História Zombie Apocalypse (Panelinha de Dublagem) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Exibições 340
Palavras 1.874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente <3 Eu não me apresentei no primeiro cap né? Então, meu nome é Ronaldo, muito prazer.

Capítulo 2 - Amigos?


Shiryu indicou para que as meninas entrassem na casa, o que fizeram bem rapidamente, elas se juntaram no meio da sala, conversavam entre si e estavam visivelmente assutadas e choramingando um pouco...

--Gente... *snif* Vamos nos acalmar e tentar entender o que está acontecendo. – Nanda disse parando de chorar

--Esse é o problema Nanda... – Sarah disse se acalmando – O que está acontecendo?!?

--É vísivel que é um apocalipse zumbi, mas... – Tina disse ainda chorando um pouco – Aqui?

--Deve ter algo haver com aquilo que estava acontecendo naquele laboratório aqui perto. – Bruna disse também se acalmando

--Então por que só a gente e aqueles caras que estão lá fora não somos zumbis? – Sarah pergunta olhando os garotos pela porta, eles estavam conversando com aqueles caras que estavam usando toucas e máscaras, pelo menos é o que parecia

--Os garotos devem estar descobrindo isso agora... – Nanda diz terminando de se acalmar – Por enquanto só podemos esperar.

Enquanto isso...

--Vamos entrar para cuidarmos das meninas, vocês se cuidam né? – Danny disse para e Marcus enquanto os outros terminavam de entrar

--Podem entrar, eles não parecem que vão machucar a gente. – Marcus disse sério

--O que está acontecendo aqui Marcus? – Shiryu pergunta em tom baixo para o amigo – Primeiro zumbis, agora três pessoas estranhas que aparentemente também não são zumbis?

--Não sei Shi... – Marcus repondeu no mesmo tom de Shiryu – Mas acho que vamos descobrir.

Uma das três figuras que estavam ali, tirou o lenço que cobria seu rosto, era um garoto, e logo após ele tirou sua touca, ele tinha olhos castanhos, cabelo curto, escuro e cacheado, ele também era bem alto, mas suas roupas não permitiam ver mais que isso...

--Podemos usar essa casa como abrigo por um tempo? – o garoto perguntou sorrindo – Temos água, bastante, e vocês devem estar precisando já que a água da cidade foi cortada.

--Não sei se é uma boa... – Shiryu foi interrompido por outra daquelas três figuras revelando seu rosto

Era uma garota, visivelmente mais baixa que o garoto, cabelos curtos e escuros, olhos da mesma cor, também não tinha como saber muito seu corpo, pois a roupa era parecida a de seu amigo.

--Confiem na gente, não tem que ter medo da gente. – ela disse também sorrindo – Somos confiáveis.

--Só precisamos de abrigo por essa noite. – a última pessoa se revelou

Por incrível que pareça também era uma garota, seus olhos também eram castanhos, cabelos grandes também castanhos, ela parecia a mais assuatda dos três...

--Só por algumas horas pelo menos. – a última garota terminou de falar – Estamos realmente precisando recuperar as energias.

--Tá bom, podem entrar... – Shiryu disse abrindo passagem

--Certeza que é uma boa Shi? – Marcus disse antes deles passarem

--Vamos arriscar Marcus... – Shiryu entrou depois deles

Todos se levantaram ao perceber que aqueles três entraram na casa, todos lá dentro estavam mais tranquilos,ainda estavam preocupados e assutados, mas bem mais tranquilos so que de quando acordaram...

--Marcus, Shi, estamos sem água nem energia. – Sarah se levantou e foi abraçar Marcus – Quem são eles?

--Ainda não sabemos Sarah... – Marcus respondeu em tom baixo – Mas não parecem ser ameaça.

--Quem são vocês? – Neko perguntou sério

--Ah verdade, esquecemos de nos apresentar, eu sou Ronaldo, muito prazer. – o garoto de cabelos cacheados disse olhando para todos

--Muito prazer, eu sou Stella. – a garota de cabelos curtos disse um pouco fria, mas num tom acolhedor

--E-Eu sou Bia, m-muito prazer... – a garota de cabelos longos disse tímida

--Vocês sabem por que isso está acontecendo ali fora? – Bruna perguntou se sentando

--Na verdade sabemos... – uma lágrima escorreu do rosto de Ronaldo

--Estávamos lá, aonde todo esse caos começou. – Stella olhou pro lado, se recusando a chorar

--Não são boas lembranças... – Bia abraçou o braço de Ronaldo

--O que? Sério? – Nanda perguntou não acreditando – Como aconteceu?

--Podemos nos sentar? – Ronaldo perguntou limpando o rosto

--Claro! – Danny, Steve e Neko desceram pro colchão

--Foi assim que aconteceu... – Ronaldo começou falar – Estávamos em quatro no começo, Ei,Bia, Stella e Kevin, a gente estava voltando para casa já a noite, ficamos o dia inteiro vendendo água nas ruas para arrecadarmos dinheiro para um plano futuro nosso, mas quando passamos na frente do laboratório... – Ronaldo engoliu seco – Ele explodiu e uma névoa verde começou sair de dentro dele, ficamos atordoados de começo, pensamos que ela ia se dissipar rápido, pois a noite estava ventando bastante, mas estávamos errados, ela continuou seguindo para todos os lados da cidade... – Ronaldo parou de falar, ele não conseguia mais continuar, o choque havia sido muito grande

--Se não conseguir coninuar, nós entendemos. – Marcus colocou a mão no ombro de Ronaldo

--Não tá de boa, eu consigo... – Ronaldo voltou falar com uma pequena voz de choro, Bia olhava ele de maneira preocupada – Depois de alguns minutos, pessoas que estavam a nossa volta começaram a tossir e se transformarem em zumbis, olhando pela primeira vez ninguém pensava que estavam se transformando em zumbis, mas sim passando muito mal, gritoscomeçaram a ser ouvidos por todos os cantos da cidade, os mais próximos eram dentro do laboratório, Kevin correu para dentro do laboratório para tentar ajudar – Nesse momento Stella abaixou a cabeça visivelmente triste – Stella tentou impedir ele, mas foi inútil, ele disse que ia voltar, mas perdemos as esperanças quando várias ferragens caíram na entrada, depois disso os zumbis começaram atacar todos os que ainda estavam bem a volta deles, nós e mais alguns conseguimos fugir, mas os que ficaram lá provalvelmente viraram zumbis ou alimento para eles.

--Que bizarro, m-mas por que só alguns viraram zumbis e outros não? – Danny perguntou ainda em choque

--Também não sabemos, mas achamos que deve ser algo haver com o escudo imunológico das pessoas, a maioria que foram transformados na hora estavam tossindo ou espirrando. – Stella disse limpando os olhos

--Você está bem? – Bruna perguntou olhando um pouco preocupada para Stella

--Kevin era meu namorado, ele sempre teve esse instinto protetor. – Stella disse dando um sorriso de canto

--Danny, seu pai tinha alguma dispensa onde ele guardava ferramentas ou algo assim? – Ronaldo perguntou olhando para Danny

--Nos fundos... Espera, como você sabe meu nome? – Danny perguntou bem surpreso

--Pode se dizer que eu sempr fui fã de vocês que estão aqui. – Ronaldo disse colocando uma mão atrás da cabeça – Eu só fiquei muito esteríco quando vi vocês pelo motivo de terem zumbis lá fora e o momento estar muito tenso.

--Vamos fazer assim... – Shiryu disse se levantando – Vocês que estão aqui arrumem as mochilas, eu vou lá nos fundos ver o que podemos usar, ok?

--Eu vou com você Shi. – Lore disse se levantando e indo atrás de Shiryu logo após

--Precisamos de mantimentos Danny, o que você tem aqui? – Ronaldo perguntou olhando Danny

Todos começaram a esvaziar as mochilas deixando apenas algumas peças de roupas, não era uma boa idéia deixar todas para trás, afinal era inverno, e as noites seriam mais frias que o normal, Shiryu e Lore chegaram aos fundos da casa, lá havia a garagem e uma pequena dispensa, que ainda era dentro da casa, mas a garagem era ao lado, ela tinha duas entrdas, a da frente onde saia para a rua, e a de trás, onde era o quintal, Lore foi pra dispensa pegar mantimentos, e Shiryu até a garagem procurar qulquer coisa que pudesse ser usada como arma...

--Espero que eu tenha conseguido pegar tudo, será que o Shi está bem...? – Lore disse a si mesma, e logo depois foi para fora para ver se seu amigo precisava de ajuda, mas ela só conseguiu gritar com o que viu – SHI, CUIDADO!

Havia um zumbi bem próximo a Shiryu, ele estava virado de costas para a entrada de trás da garagem, então ele estava completamente vulnerável a ataques por trás, que era o que estava pra acontecer, mas por sorte e por ironia do destino, Lore o avisou antes...

Por íncrivel que pareça, Shiryu foi rápido, ele tinha achado um facão antigo guardado num canto ali perto, então ao se virar, ele empurrou o zumbi, e com a lâmina do facão ele partiu a cabeça do zumbi em duas, fazendo o corpo do zumbi cair morto aos pés de Shiryu, o sangue da criatura havia espirrado na roupa e um pouco no rosto de Shiryu...

--Que nojo... – Shiryu disse segurando o vômito – Valeu Lore.

--O que aconteceu?!? – Nanda apareceu bem preocupada e por sorte conseguiu segurar o vômito também ao ver o corpo morte aos pés de Shiryu

--É, a gente ouviu você gritando o nome do Shi... – Sarah olhou a cena, mas logo após desviou o olhar

--Eu tô bem, mas só consegui isso! – Shiryu disse mostrando o facão pra as amigas, que estavam recuando com feições assustadas – Calma gente, não vou atacar vocês.

--Shi, fecha a porra da porta e corre!!! – Nanda disse enquanto as outras duas corraim de volta pra sala

Aquele primeiro zumbi havia quebrado o muro da casa de Danny, e o grito de Lore atraiu vários zumbis até a casa de Danny, o quintal estava cheio deles, e obviamente eles estavam seguindo Shiryu, que estava mais próximo a porta.

--Nanda, corre! – Shiryu fechou a porta e a trancou, mas isso não ia segurar os zumbis por muito tempo

Nanda seguiu a ordem do amigo e correu de volta pra sala, avisando os que estavam lá, e logo depois do aviso todos pegaram as bolsas com os suprimentos e saíram da casa e ficaram a espera de Shiryu...

Todos respiraram aliviados quando viram Shiryu saindo pela porta da frente, ele trancou a porta por fora com um pedaço de pau que ele achou na garagem, agora que estavam um pouco mais seguros, eles se uniram e começaram a discutir sobre um plano...

--Então, para onde vamos agora? – Bia disse ajeitando sua mochila

--Vamos pra zona rural, achar alguma fazenda, devem ter poucos zumbis num lugar assim, e lá podemos plantar recursos. – Ronaldo disse um pouco animado com seu plano

--Mas por enquanto precisamos achar um abrigo não é? – Neko disse olhando seus amigos

--Então vamos enquanto está claro, não temos lanternas, deve ser díficil andar a noite sem energia. – Steve disse em tom baixo para não chamar a atenção de mais zumbis

Todos assentiram e saíram com cuidado da casa de Danny, para não chamar a atenção de mais zumbis, eles começaram ir em direção ao centro, eles não faziam idéia do que os esperavam lá...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...