vilarejo? 

— Não senhorita. Seguimos direto para o sul.

A porta abriu lentamente. Caius apareceu com o seu habitual olhar enigmático. Agradeceu o senhor pela companhia entregando-lhe algumas moedas, este cumprimentou ambos e saiu. 

Não conseguindo conter as emoções, Lightning levantou da cama rapidamente e o abraçou. 

— Nunca mais afaste-se de mim dessa maneira. - Acomodava-se em seus braços.

— Eu não tive outra alternativa. Precisei invocar Leviathan para salvá-los. - Retribuiu o abraço com carinho.

— O que aconteceu? O que era exatamente o Espaço Zero?

Caius a pegou no colo e deitou na cama com cuidado. Sentou do seu lado e afagou os seus cabelos ternamente, arrancando suspiros de sua guardiã.

— Espaço Zero é um local onde as consciências das seeres são aprisionadas. Digo, somente aquelas que não aceitaram obter os "olhos de Etro". Muitas que perderam sua consciência viveram como vegetais praticamente. Você perdeu apenas parte de sua consciência Lightning, ou seja, você esta sofrendo uma espécie de amnésia. 

— Lembro que Ádria comentou a respeito que eu fui aprisionada por... 

Abaixou o olhar pensativa. Deveria contá-lo que foi aprisionada por desobedecer as ordens da deusa Etro por tentar forçar Caius a ser seu vidente? Ou Ádria estava apenas tentando manipular seus pensamentos?

— Apenas parte de suas memórias foram - Continuou - Por isso você conversou com aquela pessoa que dizia ser a  sua "consciência" , Ádria estava tentando acessar suas verdadeiras memórias por algum motivo especial. - Continuou.

— Aquela pessoa? Sabe me dizer de quem se trata?

 — Infelizmente eu não consegui enxergá-la devidamente, a sua alma era muito... Enigmátia. - Refletiu.

—  E como Ádria conseguiu adentrar nessa dimensão?

— Através de rituais. Eu tenho a impressão de que ela foi uma feiticera e não uma Serees, mas isso é apenas uma suposição. Infelizmente minhas visões estão sendo bloqueadas, não consigo vizualizar nada a respeito de seu passado. 

— Entendo. E quanto ao Noel? Lembro-me de encontrá-lo em um vilarejo que estava prestes a ser destruído por um Tsunami! Ah! Acho que vou enlouquecer. 

— Você obteve uma visão do passado. Essas terras realmente foram imergidas por Leviathan após o surgimento do caos. Foi por isso que ele foi invocado no momento em que estavamos no navio. Caso não o invocasse, seriamos tragados pela escuridão. Somente um Deus supremo para expelir esse tipo de energia.

— Ádria quem esta fazendo tudo isso? Por qual motivo? Porque ela esta tentando nos impedir? - Suspirou. — Engraçado, a principio ela parecia bastante amgiável, mas...  Vou acabar enlouquecendo. Minha vida ficou completamente caótica após encontrá-lo. 

Fez menção em levantar da cama, mas foi impedida pelas mãos gentis de Caius. 

— Esta arrependida? - A encarou mais sério. 

— Não. Eu... Eu preciso de você!  

 Antes dele dizer qualquer coisa ela segurou em seus cabelos puxando-os com força para finalmente saciar seu desejo, sentir o gosto de seus lábios, sentir seu corpo acima do seu e todo o calor fornecido por ele. Retirou suas ombreiras com urgência para ver melhor aqueles braços grandes e fortes, acariciou suas costas macias desabotoando as cintas que prendiam o torso em seu tórax, o puxou com força arrancado de uma vez para saboreá-lo melhor.. Caius arqueou um pouco o corpo para visualizar as feições dela. Jamais havia visto aquele olhar antes, estava completamente delirando de prazer.

Retirou a armadura da outra devagar, esta contorcia-se devido a demora, louca para senti-lo dentro de si acabou fazendo todo o trabalho sozinha ficando praticamente nua a sua frente, sem se importar, deixando apenas a paixão mover seu corpo. Beijou sua boca com mais força, mordendo seu lábio inferior enquanto suas mãos vagavam por todo seu corpo. Retirou as faixas negras de seus braços e por fim o jogou para o lado ficando por cima deste, observando aquele corpo forte com imenso prazer. Retirou seus sapatos com força jogando-os para trás. Debruçou em seu corpo distribuindo beijos por seu pescoço descendo para seu torax bem definido e em seguida para a barriga. Terminou de retirar suas vestimentas com os dentes, desenfaixando lentamente as faixas negras em suas coxas das quais lambia e mordia com força.

Caius parecia aéreo ou perdido em sensações deixando fazer o que quisesse com seu corpo. Lightning por sua vez, já havia retirado tudo que preservada aquele magnifico corpo ao seu olhar. Deslumbrada com sua beleza, ficou um pouco mais calma, o deixando exatamente do jeito que gostaria de ver, completamente a mercê de seus caprichos sexuais. Com os olhos brilhando como dois rubis e um sorriso malicioso, deitou-se sobre ele e passou a beija-lo loucamente. Caius a abraçou e acariciou suas costas, remexeu suas pernas entre as delas, deslizando-as vagarosamente por suas coxas deixando-a enlouquecida. No fim esta levantou seu corpo, ambos ficaram sentados, sentiu seu testículo bem próximo de sua área genital, abriu um pouco mais as pernas sentindo-o penetrar levemente dentro dela. Soltando um leve gemido, começou a estocá-lo lentamente , aumentando o ritmo ao passo que abraçava com mais força seu corpo contra o seu. Caius beijava seu pescoço devagar, deslizou as mãos para sua cintura ajudando-a forçar mais as estocadas, remexendo seu corpo com veracidade.

— Ah Caius!!!

Segurou sua cabeça forçando-o a beijar seus lábios. Caius jogou seu corpo acima dela, Lightning suspirou pesadamente sentindo a luxuria percorrer por suas veias quase os estourando de prazer. Aqueles lábios tão macios vagando por seu corpo, pacientemente, suas mãos acariciando seus braços, seus seios, sua barriga, suas pernas...Bem devagar e carinhosamente. Ela tentava manter seu autocontrole, afinal, quanto mais devagar mais seu coração ardia por dentro pedindo por mais. Ele sabia perfeitamente como instigar sua tensão, seu prazer e sua paixão.

Sentiu os lábios do outro em seus seios, lambendo-os e chupando-os com força. As mãos dançavam em sua virilha, abrindo suas pernas devagar e novamente penetrando-a, com o processo de vai e vem. Lightning estava amando ser penetrada por ele, por senti-lo dentro de si. E quanto mais frentéticas eram as estocadas,  mais ela queria senti-las! Permaneceram daquela forma por horas, gozando incessantemente.

Gemia alto chamando pelo nome de seu amado diversas vezes, suada e enlouquecida pedia para acelerar ainda mais, mordeu os próprios lábios sentindo seu coração bater descompassadamente. Pegou em seus cabelos forçando sua cabeça para trás, precisava tomar aqueles lábios com urgência, explorou sua boca como estivesse degustando uma sobremesa. Girou seu corpo para cima do dele, mordia seus lábios com veracidade arrancando um filete de sangue neste, arranhava seus braços e lambia seu pescoço ao passo que as estocadas aceleravam cada vez mais. Girando novamente o corpo dele para cima do seu, este continuou no mesmo ritmo sem parar. 

Caius tombou para o lado cansado. Lightning abraçou o seu corpo com força. Alisava suas costas e deslizava suas pernas entre as dele, resolveu ficar um pouco mais quieta para não salientar mais seus desejos. Cansada acabou adormecendo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...