História Zuerinha Bangtan Boys - Capítulo 115


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Visualizações 149
Palavras 1.929
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


LÊ ESSE CARALHO!

COLA AQUI NESSAS NOTAS INICIAIS.

EU IA ATT O "Eu tenho um BabyBoy?!" MAS EU COLOQUEI LA UMA PERGUNTA DE "Com quem vcs mais shippam a Lisa? Jisoo, Rosé ou Jennie?" ENTÃO EU VOU DEIXAR ESSE TEMPO AI PARA VCS E VOU ATT SÓ AMANHÃ, AGORA FIQUEM COM MAIS UM LIENDO CAPÍTULO DESSA FIC!

Capítulo 115 - Eles voltaram!


Ren

Eu estava sentado no sofá e Sung com a cabeça no meu colo enquanto mexia no celular, Tio Jeon também estava na sala, mexia no celular só para disfarçar pois as vezes eu o pegava olhando de canto de olho para nós.

— Ren Olha só essa garota! Eu juro que na volta às aulas eu quebro aquele focinho dela! Ela fica te marcando nas fotos dela se achando a miss universo!— ela me mostrou a foto, era da Lim Hyro, ela estava muito bonita na foto, mas claro que eu não vou falar isso né.

— Você é muito mais bonita que ela...— eu me abaixei e comecei a beija-la e ela retribuiu o beijo.

— Caham!— Tio Jeon fingiu limpar a garganta, fazendo nós nos separarmos do beijo e Sung o olhar brava.

— O que foi Appa? Nunca nos viu?

— Me respeita.

— JEON! VAI DAR BANHO NA TZUYU!— Tia (S/N) gritou para o Jeon mais velho.

— Meu Deus, eu chego agora e já tá essa gritaria? Vamos voltar e entrar denovo.— Tio Suga falou chegando em casa com a Yoona, tia Sun Hee e tio Sun Jan.

— Seu cu que eu vou voltar! — Tia Sun Hee falou.

— Que saudades da minha querida esposa onde era inocente e tinha vergonha e medo de tudo...— Ele falou e fingiu desapontamento 

— Tudo isso aí que você falou, você mesmo tirou na cama em todas as nossas noites mais quentes, agora não reclame!

— Vou ignorar isso e vou atrás da Tzuyu.— Tio Sun Jan falou.

— Meu Appa foi dar banho nela, daqui a pouco eles chegam.— Sung falou ainda não tirando os olhos do celular.— Ren, troca de olhos comigo?

— Por que você não me chama de amor?— perguntei e a vi corar.

— Para! Eu tenho vergonha!

— Yoona! Pensei que não viria mais!— Kwan chegou e começou a beijar a Yoona que retribuiu na hora e Suga olhou feio.

— Aquieta esse cu, Yoongi! Eles namoram!— Sun falou e lhe deu um tapa fraco no ombro.

— Aish!

— Quero te beijar...— falei no ouvido da Sung que corou na hora.

— Pa... — Nem deixei ela terminar e a puxei para um beijo.

— Ué, vocês namoram desde quando?— Tio Nam chegou com SungJoo no colo, o garoto era praticamente uma cópia do pai, só mudava a cor do cabelo que era loiro e a cor do olho que era azul, Hana tem alguns parentes que são alemães (A: aí que chique!).

— Acho que faz umas... Duas horas!— falei.

— FINALMENTE PARARAM COM ESSE CU DOCE!— Jiwoo gritou e logo depois tio Jin chegou com a tia Yuki nos braços.

— Pararam com esse o que, Jiwoo?—tio Jin perguntou

— Glicose anal, Appa— ela sorriu inocente.

— Por que a tia Yuki esta no seu colo?— Sung perguntou.

— Sei lá! Ela pediu pra que eu a pegasse no colo e a levasse até aqui!

— Será que vocês poderiam sair da nossa frente? É que tipo, tá meio frio aqui fora e amanhã vai nevar, só avisando mesmo.— Yugyeom falou e Jin saiu da porta e Yug e Kayle entraram na casa.

— Yugyyyy!— Sung foi correndo até ele e o abraçou pela cintura já que a aparência é do meu sogro mas a altura é de girafa. (A: Sim, eu acho o Yugyeom parecido com o Jungkook, até confundo os dois as vezes ;-;)

— Oi anã! Kayle não me olha com essa cara, ela é minha prima!— Kayle estava com o rosto fechado para o namorado.

— Vai se foder!— ela se sentou no sofá.

— Se você não sair da minha frente em três segundos, eu tiro a virgindade do seu cu!— Tio Jimin falou atrás e Yugyeom saiu correndo para o lado da namorada.— BOA DIAA! COMO VOCÊS ESTÃO?

— Para de gritar! Não sou obrigada a ter os tímpanos estourados!— Woona falou e foi até a cozinha.

— Mas gritar é mó legal! Vamo gritar Appa.— Haru e Jimin começaram a gritar mas tiveram a boca tapada por tia (S/A) e tio Taehyung.

— Pelo bem da humanidade, não gritem!— (S/A) falou.

— Concordo com o Mozão!— Tio Tae falou.

— To de boa! Eai Hyung!— Eu e Chul fizemos um toque de mãos.

— Eai!

— Eai outro Hyung!— ele e Kwan fizeram outro toque de mãos.

— Broteeei!— Tio Hobi apareceu também.

— Saííí— Tia Yumi foi para a cozinha também.

— Por culpa sua eu estou mancando, desgraça!— Appa Youngjae apareceu se apoiando no Appa Jaebum.

— Você também queria que eu sei, senão não tinha reb....

— Cala a sua boca!

— Não corre Tzu... Ué? Eu saio por alguns segundos e já tem trezentos na minha sala?— tio Jeon falou parando de correr atrás da filha.

— Tio Jan!! — a garotinha correu até o avô de Yoona.

— Oi princesa!— ele a pegou no colo.

— Me sinto trocada...— Sun falou.

— Minha filha nunca vai ser trocada!—Jan deu um beijo na testa dela.

— Vamos fazer maratona de filmes?— Tia (S/N) chegou na sala com um balde enorme de pipoca, eu disse, ENORME, Ela colocou um filme de "sei lá, só sei que tem umas partes quentes" que a tinha restrição de idade para 16, "Mas a Tzuyu tem cinco anos de idade!!", foda-se, ela dorme nos primeiros minutos de filme!



Jungkook

Bom, a maioria do povo estava dormindo ou se pegando, alguns dos adolescentes se pegavam, mas só aqueles em que os pais das garotas estavam dormindo, ou seja, Suga. Eu estava acordadissimo e de olho no casalzinho novo ali, Tzuyu estava dormindo no colo de Sun Jan. A campainha tocou.

— Pode deixar que eu atendo!— (S/N) falou e se levantou e eu a acompanhei com o olhar, ela abriu a porta e arregalou os olhos, começou a chorar e caiu de joelhos no chão e foi abraçada por alguém. Corri até a porta e vi que era... Jackson, Mark e Kunpimook (Bambam), Mark a abraçava.

— Me desculpa pequena, desculpa não ter dado notícias durante esses quinze anos...— Bambam falou e se juntou ao abraço.

— Meninos!! — (S/A) gritou e foi abraçar Jackson.

— P-por q-que tanto t-tempo assim... — Minha esposa chorava mais nos braços de Mark e Bambam.

— Desculpa, nós não queríamos...

— Calma amor... Eles têm os motivos deles, se acalme...— eles acabaram o abraço e eu a levantei.

— Pera, por que eu tava chorando? MEU AMIGOS VOLTARAM!— Ela pulou nos garotos e todos começaram a rir, bipolaridade meus amigos.

— Vamos terminar de assistir o filme?— perguntei e todos assentiram, voltamos a nos sentar no sofá onde passava o filme.

Estava de boas vendo o filme e as vezes cuidando do casalzinho novo, até aparecer uma cena quente, onde eu simplesmente me imaginei ali junto com a (S/N) (claro que a cena não era tão pornográfica, já que a restrição de idade era de 16), olha só que foda, estou com uma ereção em plena metade do filme...

— Jungkook, tapa isso!— (S/N) sussurrou e me entregou uma almofada. Coloquei em cima da minha ereção e tapei com uma coberta. (Já que estava frio, pegamos várias cobertas)— O que eu faço com você hein?

— Me aliviar seria uma ótima ideia...

— Eu não vou aliviar ninguém não! Pensa em coisas broxantes ai e se vira!

— Mereço!— me levantei e discretamente fui no banheiro do meu quarto, tranque a porta e me sentei no vaso.— Mano, eu vou mesmo me masturbar? Eu só faço isso no meio do sexo só pra enlouquecer a (S/N)! Aish!

Abaixei minha calça junto com a cueca e meu pau pulou pra fora, passei a mão em meus testículos e gemi baixo, subi até meu pau e comecei os movimentos de cima a baixo indo rápido e soltando gemidos baixos e longos, finalmente eu cheguei ao meu delicioso orgasmo e sujei meu membro e um pouco da minha coxa de porra, me limpei, subi a cueca e tirei a camisa, fui dormir já que eu não iria arriscar de ir lá e ficar duro novamente. Deitei na cama e logo dormi.



☸°•~•°Quebra de tempo dos bródi•~•°☸



Acordei com alguém me chacoalhando.

— Sai, eu quero dormir!

— Levanta Jungkook! Vai tomar banho!— reconheci a voz e é a  voz de minha esposa.

— Quero dormir...

— Ah Gukkie, estou com tanta vontade de me divertir nessa cama...— Abri os olhos na hora, surpreso claro.— Afff, só acorda quando o assunto é sexo!

— Claro! Quem rejeitaria esse corpo dos deuses!

— Vamos tomar banho e dormir!

Levantei e fomos para o banheiro, tiramos nossas roupas, ela se sentou na banheira e já ia ligar a torneira, mas eu a impedi.

— Eu vou te dar prazer agora, mas só dou se prometer que depois irá me dar prazer...— falei levando um dedo até sua entrada.

— Como assim Guk... Ahn!— eu comecei a alisar seus lábios vaginais.

Levei meu rosto até o local e apreciei, já estava piscando de prazer sem eu ter ao menos feito alguma coisa, passei minha língua entre seus lábios piscantes e ela gemeu arrastado, já estava ficando molhada, coloquei minha boca ali e movi como se estivesse beijando sua boca e ela começou a gemer manhosa, penetrei minha língua mais a fundo sentindo suas paredes internas apertarem minha língua, eu mexia meu músculo quente em seu interior só para ouvir seus gemidos mais altos e manhosos, tirei minha língua dali e me afastei um pouco ainda sendo ligado por um fio de saliva, eu a envolvi em minha boca e comecei a chupar forte, e ela deu um grito surpresa e começou a rebolar em meu rosto.

— M-mais...— ela falou entre gemidos arrastados.

Comecei a sugar com mais força saboreando seu líquido junto a minha saliva que descia em meu queixo.

— Hora da minha recompensa, não acha?— perguntei e logo depois assoprei.

— G-Gukkie... Me fode...

— Com muito prazer...

Abri a gaveta da pia e peguei uma camisinha, coloquei em meu membro e liguei a torneira para que a banheira enchesse, me encaixei entre suas pernas e a penetrei com força, recebendo um gemido alto e doloroso, minhas costas foram arranhadas com força, acho que tirou sangue.

— Seu viado! Isso doeu!— ela falou com os olhos lagrimejando.

— Sua punição por ficarmos quase um mês sem transar!

Comecei a estoca-la forte e recebendo mais arranhões fortes em minhas costas, eu poderia até reclamar da dor, mas é bem melhor eu ocupar esse tempo gemendo pela minha mulher, eu sentia a cabeça do meu pau batendo no pé de seu ventre nos fazendo gemer loucamente, a banheira já estava cheia então eu a desliguei mas sem parar com as estocadas, meu ápice estava próximo, eu parei de penetra-la e me sentei.

— Senta no Daddy, Vem...

Ela obedeceu e veio para meu colo e se sentando de uma vez no meu colo e quicando rápido e forte, (S/N) é ótima em várias coisas, e uma delas é sexo! Ela quica em mim com tanta vontade... Comecei a estimular seus mamilos rijos com mordidas e chupadas, coloquei um dedo em seu ânus e ela começou a rebolar e com a outra mão eu acariciava seu clitóris, ela levantou minha cabeça e colocou seus lábios em meus lábios entreabertos, nós não moviamos as bocas, ela estava lambendo minha língua, e isso estava sendo excitante... Não aguentei mais segurar e soltei jatos fortes de sêmen na camisinha, ela se jogou no meu ombro com a respiração ofegante.

— Esse foi o melhor sexo da minha vida...— falei

— O meu também...

Agora sim tomamos banho, nos enrolamos na toalha e fomos para o quarto, nós íamos dormir pelados mesmo pois aqui é preguiça de colocar uma roupa.

— Kookie... Tá ardendo...— ela choramingou 

— A (S/N)zinha ou minhas costas?— perguntei sendo irônico, minhas costas ardiam demais, ela fez um Belo estrago.

— Os dois, vamos dormir que eu estou exausta...

Nos agarramos e logo dormimos.


Notas Finais


Eu sei que vcs não leram as notas iniciais 🌚 só peço que vão ler, please ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...